História O Porão - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Stranger Things
Personagens Eleven (Onze), Mike Wheeler
Tags Drama, Eleven, Fillie, Mike, Mileven, One-shot, Onze, Romance
Visualizações 75
Palavras 433
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Poesias
Avisos: Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem. Bj.

Capítulo 1 - Capítulo Único.


Fanfic / Fanfiction O Porão - Capítulo 1 - Capítulo Único.

O velho e sujo porão dos Wheeler não possuía mais nada além de lembranças. Aquele lugar, que antes fora somente um refúgio para Mike e seus amigos imergirem em suas longas aventuras, hoje era a definição de desolação e agonia.

E ali estava, outra vez, Michael Wheeler.

Sentado sobre a cama improvisada que fez para Eleven no dia em que a conheceu.

Já faziam 254 dias desde que ela se foi. Já faziam 254 noites em que Mike descia até o porão para lamentar a sua perda. Não era como se ele gostasse de sofrer. Aquele era o único lugar em que ele podia senti-la, era como se ela ainda estivesse ali, chamando-o.

O porão era a única lembrança tangível que restara dela.

Mike apoia a cabeça entre os joelhos, lágrimas transbordam de seus olhos. A dor era tanta que queimava seu peito, ele prometeu que a traria de volta para casa naquela noite.

Promete?

Significa algo que você não pode descumprir. Nunca.

Tão tolo... Esta foi a primeira promessa que ele fora incapaz de cumprir, a primeira promessa que estava além de seu alcance.

Ele se encolhe. Suas mãos abraçavam suas pernas cada vez mais forte.

Mike vinha definhando com o passar dos dias, já não era o mesmo de antes. Já não tinha mais motivos para sorrir. Todas as manhãs se esforçava para juntar os pedaços que ainda restavam dele.

Adeus Mike.

Suas últimas palavras ecoavam em sua cabeça e com elas o sentimento de culpa, que o envolvia cada dia mais.

Mike levanta a cabeça e fita o teto, soluçando em prantos.

Sentia-se solitário, mesmo com sua família e amigos ali.

A solidão era mesmo fria e implacável, em sua mais pura essência. Mas era sua única companhia durante aquelas duras noites de agonia.

Os dias eram cada dia mais negros. Era como se ele enxergasse um mundo sem cores, sem vida.

Carregava em seu fardo, sentimentos de melancolia e angustia. Mas ainda havia a esperança. Sim. No fundo, ele ainda tinha esperanças de que ela voltaria para seus braços e esse pesadelo, por fim, acabaria.

Ele pega seu Walkie-Talkie e decide tentar mais uma vez.

– El... Você está aí?

Em resposta apenas um silencio ensurdecedor.

– Sinto sua falta. Este é o dia 254, se estiver aí por favor responda.

Nada.

Levanta-se em direção as escadas com os olhos inchados de tanto chorar. Fita mais uma vez a cama vazia de Eleven, cerra os olhos com o coração apertado.

Boa noite, Mike.

– Boa noite, El... – Solta um sussurro quase inaudível. Caminha até seu quarto sabendo que na noite seguinte, retornaria.

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...