História O símbolo da paz - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Aizawa Shouta, Asui Tsuyu, Bakugo Katsuki, Lida Tenya, Midoriya Izuku, Mineta Minoru, Personagens Originais, Present Mic, Todoroki Shouto, Uraraka Ochako, Yagi "All Might" Toshinori
Tags Bokunohero, Romance, Tragedia, Universoalternativo
Visualizações 43
Palavras 775
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Famí­lia, Luta, Shonen-Ai, Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 20 - Isso não vai voltar a acontecer


Fanfic / Fanfiction O símbolo da paz - Capítulo 20 - Isso não vai voltar a acontecer

O sol brilhava forte, naquele dia de verão, como de costume quente desde as primeiras horas do dia, o sinal já tinha batido e essa era a segunda vez na semana que Tooru chegava atrasada.

-Está tudo bem tooru?- perguntou momo.

-Sim, eu apenas dormi tarde, foi irresponsabilidade minha.

-Você sabe que pode contar comigo- como sempre muito observadora.

As duas possuíam uma estranha ligação, como quando você acaba de conhecer alguém e já sente que essa pessoa é especial, como se já a conhecesse antes, por isso Tooru ficou tentada a contar tudo para a amiga, mas toda a vez que tentava era como se as palavras ficassem pressas na garganta, pensava em seus irmãos e logo resistia a ideia.

-Não precisa se preocupar, está tudo bem- ela respondia sempre.

-Momochan! - chamou todoroki.

Tooru viu os dois cochichando de longe, todoroki e momo eram cheios de segredos, o que deixava tooru muito enciumada.

-Aah Tooru- dizia momo se aproximando- sabe as compras que combinamos hoje depois da aula? Podemos fazer outro dia...

-Ah... Você tem um encontro não tem?- momo corou.

-Na-não! É que eu tenho um compromisso de escola, nada de mais...

-Certo.

Meu Deus como isso a deixava desconfortável, mesmo que soubesse que não tinha nada com aquilo, todoroki a incomoda, sempre puxando momo para perto, estragando momentos, sempre com seus segredos incompreensíveis.

-iida, eu ainda não te agradeci por aquilo- disse katsuki.

-Ah, aquilo não foi nada, ser rápido é o que eu sou, mas você foi incrível enfrentando aquele garoto.

-Deku... Eu fiz o que era preciso, não queria machucar nem ele, nem a urachan.

-Sabe, eu achei que você fosse um bárbaro katsuki, me desculpe, no final você é uma boa pessoa.

-ah, obrigada eu acho...

-kacchan, posso te fazer uma pergunta?- perguntou asui.

-Claro...

-De onde você conhecia aquele garoto?

-Ele é, ele era um amigo de infância.

-Sinto muito que seu amigo tenha sucumbido kacchan- disse asui- mas, talvez ele ainda possa mudar.

-Desculpa dizer- acrescentou iida- mas mesmo que ele mude, ele ainda tem pendências com a justiça.

-Eu Sei disso- afirmou katsuki- Da próxima vez que eu o ver, vou detê-lo, juro.

-Eu estarei com você- disse uraraka com um sorriso cúmplice, os dois bateram as mãos.

Do outro lado da cidade, Izuku observava os dois pelo sistema de segurança, ele conseguiu hackear as câmeras da escola.

-Eu estou queimando de raiva!-exclamou deku.

-Você está vendo isso de novo!- disse Tomura- você gosta de se torturar?

-Eu não entendo, por que ele se arriscou tanto? Por ela?

-Eles são amigos, essas coisas idiotas que você faz quando gosta de alguém, já Falei para parar de olhar!

-Eu não consigo, toda a vez que eu vejo os dois, aaarg meu peito queima.

-Irmão!- disse Tomura colocando as mãos sobre o rosto de Izuku- tente se acalmar, raiva não adianta, você precisa guardar tudo para usar na hora certa, você me entende?

-Sim- alguma coisa no Tom de voz de Tomura fazia Deku se lembrar de Jean- Eu vou trabalhar isso...

-Isso!

-Eu vou pegar essa tristeza e raiva e vou guardar, porque a próxima vez que eu encontrar katsuki eu... Farei com que ele se arrependa, ele é sua vadiazinha.

-Esse é o espírito!

O dia passou rapidamente, como de costume quando se tem um dia agitado, como o combinado momo esperava por todoroki em seu ponto de encontro, como o efeito do soro já havia passado Tooru se sentiu confortável ao observar os dois de longe.

-O que quer falar?- perguntou momo.

-Aquele garoto do ataque- disse Todoroki.

-O que atacou a urachan?

-Sim, esse mesmo, é ele!

-Quer dizer que aquele garoto da história que você contou é ele?

Eles estavam em uma cafeteria, tooru estava sentada por perto, e por curiosidade estava ouvindo a conversa dos dois, com um livro sobre a face e os ouvidos ativos, ela já sabia que eles falavam de seu irmão.

-Sim!- confirmou todoroki.

-Eu... Não sei o que dizer.

-É minha culpa- ele colocava a mão sobre a cabeça- só pode ser, se eu tivesse ajudado.

-Nada foi culpa sua, o que aconteceu com Izuku Midoria, seu pai ignorou o pedido de ajuda do garoto, mas mesmo assim ele tentou ajudar depois, você até tentou visitá-lo e foi recebido com grosseria.

-Você não entende momo, o pai daquele garoto era um bárbaro, mas ninguém pôde fazer nada quanto a isso, em um mundo cheio de heróis ninguém pôde salvá-lo.

-Eu sei que o mundo é injusto Shouto, e heróis não são como Deuses, nem todos podem ser salvos e além do mais ainda tinha as individualidades.

Nesse momento o coração de tooru desparou, e seu corpo travou.

-Sim, ambos apresentavam uma individualidade aumentada.

Nesse momento tooru perdeu o controle de sua xícara de café e ela foi ao chão, fazendo com que todos olhassem para ela, que desconfortável deixou o dinheiro sobre a mesa e saiu às pressas.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...