História Obrigado, mas eu tenho que partir... - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Personagens Originais, V
Tags Amizade, Amor, Bts, Câncer, Drama, Hentai, Jikook, Leucemia, Morte, Sexo, Shippe, Yaoi
Visualizações 18
Palavras 1.616
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Hentai, Lemon, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Coisas interessantes aqui embaixo kkkkkk

Capítulo 13 - Eu te amo e dormindo com as estrelas


Fanfic / Fanfiction Obrigado, mas eu tenho que partir... - Capítulo 13 - Eu te amo e dormindo com as estrelas

Jimin estava se arrumando como um príncipe , e eu já havia avisado Taehyung que nos espera na frente da boate agora. 

  Estava avoado olhando para o chão da sala, quando ouvi passos atrás de mim, vindo das escadas, olhei pra trás e me deparei com algo único. 


 -Uoou...!


Jimin estava *maravilhoso* , tão sexy e sensual. Ele estava com uma calça preta de coro, uma blusa preta com listras brancas e uma jaqueta azul escura por cima.


 -Você ta demais... - Com mil palavras pra dizer, eu disse isso. -Demais !


 -Obrigado, você também tá ! - Disse meio bravo ainda. -Pra onde vamos ?


  -Não posso dizer. - Ri soprado.


 -Aaaah , que saco !


 -Nossa ! Você não disse um palavrão. - Falei , surpreso, geralmente ele é "o boca suja "dessa casa.


 -Vai toma no cu, caralho, eu só queria saber pra que merda eu vou , como pode uma desgraça mandar eu me arrumar e não falar pra que cacete eu to indo ! - Nunca comemore antecipadamente. 


 -Se você não fosse gostar eu nem te levava , agora vamos.


 Estavamos saindo da porta de casa para pegar um táxi, quando lembrei de algo.


 -Espere ! Tenho que pegar a venda.


 -Tava bom demais pra ser verdade ! - Disse, em seguida se escorou na porta , fazendo gestos pra mim ir logo.


   Corri muito, até chegar ate o nosso quarto e pegar a venda que estava em cima do criado mudo ao lado da cama. Já havia me atrasado um pouco , mas o Tae pode esperar .


 -Vem ! - Falei para Jimin , indicando pra ele vir para que eu colocasse a venda nele.

   Ele foi em minha direção, e se virou de costas pra mim, quando ele se aproximou , sem querer derrubei a venda , logo a minha frente, e como qualquer um faria eu me abaixei para pega-la. Enquanto eu abaixava eu sem querer, por instinto , olhei a bunda do Jimin, não me julguem, ele é muito gostoso, deveria estar pensando isso ? É , não, mas não vou negar que senti uma puta vontade de apertar aquela bunda tão farta. 

 Sai pensamentos impróprios. !


 Eu me sentei ao lado de Jimin no taxi , fiquei observando as ruas daquele bairro destante , já havia indicado o endereço para o taxista, e ele seguio , o mais lento possivel , como eu pedi, já sabia que o Tae brigaria conosco ,mas foi por uma boa causa , eu adoro passar um tempo sozinho com o Jimin , porque isso nunca acontece , gosto de olhar para o seu rosto e me perder nos seus olhos de universo, olhar para aquela boquinha rosada e inchadinha, nunca vou me cansar de reparar em sua beleza.


   - Onde estamos Kookie ? - Ah, ele falou meu apelido.


  -Estamos chegando, você vai gostar ! 


  Imediantamente, por motivos desconhecidos ele segurou minha mão, estavamos perto um do outro e mesmo que ele não possa enchergar ele achou minha mão, já que estava próximo a sua perna.


  -Tudo bem ? -Perguntei.


  -S-sim, é que eu não posso te ver, e eu fiquei meio apreensivo...


 Meu Deus, como ele é um gatinho indefeso.


 -Eu to aqui , já já vou tirar suas vendas .


  -Okay...


  Depois de uns cinco minutos a gente chegou , antes de descer pude ver Tae olhando de um lado para o outro.

 Ajudei Jimin a sair do taxi e levei ele até a entrada daquele lugar, olhei para o Tae e disse ''agora" sussurrado.


  E com delicadesa tirei a venda dos seus olhos .


  -FELIZ ANIVERSÁRIO !!! -Gritamos .


 Pude ver nos seus olhos a alegria de estar ali , ele parecia tão grato , e feliz. Levou as duas mãos até a boca , cobrindo-a .


  -Meu Deus , vocês são demais...Obrigado. - E a seguida coisa que ele fez, foi nos juntar em um abraço apertado, abraço de *amizade* .


  -Obrigado ! -Sussurrou. E desfez o abraço . -Mas, enfim, vinhemos nos divertir certo ? 


  -Captou a mensagem ?!


  -Vamos ? -Tae falou.


  -Agora ! -disse o aniversariante.


  

   Pagamos a entrada e fomos em direção a uma mesa que Tae disse que havia pagado já -bem rápido esse garoto- , conheci coisas do Tae que nem se passaram pela minha cabeça. 


   ...


Um tempo havia se passado des de que estavamos ali, Tae e Jimin estavam no meio da pista dançando como bons bebados que são. Nos já haviamos bebido mais de uns cinco copos de algo vermelho , doce e amargo .


  -Vem dança, jonguk ! -Gritou Jimin.


  -Eu Não se misturar com gente como vocês, seus pequenos delinquentes da night ! -Talvez eu tenha bebido demais ? Talvez !


  Mas eu ainda podia prestar muita atenção no corpo do ruivo que dançava à minha frente com sensulidade , o corpo ia de encontro a música eletronica , as vezes lento , as vezes rápido e eu ofegando de acordo com essa alternância de sons. 

  Os dois pararam de dançar e vieram a minha direção. Taehyung se desviou é foi pro banheiro .


  -Ta gostando ? -Perguntei.


  -Não muito... -Falou sorrindo sapeca.


  -E porque não ?


  -Você não ta lá...Sabe, o Tae é legal, mas não é você ! - Então ele começou a me encarar com aqueles olhos negros, me testando. 


  -Quer ir pra casa ? -Falei sem pensar muito .


  -E o Tae ?


  -Nesse momento ele não lembra nem que estamos aqui . -Apontei para o garoto que beijava um cara na frente do banheiro. -Vamos ?


  -Claro !


 ...


 Nós pegamos um taxi e partimos para casa. Eu não estava tão afim daquela festa como os dois, e parece que Jimin tambem não .

 Chegamos em casa e logo deixamos o sapado em frente à porta.


   -Quer fazer o que ? -Perguntei.


  -Beber ?


  -Você já fez isso.


  -Quero fazer de novo.


 Me levantri e fui até a geladeira, é incrivel como sempre tem vodca aqui , comida falta , mas a cachaça ta aqui .


  -Toma pinguço. -Coloquei a garrafa em cima da mesinha de centro.


  -Vamos beber isso aqui junto com as estrelas.


 ...


 Estavamos na sacada de casa, bebendo, relembrando memórias perdidas e cantando nossa músicas preferidas. 


  -Jimin. -Chamei


  -Oi ?


  -Você já fez...éee, Ah, aquilo. -Porque isso é tão difícil ?!


  -Aquilo o que Kookie ?


  -Aquela coisa...de , ah , nossa ! Sexo!! - Eu já estava vermelho e tapei o rosto ainda por cima.


  -Aah, não, eu sou virgem, eu só perderia ela com alguém especial e que eu amo verdadeiramente. 


  Eu estava tão certo de que não haviam sentimentos por ele-além de amizade- aqui dentro, mas agora eu percebo que EU quero ser esse alguém especial, e talvez eu esteja sonhando ou bêbado demais, mas eu realmente quero ele.


  -Kookie ?


  -Ah , desculpe ! -Abaixei o olhar, pensativo.


  -Eu te amo ! -Falou encarando meus olhos perdidos.


 Nós estavamos sentados no chão , um ao lado do outro, apreciando os pontos brilhantes no céu, e eu vou me sentir culpado por agora, mas não vou me segurar.


Ele me olhou profundamente e eu retribui o olhar.


  -Desculpa ...

  

   Seus lábios eram um encaixe perfeito, eu apertei os olhos para não ver sua expressão desgostosa. Minha mão pousou em seu rosto, e uma outra em seus fios da nuca, fazendo um breve carinho. Com calma , ele foi me aceitando ali, e entreabrindo a boca , juntamente eu o acompanhei e movi minha língua até encontrar a dele, que era tão quente e com gostinho de morango misturado com álcool, tão delicioso e envolvente ! Meu juizo fui pra bem longe quando eu percebi suas mãos tímidas descerem até minha cintura, e entrando sorrateiramente em minha regata preta, alisando meu abdômen , com suas unhas, nem tão curtas. O beijo demorou um tempinho, nós desejavamos isso , eu senti que não era só eu.


  -Seu beijo me excita... -Ele sussurrou ao ladinho do meu ouvido , me deixando louco, de baixo olhos espiei sua ereção marcada naquela calça preta de couro.


  -Não faz isso... -Disse sorrindo vencido.


  -Você que fez isso comigo... -Sussurrou tão sexy, que eu senti que poderia gozar ali mesmo. -Você me deixou tão duro...- Mordeu o lóbulo da minha orelha.


  -Não estou tão diferente de você. 


  Rapidamente me encostei na parede, ainda sentado, peguei Jimin no colo, e fiz ele rodiar as pernas na minha cintura, pude sentir seu membro tão duro roçar no meu , fazendo uma fricção excitante. E então , começamos mais um beijo, esse com mais desejo ainda , desejo , sensualidade e curiosidade . Estavamos nos experimentando, nos conhecendo e despertando coisas incríveis.

  Ele era o cara que fazia eu chegar até o limite .

 Nós estavamos bêbados, mas conscientes do que estavamos fazendo , e não iriamos esquecer isso tão fácil. 


  A cada beijo, eu deixava em seus lábios uma mordida, que os deixa extremamente chamativos e apetitosos, eu o beijava com vontade, querebdo saborear aquela parte.

   Minhas mãos que estavam em seu rosto e outra em sua nuca, desceram para sua bunda -lugar onde eu queria aprtar a um bom tempo- farta, pude sentir seu corpo arfar com o toque, fazendo-o colar mais ainda nossos corpos. Eu apertava com força, para me satisfazer ele começou a rebolar lentamente.


  -Você me deixa louco... -Sussurrei ao pé do seu ouvido.


  -Bom saber isso, Kookie-Ah. -Disse ao mesmo tom.


   Com certeza esse séria um dos melhores dias da minha vida , e eu vou me lembrar de todos os detalhes .


  -Feliz aniversário ChimChim .


  -Obrigado Kookie.


  Trocamos um "Eu te amo" e dormimos com as estrelas.


Notas Finais


Fui...

Ah, gostaram da capa ? O/

É ta uma bosta msm

:)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...