História Obsessão - ¡Jikook! - Capítulo 55


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook
Visualizações 428
Palavras 648
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 55 - 55


Jimin

Cheguei em casa sendo recebido por um olhar sério de JunHo

- O-o que foi?

- voce demorou onde estava?

- No trabalho - Falei olhando diretamente - demoramos um pouco mais nas fotos

- Ok - Se aproximou e me deu um selinho demorado - Não deveria estar com essa roupa, esta me provocando - sussurrou ao meu ouvido e estremeci

- JunHo, eu estou cansado

- Não te perguntei isso - Me jogou contra o sofa com certa brutalidade e ficou por cima do meu corpo - vou te foder forte e fundo Minnie

Uma mensagem chegou ao meu celular e JunHo o pegou primeiro

- "eu te amo" "eu também te amo" - se levantou frustado 

- J-JunHo não é isso que tá pensando

- Não é né Jimin?! né?! - antes de eu responder ele desferiu um tapa em meu rosto

Caí contra o chão e uma dor se estalou em meu braço

- Eu já deveria saber que era um desses 

Lagrimas começaram a ser derramadas por meu rosto

Acordei ofegante, passei a mão por meu rosto e noto que havia chorado

- Jimin? O que foi? - Ouço a voz de Jungkook com preocupação

- E-Eu não quero que ele volte Kookie - Ele me deu um selinho e me abraçou e me permiti chorar ali

- Não chore mais. Esse cara não vai fazer nada, ok? - mais um beijo - Já que nós dois não conseguimos dormir, vamos assistir um filme de comédia?

assenti sorrindo

Assistindo o filme acabei adormecendo

Acordei com beijos em meu rosto

Senti seu membro me penetrando e começando a estocar rápido

Abri meus olhos e lágrimas já começaram a surgir

- P-pare!

- O que foi Doll? Achou que fosse o seu marido? Que maldade me confundir assim - esquivei de seu beijo e senti um tapa em minha coxa

- p-pare p-por favor - Senti ele estocar mais rapido - Jungkook! - gritei até ficar rouco e JunHo tampou minha boca

- Por que esta chamando ele hun?! - Foi mais forte - Voce esta transando comigo agora. -  Chorei chorei mais minhas mãos tentavam afastalo mas ele era muito forte

Senti seu gozo me invadir e ele saiu de dentro de mim

comecei a chorar muito

como ele havia entrado?! como não pude notar? que merda

Estou com tanto nojo de mim

de novo

- aish... Voce engordou minnir tem que entrar em forma meu amor - falou fechando seu zíper - diz que me ama - levantou meu rosto mais continuei com o olhar baixo

- te... - meu peito subia e decia naquele momento, se as palavras eu te amo não saísse de minha boca não sei do que ele seria capaz - Eu te odeio JunHo

Fui Jogado contra o chão e senti um chute em meu rosto e outro em minha barriga

- acho que você errou. repita - Levantou meu rosto pelo queixo - Diga: JunHo...

- JUNGKOOK! - um soco foi dado e caio no chão novamente - me mate Logo JunHo! - Senti outro chute em meu estômago e cospi sangue

- Já acabou? - os olhos de Jungkook estavam... vermelhos

Jungkook

ódio circulava no lugar de sangue em meu corpo

- Já acabou? Por que vou começar - Não hesitei em pular contra JunHo E lhe dar socos. defendeu a maioria mas ainda recebia muitos. de dez defendia dois - Não é bom!? Responda JunHo! - chuteu seu estômago até ele começar a cospir sangue - Vou te matar desgraçado

Quando eu ia jogalo na parede 

- J-Jungkookie... - ouço em um fiu de voz e larguei JunHo no chão e peguei Jimin no colo

o levei pro quarto o deitei com cuidado, o cubri e voltei pra sala

Vejo JunHo chorando

- saia - Ele choramingou- Saia AGORA! - saiu se arrastando

Ao chegar no quarto ouço o choro de Jimin

- Meu amor, Não chore mais- Lhe dou um beijo - Ele não vai voltar - no fundo eu estava feliz, Foi muito facil, saí sem um ferimento sequer

- E-eu havia esquecido... d-de como é estar sujo.


Notas Finais


amo voces💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...