História Oh Meu Ômega Malvado - TwoShot - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens D.O, Kai
Tags Kaisoo
Visualizações 21
Palavras 787
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Adultério, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - A primeira parte de um desastre...


"Todo mundo pode olhar para mim e me julgar

Mas...O que realmente dói é o fato de que você se tornou uma parte do todos...
Eu te amo, baby, eu não sou um monstro..." - Monster (BigBang)

Kai Pov's:

Sempre que olho pela janela percebo o quanto o tempo muda de acordo com cada sentimentos que sentimos ou pensamos em sentir , não que isso seja algo ruim...apenas não estou acostumado com sentimentos ou coisas como amor , família ou amizade.

Bom eu não culpo minha omma por ter dado a luz a mim apenas me sinto um pouco injustiçado por não ter conhecido ela , sou culpado até hoje pelo meu appa que na verdade é apenas um bebum , mas não ligo mais para isso afinal sou um alfa que sempre tenta ver o mundo de uma maneira diferente , todos sempre me deixam de lado , afinal quem não tentaria de afastar de um alfa como eu? bom a resposta é Do Kyungsoo ele não é apenas apenas o meu irmão filho da amante do meu appa mas também é a única pessoa que está ao meu lado.

Não quero parecer deplorável ou alguém infeliz eu apenas sou um ser humano que teve uma vida miserável até conhecer o seu irmão , ah mas eu ainda não me apresentei , sou Kim Jongin tenho 16 anos e sou completamente apaixonado pelo meu irmão ômega que se chama Do Kyungsoo e neste momento está prestes a me contar que vai se casar.

- Ah Kai não fique assim! você sabe que tudo que tivemos foi apenas...apenas uma diversão - Fala ele baixinho tentando não me olhar

-Então suas juras e promessas de amor foram jogadas pelo vento? você é apenas mais um mentiroso implacável que tenha se destacar na vida? - Falo e suspiro baixo - Dinheiro...vai se casar por dinheiro Do Kyungsoo?

-Eu...Eu sinto muito Kai...você é apenas uma criança não entenderia...

-É...talvez eu não entenda mas sei que eu te amo...hyung uma única vez me deixe te sentir , sentir que você algum dia poderá voltar para mim... - Falo baixo e o aperto em um forte abraço

-Kai...e-eu - murmurra ele corado - Kai tome meu corpo para você é desfrute do nosso amor nem que seja apenas por uma vez...

Eu tenho sorte por isso? é talvez mas seria melhor se eu pudesse o amar , dizer o quanto o amo e o quanto eu quero ficar ao seu lado...mas isso é impossível agora.

-Eu irei te amar Kyungsoo...te amar para sempre hyung...

Falo e aperto levemente suas coxas cheirando seu pescoço enquanto massacrada suas pernas andando lentamente com seu corpo colado no meu até a cama.

Logo Kyungsoo se deita na cama e me puxa para cima do mesmo como se estivesse pedindo por mim.

-Kai...não demore por favor...- Fala manhoso

Não seria a nossa primeira transa mas possivelmente seria a última por um longo tempo...

- Que apressado...- Falo e belisco seus mamilos por cima da camisa vendo seu corpo se arrepiar e soo soltar um baixo gemido sôfrego.

A partir daí já devem saber o que aconteceu , nós tansamos , transamos loucamente como dois coelhos como se estivéssemos no cio 2...4...6... nem tenho em mente quantas vezes gozamos e transamos novamente , amor , paixão e muitos sentimentos de excitação estavam misturados naquele momento.

Mas o pior de tudo foi que aquilo me deu uma esperança...é foi o pior erro que cometi em toda a minha vida...

Assim que eu acordo da exaustante noite vejo que somente eu estava na cama e no lugar de soo estava somente um pedaço de papel dobrado , eu me sento lentamente na cama e pego o papel começando a ler o mesmo.

"Kai...eu te amo , amo muito e pode ter certeza que um dia voltarei para você mas agora é necessário...eu não quero que você me espere mas não duvide que eu irei voltar e saiba que você sempre foi o único , o único que me tocou , o único que me fez amar e o único com quem eu realmente pude sentir amor...Me desculpe nini..."

Sorrio fracamente vendo o bilhete como sempre mal escrito e confuso assim como Kyungsoo e pego o controle ligando a TV.

"Hoje anunciamos que o Príncipe Kwan  escolheu o seu noivo , Do Kyungsoo de 18 anos filho de um ex nobre que foi expulso da corte após perder sua mulher e ter um caso com uma prostituta é o escolhido para ser marido do futuro rei do país! Ah já tem muitos boatos sobre a gravidez recente do mesmo!"

Congelo olhando a TV e olho novamente o papel

- Meu Deus...

suspiro ainda sentado na cama nu e olho para a janela novamente vendo a chuva começar a cair

"Kai...você foi o único que me tocou."



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...