História Old Friend - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cristiano Ronaldo, Lea Michele
Tags Cristiano Ronaldo, Old Friend
Visualizações 46
Palavras 3.762
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Esporte, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá pessoas!!! Cheguei com um novo capítulo!!
Não tenho muito o que dizer, espero que gostem...
Boa leitura!

Capítulo 11 - Trouble storm


Fanfic / Fanfiction Old Friend - Capítulo 11 - Trouble storm

Helena acordou cedo como planejou. Arrumou uma pequena mala para ela e Benjamin, pois só iam ficar três dias, não havia necessidade de levar muita roupa.

Arrumou a casa rapidamente, guardando a roupa limpa no armário e os brinquedos de Benjamin no quarto do menino. Enfim, pôde acordar o filho e se arrumar junto com ele para chamar o táxi e ir para o aeroporto

*

Cristiano abriu os olhos em seu quarto e sorriu relembrando da noite anterior. Finalmente tinha beijado Helena, e agora só precisava esperar três dias para revê-la e acertar sua situação com ela.

Se arrumou e foi para o treino, encontrando Marcelo que estava com a maior cara de sono

- Não dormiu não? – Cristiano perguntou depois de cumprimentar o amigo com um tapinha nas costas

- Não... – Marcelo bocejou – Quando chegamos em casa, a Clarisse não estava com sono... Voce já pode imaginar o resto – sorriu malicioso

- Nem quero imaginar – Cristiano riu negando com a cabeça

Os dois foram para o vestiário se trocar para o treino quando Zidane entrou rápido e os chamou para sua sala

- Achei que fosse querer ver isso antes de algum engraçadinho dar a noticia pra voce – disse para Cristiano

O técnico virou a tela de seu computador na direção dos jogadores e Cristiano até teve que sentar ao ler a matéria publicada em um famoso portal de notícias

Descoberta a identidade da nova conquista do jogador do Real Madrid, Cristiano Ronaldo. A bela mulher misteriosa é Helena Escobar, gerente de vendas da Nike de Madrid. Os pombinhos foram vistos no bar La Pichanga Karaokê na noite de ontem acompanhados do jogador brasileiro Marcelo e sua esposa, além de outra mulher que provavelmente é amiga dos casais.

Clientes do bar karaokê afirmaram que os dois estavam em clima de romance desde que entraram no estabelecimento e que após uma apresentação impressionante de Helena, os dois foram para a pistas de danças e trocaram beijos apaixonados!

Enfim, nosso robozão parece ter encontrado o amor não é? Mas se for isso, porque sua amada saiu para almoçar ontem mesmo com um belo homem de olhos azuis que descobrimos ser León Corona, seu colega de trabalho?

Qual será o encanto tão poderoso da nossa misteriosa Helena?

É como dizem, umas com tanto, outras com tão pouco...

Veja abaixo as fotos do almoço com León e da noitada com Ronaldo

A matéria finalizava com algumas fotos de Helena e León almoçando juntos. Uma delas capturou o exato momento em que León segura a mão de Helena por cima da mesa, mas não havia fotos de Helena recusando o toque. Outras fotos eram dos dois saindo do restaurante com os óculos escuros.

As demais fotos eram dos cinco amigos no bar karaokê. As fotos em que eles entraram e saíram do local de mãos dadas foram tiradas por papparazis, mas as outras foram tiradas por clientes do bar, que postaram no instagram e o portal de noticias as copiou na matéria. Essas fotos eram as reveladoras. Mostravam Helena cantando, e depois Cristiano e ela dançando juntos e o beijo dos dois, com o jogador a apertando em seus braços.

Tanto as fotos do almoço com León quanto as fotos da noite no karaokê mostravam claramente o rosto de Helena

Cristiano respirou fundo e Marcelo tocou seu ombro dando força. Não havia nada a dizer, aquela matéria já dizia tudo, em outras palavras, o que estava rolando entre Cristiano e Helena corria o sério risco de acabar antes mesmo de começar

*

León mal chegou na empresa e já ficou sabendo por seus colegas de trabalho sobre a matéria publicada no site de fofocas. Sentiu um desespero atingi-lo, principalmente quando o senhor Emmery o chamou para conversar em sua sala

- Eu estou chocado León! – o homem exclamou batendo a mão em sua mesa – Logo você, que demonstrou interesse em manter o nome da empresa limpo e me deu a idéia de mandar a Helena para o congresso em Portugal, vai almoçar com ela e veja o resultado. Esses malditos fofoqueiros de plantão fotografaram vocês dois almoçando juntos e a noite fotografaram Helena com o Ronaldo.

Senhor Emmery estava com o rosto vermelho de raiva. Ele geralmente era um homem tranqüilo, mas estava preocupado porque agora todos saberiam que Helena trabalha na Nike e que supostamente está saindo com León e Cristiano ao mesmo tempo

- Senhor Emmery, eu não tenho nada com a Helena, somos colegas de trabalho apenas, já almoçamos juntos antes e nao houve problemas, agora só porque ela é amiga do Ronaldo a mídia transformou a situação nessa matéria de fofoca ridícula

León se defendeu e indiretamente tentava defender Helena também

- E o que voce acha que eu devo fazer agora? – senhor Emmery perguntou se acalmando

- O senhor já fez! Helena deve estar pegando o avião agora. Ninguém vai achá-la aqui para tirar fotos e perguntar sobre o Ronaldo e sobre mim também. Quando ela voltar, a poeira já terá baixado. Quem sabe o Messi é pego em algum exame antidoping ou sei lá e o foco da imprensa muda?

León tentou fazer graça, mas obviamente o chefe não riu. Primeiro porque todos sabem que Messi seria incapaz de se prestar a um papel tão ridículo como recorrer a remédios para ter bom desempenho, ele já é um ótimo jogador por natureza. Segundo, a situação não era para piadinhas e León percebeu no olhar do chefe que devia se calar. O jeito seria esperar pra ver o que aconteceria.

*

Marisol estava nervosa. O táxi já ia chegar no aeroporto e ela ainda não sabia como contar para Helena da notícia publicada no site. A loira tinha certeza que a amiga não havia visto a matéria, pois Helena não tinha perfil em nenhuma rede social e nunca prestava atenção em sites de fofoca.

(...)

- Bom dia Sol! – Helena cumprimentou rindo

- Ai credo! Ninguém me chama assim desde o colégio – Marisol riu fraco e cumprimentou a amiga - Bom dia...

- Nossa, voce está estranha... Aconteceu alguma coisa?

Marisol negou com a cabeça, não conseguiu contar o que sabia

- Oi meu amor! – disse beijando o rosto de Benjamin – Como está meu homenzinho?

- Oi tia! Estou bem! Quero chegar logo pra ver a tia Angela e o tio Miguel!

O menino respondeu e o sorriso dele era realmente contagiante. Marisol pensou consigo que não era justo estragar aquele clima bom e talvez Helena nem se importaria com a tal matéria sobre ela

- Também está ansioso para ver o vovô Horácio e a vovó Laura né? – Helena disse cutucando o filho que apenas assentiu

Helena se sentia um pouco culpada por Benjamin ter mais contato com os tios do que com os avós. Porém ele foi criado com Angela e Miguel, e apesar dos avós sempre o visitarem quando eles moravam em Portugal, não é a mesma coisa

Logo os três despacharam as bagagens e foram para o embarque. No avião a ansiedade atingia a todos e embora Helena estivesse ansiosa por rever a família, era inevitável não dispersar os pensamentos até a noite passada. O beijo de Cristiano foi tão bom... O abraço, as promessas... Pela primeira vez iria se permitir viver essa paixão, ainda que fosse com seu melhor amigo, que é o melhor jogador de futebol do mundo e que tem a mídia em seu pé sempre. Iria esquecer tudo pra se concentrar em deixar Cristiano se aproximar. Ele a fazia feliz e isso seria o suficiente, Helena confiava em Cristiano, acima de tudo.

(...)

O vôo foi rápido, afinal Espanha e Portugal são países vizinhos. Em meia hora já estavam em terras portuguesas

- Helena! Minha filha! Que saudade de você! 

Tia Angela disse esmagando Helena num abraço apertado

- Quase não acreditei quando disse que estava vindo pra cá 

- Eu fiquei muito feliz do meu chefe ter me escolhido para vir no congresso... Só assim pra eu conseguir ver vocês dois, já que vocês não vão me visitar...

Fez um biquinho e os tios riram 

- Pena que vai ficar tão pouco minha menina - tio Miguel suspirou 

- Mas já vai dar pra matar a saudade - Marisol disse se "intrometendo" - Eu também estava com saudades tá? 

A loira fingiu estar com ciúmes e logo também recebeu um dos abraços esmagadores da tia Angela 

- Mas a maior saudade eu estava do meu garoto! Onde está meu herói? - tio Miguel disse olhando em volta
- Aqui tio!

Benjamin gritou e pulou do sofá nos braços do tio

- Benjamin! Como você está crescido 

- Mas só estou morando longe tem pouco tempo... - respondeu tocando o rosto do tio

- Parece muito mais tempo pra sua tia e pra mim

Helena sorriu triste. Talvez nunca conseguisse deixar de sentir uma certa culpa por afastar o filho dos tios que a ajudaram a criar o menino desde que nasceu. Partia seu coração, mas a promoção no trabalho era boa demais para recusar, acima de tudo Helena pensava no futuro de Benjamin e mudar de país foi uma escolha que teve que fazer

- Vamos almoçar? Sei que não comeram no vôo para podermos almoçar todos juntos

Tia Angela chamou e logo todos estavam sentados à mesa juntos, aproveitando o bom momento 

(...)

Helena ouviu seu celular tocar e foi atender no seu antigo quarto para não atrapalhar os demais que assistiam a um dos filmes preferidos de Benjamin. Teve uma sensação ruim, um aperto quando viu quem estava ligando

- Oi... Pedro...

- Você já está aqui em Portugal?

Perguntou sem nem cumprimentar Helena, o que fez o aperto em seu peito aumentar 

- Sim, cheguei há algumas horas... Por que? Aconteceu alguma coisa? 

- Está na casa dos seus tios? - ignorou a preocupação da ex-mulher 

- É claro que sim - respondeu ficando irritada

- Ótimo, estou indo aí 

Antes que Helena pudesse dizer alguma coisa, Pedro desligou a chamada

- Helena? - Marisol chamou dando duas leves batidas na porta e entrou - Está tudo bem? Você veio atender o celular e não voltou pra sala...

- Pedro está vindo pra cá 

A loira ficou em silêncio esperando a amiga continuar 

- Estou com um mal pressentimento Mari...

- Que isso amiga... Talvez ele só queira ver o filho

- Não... Não mesmo! Quando eu liguei ontem de manhã e avisei que estava vindo pra cá com o Benji, ele nem mostrou importância e disse que se tivesse um tempo tentaria ver o filho... 

Helena suspirou cansada

- Tem alguma coisa aí Mari...

Marisol mordeu o lábio em um sinal de nervosismo 

- Acho que eu tenho uma idéia do motivo do Pedro querer vir pra cá com tanta urgência...

Helena cruzou o cenho confusa esperando que a amiga falasse 

- Mas Helena você tem que prometer que não vai surtar e que vai manter a calma 

- Você está me assustando Marisol, fale de uma vez

- Nessa madrugada de ontem pra hoje, um site de celebridades postou uma notícia sobre nossa saída de ontem a noite com o Marcelo, a Clarisse e o Cristiano...

Helena sentou em sua cama e respirou fundo, como se estivesse criando coragem 

- Deixa eu ver essa notícia

Marisol assentiu e rapidamente pegou seu celular e entrou no site entregando para Helena ver 

Enquanto lia a notícia, seu rosto foi ficando vermelho, parecia que ia explodir de tanta raiva 

-Isso é um absurdo! - esbravejou 

- Calma por favor, vai acabar chamando a atenção do Benjamin e dos seus tios 

- Mas você viu o que escreveram? Insinuaram que estou saindo com o León e o Cris ao mesmo tempo... E tudo porque eu aceitei almoçar com o León ontem e a noite saímos todos juntos...

- Eu sei Lena... Mas não adianta ficar alterada, você tem que manter a calma e pensar

Helena respirou fundo se acalmando, sabia que Marisol tinha razão 

- E já sabe o que vai fazer? 

Marisol perguntou e Helena sorriu determinada, arqueando uma sobrancelha

- Vou fazer como você disse 

- É isso aí, assim que se fala! 

A loira comentou e Helena apenas assentiu 

*

Cristiano já havia falado com seus acessores para retirar aquela notícia que falava mal de Helena. Porém eles disseram que seria bom que ele falasse com Marisa, pois ela tinha bons contatos e poderia resolver a situação mais rapidamente 

- Vim o mais rápido que pude Ronaldo!

Marisa disse e cumprimentou o jogador com um beijo no rosto 

- Oi Marisa! Obrigado por ter vindo, apesar de que a gente podia ter conversado por telefone mesmo...

Cristiano indicou o sofá e logo eles se sentaram 

- Eu sei... Mas quando você ligou eu resolvi vir aqui... Estava com saudade de você...

A mulher disse manhosa aproximando o corpo de Cristiano mas sem encostar 

- Poxa, a gente nunca mais se viu e nem conversou... Nunca mais saímos juntos

Cristiano se remexeu desconfortável no sofá se afastando de Marisa 

- Depois da nossa última conversa, achei melhor manter distância - disse ficando em pé - E pensando bem, acho que conversar agora não é uma boa idéia... Isso não vai dar certo

Cristiano respirou como se o ar estivesse pesado

- Olha Ronaldo

Marisa ficou em pé e deixou a bolsa no sofá 

- Não pense que me arrependo de ter dito pra você como eu me sinto 

Antes que o jogador pudesse dizer alguma coisa, Marisa continuou 

- Mas acima de tudo, sou parte da sua equipe de acessores pessoais, antes de tudo sou profissional e sei agir como tal

Cristiano apenas assentiu e voltou a sentar assim como Marisa

- Eu tenho uma idéia do porquê de você ter me ligado... Eu já vi a notícia no site e imagino que você queira retirá-la do ar

- Exatamente - ele disse sério - Essa notícia é uma grande mentira e está manchando a reputação da Helena e isso eu não vou permitir 

Marisa assentiu desviando rapidamente o olhar e logo encarando o jogador outra vez 

- Então... Tudo é mentira? E o beijo? O que significou? - perguntou num fio de voz 

- Por favor Marisa... Não vou falar disso com você...

- Tudo bem - disse se rendendo e retomando o assunto - Tirar a  notícia do ar será difícil, você precisaria de uma ordem judicial e isso leva tempo. Sem contar que só vai atrair ainda mais a atenção da mídia

- Então o que eu faço? 

Cristiano perguntou e se recostou no sofá. Estava cansado e preocupado. Entendia que Marisa tinha razão e a última coisa que queria era ter mais atenção sobre ele e Helena

- Bom, sugiro que você emita uma nota dizendo que não vai comentar sua vida pessoal e que já estão sendo tomadas as medidas cabíveis, mesmo que você não vá entrar na justiça... Diria isso apenas para assustar os jornalistas...

- Tudo bem! Pode cuidar disso pra mim por favor? Não estou com cabeça pra nada...

- É claro! Pra isso que estou aqui

Marisa sorriu fraco

- Bom, se era só isso já vou indo... Vou escrever a nota ainda hoje

Cristiano assentiu e os dois caminharam até a porta. O jogador abriu-a e Marisa se posicionou para sair

- Obrigado por resolver isso pra mim! 

- Por nada! Até mais Ronaldo - a jovem se esticou para alcançar o rosto do jogador e beijou-o rapidamente na bochecha 

- Nos vemos depois! - ela finalizou e foi embora 

Cristiano fechou a porta e foi para o quarto, ligou para Helena mas só deu caixa postal. Resolveu ligar mais tarde

*

A campainha tocou e logo tio Miguel foi abrir a porta 

- Pedro? O que está fazendo aqui?

Perguntou tentando não ser rude. Não era segredo pra ninguém que os tios de Helena não gostavam de Pedro. Afinal, ele traiu a sobrinha deles e pouco se preocupava com o próprio filho

- Eu liguei avisando a Helena que viria. Posso entrar? 

Tio Miguel deu espaço para o rapaz sempre o olhando firme

- E cadê a Helena? Preciso falar com ela...

- Não vai perguntar do Benjamin? Não me surpreende - tio Miguel disse irônico

Benjamin escutou seu nome ser dito e foi até a porta ver quem era

- Olha quem está aqui Benji! Seu pai!

O senhor tentou parecer animado, porque mesmo com todos os problemas, Pedro era o pai de Benjamin e ele não queria ver o sobrinho se decepcionar, apesar de que ele sabia que mais cedo ou mais tarde isso ia acabar acontecendo 

- Pai? - o menino disse tímido e se aproximou devagar

- Oi filhão! - Pedro respondeu e pegou o menino no colo - Como está o meu garoto? Tudo bem? 

- Tudo...

Benjamin respondeu. Ele amava o pai, mas a falta de convivência o fazia se sentir desconfortável na presença de Pedro. O homem colocou Benjamin no chão e logo o menino correu para dentro da casa

Tio Miguel olhou para Pedro culpando-o por ser um pai tão ausente, mas preferiu não dizer nada.

Em seguida Helena apareceu pois Benjamin tinha avisado que Pedro estava lá

- Vamos para a cozinha, todos estão na sala assistindo um filme e não quero que nossa conversa atrapalhe

Helena foi categórica, não cumprimentou Pedro e mal olhou para ele, o que fez Pedro estranhar um pouco

- E então, o que tem pra dizer? - cruzou os braços na altura do peito - Seja breve já que não veio para ver Benjamin 

Pedro olhou para Helena e negou com a cabeça 

- Não entendo essa sua agressividade, mas se você quer que eu seja direto eu vou ser. Quero saber em que tipo de ambiente meu filho está sendo criado 

- Seja claro Pedro. Não estou entendendo onde você quer chegar  

- Ah por favor! - bufou e ergueu uma sobrancelha - Não se faça de idiota

Helena o encarou séria e teve que se controlar para não enfrentá-lo. Queria ter certeza do que ele ia dizer 

- Eu posso até morar numa cidade pequena daqui de Portugal, que é a Ilha da Madeira, mas não sou alienado, sei as notícias que estão na boca das pessoas, e sei que você está saindo com dois caras ao mesmo tempo 

A essa altura, Pedro já tinha alterado o tom de voz. Seu rosto estava vermelho e ele tinha os punhos cerrados 

- Primeiro, abaixa a voz porque eu não sou suas vadias que você trata como capacho 

A morena estava perdendo a paciência e já estava contando mentalmente até 10 para não explodir 

- Segundo, minha vida pessoal não é da sua conta e eu não tenho que te dar satisfação sobre com quem eu saio ou deixo de sair 

- É da minha conta sim quando você expõe o meu filho à suas baixarias 

Pedro retrucou cheio de sinismo 

- Baixarias? Você acha que está falando com quem? Desde que o MEU filho nasceu sou eu quem cuida dele, você não sabe nada 

Os dois já estavam discutindo em voz alta quando Marisol entrou na cozinha fechando a porta atrás de si

- O que está acontecendo aqui? Dá pra ouvir os gritos lá da sala

- Mari, você pode me fazer um favor? - a morena respirou fundo - Pode levar o Benji pra tomar um sorvete? Não quero que ele escute essa... conversa

Encarou Pedro com raiva 

- Tudo bem Lena... Me liga quando as coisas aqui estiverem calmas aí a gente volta 

Helena assentiu, Marisol deu tchau e um rápido beijo no rosto dela e saiu. Não demorou para Helena e Pedro ouvirem o carro do tio Miguel saindo da garagem. 

Os dois foram para a sala e constataram que todos saíram 

- É bom que ninguém esteja aqui pra me ouvir falando essas verdades que você insiste em negar - ele disse retomando o assunto 

- Eu só pedi para Marisol levar o Benjamin porque não quero que ele escute o próprio pai tratando a mãe desse jeito. Estou criando meu filho para ser um homem de verdade, com caráter 

Disse como uma indireta para o ex-marido, pelas traições dele quando ainda eram casados

- Ah, então você chama de caráter sair com dois homens ao mesmo tempo? - a voz de Pedro estava carregada de ironia

Helena respirou fundo e cruzou os braços 

- Eu já disse que não tenho que te dar satisfação da minha vida pessoal, mas só pra você saber, León é apenas um colega de trabalho com quem eu almocei duas vezes e o Cris...

As palavras ficaram no ar. Como explicar o que ela tinha com Cristiano se nem ela sabia ao certo? 

- Bom, somos amigos desde crianças, você sabe...

- Ah! Por Deus Helena! - exclamou sem paciência - Vai dizer que os beijos no bar foram de amigos? 

- Chega! Eu não tenho que ficar aguentando suas ironias!

Gritou e foi em passos duros até a porta

- Vai embora, já não temos nada pra falar!

Pedro comprimiu os lábios para não revidar e recomeçar a discussão 

- Muito bem, vou embora mas já te aviso  que vou tomar as minhas providências para resolver isso

Pedro ia saindo quando a voz de Helena o faz dar meia volta 

- O que vai fazer? Tirar Benji de mim? Não me faça rir

- Como é? - Pedro arqueou uma sobrancelha

- Acha mesmo que algum juíz daria a guarda do Benjamin pra você? 

A morena estava séria, o rosto vermelho e o olhar duro indicava toda a raiva que sentia naquele momento 

- Você não conhece o Benjamin, não sabe a comida que ele mais gosta, o herói preferido e nem qual a história que ele ama ouvir antes de dormir

Pedro abriu a boca pra tentar se defender mas Helena o impediu antes dele começar

- E nem pense em dizer que a culpa é minha por ter me mudado pra outro país, pois estou na Espanha não fazem nem dois meses, e antes disso eu morava aqui em Portugal e nos 5 anos de vida do Benjamin você nunca demonstrou necessidade de estar perto dele. Pagar uma pensão e achar que está tudo bem é ridículo da sua parte, porque caso ainda não tenha percebido, eu não preciso do seu dinheiro, não preciso de nada que venha de você

Pedro estava assustado com o jeito que Helena falou com ele. Nunca tinha visto a ex-mulher tão alterada, nem mesmo menos passado quando ele contou das traições quando eram casados.

Mas é como dizem, não mexam com uma mulher que tem filho, mãe vira bicho para defender sua cria

- Você ainda vai ter noticias minhas Helena

Ele disse despejando sarcasmo

- Vai pro inferno! 

Helena gritou e bateu a porta. Estava com raiva, como nunca sentiu na vida.

Algumas lágrimas teimaram em rolar por seu rosto, mas a morena as secou rapidamente. Já tinha decidido que realmente as coisas não ficariam assim.


Notas Finais


Gostaram??
Comentem e me deixem feliz!!
Bjs ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...