História Olhos de Cristal - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Wanna One
Personagens Daehwi, Guanlin, Jaehwan, Jihoon, Jinyoung, Jisung, Kang Daniel, Minhyun, Personagens Originais, Seongwoo, Sungwoon, Woojin
Tags Daniel, Heterocromia, Kang Daniel, Romance, Wanna One
Visualizações 15
Palavras 877
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - O dia em que não falei com Sungwoo


Kang Daniel era o capitão do time de futebol e melhor amigo de Ong Sungwoo. Os dois anteriormente brigavam por causa do posto de capitão, mas após um verdadeiro "combate" - mais conhecido por FIFA 2016 no X-BOX, Daniel venceu e foi merecedor do posto de capitão do time.

Desde que Daniel falou comigo, sinto que ele me persegue. Toda vez que olho para os lados, ele estava lá, parado ou fazendo nada importante. As coisas variaram de ler Macbeth até dançar Pocoyo.

Na sala de aula eu era literalmente excluída. Tinha no total quarenta alunos e eu era a única da sala que não tinha ninguém para conversar. Yoomi infelizmente era da outra sala. Dois anos atrás, quando entramos no colegial éramos da mesma sala e isso continuou até o ano passado. Infelizmente, no último ano - e o pior - estamos separadas.

Praticamente todo o time de futebol era da minha sala. As três bruxas eram separadas, apenas Soojung estava na minha sala. Mas ela não me dava atenção, porque Sungwoo também era da sala, então ela ficava em cima dele a aula toda e não tinha nenhum motivo para ficar notando minha existência.

Além de Sungwoo, que trocou algumas palavras comigo desde que o ultimo ano começou, ninguém tenta falar comigo. Porém, por algum motivo, Daniel começou a conversar comigo.

A sala é dividida em duplas. Eu me sento junto com o representante e isso significa que somos a melhor dupla da sala - por sermos os melhores da turma. A partir de nós dois, todas as duplas significam algo. Por exemplo, a última dupla é a pior.

Soojung senta duas duplas atrás de mim, junto com Woojin, que também fazia parte do time de futebol. Daniel e Sungwoon sentavam juntos três duplas atrás de mim. Os dois, Daniel por ser o capitão do time e Sungwoon por ser o vice-capitão não ficavam muito na sala de aula, pois tinham compromissos.

Temos aulas das 8hrs até as 15hrs. As 10hrs, temos um intervalo entre as aulas de vinte minutos - onde acontece diversas coisas: uns estudam, outros conversam e outros vão passear. Depois temos a hora do almoço das 12hrs até as 13h30. Temos mais um intervalo de dez minutos às 14h20m.

Onde eu quero chegar é que Daniel começou a ir falar comigo durante esses intervalos, na sala de aula.

- Taejin não gosta se ser incomodado enquanto estuda - disse Daniel, apontando para os fones de ouvido que Taejin, o representante da sala, usava enquanto estudava.

Não falei nada.

- Estou tendo dificuldades em física. Estou perdendo muitas aulas e meus amigos prestam menos atenção do que eu. Pode me ajudar? - ele falou aquilo com um sorriso nervoso. Impossível dizer não.

Tentei explicar para ele no que ele tinha dificuldades, mas acho que ele não prestou atenção em nada, porque minutos depois, ele disse:

- Por que não me olha nos olhos?

Não fiz questão de responder. Todo mundo sabe, é realmente chato ter que falar sobre algo que já está nítido. Mas isso me incomodou. Além de Yoomi, que vivia reclamando sobre eu não olha-la nos olhos, Daniel era a primeira pessoa a me perguntar sobre isso.

- Você entendeu o assunto? - perguntei. - Quer que eu explique de novo?

- Não, tudo bem. Obrigado por ajudar - ele deu um sorriso envergonhado e saiu.

Na hora do intervalo, o time de futebol fez uma apresentação em tanto no pátio do almoço. A escola toda comemorou a vitória do time. Também anunciaram a campanha para o Baile da Primavera, arrecadação de dinheiro, grêmio estudantil e outras coisas chatas.

Meu sonho mesmo era entrar no grêmio estudantil. Sempre quis fazer parte da administração e tentar conseguir um jeito de fazer a escola se tornar um lugar melhor para os excluídos - vulgo eu e Yoomi.

Seria tipo de um teste: eu teria que responder um formulário, sobre meu nome, idade, por que quero fazer parte do grêmio, algumas ideias, meu tempo livre e etc. O presidente era o Taejin, minha dupla da sala de aula. Mesmo que estivessemos juntos durante o ano todo, somos como rivais e tenho certeza que não pegará leve comigo.

Um fato interessante era que Jisung, um integrante do time de futebol, amigo de Sungwoo fazia parte do grêmio. Imagino que isso não irá mudar nada sobre eu gostar do Sungwoo.

Preenchi o formulário, escolhendo as mais persuasivas palavras e entreguei para Taejin, no final da aula. Ele só me encarou e pegou o papel. Taejin não é muito acessível, mas sempre está rodado de meninas. Acho que elas gostam de seu jeito frio.

Me encontrei com Yoomi na saída e fomos embora juntas. Eu moro bem longe da escola, mas como Yoomi mora mais perto, eu vou com ela até sua casa. Acho que assim ela pode se sentir mais segura, sem se preocupar em sofrer sozinha se as três bruxas aparecerem para nos assombrarem.

Fui dormir naquela noite pensando em apenas uma coisa: Baile de primavera. Ano passado, pensei que poderia ir, mas foi uma decepção em descobrir que calouros não vão. Mas esse ano nada pode me impedir, mesmo sem companhia para o Baile, Yoomi é minha única opção, mesmo que ela esteja 100% desinteressada.

Mas não importa, porque ela vai do mesmo jeito.

Faltam 92 dias para o Baile de Primavera.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...