História Once Upon A Time - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Demi Lovato, Fifth Harmony, Justin Bieber
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Justin Bieber, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren, Demally, Norminah
Visualizações 100
Palavras 1.151
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Romance e Novela, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - Eu te suporto


<<<Camila>>>

Maldito contrato, maldita Lauren, maldita hora que me deixei persuadir por suas palavras e assinar aquele contrato idiota que no final das contas ainda esqueci de ler, e pelo que eu saiba a retardada da Lauren também. Agora eu estou dentro de um restaurante cheio comendo com minha amiga Dinah que por "coincidência" é amiga da Lauren, mas na verdade isso tudo foi armado por nossas agentes que me fizeram chamar Dinah para almoçar pois se Lauren aparecesse com todo certeza Dinah convidaria Lauren para se sentar conosco

Mas como de se esperar a Lauren está cerca de meia hora atrasada e eu estou tentando enrolar Dinah para não pedirmos o nosso almoço, mas então de um nada todos se calaram e o clima ficou pesado, senti olhares queimando sobre mim e ai eu soube ela chegou 

Para não dar pistas sequer me dignei a olhar para trás, permanece a conversa com minha amiga a minha frente, quando vejo ela abriu um enorme sorriso olhando por cima de meus ombros

- Lauren- Dinah se levanta e abraça a outra- Quanto tempo fantasminha camarada- Vi Lauren revira os olhos e eu não resisti e ri do olhar indignado de Lauren  

Mas observando bem Lauren ela não parecia bem, ela tinha os olhos com bolsas negras embaixo deles, os olhos em si vermelhos, parecia não se alimentar bem pela palidez fora do comum, os cabelos estava opaco, tudo diferente do que vi no nosso último encontro a 4 dias

- Oi mufasa- Dinah deu um tapa no braço de Lauren

- Sente-se branquela- Dinah puxou uma cadeira para Lauren e eu suspirei- Se importa Camila?- Perguntou e eu neguei sorrindo

Dinah era uma cantora assim como eu e Lauren, ela estava a menos tempo que Lauren, mas a mais tempo que eu, ela tem cerca de 4 quase 5 anos de carreira, desde o The X Factor onde começou, a loira tinha tudo oque um artista precisa, talento, carisma e força de vontade, sempre tinha um sorriso no rosto independente de seu humor

- Mas me fala Lauren, oque aconteceu? Você está bem?- A mais alta perguntou

Oh, outra qualidade de Dinah, ela era um verdadeiro cão de caça, nada escapava nela, ela pegava as coisas do ar, coisas minuciosas, enxerga os furos de um falsa historia, pequenos detalhes imperceptíveis, mas para ela, claros como água. Sabíamos que era um jogo arriscado aposta em Dinah para nos juntar, ambas conhecemos a polinésia, mas também sabemos que ela odeia intrigas dentro de sua roda de amizades

- O Dylan- Lauren olhou para baixo- Ele está piorando DJ, eu fiquei dois dias com ele na clinica para ver se eu o ajudava como sempre, mas ele tentou na minha frente- Lauren passava as mãos sobre o cabelo de forma desesperada- Ele tentou se matar na minha frente- Isso foi como um soco no meu estomago- Na minha frente

Eu nunca tinha visto Lauren tão frágil, nem em entrevista ou coisa do tipo. Eu sabia bem da historia do Dylan, afinal já foi uma grande fã de Lauren, sei que Dylan é um esquizofrênico suicida, o menino não dorme, não come, não gosta de falar, tudo pode desperta um colapso no jovem Dylan Jauregui

- Eu sinto muito Laur- Dinah abraçou a mais velha- Mas temos fé que vai melhorar, o Dy vai melhorar- Lauren assentiu secando um lagrima solidaria- Você também Cabello, não me parece bem, e não é de hoje- Constatou Dinah e eu a praguejei por me pergunta isso logo na frente de Lauren

- Não é nada- Dei de ombros e ela revirou os olhos

- Não vai me contar? Ok, tudo bem- Ela me lançou um olhar de cachorrinho e eu suspirei sabendo oque viria a seguir- Se você quer jogar nossos anos de amizade fora assim tudo bem, quem sou eu para dizer algo?- Ela fez cara de choro- Se você  não confia mais em mim, tudo bem, você é livre, você pode fazer outras amizade- Ela me olhou novamente- Mas saiba que você nunca encontrara alguém como eu- Ela terminou e eu não consegui resisti

Dinah era uma boa atriz que inferno, ela consegue atingir sua alma com uma facilidade absurda, seu excesso de drama atingi sua alma e te faz sentir mal

Quando eu ia falar algo sou interrompida pelo som de uma gargalhada, uma gargalhada alta e gostosa, uma que vinha a plenos pulmões. Olhei para o lado e vi Lauren com a mão na boca tentando reprimi tão ato

- Eu não acredito...- Gargalhou novamente- Que você faz esse jogo com os outros- Lauren se jogou para trás ainda rindo e logo se virou para mim- Não se preocupe Cabello, logo você aprende a resisti ao olhar de cachorrinho dela- Falou apertando as bochechas de Dinah

- Mas enquanto não resiste me conte oque aconteceu- Dinah se apoiou na mesa e eu bufei- Me diz que não é ele- Pediu e eu desviei o olhar- Ai meu Deus Mila, cria jeito- Ela bateu na mesa chamando atenção

- Oque eu posso fazer se gosto dele?- Perguntei e ela revirou os olhos

- Mas ele é babaca- Constatou e eu fechei a cara

- Não querendo me intromete, mas já me intrometendo, quem é?- Lauren perguntou e eu me segurei para não revirar os olhos

- Camila Cabello tem um paixonite pelo idiota do Austin Mahone- Olhei reprendendo Dinah que apenas ignorou- E o idiota apenas destrata ela- Lauren me olhou com tédio

- Não- Ela negou- Puta merda Cabello, o pouco de respeito que eu tinha por você sumiu agora- Falou e eu ri irônica

- Falou a garota que já teve um caso com o Brad Simpson- Ele cerrou os olhos

- Touche- Ela me olhou e olhou Dinah- Mas eu posso te ajudar- Franzi o cenho- Vamos lá, eu odeio o Austin com todas as minhas forças, tipo de todo o meu coração- A olhei sínica- Oque sinto por você ainda não é ódio, mas oque sinto pelo Austin... Hum... Aquilo é ódio- Vi um sorriso maligno brincar em seus lábios- Posso te ajudar a dar uma lição naquele mane- Eu olhei Dinah e ela assentiu sorrindo

- E oque seria essa lição?- Perguntei e vi um brilho em seu olhar

- Vamos fazer ele se rastejar aos seus pés, fazer ele implorar para te ter, e então... Você decide se quer ou não o babaca

- Confia nela Mila, Lauren é idiota as vezes, mas quando é para fazer esses planos- Dinah gargalhou- Acredite, ela é um gênio do mal- Olhei para Lauren que balançava as sobrancelhas de forma sugestiva e eu bufei

- Temos um sociedade?- Perguntou estendendo a mal, eu relutante a aperte- Bem-vinda ao lado negro da força, Cabello- Neguei- Eu ainda não vou com sua cara, mas para ferrar o Mahone eu te suporto- Revirei os olhos novamente 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...