História One shots - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Hetero, Hot, Lemon, One Shoot, One-shot, Orange, Yaoi, Yuri
Visualizações 47
Palavras 1.209
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Colegial, Comédia, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Fluffy, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Orange, Policial, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Transsexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa leitura...

Capítulo 1 - Blue x Isys (YURI)


Fanfic / Fanfiction One shots - Capítulo 1 - Blue x Isys (YURI)

Estavam ambas deitadas. Eram melhores amigas. No dia seguinte, Blue teria uma viagem muito importante, então, resolveram marcar de Isys dormir na casa da mais velha, para compensar as longas semana que ficariam sem se ver.

Blue tinha total certeza do sentimentos que sentia pela mais nova, ela sabia que era muito mais que uma simples amizade.

Já Isys, por mais que soubesse seus sentimentos, tinha medo de acabarem se envolvendo e terminassem com a amizade no futuro, ela sabe, que não conseguiria sobreviver sem a outra.

Elas estavam deitadas, como um casal, no fundo, ambas sabiam que eram um casal desde muito tempo, uma de frente para a outra, falando bobagens e se divertindo com conversas aleatórias na cama da mais velha.

Então o assunto acabou e ambas resolveram dormir. Blue se aconchegou mais no abraço de Isys, e os rostos ficaram frente a frente. Nesse momento a única iluminação era a luz da lua, que entrava pela janela na madrugada do dia 7 de dezembro.

Blue olhou para cima, tentando encarar Isys nos olhos, coisa que não deu certo, pois os olhos de Isys estavam concentrados olhando para os lábios da mais velha.

Então, ela abaixou o olhar e encarou os lábios de Isys. O que fez com que sua respiração se acelerasse. Blue se aproximou mais, fazendo com que ambos os narizes se encostassem, dando uma ótima sensação às duas.

A mais velha estava com medo de iniciar um beijo, estava com medo de não ser correspondida, estava com medo de ferrar tudo, por isso, a única coisa que fez foi se aproximar o máximo possível e ficar passando seu nariz pelo outro, mostrando e deixando bem claro o quanto queria aquilo.

Ficaram minutos assim, porém, não se importaram, pois era como se o tempo estivesse congelado somente para elas. Então, Blue raspou seus lábios nos de Isys, fazendo com que uma corrente elétrica percorresse suas veias.

Então, sem que nenhuma percebesse, ambas avançaram ao mesmo tempo contra os lábios da outra. Nada foi combinado, nada foi pensado, elas apenas fizeram o que achavam que era melhor para a situação.

Ficaram por longos segundos com os lábios juntos, aproveitando a sensação de ter a companhia da outra. Agora, ambas tinham certeza de seus sentimentos.

– Eu te amo – Disse Blue ao se separar da mais nova e se aconchegar nos braços dela.

–Eu também te amo – Falou Isys apertando mais a mais velha, tendo certeza que ela estava em seus braços e que não era mais um sonho.

–Porra, eu te amo muito... – Blue comentou, rindo em seguida.

–Eu sei disso, e eu também te amo... – Isys concluiu deixando um selar na testa de Blue – Você tem uma viagem amanhã, você precisa descansar...

– Sim, eu sei... – Blue falou.

Em um movimento totalmente inesperado, Blue virou-se de frente para Isys, a olhou nos olhos por uns segundos, e então, a selou novamente, um beijo ainda calmo, mas com um pouco menos de medo, de ambas as partes.

Isys abriu seus lábios levemente, dando espaço para que Blue adentrasse sua língua na boca alheia.

Blue tinha 20 anos, já havia ficado com várias pessoas, diferente de Isys, que tinha 19 e era seu primeiro beijo.

Blue sabia que deveria tomar cuidado para não assustar a mais nova, deveria tomar cuidado para que tudo fosse perfeito para ela.

Era isso que passava na cabeça de Blue enquanto o beijo fluía, "Cuidado, vá com calma, não apresse as coisas".

E, na cabeça de Isys, não passava nada além de medo de fazer algo errado, o medo de Blue não gostar, medo por não ter ideia do que fazer... Blue já havia ficado com tantas pessoas, quais as chances dela no primeiro beijo ser o suficiente para a mais velha?

Aos poucos o beijo foi fluindo, e aos poucos, Isys foi conseguindo se acostumar com essa nova sensação de ter uma língua, além da sua, em sua boca. Blue foi totalmente calma e compreensiva, tendo sempre em mente que era o primeiro beijo da outra garota.

Então, depois de alguns minutos, elas se afastaram e se olharam.

–Eu te amo... – Foi a vez de Isys falar – Não é um amor como amiga, nem nada assim, eu te amo como algo mais, eu quero beijar você, somente você, eu quero te abraçar e ter a certeza de que você é somente minha, e que não vai sair e transar com qualquer pessoa toda a vez que brigarmos. Eu quero ter a certeza de que quando brigarmos, ambas teremos a certeza de que ainda pertencemos uma a outra, e que não vamos atrás da companhia de mais ninguém além da companhia que uma pode proporcionar a outra. – Os olhos de Blue se encontravam marejados, quase transbordando.

Tudo o que Isys falou era verdade, e ela tinha total consciência de que deixava a mais nova com ciúmes quando elas discutiam e ela resolvia sair e ficar com alguém por aí, algumas vezes, alguém que ela nem conhecia, outras vezes, ela ia atrás dos milhares de amigos coloridos que tinha, ela só queria aliviar a raiva e tensão do momento, e para ela, nada melhor que sexo.

– Isys, baby... Eu também te amo, e você sabe... Eu só,... Eu tenho minhas razões por fazer essas coisas, eu sou frágil, eu odeio admitir isso, mas eu sou, e uma das formas de eu não me magoar com as merdas que falamos uma pra outra em discussões é eu me aliviando de alguma forma... – Disse e lágrimas começaram a correr por seus olhos – O jeito que você fala, quando nós brigamos, faz com que eu me sinta uma puta, que transa com todos, eu... Eu não sou, baby... – Falou e assim que Isys percebeu que a outra chorava, com seus dedos limpou as lágrimas e a selou, tentando passar a segurança que ela poderia proporcionar.

–O que eu quis dizer é... Você não precisa ir foder com outras pessoas quando brigarmos... De agora em diante, – Isys fez uma pausa e se aproximou do ouvido da mais velha, sussurrando a última parte – Você pode transar comigo, amor... – E ao ouvir aquilo, Blue se derreteu, não pela coisa mais pervertida que já tinha ouvido sua paixão falar, mas pelo fato de ter sido chamada de amor.

–Eu... Porra... Eu não sei o que dizer, baby... Você é tão inocente, tão pura, eu não me imagino fazendo essas coisas com você... – Disse Blue.

–Hum... Eu gostaria de tentar... Mommy...

E ao ouvir a menor a chamando de "Mommy" seus olhos se encheram de luxúria, e a única coisa em que pensava era a doce garota vestida de lolita em sua cama, ou melhor, a doce garota gemendo em seu ouvindo enquanto ela proporcionava prazer para a mesma.

Rapidamente fechou os olhos e tentou afastar esses pensamentos maliciosos sobre a mais nova. Tentou, tentou muito, mas não conseguiu.

Suspirou fundo e em bom tom, para que a menor ouvisse, e então falou:

–Não brinque com essas coisas, eu não sou controlável, e você sabe muito bem...

– Certo, me desculpe, Blue, eu não sei o que deu em... – Isys foi interrompida por um selar de lábios da parte de Blue.

– Sem problemas, baby, vamos apenas dormir, amanhã eu tenho uma longa viagem, e não quero estar cansada...

E então ambas dormiram, sabendo que agora possuíam a proteção que os braços da outra proporcionavam para cada uma.


Notas Finais


FIIMMM!!!

Trolei aí, qm achou q ia ter Orange... Sorry baes, qm sabe eu faço uma parte dois...

Bye, até a próxima...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...