História One Shots/Imagines ★ OneD & ZM - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Harry Styles, Imagines, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, One Direction, Zayn Malik
Visualizações 30
Palavras 919
Terminada Não
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu amo essa foto part 2 sksksksks

Capítulo 11 - Country Girl - LT - Part 2


Fanfic / Fanfiction One Shots/Imagines ★ OneD & ZM - Capítulo 11 - Country Girl - LT - Part 2

 PoV Louis 

  Já fazem apenas dois dias que estou aqui e eu sinceramente não aguento mais.   

As seis horas da manhã já está todo mundo acordado, não tem internet aqui e os dias parecem demorar uma eternidade para passar.  

Me escondi no quarto de hóspedes, onde tenho dormido e coloquei meus fones de ouvido.   

– Louis – minha mãe adentra o quarto junto a uma garota – Essa é a S/N,mora na fazenda vizinha.   

– Bão Dia – a garota sorri tímida e coloca as mãos no bolso no macacão que usava. Respiro fundo e me sento na cama.  

  – Bom Dia.  

– S/N que tal você levar o Louis para conhecer melhor a fazenda? Desde que ele chegou não sai desse quarto – minha mãe diz rindo e a garota também ri, e confesso que achei ela fofa. 

– Tá bão. Vou esperar ele lá fora, tia – S/N sai do quarto.  

– Mãe...   

– Nem vem,Louis! Você vai andar um pouco e pelo menos fingir que está se divertindo! 

  Reviro os olhos e saio do quarto. S/N me esperava na varanda, enquanto fazia carinho na cabeça de um cachorro, o que creio ser um labrador preto. 

 – É seu? – pergunto enquanto me aproximo. Ela sorri.   

– Sim. Essa é a Poppy! – ela olha para mim – Quer tocar?  

  Faço que não com a cabeça.  

  – Não gosto muito de cachorros... Não gosto muito de animais – dou de ombros.   

– Ocê é o garoto mais engraçado que eu já vi – S/N ri.  

O jeito que ela pronunciava o "r" nas palavras me fez sorrir. S/N se levanta.   

– Vamo? Quero te mostrar meus lugares favoritos!   

Coloquei meus fones de ouvidos e comecei a procurar por uma música na minha playlist.  

– Bem bonito teu celular – S/N diz sem me olhar – Eu tenho um, mai num gosto muito.   

– Sério? – olho para ela – Por que?  

  – Ah... Num sei – S/N dá de ombros e para de andar – Tá vendo ali? – pergunta apontando para uma porteira não muito longe – É lá que eu moro.

 – Vamos lá? 

 – Tá Bão – ela se vira para mim com um enorme sorriso – Corrida?  

– Okay... – S/N sai correndo, junto a Poppy e eu logo vou atrás delas.     

 Na metade do caminho eu estava exausto, enquanto S/N já havia chegado a porteira e caia na risada.   

– Ocê é meio lerdo, hein! – ela grita enquanto eu me aproximava quase me arrastando.   

– Dá um credito – digo ofegante e me encosto na porteira – Não sou acostumado com isso.  

  – Vem – S/N ri e segura minha mão, me puxando.  

  O terreno parecia com o dá fazendo do meu tio avô, obviamente, mas era mais florido... Mais vivo. 

 – Wow! – digo encantado, olhando para os lados como um tolo.  

– Gostou? – S/N cruza os braços e se vira para mim. Faço que sim com a cabeça.   

Andamos mais um pouco e chegamos a um jardim que até parecia coisa de filme.  

– Caramba! Esse lugar é incrível!  

– Eu quem fiz esse jardim – S/N se senta junta a algumas rosas – São anos de trabalho, mai valeu a pena. 

  – Eu... Posso tirar uma foto? Para guardar de lembrança.   

– Pode – S/N se levanta e eu tiro algumas fotos. 

– Ficou incrível! Você é ótima com jardinagem – me sento na grama. S/N sorri sem graça.  – Agradeço... Mai num vem se sentar não – ela me puxa – Ainda tem muita coisa pra ver!   

S/N me levou até um lago, onde demos comida para alguns patos, depois fomos até o pomar, onde comemos várias frutas, escondidos do pai dela e por fim, fomos ao celeiro.  

  – Nunca pensei que fosse dizer isso, mas... Que fofo! – digo enquanto observo um leitãozinho dormindo. 

  – Ele nasceu no dia que ocê chegou aqui – S/N ri – Então, ocê quer dar um nome pra ele?

 – Ah... Mister Bacon – digo arrancando uma gargalhada de S/N – O que foi?

– Nada naum – ela se levanta – Gostei do nome.   

– Então, tem mais algum lugar que queira me mostrar?  

  – Tem. Mai esse é muito especial! Não pode mostrar pra ninguém! – ela diz séria – Ocê promete?  

  – Prometo!   

Andamos um pouco, com Poppy ainda nos seguindo, e chegamos ao alto de uma colina, de onde era possível ter uma visão perfeita de toda a fazenda, junto a um perfeito pôr do sol.  

– Acho que eu já disse isso umas mil vezes – me sento debaixo de uma macieira – Mas, WOW!   

– Foi bão sair da toca um pouco? – S/N se senta ao meu lado. 

Faço que sim com a cabeça e ficamos alguns minutos em silêncio, apenas assistindo ao pôr do sol.  

  A noite havia acabado de cair e o céu estava estrelado, acompanhado de uma lua cheia.   

– A única vez que vi uma paisagem tão bonita foi pelo computador – me levanto e S/N ri.  

  – Aqui ocê pode ver uma dessa todos os dias! 

 Meu celular vibra e eu logo vejo uma mensagem da Maggie.  

"Oooi,Lou ^^"  

  "Oii,Maggie!"  

  – Louis! – S/N estala dos dedos na frente dos meus olhos – Acho melhor eu levar ocê de volta pra casa. Sua mãe pode ficar preocupada.  

  – Ah... Tá bom – guardo meu celular e sigo ela.  

Andamos por alguns minutos em silêncio e aquilo estava um pouco desconfortável, já que,pelo que conheci de S/N, ela não para de falar um segundo.   

– Obrigado por hoje, foi muito legal – digo quando chegamos a varanda da casa do meu tio avô. S/N sorri sem graça. 

 – Eu quem agradeço, ocê é bem legal – respiro fundo e coloco minhas mãos no bolso.  Eu não sabia muito bem o que fazer depois de um encontro.  Não que isso tenha sido um encontro, mas... Ah, esquece.   

– Bão, já vou indo – S/N diz se afastando – Tchau!  

  – Tchau! – digo sorrindo enquanto vejo ela se afastar.    



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...