História Only Danger - Justin Bieber - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Barbara Palvin, Caitlin Beadles, Chaz Somers, Christian Beadles, Justin Bieber, Ryan Butler
Personagens Barbara Palvin, Caitlin Beadles, Chaz Somers, Christian Beadles, Justin Bieber, Ryan Butler
Tags Ação
Visualizações 145
Palavras 2.007
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura!!

Capítulo 5 - Capítulo 5 - Sex and... Bitch!


Fanfic / Fanfiction Only Danger - Justin Bieber - Capítulo 5 - Capítulo 5 - Sex and... Bitch!

Justin POVs

 

Já haviam se passado horas desde que as meninas tinham saído,eu estava no escritório resolvendo alguns problemas com carregamentos junto com os meninos,passei as mãos em meu rosto enquanto ouvia oque Chris falava,tínhamos que pegar um carregamento amanhã durante a tarde,olhei em meu celular e eram oito e meia da noite,que porra essas meninas estavam fazendo no shopping até uma hora dessas? Bufei impaciente enquanto encarava o nada de cara fechada.

 

- Você está me ouvindo Drew? – Chris disse e eu olhei diretamente para ele,que me encarava com as sobrancelhas arqueadas.

- Foi mal,estou pensativo. – Murmurei e me levantei de minha poltrona ali.

 

 

Abri minha boca para falar,ia reclamar sobre a demora das meninas,mas logo ouvi vozes e risadas vindas do corredor,caminhei em direção a porta e abri a mesma,saí de meu escritório e parei na frente delas,de braços cruzados.

 

- Isso por acaso são horas de chegar?  - Falei frio enquanto as olhava,elas pararam de rir imediatamente e vi Caitlin revirar os olhos.

- Justin,nem está tarde, estávamos no shopping,fazendo compras,coisa normal,ninguém seguiu a gente nem nada. – Caitlin disse e eu bufei,eu não quero saber. Desviei meu olhar para Melissa que permanecia quieta,e provavelmente iria ficar assim. Ela percebeu que eu a olhei e encolheu os ombros.

- Eu disse que podiam sair,mas não que podiam demorar.

- E nem que tinha horário pra chegar. – Caitlin disse e sorriu vitoriosa,a olhei frio e ela soltou uma leve risada,vi que Melissa se segurou para rir,bufei e neguei com a cabeça.

- Melissa,guarda essas sacolas e vai pro meu quarto. – Falei de forma autoritária,isso sempre funcionava mesmo. Ela assentiu e caminhou em direção ao quarto em que estava,Caitlin foi para o quarto dela.

Revirei os olhos e parei na porta do meu escritório,olhando os meninos.

- Vamos continuar isso depois.  – Falei e logo fui em direção ao meu quarto,entrei e tirei minha camisa,a jogando em qualquer lugar,fui em direção a cama e me sentei na beira da mesma.

 

Melissa POVs

 

Passei minha tarde inteira fazendo compras com a Caitlin,ela era muito divertida,nem parecia aqueles brutamontes que ela chama de amigos.

Deixei as sacolas das compras em cima da cama,observei as mesmas por alguns segundos,Caitlin que havia pagado,dizendo que não ia nem fazer falta na conta bancária,eu nem queria que ela fizesse isso,é estranho. Caminhei em direção a porta e abri a mesma,sai fechando a porta atrás de mim,iria logo ao quarto dele,antes que o mesmo ficasse irritado,do jeito que é. Dei algumas batidas na porta do quarto de Justin e logo ouvi um entra,abri a porta e entrei no quarto,vendo Justin sentado em sua cama,sem camisa. Meu Deus que corpo. Fechei a porta e fiquei ali parada por alguns segundos,até ouvir sua voz.

 

- Vem. – Ele disse enquanto me olhava,respirei fundo e me aproximei dele,minhas pernas estavam tremulas,será que ele iria me bater por ter saído e chegado tarde? Eu não duvido nada.

 

Senti suas mãos em minha cintura,fazendo um leve carinho na mesma e logo descendo as mãos até chegar em minhas coxas,ele deu alguns apertos nas mesmas,respirei fundo e involuntariamente dei um passo pra trás,mas logo senti Justin me puxar de volta,fazendo meu corpo ficar próximo ao seu rosto,ele sorriu de lado e subiu uma de suas mãos em direção a minha intimidade,minha respiração a essa altura já estava alterada,talvez pelo nervosismo do que ele iria fazer. Justin se levantou e segurou em minha cintura,me colando em seu corpo,ele aproximou seus lábios de meu pescoço,dando leves beijos naquela região,ele levou suas mãos até meus ombros e começou a descer a jaqueta que eu estava,logo a mesma foi em encontro ao chão. Justin segurou firme em minha cintura e me levantou,por impulso acabei entrelaçando minhas pernas ao redor de sua cintura e segurei em seus ombros,ele sorriu malicioso e deu um aperto em minha bunda. Justin aproximou nossos lábios e logo iniciou um beijo,retribui ao beijo,enquanto sentia suas mãos passearem por meu corpo,Justin nos girou e logo senti minhas costas baterem contra a cama macia,Justin abriu minhas pernas e ficou entre as mesmas,me puxou pelas pernas fazendo com oque ficasse mais próxima.

 

- Eu vou te foder,até você não conseguir andar,e pra aprender que quando eu digo uma coisa você tem que obedecer. – Ele falou frio e senti meu corpo se arrepiar. Ele sorriu e me puxou pelos braços,me fazendo ficar sentada na cama,não de modo certo,ele levou uma de suas mãos até minhas costas e logo desceu o zíper do vestido,senti ele soltar meu braço que ainda segurava,me deitei na cama novamente.

 

- Você ficou gostosa nesse vestido,mas isso não significa que tem que ficar se exibindo a todo momento. – Justin disse e logo tirou o vestido de meu corpo,e o jogou longe. – Você fica ainda mais gostosa assim.

 

Justin passeou suas mãos por meu corpo,até parar uma de suas mãos em minha coxa,depositando um tapa forte na mesma,fechei os olhos e suspirei,eu tinha achado aquilo bom. Ele se afastou um pouco e logo tirou os meus sapatos,os jogando no chão,se aproximou novamente de mim e seu rosto ficou próximo ao meu,ele roçou nossos lábios,deu uma leve mordida no meu e puxou o mesmo,Justin desceu seus lábios para o meu pescoço e deu um chupão forte no mesmo,com certeza ficaria uma marca bem feia ali,ele passou a língua lentamente por meu pescoço e logo deu leves beijos na região,senti as mãos de Justin em meus seios ainda cobertos pelo sutiã,dando um leve aperto,senti o sutiã ser arrancado bruscamente de meu corpo,ele havia quebrado,olhei para ele que sorriu jogando o sutiã pro lado. Mordi meu lábio sentindo a língua dele passar por meu mamilo,Deus,que sensação maravilhosa.

 

- Eu sei que gosta disso. – Ele disse com uma voz sexy,suspirei soltando um gemido baixo ao sentir o chupão em um de meus seios. – Você gosta,baby.

 

Justin começou a chupar um de meus seios enquanto massageava o outro,fechei meus olhos enquanto sentia seus lábios passearem pela região,ele afastou os lábios e fez o mesmo processo no outro seio,logo senti seus lábios descerem por minha barriga,ele levou suas mãos até minha calcinha e rasgou a mesma,jogando o pano em qualquer canto,da última vez que ele ficou com as mãos tão próximas,só foi pra me fazer sentir dor pra ver se eu era virgem. Tentei fechar minhas pernas e senti o mesmo abrir as mesmas rapidamente.

 

- Melissa,eu já te fodi uma vez,e você gostou bastate,não lembra? – Ele disse e eu engoli seco,eu me arrependo daquilo,e tenho certeza que vou me arrepender de novo. – Vai ser melhor,baby.

 

Ele aproximou seus lábios de minha intimidade e logo passou a língua por meu clitóris,curvei meu corpo,a sensação de sua língua gélida com minha intimidade era boa. Justin afastou seus lábios e passou seu polegar por meu clitóris,estimulando o local de forma lenta,ele aproximou os lábios novamente e passou sua língua por minha entrada,me fazendo gemer um pouco alto,tenho certeza que ele sorriu por causa disso,ele tirou seu dedo de meu clitóris e voltou a chupar o mesmo,de form mais intensa,levei uma de minhas mãos até seu cabelo e segurei firme no mesmo,senti o dedo de Justin em minha entrada e logo o mesmo começar a penetrar,mordi meu lábio com força,segurando o gemido,dessa vez não havia doído. Justin movimentava seu dedo de forma rápida enquanto ainda chupava minha intimidade,curvei meu corpo gemendo alto,acabei fechando minhas pernas por impulso,enquanto puxava o cabelo de Justin,ele levou uma de suas mãos até minha perna e separou uma das mesmas,sem parar de me chupar,senti meu corpo um pouco mais mole e minha intimidade contrair,apertei meus olhos e acabei gozando,junto a um gemido alto. Justin sugou todo meu gozo,logo se ajoelhou na cama,ele aproximou seus dedos de minha boca,o olhei.

 

 

- Chupa. – Ele sorriu malicioso,abri minha boca e senti seus dedos,melados de gozo em minha boca,chupei os mesmos enquanto Justin me olhava sorrindo,ele aproximou nossos lábios e logo me beijou de forma intensa.

 

Justin afastou nossos lábios assim que ar nos faltou,ele abriu os botões de sua calça e tirou a mesma,vi o grande volume em sua boxe e respirei fundo,ele tirou a boxe e logo a jogou pra longe,mordi meu lábio involuntariamente e vi ele sorrir.

 

- Quer tentar pôr na boca? – Ele disse o olhei por alguns segundos,eu não sabia como fazer aquilo. – È fácil,tenho certeza que você já chupou um pirulito,é a mesma coisa. – Ele soltou um riso perverso e senti minhas bochechas queimarem.

- Eu...acho que não consigo. – Pronunciei com a voz um tanto baixa.

- Você tenta,vai conseguir,só não se engasga. – Ouvi seu riso baixo e logo Justin se deitou na cama,me chamando com o dedo,fiquei entre suas pernas e o olhei,meu Deus oque eu estou fazendo. Okay,Melissa,você consegue,você não é nenhuma criança.

 

Segurei na base de seu membro e ao mesmo tempo vi Justin aproximar sua mão,acho que ele quis me ajudar. Estimulei seu membro de cima para baixo lentamente,vi Justin travar o maxilar e morder o lábio. Aproximei meu rosto de seu membro e logo passei a língua por toda a extensão enquanto ainda o segurava,ouvi o gemido baixo de Justin,me inclinei um pouco mais e dei leves selinhos em sua glande,logo coloquei seu membro ,quase por inteiro,na boca,Justin soltou um gemido alto,talvez de supresa,chupei seu membro enquanto passava a língua pela região e masturbava oque não cabia em minha boca. Afastei meus lábios do membro dele e o masturbei rapidamente,Justin gemia loucamente,com aquela voz rouca,passei a língua por seu membro novamente e senti meu cabelo ser puxado pela mão do mesmo.

 

- Porra Mel! Que boquinha maravilhosa. – O olhei rapidamente e mordi meu lábio,coloquei seu membro novamente em minha boca e voltei  chupar o mesmo.

 

 

Senti as veias do membro de Justin um pouco saltadas,continuei chupando o mesmo e logo senti seu liquido invadir minha boca,tirei seu membro de minha boca,passando a língua pelo mesmo enquanto engolia seu liquido

 

- Achei que não soubesse. – Ele me olhou,enquanto respirava ofegante,sorri de lado e senti meu corpo ser puxado e logo eu ser deitada na cama. – Agora eu quero te foder.

 

Justin ficou entre minhas pernas e logo abriu mais as mesmas,o olhei e logo vi o mesmo sorrir malicioso e segurar em seu membro e passar o mesmo por minha intimidade,mordi meu lábio e logo senti seu membro entrar de vez em mim,soltei um gemido alto e segurei em seus ombros,apertando os olhos. Ele começou a movimentar seu membro devagar em mim e logo começou a aumentar a velocidade,mordi meu lábio enquanto soltava alguns gemidos abafados. Justin aproximou seu rosto de meu pescoço e ficou ali,gemendo baixo,sua respiração quente batia em minha pele,levei minhas mãos ate suas costas,arranhando as mesmas sem dó,Justin soltou um gemido alto,dando um tapa forte em minha coxa,tombei minha cabeça para trás forçando a mesma contra o travesseiro.

Justin continuava estocando de forma bruta,minha intimidade já estava começando a contrair,apertei meus olhos gemendo alto,ele deu um leve chupão em meu pescoço e logo olhou fixamente para o meu rosto,o olhei também,Justin deu uma estocada mais forte e logo acabei gozando em seu membro,ele mordeu o lábio e deu outro tapa em minha coxa,gemendo baixo e senti seu liquido me invadir,ele tirou seu membro de mim e logo deitou ao meu lado,me sentei na cama ainda tentando normalizar um pouco minha respiração.

 

- Eu disse que você gostava. – Ele falou rouco,o olhei rápido. – Você faz isso direito,agora estou surpreso.

 

Respirei fundo e passei as mãos em meu rosto,coloquei minhas pernas pra fora da cama,eu tinha que voltar pro meu quarto.

 

- Dorme aqui. Não vou morder,a não ser que não queira. – Ele riu baixo.

 

Revirei os olhos e voltei a me deitar ao seu lado,Justin me puxou mais e acariciou minha cintura,eu estava de costas para ele.

 

- Você é uma vadia que fode bem.

 

Fechei meus olhos sentindo os mesmos arderem,porque eu fiz isso de novo? Se bem que eu não teria muita escolha,ou eu fazia ou tenho certeza que ele acertaria um belo tapa em minha cara,ou pior.

Abri meus olhos e encarei o nada por alguns segundos,eu tenho que parar de ser sensível desse jeito.


Notas Finais


Gostaram? Não se esqueçam de deixar seu comentário e seu favorito!
Estou muito agradecida pelos comentários e favs que vêem aparecendo.
xoxo Kaah


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...