História Original Blood .Jikook. Namjin. Taeyoonseok. - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Agust D / Suga, Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Briga, Ciumes, Híbrido, Jikook, Lobisomem, Namjin, Original, Palavras De Baixo Calão, Possessivo, Romance, Sangue, Suspense, Taeyoonseok, Treta, Vampiro, Violencia
Visualizações 74
Palavras 817
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Festa, Ficção, Fluffy, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Yoongi é dois anos mais velho que Jimin na fanfic, ou seja, em 2017 ele tem 19 anos.

Aqui na fanfic é como se ele tivesse nascido em 1998.

Capítulo 11 - Passado Yoongi Pt.1


Yoongi •Point Of View•

2014, Seul.

Era uma onda de pensamentos, injuriosas em grande categoria, mas isso era irrelevante, tudo era irrelevante a partir do momento em que você se torna algo... Irrelevante.

Os pensamentos rondavam entorno de algo vazio, sem precedentes. Simplesmente pensamentos.

Tentava de alguma forma organiza-los, mas quanto mais tentava pior ficava, então, a procura de uma solução a única encontrada foi beber.

O som estridente da música ecoava pelos quatro cantos da boate, os quais eram possíveis encontrar pessoas dançando à pessoas se comendo. Era nojento de ver. 

Vou passando entre o amontoado de pessoas espalhadas entre a pista de dança e o bar. Tento chegar o mais rápido possível no bar, precisava beber. Minha cabeça girava a anos-luz, isso era horrível, a sensação de impotência era horrível.

O caminho até o bar estava lotado, não havia um espaço para quase nada, somente a fumaça dos cigarros e ervas conseguia passar, mas minha necessidade de beber e tentar esquecer pelo menos uma noite meus problemas era inigualável.

No meio do caminho esbarrei em muitas pessoas, inúmeras, mas elas pareciam não se importar.

Sentado na cadeira com uma garrafa de Vodka na mão e um cigarro na outra, era essa minha situação... Completamente e redondamente decadente. Tudo bem que várias pessoas tentaram me ajudar, mas eu não queria compaixão. Eu queria mais, queria muito mais... Eu queria ser uma pessoa amada e admirada por alguém e não um motivo para compaixão. 

Sentado no banco pensando em todos os meus fracassos até hoje deixei de reparar que o banco vazio ao meu lado, agora, era ocupado por um garoto de cabelos vermelhos e um sorriso quadrado bem marcante. Deslumbrante.

- Qual ou quem é o motivo para estar tão acabado? - me surpreendo com a pergunta do ruivo. Estava tão na cara assim?

- Não imaginei que estava tão na cara. - solto uma risada anasalada. 

- Mas não está. Está na garrafa de Vodka. - e pela primeira vez trocamos olhares. Isso pode soar clichê ou quaisquer coisa, mas algo me fez querer ficar naquele momento por longos minutos - Então, quem ou qual foi o motivo?

- Não sei ao certo. Simplesmente minha vida está cada vez afundando mais e mais. - abaixo a cabeça olhando para garrafa em minha mão - Parece que nada está ao meu favor ultimamente. 

- Entendo. Já fiquei assim. - ele toma o, provavelmente, Wisk e se levanta me olhando - Vem. Vamos distrair sua cabeça de outra forma. Aliás, qual é o seu nome? 

- Min Yoongi. E o seu? 

- Kim Taehyung. - fomos andando até a pista de dança em direção a um garoto - E esse é Jung Hoseok, Yoongi. - ele nos apresenta apenas sorrio e começamos a pular, dançar. 

(...)

- Obrigada. - agradeço assim que Tae para o carro em frente a minha casa.

- Imagina.- ele pega um papel e escreve algo - Pegue, esse é o nosso número, nos ligue ou mande mensagem. Foi bom conhecer você, Yoongi. - ambos sorriem. 

(...)

Yoongi •Point Of View•

2017, Seul.

- Acorda Yoongi. - sinto balançarem meu corpo de um lado para o outro. 

- Deixa eu dormir caralho. - digo ainda de olhos fechados. 

- É assim? Tá bom Min Yoongi. Também não quero mais fazer o que ia propor. - tento identificar a voz e percebo ser... HOSEOK?! Merda. Levanto bruscamente. 

- Desculpa Hobi. - o abraço por trás ficando na ponta do pé e apoiando minha cabeça em meu ombro - Pensei que fosse o Jimin. 

- Tá, não quero saber também. - ele desfaz o abraço e sai andando, ando atrás do mesmo. 

- Para Hobi. - ele continua andando emburrado, dou uma corridinha e paro na sua frente - Jung Hoseok, para. 

- Senão o que Min Yoongi? 

- Senão só tem pro Tae e para você greve. - ele faz uma cara de indignação.

- Injusto. 

- Justo desde o momento que teve crise de ciúmes pelo Jimin. - ele abre a boca para protestar, mas desiste. Vejo suas bochechas ficarem meio rubras. 

- Tá bom. - sorriu - Minha proposta era passar o dia com você. - ele sorri fofo. 

- Aceito. - abraço Hobi fortemente e ele retribui enlaçando minha cintura com seus braços. Ouvimos uma falsa tosse e nos separamos vendo um Taehyung putasso. 

- Então é assim? Eu fico de fora? - ele faz um biquinho choroso e crusa os braços. Ando até o mesmo mordendo seu biquinho. 

- Não. - olho para o Hobi que está sorrindo com a cena que se resume em um Taehyung manhoso, eu abraçando o mesmo por trás e dando beijinhos em seu pescoço. 

- Vamos passar uma tarde juntos, o que acham? - Hobi propõe sorrindo.

- Siiimm. - grita Tae eufórico dando palminhas. 

- Concordo. - chamo com a mão o Hobi para mais perto. - Acho que amo vocês dois. - sussurro para mim mesmo quase inaudível. 


Notas Finais


Tentei fazer um pouco de cada um dos pedidos nos comentários.

Próximo capítulo jikook povinhos, bjundaaasss.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...