História Os Opostos em Comum - Imagine Jung Hoseok - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jungkook, Personagens Originais, V
Tags Imagine, Jhope, Jung Hoseok, Kim Taehyung
Visualizações 7
Palavras 1.579
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Os opostos em comum


 Lá estava ____ estudando pela quarta vez só hoje, ela está organizando alguns papéis de trabalho e estudando para a tal prova trimestral de medicina da faculdade, mais conhecida como o inferno dos alunos. Seu sonho é fazer medicina e tem se desgastado excessivamente para tirar boas notas e futuramente ter um bom currículo, mesmo cansada, sempre será vista estudando. Esse excesso de estudo tem a causado más noites de sono e olheiras do tamanho da Terra, mas resulta em boas notas, o que ela diz valer à pena.

 

 

Sua rotina é como a de uma jovem normal aos seus 22 anos: acorda, lancha, vai para a faculdade, volta para casa, almoça, estuda, janta e dorme, um tédio total. _____ nem possui amigos na faculdade, pensa que é uma perda de tempo para quem quer ter um bom emprego na vida, mas, cá entre nós, viver apenas estudando não é viver, é claro que tirar notas boas é sempre bom, mas também é importante ter horas de se  divertir para a própria saúde mental, afinal não é uma nota que define sua vida, enfim, acredito que a garota só sofra de carência emocional.

 

A única amiga da estudiosa _____ é Taeyeon, mesmo assim há tempos que não se falam porque a futura médica vive com a cara enfiada nos livros, chega a ser irritante para a morena ter que lidar com uma amiga tão centrada nos estudos e vidrada em apenas notas, ela sente falta da amiga, que tem se afastado drasticamente de si, ser trocada por livros sobre o corpo humano não é nada legal, e muito menos sensato da parte de _____. As amigas não se encontram principalmente porque Taeyeon estuda fotografia na faculdade do outro lado da cidade, mas ela sempre expôs para a mais velha que sempre a visitaria, contando com que fosse convidada, porém ninguém entende a cabeça de uma pessoa presa nos estudos.

 

Felizmente Taeyeon conseguiu convencer _____ de sair por hoje, inclusive disse que escolheria as roupas da amiga e tudo mais, ela está a caminho de sua casa agora, e já é de se esperar uma moça descabelada e com olheiras profundas atendendo a porta. No entanto, a morena saiu de seu banho agora a pouco e podemos dizer que está quase pronta, faltando apenas a roupa que Taeyeon trazia consigo. A mais nova espera que a amiga se divirta pelo menos por hoje, já que anda tão abatida pelos cadernos ultimamente, como uma camisa desbotada de tanto lavar, mas no caso uma moça destruída de tanto estudar.

 

_____ também sente muita saudade de sua ex colega de sala, mas não quis ser possessiva ao ponto de chamá-la para sair, além das provas super importantes que terá, entretanto nem se deu o trabalho de convidar a amiga porque a mesma o fez. Para falar a verdade, ____ só aceitou o convite de Taeyeon porque acha que já estudou o bastante e está com muita saudade da amiga, não porque quer se divertir ou algo do tipo.

 

A campainha toca e a dona da casa abre, revelando uma Taeyeon ofegante, parecia ter subido a muralha da China correndo.

 

– Por que você tava' correndo, sua idiota? – pergunta rindo do estado cansado da amiga.

 

– Boa tarde para você também, minha querida amiga ____. Eu tava' correndo porque tinha um cara estranho na porta da sua casa, usando umas roupas pretas despojadas e um boné, a sua vizinhança tá' cada vez mais estranha. – Diz com receio ao relembrar da cena do moleque esquisito na porta da casa da amiga.

 

– Para de neura e entra logo, Taeyeon.

 

[...]

 

– Amiga, você tem certeza que essa roupa tá' boa? Não costumo usar esse tipo de coisa, vou tirar. – ____ diz já deslizando metade do zíper do vestido que a amiga havia trago.

 

– Yah! Nada disso! Tá lindo e você vai continuar vestida assim, ok?! – _____ faz um aceno de sim com a cabeça e revira os olhos:

 

– É a primeira e última vez que deixo você escolher minha roupa, tá' me ouvindo?! Sua chata! 

 

– Nada disso, eu ainda vou te fazer vestir muitas roupas, meu anjo! – Taeyeon revida, mostrando a língua que é devolvida por ____.

 

E as duas ficam ali trocando farpas até a hora de saírem, o que faz ____ animar-se um pouco, sua melhor amiga traz esse tipo sensação a si.

 

[...]

 

Hoseok se encontrava andando por Seul aleatoriamente com uma garrafa de cerveja na mão, ainda não estava tonto, tinha plena consciência de onde estava e o que estava fazendo, porém só seguia andando e bebendo por aí quando não havia nada para fazer. Ele considera isso algo que o faz pensar sobre o que a sua vida está se tornando e se é isso mesmo que ele quer fazer até seus últimos dias de vida: vagar de boca em boca e de garrafa em garrafa.

 

Ele parecia sem rumo, mas tinha um lugar a ir: alguma balada de Hongdae. Quando Hoseok ia para uma dessas baladas, ele ficava com cerca de vinte pessoas, eu já contei, e no meio desse povo todo há gente que ele não sabe nem o nome, mas se a felicidade momentânea faz dele uma pessoa mais alegre, que seja assim feito. Seu melhor amigo, Jungkook tenta parar Hoseok às vezes, mas prefere deixá-lo escolher o que quiser, mas vai junto para garantir sua segurança. Porém, hoje o desastrado saiu sozinho sem avisar ninguém, e para quem conhece a peça, sabe que coisa boa isso não vai dar.

 

[...]

Era o décimo copo de licor que Hoseok pegava e secava, já não estava nas suas perfeitas condições e deve ter beijado umas 5 meninas e uns 2 meninos. Alguns diriam que ele é doido, outros diriam que ele só está curtindo a juventude, mas eu diria que isso é tudo carência, assim como____ sente, tanto de amigos, quanto de uma pessoa para amar, mas tudo é passageiro, algum dia Hoseok toma jeito na vida.

 

_____  e Taeyeon haviam se perdido em Hongdae, afinal é apenas a segunda vez da menor da cidade e a outra nunca foi, mas não estavam muito longe da balada que procuravam. Felizmente acharam o lugar depois de algum tempo e logo notaram a presença de um som alto e e várias pessoas bebendo e fumando, além da galera se pegando pelos cantos da boate. Logo pediram copos de licor e ambas, principalmente a mais velha, bebiam uma quantidade excessiva, não demorou muito para elas se alterarem e começarem a dançar e chamar a atenção dos homens do lugar.

 

_____ notou a presença de um garoto a encarando demais e decidiu recuar um pouco, não queria acabar a noite sendo estuprada por um marginal qualquer, mas sua estratégia não deu muito certo e veio o garoto flertar consigo, mas ela deixou claro que não queria nada e o garoto pareceu desistir, mas logo apareceu um outro, em que a garota se interessou mais e decidiu colaborar com ele. Não sabia quantas horas eram e nem quando ela começou a beber, mas quando se deu conta estava aos beijos com alguém sem saber ao menos seu nome, mas, pelos deuses, ele beijava muito bem.

 

Been sitting, eyes wide open

(Estou sentado, com os olhos bem abertos)

Behind these four walls, hoping you'd call

(Dentro dessas quatro paredes, esperando que você me ligue)

It's just a cruel existence

Like there's no point hoping at all

(É um jeito muito cruel de viver

Como se não houvesse sentido nenhum ter esperança)

Baby, baby, I feel crazy

Up all night, all night and every day

(Amor, amor, eu me sinto como se estivesse louco

Acordado a noite toda, a noite toda e todos os dias)

Give me something

Oh, but you say nothing

What is happening to me?

(Peço que me dê alguma coisa

Oh, mas você não diz nada

O que está acontecendo comigo?)

I don't wanna live forever

'Cause I know I'll be living in vain

(Eu não quero viver para sempre

Porque eu sei que estaria vivendo em vão)

And I don't wanna fit wherever

I just wanna keep calling your name

Until you come back home

(E eu não quero me encaixar em nenhum outro lugar

Eu só quero continuar chamando o seu nome

Até você voltar pra casa)

I'm sitting, eyes wide open

And I got one thing stuck in my mind

(Estou sentada, com os olhos bem abertos

E eu estou com essa coisa na minha cabeça)

Wondering if I dodged a bullet

Or just lost the love of my life, ooh

(Me perguntando se eu desviei de uma bala

Ou se acabei de perder o amor da minha vida, ooh)

Baby, baby, I feel crazy

Up all night, all night and every day

(Amor, amor, eu me sinto como se estivesse louca

Acordado a noite toda, a noite toda e todos os dias)

I gave you something

But you gave me nothing

What is happening to me?

(Eu te dei algo

Mas você não me deu nada

O que está acontecendo comigo?)

I don't wanna live forever

'Cause I know I'll be living in vain

(Eu não quero viver para sempre

Porque eu sei que estaria vivendo em vão)

And I don't wanna fit (fit, babe) wherever (wherever)

I just wanna keep calling your name

(E eu não quero me encaixar (encaixar, amor) em nenhum outro lugar (outro lugar)

Eu só quero continuar chamando o seu nome

Até você voltar pra casa)

 

 

 

 


Notas Finais


Música: https://youtu.be/AY9blLYMKnI
Continua?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...