História Os Primeiros 50 Passos da Vida - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 1
Palavras 1.471
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela, Universo Alternativo

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Parte 2


Fanfic / Fanfiction Os Primeiros 50 Passos da Vida - Capítulo 2 - Parte 2

No dia vinte quatro de outubro de dois mil e dezesseis (24.10.2016), no dia do seu aniversário oficial, Gabriel iniciou o seu namoro com Laura Nunes, a qual ficou exatamente 4 meses namorando. Ela também foi uma ótima namorada a Gabriel sem ter o que dizer dela, sempre apoiou ele em todas as suas decisões, e ela também era da mesma escola que ele. Tiveram bons momentos juntos, mas como já perceberam nenhuma dá certo na vida de Gabriel, mas mesmo assim ele leva sua vida adiante e o que vim para ele será uma nova tentativa, a pergunta seria por que não?

No dia um de dezembro de dois mil e dezesseis (01.12.2016), foi seu passeio de formatura sitio, onde tinha piscina, tirolesa, quadra de futsal e basquete, com tobogãs. Foi o dia inteiro lá, Gabriel aproveitou o máximo junto com seus amigos que também estavam se formando, o Nicolas o garoto que agora até que cresceu um pouco mais, Christian Figueredo cabelo preto, olho escuro, até que tem o tamanho médio e youtuber, isso mesmo todos são youtuber, inclusive o Gabriel.

Chegando no dia quinze de dezembro de dois mil e dezesseis (15.12.2016) foi a formatura do Gabriel para sair do fundamental, e iniciasse no colegial. Foi uma noite fantástica, teve a entrega do seu diploma, sua valsa da noite, a entrada com sua madrinha que ele escolheu no dedo, e também as homenagens a todos.

Naquela mesma noite Gabriel e até mesmos outros se despediram, pois sabiam que daquele dia em diante nem todos seguiriam o mesmo trajeto juntos, pois afinal uma hora a vida mostra o melhor caminho para casa um, segue ele quem quer.

Gabriel nunca foi uma pessoa inteligente, mas sempre soube usar sua esperteza acima de tudo, na escola tentava até mesmo se esforçar ao máximo, pelo menos fingia bem que tentava. Sempre terminava a lição o mais rápido possível apenas para conversar. Gabriel é uma pessoa ativa até demais se passa uns dez (10) minutos sem falar é muito, nas reuniões só falavam que ele não fechava a boca, que isso não é surpresa para nenhum de nós.

O Gabriel passou o natal do ano de dois mil e dezesseis (2016), na casa de seus tios avós, em Alphaville, Santana de Parnaíba. Foi um natal muito próspero, com direito a amigo secreto, o Gabriel tirou sua madrinha de formatura, Antônia Gonçalves. Lá estavam reunidos todos os tios, sobrinhos, e até mesmo os agregados. E o que dizer do seu ano novo cheio de aventura, para iniciar vamos começar dizendo que desceu a praia, o Gabriel, Igor dirigindo o seu carro, Vinicius Sousa, primo que mora hoje nos estados unidos, Francinne Girão namorada do Igor, Leticia Gonçalves filha da madrinha do Gabriel de formatura, sendo assim prima dele, a mãe do Gabriel e mais a amiga da Leticia. Desceram dois carros antes na terça-feira, e no sábado desceu a madrinha de formatura, o seu marido Paulo Ney, o pai do Gabriel, e mais o irmão mais velho Henrique. Sendo assim passaram todos a virada de ano na areia da praia na Enseada, Guarujá.

Agora já na virada ocorreu um problema na região dos fogos e ao invés de estourarem para cima, virou diretamente aos lados, e assim fez que todos corressem pela praia, fazendo que cada um se perdesse um do outro, ocorreram discussões logo em seguida por motivos diferentes mas hoje todos ainda estão vivos. Virada na praia pode até acontecer, mas perto dos fogos para o Gabriel será nunca mais, afinal isso só acontece nas melhores famílias.

No dia sete de setembro de dois mil e doze (07.09.2012) a avó de Gabriel por parte de seu pai veio a falecer por volta da manhã de sábado, ás nove horas (9:00) da manhã. Nesse dia, Gabriel e sua família recebeu a notícia pela manhã chegando as onze horas (11:00) da manhã. Ela veio a falecer na sua casa de repouso aonde já estava internada a um bom tempo já. Sua avó já tinha por volta dos oitenta seis (86) anos de idade. Foi uma morte tranquila, afinal ela teve seu café pela manhã e assim a enfermeira que cuidava dela foi pegar um paninho para limpa-la e logo em seguida ela veio a falecer. No começo foi um baque a todos, mas todos já sabiam que ela estava sofrendo muito e que foi o melhor a ela. Ela não andava mais, tinha as vezes a perda de memória e está vegetando. Na opinião do Gabriel foi o melhor a ser feito.

O que é a fada do dente para você? Para o Gabriel é um saco de dinheiro gratuito sem precisar fazer nenhum esforço. Gabriel até os seus 14 anos de idade seguia essa tradição corretamente, afinal já sabia que é a maneira mais fácil de conseguir um trocado.

O Gabriel sempre muito esperto não bobeava muito para que quando o dente caísse chegasse até a sua mãe lembrasse que naquela noite teria um dente em baixo do seu travesseiro. Se isso era certo, Gabriel não sabe, mas que sempre tinha um dinheiro para comprar em bala através da fada do dente, ele tinha.

O menino Gabriel sempre teve um comportamento razoável em se colégio, pelo menos isso era o que ele achava, afinal ninguém nuca gostou daquela matéria que só usa números, a verdadeira matemática. Ele até que se dava bem nela mais nunca gostou, uma das suas matérias prediletas que o Gabriel gostava era ciências, português, informática, educação física e até mesmo aquela matéria que todo mundo gosta, a famosa aula vaga. Ele nunca foi tão afim na comida que davam em seu colégio, mas era a opção que ele tinha naquele momento ali. Com todos os benefícios que sua escola fornecia era difícil Gabriel não gostar de estudar lá, mas aí juntava o útil e o agradável que era seus amigos e aquele dia Gabriel já imaginava como ia ser.

Agora o melhor de sua escola mesmo, era as tias da limpeza, não tinha ninguém igual elas, eram um amor de pessoa, se bem que a sua diretora e coordenadora era também uma supermãe a ele.

A oração na vida do Gabriel nunca se encaixou muito bem, não que ele não acredite, mas sim por que ele nunca teve esse hábito em sua vida. Um dos problemas do Gabriel é que ele só iria atrás de orar quando ele mais precisava, não ligava muito para essas coisas. Gabriel até que frequentou algumas vezes a casa do senhor como se dizem (Igreja) quando sua avó por parte de mãe levava ele. Teve também em uma célula que ocorria em seu condomínio, mas depois de um tempo não sentiu mais à vontade e necessidade de ir. A única oração que era frequente na vida de Gabriel era o seu pai nosso pela a manhã em sua escola, mas acredito que um dia isso virará um hábito em sua vida.

Uma coisa que podemos dizer que é a verdadeira rotina de Gabriel é as suas tarefas de casa. Uma coisa que não falta no dia de Gabriel, mas não porque ele gosta e sim porque ele é totalmente obrigado pelos seus pais. Já ocorre um ciclo em sua casa, Gabriel lava, Lucas seca e guardar e o Igor, como ele diz: eu trabalho. Não fica só por isso não Gabriel ainda arruma as camas, limpa lavandeira e o Lucas, melhor manter em off-line. O menino Gabriel é um exemplo divino, mas isso pelo menos é o que ele acha.

Uma das coisas que Gabriel mais gosta de fazer é viajar, afinal quem é que não gosta, correto. Ele sempre costumava a ir para a chácara do seu padrinho Orivaldo (Boy) e da sua madrinha Ana. Lá ele tinha cavalo, piscina, o ar puro da mata, coisa que hoje em dia é complicado sentir e achar. Geralmente seus pais gostavam de ir na sexta à noite ou até mesmo no sábado de manhã para que tenha o Sábado e o Domingo inteiro livres para aproveitar e voltar por volta das nove (21:00) horas da noite de domingo. De sua casa a chácara de seu tio que fica localizado em Torre de Pedra, São Paulo, eles tinham um caminho de duas (2) horas ou um pouco mais de estrada até chegarem lá. Depois de um tempo deixaram de ir a chácara de seu padrinho Orivaldo (Boy), para começarem a frequentarem um pouco mais o sitio de sua madrinha de formatura Antônia. Lá tinha as mesmas coisas que a chácara do seu padrinho, mas tinha também carneiros, galinhas, cachorros e cana-de açúcar. Uma coisa que acho que nem todos sabem é que o Gabriel prefere muito mais um lugar no meu do mato onde tenha animais, piscina e ar puro do que uma praia que só te oferece areia e uma água salgada.

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...