História Os Ragnaroks e a epidemia dos Zumbis - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ragnarök
Tags Deuses, Ragnarok, Zumbi
Visualizações 3
Palavras 1.116
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Festa, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Não sei o que falar agr O.O#
bom...

Partiu para o próximo capitulo então kkkk

Capítulo 12 - Verdadeira forma de Andressa


Fanfic / Fanfiction Os Ragnaroks e a epidemia dos Zumbis - Capítulo 12 - Verdadeira forma de Andressa

Pedro sai de sua cadeira, pega na gola de Andressa e a levanta.

_Como assim você é Atena?

Andressa não responde nada só abaixa a cabeça com um olhar triste.

_RESPONDE._O Kagerow aperta ainda mais a gola da Arcebispa.

Andressa ainda fica em silencio.

_ESTAMOS EM PERIGO POR SUA CAUSA. MINHA FAMÍLIA ESTA EM PERIGO POR SUA CAUSA.

Gustavo faz de tudo para não chorar mas acaba falhado algumas gotas de lagrimas caíram e ele sai daquele local, com raiva. Andressa tenta se soltar de Pedro mas ele a segurava muito forte.

_Eu protegi vocês. Minha verdadeira forma, escondida, fez com que Ades demorasse para me achar, eu odeio o que sou de verdade. Atena ou não, não importava para mim, isso foi antes de eu perder toda minha família ao tentar liberar esse meu poder. Ades quase me acha, se não fosse pela minha família que me protegeu sem minha permissão. Perdi todos que eu amava antes, mas depois Samara me acolheu no grupo dela, me treinou, mesmo sabendo quem eu era assim que bateu o olho em meus olhos, ela jurou não contar à ninguém, assim como sua mão, Pedro.

Pedro solta Andressa e olha para sua mãe:

_Isso é verdade, Mãe? Você sabia o que Andressa era?

_Sim, é verdade. Em todos os meu anos de vida, eu inda sei diferenciar uma reencarnação dos outros, já tive um amigo que era a reencarnação de Hélio, mas ele aceitou seu poder depois de um tempo e ficou em sua verdadeira forma, eu me despedi dele assim que ele decidiu ir ao Olimpo.

_MESMO SABENDO DE PERIGO, VOCÊ ACEITOU FICAR AQUI?_Pedro se altera novamente.

_Perigo eu sabia que tinha, na verdade em todo lugar tem. Mas ela também pode ser a salvação. A Deusa da Sabedoria vai achar algo para salvar não a nós, mas todos os que ainda estão sobrevivendo dessa doença. Andressa vai conseguir salvar todos os Humanos e Ragnaroks que ainda restam. Além do mais, vai que tem mais reencarnações por ai? Vai que tem reencarnações para nascerem? Não só as Reencarnações que podem ajudar nisso. e sim todos nós. 

Pedro da as costas para a mãe e fala indo até Andressa:

_Se você deixar minha mãe, minha namorada ou qualquer um que esta nesse presidio com você. Eu mesmo te mato. Ta escutando?

_Você que não ouse fazer nada de mal para Andressa._Eduardo falou ficando no lugar de Andressa e colocando ela atrás de si.

Pedro encara Eduardo e sai do local com Alice indo para a sela deles. Eduardo se vira para Andressa e fala, calmo:

_Vai atrás de Gustavo, conversa com ele. Mas quero explicações também.

Andressa sai correndo do pátio, vai para fora e começa a procurar por Gustavo. Ela procurava por todos os lados, até procurou dentro do presidio, mas não o achava. Ela se sentou no chão e começou a chorar, ela chorava se perguntava onde o amado poderia estar, ela lembrou de uma casa que eles tinham passado na frente e de uma promessa que Gustavo tinha feito a ela.

A Arcebispa sai do presidio, pega um carro e vai atrás do Bioquímico, assim que chega na casa, ela repara na porta aberta e sangue na escada que leva para a varanda, Andressa sai do carro e vai correndo para dentro da casa, assim que entra nela, ela vê corpos de cinco zumbis no chão, ela sobe as escadas começa a procurar por Gustavo. Andressa entra num quarto e o vê jogado na cama com o braço em cima dos olhos, ele parecia estar dormindo.

Gustavo tira seu braço do rosto e olha para Andressa:

_Como sabia que eu estava aqui? Na verdade, por que esta aqui?

_Vim qui para te explicar tudo. O porque de eu não te falar nada para você.

_Não quero explicações, já percebi o quanto não confia em mim. Todos esses anos juntos e você nem se importou em me dar uma pista ou falar mesmo que era uma Deusa.

_Gustavo, eu não te falei porque quando começamos a nos aproximar muito, Samara me fez prometer que não te contaria a verdade sobre mim.

_Como é? Por que a mamãe te pediria isso.

_Pra manter você e os outros em segurança. Deixar saberem quem sou, iria fazer ades se aproximar mais e mais de nós, ele só nos achou agora por causa de uma noite que Zeus orou para mim, tentou fazer contato para eu aceitar minha verdadeira forma. 

_Agora você tem que aceitar de vez. Mas... se foi uma promessa que tinha feito para minha mão, eu te entendo, ela era sua Mestra. Andressa, aceite o que você é de verdade, tente achar alguma maneira de nos ajudar quando Ades vier nos atacar, afinal, Você é a deusa da Sabedoria, vai ter ideia de alguma coisa.

Andressa se sentou ao lado de Gustavo e os dois começaram a pensar por um tempo.

_Tem algo que posso fazer._Andressa fala se levantando.

_O que?_Gustavo pergunta assustado.

_Você vai ver.

Andressa puxa Gustavo pelo braço, os dois saem da casa e entram no carro, Andressa dirige até o local onde eles entram para buscar os peixes, vai em direção do lago com Gustavo atrás dela e se senta ao lado do lago, Andressa começa a meditar e pede para Gustavo proteger ela.

Gustavo ficava olhando Andressa até que ela fica cercada com uma luz branca intensa, o rapaz leva um susto e acaba caindo pra trás, quando a luz desaparece, Andressa usava um lindo vestido azul e branco, com uma cruz do decote do peito, mangas lingas e soltas e com detalhes de ouro em partes do vertido, os olhos de Andressa estavam totalmente em cor de ouro.

_O que aconteceu?_Gustavo pergunta com os olhos arregalados.

_Eu tirei o selo de Alma de Atena. Assumi minha verdadeira forma.

Andressa puxa Gustavo novamente até o carro e  os dois vão em direção ao presídio.

Eduardo e os outros estavam preocupados com a demora de Andressa e Gustavo, os dois assustam quando o carro,que a Arcebispa tinha pegado, chegou em alta velocidade, Andressa sai do carro e todos ficam de boca aberta em como ela estava linda.

_O que aconteceu?_Eduardo perguntou indo até Andressa e Gustavo.

_Andressa assumiu a verdadeira forma dela._Gustavo falou pegando na mão da Arcebispa e sorrindo.

_Que bom, agora as chances de Ades acabar conosco, diminuiu._Maria disse assim que chega ao lado de Eduardo.

_Agora é só esperar Ades agir._Andressa diz voltando a sua forma antiga.

_Essa vai ser uma batalha feia._Samuel diz pegando na mão de Maria._Vamos ter que treinar bastante e nos fortalecer. 

_Vamos ficar preparados para o que der e vier._Eduardo fala indo para dentro do Presidio.


Notas Finais


To tão animada ><
Obrigada e até o próximo capítulo.
<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...