História Overvante: O começo de uma nova era - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jogos Vorazes (The Hunger Games), The 100
Personagens Bellamy Blake, Jasper Jordan, Katniss Everdeen, Octavia Blake
Tags Aventura, Drama, Romance
Visualizações 20
Palavras 2.028
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção Científica, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Bissexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hello Sweets!
Mais um capítulo aqui para vocês, espero que gostem!

▸ A história terá uma revisão mais profunda quando estiver finalizada. Portanto, os erros podem passar despercebidos, por mais que eu sempre tire um tempo para betar os capítulos antes de posta-los. Então, se houver erros incômodos na leitura, não deixem de me avisar.

▸ Não postarei todo os dias, mas se vocês ajudarem com comentários, eu darei um jeito de postar o mais rápido possível.

Capítulo 4 - 3. Altas Aventuras


Fanfic / Fanfiction Overvante: O começo de uma nova era - Capítulo 4 - 3. Altas Aventuras

Katniss caminhou na frente de Jasper e Monty, seus pés pulando de um lado para o outro. Apenas em sua frente dela, Finn parou e agarrou uma flor roxa e virou-se para Octavia.

Katniss sorriu para os dois, olhando a flor que ele colocava nos cabelos da menina.

 

— Aquilo, meu amigo, é uma boa jogada. — Jasper sussurrou para Monty enquanto ele pegava uma flor e caminhou até Katniss. Ele bateu no ombro dela, que se virou e sorriu para ele. Ele segurou a flor entre seus dedos, com um sorriso duro em seu rosto.

 

— Aquilo, meu amigo, é veneno de sumagre. — Monty murmurou, fazendo com que Katniss risse e pegasse a flor de Jasper antes de começar a andar novamente. Ele ficou em estado de choque quando Octavia girou e bateu a flor de seus cabelos. Mas Katniss admirava a flor roxa antes colocando-o atrás de sua orelha.

 

— O que? É mesmo? — Octavia assustou.

 

— As flores não são venenosas. — informou Monty. — Eles são medicinais, calmantes na verdade. — Ele explicou enquanto seguiam Katniss e Clarke.

 

— A família dele cultiva as ervas medicinais na Arca. — Jasper explicou, enquanto Katniss parou e esperou que o garoto maldito a alcançasse.

 

— Ei, pessoal, poderiam tentar acompanhar? — Clarke perguntou em exasperação, voltando-se para o grupo falante.

 

— Qual é, Clarke. Como você pode não notar tudo isso? — Perguntou Finn.

 

— Bem, é simples. Eu me pergunto,"por que não vimos nenhum animal?" Talvez seja porque não há nenhum, Ou talvez, fomos expostos à radiação o suficiente para nos matar. — Clarke explicou ao olhar entre o grupo de cinco que parou na sua frente. Katniss olhou Clarke e franziu a testa. Certo, a radiação poderia matá-los. Mas por que não aproveitar a terra enquanto eles eram livres? — É bem possível. Vamos. — Clarke virou-se e começou a liderar o caminho, deixando o grupo para encará-la em estado de choque.

 

— Alguém dar-lhe veneno de sumagre. — Octavia murmurou, fazendo com que Finn sorrir com a brincadeira e seguisse Clarke. O Monty segui-os bem próximo enquanto Jasper resmungava atrás dela. Katniss olhou para Jasper com os olhos arregalados e seu rosto rapidamente ficou vermelho com a atenção em cima dele.

 

— Me desculpe. — Ele murmurou quando Monty acariciou seu ombro e continuou. — Eu não queria fazer ...

 

— Sem problema. —Ela sorriu, batendo seu ombro com o dele, antes de passar por ele e olhando por cima do ombro e piscar para ele, ela riu quando ele ficou nervoso.

 

— Preciso saber o que fizeram para serem presos. — Finn perguntou para Monty e Jasper enquanto eles o alcançavam Octavia.

 

— Samagre não é única erva no jardim, se é que me entende. — explicou Monty.

 

— Esqueceram de repor o que pegamos. — acrescentou Jasper.

 

— E já se desculparam mil vezes. — Monty murmurou de volta.

 

— E você, Octavia? Por que te prenderam?

 

— Por ter nascido. — O rosto de Octavia ficou sério antes de correr para enfrentar o ritmo de Clarke.

 

— E você? — Finn virou-se para Katniss, com as sobrancelhas levantadas em curiosidade.

 

— Tenho certeza de que há alguns rumores que circulam sobre isso. — Katniss respondeu calmamente quando Monty e Jasper se aproximaram para ouvi-la. E isso foi tudo o que ela falou, antes de dirigir-se a Clarke e Octavia que estavam ajoelhadas no chão.

 

— Isso não foi uma boa jogada. — Monty murmurou.

 

Katniss sorriu enquanto se debruçava ao lado de Octavia, olhando para o veado à frente. Os meninos circulavam ao redor delas, olhando maravilhados para o primeiro animal que já tinham visto.

 

— É tão bonito. — Katniss sussurrou, e Octavia concordo com a cabeça.

 

— Sem animais, hein? — Finn sorriu olhando para Clarke quem sorria.

 

Finn agachou-se para a frente, dando um passo arriscado para a frente. Uma vara estalou e a cabeça do veado se ergueu e virou-se para o grupo. Katniss ofegou ao lado dos outros, perdendo o pé e caindo sentada. Ela ficou com choque quando o veado se curvou.

 

— Se esse veado tem dois rostos, o que acontecerá com conosco? — Ela perguntou calmamente, todos os olhos olhando para ela, a mesma pergunta preenchendo seus pensamentos também.

 

...

 

                        Katniss tropeçou ligeiramente enquanto caminhavam pelo lado da montanha antes de chegarem ao mesmo terreno.

 

— Ei, Por que nos mandaram para cá depois de 97 anos? — Perguntou Finn em voz alta. — O que mudou?

 

— Quem se importa? Fico feliz que tenham nos mandado. — Octavia respondeu sem rodeios. — Eu acordei apodrecendo em uma cela e agora ... — Ela agarrou uma árvore e girou para virar a cara. — Estou andando pela floresta.

 

Mas finn a ignorou completamente, ignorando o olhar lustritivo em seus olhos. Katniss sorriu para as garotas das meninas para chamar sua atenção enquanto seguia após Jasper e Monty.

 

— Talvez encontraram algo via satélite? — Monty sugeriu. — Como um satélite meteorológico mais antigo...

 

— Não era um satélite. A arca está morrendo. — Clarke deixou cair a bomba no grupo de adolescentes, fazendo com que todos parassem e se voltem para ela abruptamente. 

 

— No nível atual da população, há mais ou menos três meses de suporte vital, talvez quatro agora que fomos embora. — Ela continuou a explicar, drenando a alegria de Katniss por um momento. Os pais dela ainda estavam lá, sem saber que sua filha estava na terra.

 

— Então, é por esse segredo que te prenderam? E a colocaram na solitária, e mataram seu pai? — Finn seguiu depois de Clarke, que continuava andando. Katniss seus olhos foram ao chão enquanto caminhava ao lado de Octavia.

 

— Meu pai era o engenheiro que descobriu a falha. Ele pensou que as pessoas tinham o direito de saber. — Clarke começou. — O conselho discordou ... Minha mãe discordou. Tinha medo de causar um ...

 

— Pânico. — Katniss interrompeu. — Isso teria se transformado em um banho de sangue lá em cima. E teríamos sido o primeiros a morrer.

 

Octavia virou-se para olhar a morena com os olhos arregalados, notando a aparência de medo em seus olhos.

 

— Sim. — Clarke assentiu. — Nós íamos divulgar de qualquer maneira, quando o Wells ...

 

— Entregou seu pai? — Finn enrubesceu as sobrancelhas.

 

— De qualquer forma, o guarda apareceu antes de irmos. É por esse motivo hoje. É por isso que valeu o risco. — Ela confirmou. — Mesmo que todos nós morramos, ao menos, eles conseguiram mais tempo.

 

— Eles mataram mais pessoas, não é? — Monty temeu. E o clarke ficou em silêncio, evitando o contato visual. Octavia saltou na frente de Katniss, fazendo com que a menina tropeçasse.

 

— Ótimo. Depois do que fizeram comigo, que morram todos.

 

— Octavia. — Katniss a chamou, apressando-se para chegar perto dela. — Eu sei o que eles fizeram foi severo... o que diabos você está fazendo?

 

— Vou dar um mergulho. — Octavia declarou sem rodeios, tirando suas roupas e ficando apenas com sua blusa e calcinha. — Venha, não seja tão medrosa Katniss.

 

— N-não sou medrosa. — Katniss diz cruzando os braços.

 

— Então tire suas roupas. — Octavia encolheu os ombros. — Não deixe toda essa conversa tirar a diversão de estar na Terra.

 

Katniss a observou por um momento, antes de sorrir. Ela rapidamente se despiu deixando-a em nada além de uma blusa e sua calcinha. 

 

— Você está completamente certa, Octavia Blake.

 

— Não sempre. — Octavia murmurou para si mesma antes de segurar a mão para a morena.

 

— Estamos completamente loucas?

 

— Talvez. — Octavia encolheu os ombros. —Não é por isso que você foi presa?

 

Katniss congelou novamente, com os olhos arregalados para suas as palavras. — Eu ... eu não sei o que você quer dizer ...

 

— Eu não me importo com isso. — Octavia deu de ombros, arrastando Katniss para perto do rio. — Tudo o que me interessa é que estamos na Terra depois de tudo errado que nos fizeram. Estamos livre, Katniss.

 

— Livre. — Katniss respirou, o vento passando pelos longos cabelos quando eles estavam na rocha alta. A água abaixo deles bateu contra as rochas, mas você ainda podia ver o fundo do rio. — Liberdade ... novamente.

 

 

— Vamos fazer um juramento. — Octavia soltou suas mão e virou-se para Katniss, com um olhar sério em seus olhos. — Nós vamos proteger uma há outra.

 

— Como, hã... amigas?

 

Octavia riu concordando. — Você é minha nova melhor amiga.

 

Katniss sorriu, tinha gostado da ideia. Nunca antes tinha tido uma melhor amiga, mesmo antes de ter sido presa. "Um juramento", pensou Katniss. — Nós iremos cuidar uma da outra.

 

— Promete? — Octavia estendeu a mão novamente, uma expressão de malícia nos olhos dela.

 

— Oh, droga, eu amo a terra. — Jasper suspirou ao ver as duas garotas de pé na rocha, quase nuas.

 

— Octavia, Katniss! O que diabos vocês estão fazendo? — Clarke gritou, fazendo com que as duas garotas se virem e olhem de volta.

 

— Não somos loucas. — Octavia negou a Katniss, tentando manter sua nova melhor amiga ao seu lado. Sem mais um segundo, Katniss pulou na água, puxando a Octavia com ela. Os gritos agarraram o ar antes que a cabeça delas surgisse na água, ela soltou a mão de octavia quando ela se aproximava da superfície. Octavia ficou sob a água, apenas o topo de sua cabeça sendo visto como os outros correram para a borda das rochas.

 

— Nós não podemos nadar. — Monty chamou as duas garotas.

 

— Eu sei, mas podemos ficar de pé. —Octavia riu enquanto estava de pé, Katniss riu enquanto ia em direção a Octavia. — Venha, é incrível!

 

— Espere, aqui não deveria existir um rio. — Clarke abriu as sobrancelhas e encontrou os olhos de Katniss. — Você sabe disso, não é?

 

— Quem se importa. — Katniss encolheu os ombros. — Talvez essas imagens nos monitores sejam antigas. — Ela informou a mloira. — Dê uma chance, venha Clarke!

 

— Ela está certa. — Finn sorriu para Clarke. — Há um rio, então tire suas malditas roupas. — Clarke sorriu, olhando para a água que cercava octavia e Katniss.

 

— Katniss, Octavia ... — Jasper gritou com os olhos arregalados, ambas as meninas virando-se para olhar para ele com curiosidade. — Saia da água. — Ele disse. — Saia da água agora!

 

— Venha! — Katniss agarrou o braço de Octavia enquanto algo ondulava atrás delas. Ao aproximar-se das rochas, Jasper alcançou para agarrar sua mão, mas o animal na água pegou octavia pela perna e arrastou as duas garotas. 

 

— Katniss!

 

A água ficou em silêncio e acalmou-se brevemente antes que a cabeça de Katniss surgisse da água. Ela gritou enquanto procurava pela Octavia, que foi para arrastada para baixo.

 

— O que diabos é aquilo ? Nós temos que ajudá-las. — Monty expressou em um tom assustado. — O que você vai fazer?

 

Octavia surgiu desta vez, gritando enquanto Katniss estava ao seu redor.

 

— Tentarei não ser comido. — Finn respondeu, encolhendo os ombros de sua jaqueta.

 

— Não! — Clarke objetou, empurrando-o de volta. — Se nós distraímos o tempo suficiente, isso pode deixá-las ir. Me ajude! — Ela ordenou enquanto eles ajudaram a empurrar algumas pedras, o bicho na água deixou Katniss e Octavia, as duas garotas ofegantes e chorando dor enquanto tentavam ficar na superfície.

 

— Vocês podem chegar à margem agora? — Jasper gritou quando ele correu para a borda.

 

— O-octavia. — Katnis chamou enquanto envolvia um braço ao redor da sua nova amiga e batendo com as pernas tentando de tudo para chegar a borda. Jasper saltou para água, envolvendo seus braços em torno de Katniss, que tinha Octavia ao seu lado. — Entendi.

 

— Está voltando! — Gritou Monty. — Está indo na direção de vocês.

 

— Venha! Venha! — Jasper gritou quando puxava Katniss em direção à margem. Ela empurrou a Octavia primeiro e Finn rapidamente a agarrou e a puxou para cima. Jasper empurrou Katniss em seguida, seu corpo entrou em colapso quando o animal passou por eles na água abaixo. Jasper sentou-se ao lado dela, olhando o sangue que escorria em estado de choque.

 

Clarke apressou-se a para o lado das duas garotas, rasgando rapidamente pedaços de tecido para envolver suas feridas. Octavia se encontrou com os olhos de Katniss. — Obrigado. — Ela falou, abraçando-a. — Obrigado.

 

— Isso é o que os amigos fazem, certo? — Katniss pronunciou, soltando-se do abraço. — Eles cuidam um do outro.

 

O grupo riu ao redor deles, antes que Katniss se voltasse para Jasper. Ele olhou para ela em choque quando Clarke terminou de enrolar a ferida. Ela sorriu sem fôlego e com dor. Ela jogou-se em seus braços ao redor de seu pescoço dando um abraço.

 

— Obrigado Jasper. — Jasper sorriu, colocando o braço em torno dela.

 

— Anotado: Da próxima vez, salve a garota. — Monty murmurou com uma risada. O grupo riu, grato por ter escapado da primeira aventura na Terra.

 

 

 


Notas Finais


o que acharam?

Não vou mentir, adorei esse climinha que está rolando entre a Katniss e Jasper hehe.

Desculpem qualquer erro ortográfico... até o próximo capítulo!

Bye Bye!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...