História Paixão adolescente - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 6
Palavras 717
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Lemon, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa leitura S2

Capítulo 4 - Calor corporal


Fanfic / Fanfiction Paixão adolescente - Capítulo 4 - Calor corporal

Os dois ficaram se olhando por um tempo até que Felipe começa a movimentar lentamente a sua em direção ao rosto de Miguel, os dois se encaram novamente e Felipe avança com delicadeza nos lábios de Miguel, Miguel se espanta um pouco porém não para o beijo, ele sentia uma necessidade naquele beijo, sabia que se parar o beijo, iria se arrepender depois, depois de alguns segundos ambos se separaram por falta de ar

Felipe: Me desculpe

Miguel: Está tudo bem

Miguel abaixa a cabeça corando rapidamente, Felipe ao ver o mesmo corado ri baixo e aproxima Miguel de seu peito fazendo o mesmo deitar-se sobre o peito dele

Felipe: Está ouvindo?

Miguel: Oque?

Felipe: o meu coração

Miguel encosta sua orelha no peito de Felipe e consegue ouvir os batimentos rápidos do mesmo

Miguel: Seus batimentos estão acelerados

Felipe: Foi você que fez isso com ele

Miguel cora mais ainda e Felipe faz o mesmo olhar para ele

Felipe: não precisa sentir vergonha

Miguel: É que...

Felipe: É que?

Miguel: Não acha estranho o fato de gostar de mim sendo que não nos conhecemos direito?

Felipe ri fraco, de alguma forma ele sabia que Miguel gostava dele

Felipe: E você?

Miguel: Eu oque?

Felipe: Gosta de mim?

Miguel se espanta, o mesmo agora sentia seu coração bater cada vez mais rápido

Miguel: N-não

Felipe: então por quê não parou o beijo?

Miguel: P-porque...

Felipe: imaginava isso

Felipe começa a acariciar os cabelos de Miguel e o mesmo sorri sentindo a mão de Felipe acariciar seus cabelos um pouco longos

Miguel: que horas são?

Felipe: 23:00, por quê?

Miguel: Eu preciso ir

Felipe: Não precisa não

Miguel se levanta porém Felipe puxa o mesmo e abraça ele

Felipe: vai ficar aqui comigo

Miguel: eu preciso ir

Felipe: por que?

Miguel: já está tarde, meu pai pode ficar preocupado

Miguel sabia que o pai dele não se preocuparia, como sempre o pai dele nunca se preocupou com nada

Felipe: Eu posso falar com ele

Miguel: Felipe eu preciso ir

Felipe: E eu preciso de você

Miguel sentiu seu corpo inteiro esquentar em segundos e suas bochechas ficarem avermelhadas fortemente

Miguel: E-eu vou indo

Felipe: Não vai

Felipe falou com a voz mais grossa do que o normal, fazendo Miguel se arrepiar por inteiro

Miguel: E-eu preciso ir emb......

Antes que Miguel terminasse a frase, Felipe o beijou novamente, porém foi um beijo diferente do de antes, foi um beijo extremamente calmo e envolvente, quando pararam o beijo, ambos se olharam e sorriram, Miguel se levantou e sentou no colo de Felipe de frente para o mesmo e rapidamente iniciando outro beijo, Felipe desce suas mãos até a bunda de Miguel e aperta a mesma, Miguel arfa de forma suave e arranha as costas de Felipe fazendo o mesmo gemer baixo

Miguel: D-desculpa

Felipe: não precisa se desculpar

Felipe pega na ponta da camisa de Miguel e a levanta, fazendo o mesmo ficar sem camisa, Felipe vai em direção ao pescoço de Miguel e começa a desferir beijos e mordidas por toda aquela região enquanto escuta os gemidos baixos de Miguel, aqueles sons eram como música para Felipe, Miguel coloca suas mãos dentro da camisa de Felipe e acaricia o abdômen do mesmo, Felipe se aproxima do ouvido de Miguel e fala com a voz grossa de antes

Felipe: está gostando do que sente?

Miguel: S-sim

Felipe tira sua camisa deixando seu abdômen exposto, Miguel não parava de olhar o corpo de Felipe, ele não conseguia desviar seu olhar, Felipe pegou a mão de Miguel e colocou a mesma em seu abdômen, Miguel mordia fraco o lábio, sentia cada canto do abdômen de Felipe, Felipe desce a mão de Miguel até próximo de sua calça, fazendo os dois se encararem, Felipe da um sorriso malicioso e segura na cintura de Miguel aproximando o mesmo e prensando o corpo de Miguel em seu corpo, Miguel sentia um volume um pouco grande em sua bunda, ele olhava para Felipe e via o mesmo morder o lábio sorrindo de forma maliciosa, Miguel começo a desferir beijos por todo o abdômen de Felipe, enquanto Felipe ainda apertava a bunda de Miguel, e de vez em quando dava alguns tapas na mesma

Felipe: você é incrível

Miguel: sou?

Felipe: sim

Miguel começa a beijar o pescoço de Felipe, enquanto o mesmo arfa no ouvido de Miguel, Miguel estava adorando tudo aquilo, seu corpo estava junto do de Felipe, ele sentia o calor de Felipe ser transferido para ele, Felipe pega novamente a mão de Miguel e desce a mesma ate seu membro ainda coberto pela calça


Notas Finais


Desculpe pelo capítulo pequeno e obrigado por ler S2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...