História Pequenos Erros - Capítulo 1


Escrita por: ~

Visualizações 53
Palavras 896
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Comédia, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


oi olar

eu disse um dia na minha vida que não ia shippar todomomo

mas ai né, aqui estou kkkkkkkkkkkkkkkj

fiz essa one bobinha pq sla, eu tava no tédio qq.

espero que gostem <3

Capítulo 1 - Capítulo Único


Haviam terminado de estudar por aquela tarde, tendo todos os exercícios resolvidos e revisados. Momo estava satisfeita com seu desempenho escolar, orgulhosa por ter ajudado seu namorado com uma questão ou outra. Adorava quando Shouto lhe deixava explicar a matéria, vê-lo prestando atenção em tudo o que era dito fazia com que ficasse muito feliz.

Agora, sem mais o que fazer, estava sentada sobre a cama com o celular em mãos. Explorava um aplicativo sugerido por suas colegas, testando alguns filtros fofinhos para passar o tempo. Notou que Todoroki, sentado no chão com as costas escoradas na enorme cama, não fazia nada, então se aproximou do mesmo para colocá-lo nas fotos consigo.

— O que é isso...? — O garoto perguntou, curioso ao encarar a tela do aparelho.

— Um aplicativo! — Respondeu com entusiasmo, deitando de bruços para que pudesse aparecer direito na câmera.

Shouto não pareceu incomodado, apenas não demonstrava muitas emoções diante dos filtros de animais fofinhos. Mesmo assim, permaneceu quieto e encarou a câmera propriamente toda vez que percebia Yaoyorozu prestes a tirar uma foto nova. Estava se divertindo, de certo modo.

— Olha, aqui podemos trocar de rosto... Hum... Isso! — Momo ajeitou a câmera de maneira a ficarem com os rostos lado a lado.

Realmente trocaram, o que arrancou risos da garota e uma expressão confusa de Shouto. Ele parecia achar graça, mas não exibia mais do que um sorrisinho de canto. Sentia-se estranho com o rosto trocado com o da morena.

— Eu estou horrível. — Todoroki comentou com toda sua inocência, esquecendo de medir suas palavas antes de falar.

— Você acabou de... — "Me chamar de horrível", completou mentalmente. Fechou o aplicativo, sentando na cama com uma expressão desacreditada.

— O que foi? — Claramente o garoto não fazia ideia do que estava errado em sua fala. Tinha grandes dificuldades quando se tratava de ser sentimental ou atencioso, por mais que tentasse, sempre acabava dando um fora ou outro.

— Nada. — Momo lembrou vagamente do que suas amigas lhe disseram sobre seu namoro, optando por ficar quieta.

Lhe fora dito que estava sendo boazinha demais com Shouto ao apontar os erros do mesmo. Uma sugestão feita foi a de deixar que o garoto descobrisse o que havia feito de errado por conta próproa, porém, tinha a leve impressão de que morreria e ele não ficaria sabendo o que fez.

— Eu fiz... Algo de errado? — Ao perceber que o silêncio já se estendia por tempo demais, Shouto resolveu perguntar. Virou para a cama, ficando com os joelhos no chão e cotovelos apoiados sobre o colchão.

— Descubra. — Cruzou os braços abaixo dos seios, um leve bico emburrado nos lábios. Sentia-se cruel por estar bancando a difícil, mas estava ciente de que era o correto a ser feito.

Shouto continuou na posição em que estava, agora apoiando o rosto nas mãos. Em sua cabeça nada estava errado, fez questão de pensar em todos os ocorridos dos últimos minutos, não conseguindo encontrar algo grave o suficiente para deixar sua namorada brava.

— Ah! — Exclamou, parecendo ter encontrado uma resposta. Encarou a garota com toda a certeza do mundo, ignorando que aqueles olhos escuros estavam quase lhe comendo vivo. — É porque eu não sorri para as fotos?

Yaoyorozu revirou os olhos, desistindo de esperar sentada para se deitar. Realmente, morreria e Shouto não ficaria sabendo o que fez. Claro que o motivo de sua breve irritação e mágoa era levemente ridiculo, sabia bem disso, mas achou um bom começo para deixar que o garoto descobrisse as coisas sozinho.

— Não, tenta outra vez. — Escorou a cabeça no travesseiro, soltando os cabelos negros do rabo de cavalo.

Imaginou que Todoroki fosse continuar pensando em seus erros, contudo, não era o que percebia. O olhar bicolor estava fixo em sua pessoa e o jovem não parecia estar focando em seus próprios pensamentos. Ele não estava tentando encontrar seu erro, estava claramente distraído. Mas com o quê? Momo era horrorosa em sua própria mente naquele momento, não via motivos para ser encarada.

— Que foi...? — Resolveu questionar, afastando alguns fios atrevidos que insistiam em se enfiar no decote de sua regata preta.

— Nada... Só estava vendo como você é bonita... — Shouto falou sem pensar muito, sentindo o rosto corar levemente. Desviou o olhar discretamente, fazendo uma nota mental para ser menos direto.

Momo tinha a face inteirinha vermelha, parecendo ter esquecido de todo o seu emburro graças àquela simples frase. Teria o garoto dito aquilo para consertar o próprio erro ou ele ainda não fazia ideia de que estava errado, em primeiro lugar? Suspirou, deixando de se importar com aquilo por alguns segundos.

Se arrastou lentamente de onde estava, parando deitada com as costas para cima e o rosto próximo ao de Todoroki. Sorriu de canto ao ser encarada, aproveitando-se da distância para roubar um beijo leve e se afastar novamente, ainda não se dando por vencida.

— Continua pensando. — Riu baixinho, observando a descrença e o rubor na face alheia com o canto dos olhos.

Todoroki respirou fundo, começando mais um round de busca mental a qualquer coisa que pudesse ter feito de errado. Não se importava em pensar mais se fosse para deixar Momo feliz, era o mínimo que poderia fazer, afinal. Ainda assim, sabia que teria uma longa jornada pela frente – já que não lembrava de metade do ocorrido por ter se distraído com a figura da garota deitada à sua frente.

Sairia daquela, mais cedo ou mais tarde.


Notas Finais


obrigada a quem leu <3333

até qualquer hora ;)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...