História Percy e Clarisse:um amor incompreensível - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Annabeth Chase, Atena, Chris Rodriguez, Clarisse La Rue, Grover Underwood, Percy Jackson, Quíron, Thalia Grace
Tags Annabeth, Ares, Atena, Beijos, Clarisse La Rue, Os Olimpianos, Percy Jackson, Pjo, Poseidon, Romance, Sexo, Traição
Visualizações 45
Palavras 1.245
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção, Luta, Magia, Romance e Novela, Saga
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - A batalha se aproxima,inteligência ou força bruta?


Fanfic / Fanfiction Percy e Clarisse:um amor incompreensível - Capítulo 3 - A batalha se aproxima,inteligência ou força bruta?

Thalia não conseguia digerir aquela “informação”.Era surreal,muito inesperado.

“M-mas...a Clarisse não namorava o Chris Rodriguez?E você não namorava o Percy?”-Perguntou Thalia,erguendo uma sobrancelha.Provavelmente pensava que se tratasse de um tipo de...pegadinha de mau gosto,talvez?

Annabeth não disse nada,Thalia continuou olhando o vídeo.Percy em cima de Clarisse...pernas abertas...bolhas se formando em volta...”já basta”-,pensou a filha de Zeus.

Fechou a tela do notebook e abraçou Annabeth com carinho,dando-lhe um beijo na bochehca.

“Annie...não é o fim do mundo.Pelo amor dos deuses...ele é apenas mais um garoto dentre os bilhões que existem,por que fica se matando enquanto ele está transando com a Clarisse?”-Perguntava Thalia,algo dizia que a gótica estava mais afirmando do que perguntando.

Annabeth enxugou as lágrimas,tentando manter a pose.A loira fez que sim com a cabeça,pois se tentasse falar,ia acabar soluçando e chorando ainda mais.

Enquanto isso,Percy ia até a superfície,trazendo Clarisse consigo.Marcas de batom em seu pescoço,lábios,testa,peitoral.Estava com a camiseta rasgada,marcas roxas pelo corpo.Já a filha de Ares estava toda descabelada,sorridente,enquando segurava na mão do filho de Poseidon.

Ambos andavam tranquilamente até o chalé de Poseidon,assobiando.Todos os campistas olhavam cobrindo as bocas com suas mãos,estupefatos,se entreolhando e cutucando uns aos outros discretamente.

Percy sorria enquanto abria  a porta de seu chalé,se deparando com Thalia e Annabeth.

Thalia o olhou,o fulminando com o olhar.Se levantou bruscamente,como se fosse socar Percy,mas Clarisse a barrou com o braço,antes que se aproximasse.

“Eu não faria isso,se fosse você”-Questionou a filha de Ares,um sorriso zombeteiro se formando em seus lábios.

“Por que não tenta me impedir?”-Thalia perguntou,seus olhos faiscando pequenas fagulhas azuis.

“Não se meta onde não é chamada,caçadora.Sua deusa não aprovaria tal ato,estou certo disso.Será que devo reportar algo a Ártemis?”-Questionou Percy,instintivamente guiando sua mão até contracorrente.

“Thalia...por favor,pare.Sei que está tentando me ajudar,mas só irá me arrumar ainda mais problemas...por favor..”-Implorava Annabeth,com a voz fraquejando.

Thalia a olhou,se acalmando aos poucos.Respirou fundo algumas vezes,contou até 10,e por fim acabou se sentando na cama.

“Escute...feche essa porra dessa porta e vamos resolver isso agora mesmo,se tem uma coisa que eu odeio,é drama e suspense.Resolvam isso agora,crianças.”-Disse ela,se recostando sob a cama.

“Falou a garota que quase me agrediu só por ver a amiga triste”-Respondeu Clarisse,seus punhos se apertaram com certa força.

“Querem saber?Thalia está certa...chega de tanta frescura,é hora de botar as cartas na mesa”.-Ponderou Percy,se sentando em uma cadeira.

“Não tem o que discutir...você me traiu,me humilhou...todos estão caçoando de mim,me chamando de corna.Tudo o que eu fazia era espalhar coisas boas sobre nós...o natal está chegando...como vou aparecer na casa do meu pai sem você?Olhe o que fez com a minha vida...se eu tivesse te perdido pra Rachel,ou pra qualquer outra...como a Silena...era uma coisa.Mas a Clarisse?Eu não entendo....E o Chris?”-Perguntava ela,os olhos murchos de tanto chorar agora passeavam pelos rostos dos presentes ali,como se procurassem uma resposta,um consolo para toda aquela dor.

“Eu nunca mais tive nada com o Chris...depois que ele se aliou ao desgraçado maldito do Luke.Ele morreu para mim,e ele está com outra,soube que virou pai,e agora abandonou as missões como guerreiro.Mas isso não vem ao caso,garota espertinha”-Respondeu Clarisse,andando de um lado para o outro,se espreguiçando.

“M-mas...mesmo assim...”-Gaguejou a loira.-“Desde quando você sente isso por ela?Há quanto tempo você me engana,Percy?Subimos ao Olimpo juntos...fomos coroados pelos deuses....”-Dizia ela,até que foi cortada pelo semideus:

“Eu alguma vez já disse que gostava de você?”-Perguntou retoricamente o filho de Poseidon.

“Annie,olha...foi você quem me beijou,naquele maldito labirinto.Foi você quem sempre correu atrás de mim como um cachorrinho em busca de um dono...a verdade,é que nunca existiu um “nós”...você é insuportável,eu nunca entendo nada do que você fala,sua mãe me odeia,meu pai a odeia,o mundo conspira contra nós...nunca houve um “nós”...”-Respondeu o semideus,respirando fundo.Se agachou e lavou o rosto na pequena fonte de água salgada que seu pai havia lhe dado,tantos anos atrás.

“Por que você não contou isso antes então,seu arrombado?Ficou todos esses anos com a Annie,por que não disse antes que se apaixonou pela menina que o afogou numa privada suja e te arrebentou na porrada por praticamente 5 anos seguidos?”-Thalia gritou,ficando com raiva,seus olhos novamente voltaram a faíscas,desta vez,pequenos objetos flutuaram devagar pelo ar.

“Vai se foder...Thalia”-Respondeu Percy,com sua mão novamente se dirigindo até sua caneta no bolso.

“Clarisse...você...deuses...”-Dizia Annabeth,como se sua mente virasse branco de um segundo para o outro.

Clarisse começou a ranger de raiva,sacou sua espada e apertou o cabo com tanta força que os nós em seus dedos ficaram brancos.

“CALEM ESSAS BOCAAAAAAAAAAAAS”-Gritou ela,os pássaros que cantavam em um ninho no topo do chalé,saíram voando e cantando alto.Os campistas que riam do vídeo de Percy e Clarisse tiraram os olhos do celular,os desligando instantaneamente.

Percy,Thalia e Annabeth deram um pulo,olhando a semideusa.Clarisse estava vermelha de raiva,a mão que segurava sua espada estava tremendo,como se estivesse apenas aguardando um impulso maior para cortar a garganta de todos ali em questão de segundos.

”Percy me ama...e eu estou passando a gostar dele.Quer um conselho?Pare de ficar se vitimizando,você é filha da deusa da guerra,deveria agir como tal.Se ele não a quer mais,se ele não a ama,engula esse choro e siga em frente,porra,tem inúmeros garotos solteiros por aí,mas que desgraça.Se eu ouvir mais uma palavra..eu juro em nome de ZEUS...que eu te mato.Eu te mato,Annabeth.E você que ouse tocar em mim,Thalia.Filha do deus dos deuses,ou não,não descansarei até ver você rastejar no chão quando eu quebrar suas pernas”-Desabafou Clarisse,ofegante,os músculos saltavam para fora,uma veia enorme pulsava em sua garganta,a garota parecia uma panela de pressão.

Thalia apenas a olhava,um sopro congelante passara por sua alma.Não que ela temesse Clarisse,mas com certeza,poderia se sair muito ferida,visto que os filhos de Ares conseguiam uma força descomunal quando enraivecidos.

Percy a abraçou por trás,esfregando o rosto em seus cabelos castanhos,suspirando.

Clarisse se acalmava aos poucos,sentando na cama.Percy então rosnou de raiva e olhou para Thalia e Annabeth:

“Querem resolver isso do jeito difícil?Pois marquem data e hora,e todos nos enfrentaremos.Vida ou morte.Não me importo de cortar algumas gargantas.”-Disse  o semideus.Ele sabia que uma luta desse nível,teria conseqüências catastróficas.Afinal...Thalia e ele eram filhos de dois dos Três Grandes Deuses Supremos....poderiam destruir completamente os Estados Unidos com esse poder.

“Desafio aceito,seu desgraçado”-Disse Thalia,se retirando e puxando a mão de Annabeth com violência,a arrastando para fora,apesar dos protestos da loira.

Clarisse e Percy se entreolharam,também saindo do chalé.Todos os 4 foram até o refeitório,onde os campistas os olhavam quietos,não ousariam caçoar de Clarisse.

Thalia pegou o microfone e subiu em cima da mesa das filhas de Afrodite.Derramou o refrigerante,que escorria no vestido de Silena Beauregard,a fazendo gritar e sair correndo com as amigas para o banheiro.

“Atenção...teremos uma luta entre Clarisse La Rue,Annabeth Chase,e Percy Jackson,daqui 2 dias nas arenas”-Disse Thalia.Todos os campistas urraram,batendo nas mesas,gritando insandecidamente,enquanto Quíron observava,de braços cruzados,rindo,como se aceitasse o fato.

Thalia largou o microfone e foi embora do local com Annabeth,a loira se virando uma última vez para Percy.

Clarisse sorriu e pegou o microfone,fazendo questão de dizer bem alto:

“Parece que terei de mandar a filha de Zeus para os Céus,da pior maneira.”-Gritou Clarisse,arrancando urros ainda mais altos da multidão,que batia nas mesas com tapas frenéticos.

Percy sorriu e pegou o microfone,subindo em cima da mesa:”Esmagarei essa loira metida com tanta força que farei ela homenagear sua mãe,virando uma azeitona ateniense.”-Disse o semideus,os urros dos campistas se tornavam gritos de guerra.

Por fim,os dois se beijaram na frente de todos,com Percy segurando na cintura de Clarisse,e ela segurando em sua nuca,todos jogaram confetes e flores nos dois,enquanto Annabeth continuava os olhando,virando o rosto.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...