História Perfect For Me - Camren (G!P) - Capítulo 163


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Lauren Jauregui
Tags Ally Brooke, Ariana Grande, Camren, Camren G!p, Fifth Harmony, Norminah, Vercy
Visualizações 1.203
Palavras 1.980
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Amores voltei mais cedo desta vez, agilizei as coisas e consegui terminar essa sequência.
Só quero pedir que desconsiderem se tiver algum erro, qualquer coisa eu arrumo depois.
Muito obrigada pelos comentários, "os comentários que realmente me importam" :)
Boa Leitura meus amores...
Espero que gostem.

Capítulo 163 - Sinto sua falta


Fanfic / Fanfiction Perfect For Me - Camren (G!P) - Capítulo 163 - Sinto sua falta

SETE MESES DEPOIS...

" Se eu pudesse voltar no tempo eu apenas te abraçaria forte e pedia pra você ficar, porque só eu sei a falta que você me faz agora "

P.O.V Camila

Saudade. Arrependimento. Medo. Tristeza Angústia. Sorrisos falsos. Ultimamente essas são as palavras capazes de me descrever. Já faz quase oito meses que ela terminou comigo, mas a ficha ainda não caiu. É difícil que tudo tenha acontecido dessa forma e de um jeito tão inesperado.

Não consigo me acostumar com o vazio que ela deixou em mim.

Quando ela foi embora eu sabia que ia doer, mas não imaginei que fosse tanto, é uma dor terrível que não sei como curar, aliás, a cura eu sei, só não sei como consegui-la, não sei mais o que fazer para ter a minha Lolo de volta.

Eu já tentei de tudo pra convencê-la que mudei e que já não sou mais a mesma, fui atrás, procurei, pedi desculpas, só faltei me ajoelhar nos pés dela pra pedir que volte comigo mas ela sempre me dizia a mesma coisa. "Não", palavra que me cortava por dentro e que me faziam questionar onde estava a Lauren que conheci, porque aquela eu já não conhecia mais, tentei por longos três primeiros meses e então desisti, desisti de me humilhar pra ela, não posso simplesmente obrigar ela a ficar comigo, não posso mendigar amor, não posso prendê-la a mim sem a vontade dela, por isso deixei que Deus e o tempo resolvesse tudo, pois às vezes insistir demais é desgastante, e há quem diga que quem ama também deixa ir, então eu deixei ela ir, porém com uma esperança enorme de vê- la voltar, se é que algum dia ela vai me perdoar.

Eu sei que errei feio, sei que fui uma imbecil a vida toda, sei que não deveria desconfiar tanto dela e muito menos achar que a Halsey teria alguma influência na nossa separação quando na verdade não tinha nada. Sei que eu merecia uns tapas, mas estou arrependida de tudo isso, e tudo que eu queria era que ela me desse uma chance de provar que mudei, esse tempo todo longe dela me fezeram ver que eu estava ficando doente de ciúmes e que não precisava de tanta insegurança da minha parte, eu precisava apenas confiar na minha mulher da mesma maneira que ela confiava em mim, a gente já discutiu milhares de vezes ao longo do nosso relacionamento por causa da minha insegurança, do meu medo de outra mulher surgir e tirar ela de mim, mas sempre que isso acontecia nós conversávamos e resolviamos tudo, no dia seguinte era como se nada tivesse acontecido e eu parecia sentir ainda mais insegurança, não era porque eu queria, era uma coisa que eu não podia controlar... E agora eu me vejo perdida, me sentindo uma babaca, pois isso tudo só me serviu para me fazer acabar com o nosso casamento que estava a três dias de acontecer, meu medo de perdê-la foi quem tirou ela de mim, e pude me dar conta que se eu não buscasse tratamento eu iria perdê- la para sempre e não era isso que eu queria... eu nunca quis perder a Lauren, e não quero ter que passar o resto da minha vida sem ela comigo, sem ver aquele sorriso único e mágico quando sorri pra mim, sem sentir seus beijos, seu carinho, seu toque, seu corpo, e principalmente seu amor, porque eu sei que mesmo que ela tenha mudado eu sinto que ainda me ama, assim como eu também à amo muito, amo incondicionalmente e daria a minha vida por ela... só queria que ela soubesse disso.

Desde a minha última tentativa de voltar com ela que comecei a me consultar com a minha baixinha que é psicóloga, Ally está sendo como um anjo pra mim, é ela que me ajuda sempre quando desabo e choro, sempre quando a saudade e o arrependimento atravessam meu coração.

Ainda não me acostumei com a ausência dela, e isso é irônico porque nos vemos quase todos os dias na empresa mas mesmo assim essa saudade não cabe mais em mim e eu não entendo isso, às vezes acho que eu deveria sair de lá, pedir minha demissão porque vê-la todos os dias me olhar como se eu fosse uma estranha acaba comigo, era como se ela quisesse me deixar claro que não pertence mais à mim, e aí eu choro, choro e sofro internamente pois o orgulho não me deixa mostrar isso à ela... Mas do que isso adianta se está estampado na minha cara o quanto me machuca?

E quando chego em casa me deixo esvair todo choro, desabo por horas no meu quarto ou até mesmo no chuveiro, e é atordoante porque todo lugar me lembra ela, até a minha dor, as minhas mágoas me faz lembrar que se ela estivesse comigo nada disso estaria acontecendo, sempre que eu me sentia mal, sempre que eu sentia angústia lá estava ela para me confortar, seu abraço curava qualquer coisa, eu me sentia protegida, só ela tinha o poder de me fazer ficar bem e feliz sempre, nada era melhor do que dormir abraçadinha com ela sentindo seu perfume ... Mas e agora que estou mal por causa dela? Como vou correr pra ela? Não tem como.

Agora imagine perder tudo isso de um dia para o outro, imagine perder tudo isso por causa de besteira... é uma mistura de dor, tristeza, dúvidas e saudade, são tantos sentimentos e lembranças, tanto tudo...é horrível.

Durante esse tempo todo separadas, eu não me relacionei com ninguém, nem tenho vontade, sei que procurar outra pessoa será tempo perdido pra mim, pois nenhuma delas será a Lauren. Eu não sei se com a Lolo acontece a mesma coisa, não sei se ela está saindo com alguém, e eu espero do fundo do meu coração que não, porém no mês passado eu estava saindo do restaurante do shopping onde fui almoçar com um cliente do meu escritório particular e vi quando ela chegou neste mesmo restaurante acompanhada de uma garota loira dos olhos azuis, tenho que admitir que era bastante bonita, eu nunca tinha visto aquela menina por aqui e pela maneira que elas se tratavam pareciam se conhecer bastante. Naquele dia quando os olhos da Lauren se encontraram com os meus eu senti uma coisa estranha, senti como se eu estivesse perdendo ela, seus olhos brilharam ao me ver mas logo tratou de disfarçar e fazer como se não estivesse se importando comigo. Desde então nunca mais consegui ficar em paz. O que eu podia fazer? Absolutamente nada, se elas ficarem juntas eu terei que aguentar calada, por mais que me doa ela não tem mais nenhum tipo de compromisso comigo, a não ser os nossos filhos... E falando neles, esses dois anjinhos são tudo pra mim, tudo que tenho de mais lindo e valioso que me lembre a Lauren, sempre que olho pra eles me lembro dela, não tem como não lembrar daqueles olhos, os verdes mais perfeitos do mundo, chega a ser impressionante a maneira em que os três são tão iguais no olhar, até na intensidade em que eles brilham.

Nos primeiros dias eles sentiram bastante a falta da Lauren, principalmente a Megan, a coitadinha chamava por ela toda noite antes de dormir e era um trabalho danado pra fazer ela pegar no sono porque ela queria o colo, o carinho da papá dela, então qualquer barulhinho e ela acordava já chamando a Lauren mas aí os dias foram passando e ela foi se acostumando, o Lou também sentiu muito a falta dela mas posso afirmar que Megan sentiu três vezes mais.

Então Lauren pega eles todo final de semana para passar com ela e quando é na segunda de manhã ela trás, aí são nessas poucas vezes que temos um contato mais direto, que é quando ela conversa mais comigo olhando nos meus olhos e não com tanta indiferença como faz comigo na empresa.

- Psiuu... Eiii _ Falo brincalhona ao entrar no quarto dos meus filhos, já eram quase nove da noite e os dois estavam brincando cercados de brinquedos no tapete branco felpudo que pegava toda extensão do chão do quarto deles.

- Mamã... mã. _ Os dois vieram pra mim, aqueles dois pinguinhos de gente a cópia da Lauren... E olha eu mais uma vez me lembrando dela.

- Oi meus anjinhos. _ Fico de joelhos no chão para abraçar os dois que riam e pulavam animados por me ver, ultimamente eu ando muito ocupada e quase não tenho tempo de ficar com eles mas é de lei toda noite passar no quarto pra brincar e dar carinho pra eles até chegar a hora de dormir . - Do que vocês estão brincando meus filhos? _ Pergunto num tom tranquilo e eles vão contentes pegar os brinquedos pra me mostrar, Meg trás empurrando a pequena miniatura de um ônibus que ela tem da Frozen ele era quase do tamanho dela mas era levinho e não dava para entrar dentro, ele vinha todo equipado com quarto de bonequinhas, cozinha e etc, muito lindo... Presente da Vero.

- Bonus . _ Megan fala ao chegar perto de mim me induzindo a sentar no chão e assim eu faço enquanto dou uma risada com a maneira errada e fofa dela pronunciar a palavra.

- Bonus filha... você gosta do bonus da dinda ?

- Góta bonus da dinda. _ Fala sorridente e eu dou um abraço apertado naquela bolinha, branquelinha mais fofa, a cada dia eu ficava mais impressionada com a facilidade de comunicação deles mesmo sendo tão pequenininhos.

- E você Lolo, do que tá brincando? _ As vezes eu chamo o Lou de Lolo, peguei esse costume.. Ele me mostra um carrinho da Hot wheels e vai para a pista de carrinhos brincar, eu fico no meio dos dois brincando um pouquinho com cada um.

As duas babás olhavam a gente com sorrisos nos lábios, porém logo elas saíram para preparar a mamadeira dos dois, já estava dando o horário deles dormirem, era sempre entre nove e dez da noite.

***

Depois dos bebês dormirem, dei um beijo de boa noite nos dois e fui jantar, em seguida peguei uma garrafinha de suco e fui para o escritório terminar de ler alguns processos, quando eu não estava com os meus filhos ou com qualquer outra pessoa eu sempre procurava me afundar no trabalho porque me ajudava a esquecer os problemas... As horas foram passando e quando eu já não aguentava mais de sono, desliguei o computador, peguei a garrafinha de suco pra jogar no lixo da cozinha e apaguei as luzes saindo dali, passei na cozinha e joguei a garrafinha depois segui para o quarto, tomei um banho relaxante, quando saí passei o hidratante de morango, coloquei uma camisola e fui escovar os dentes, quando voltei soltei os cabelos, apaguei a luz do quarto e do abajur e me deitei... Puxo o edredom e me cubro até a cintura, abraço o travesseiro da Lauren como faço todas as noites e fecho os olhos ao puxar o perfume dela que ainda está presente ali e assim começo a chorar quietinha lembrando dela, onde ela está agora, se sente minha falta ou se está pensando em mim também.

Quando abraço seu travesseiro que eu sempre deixo algumas borrifadas do perfume dela que ficou aqui em casa, sinto como se estivesse abraçando seu corpo. E a única solução para me sentir bem de novo, é me lembrar que por algum tempo nós fomos algo.

- Eu sinto tanto a sua falta meu amor...tanto... eu to tentando não chorar, eu tô tentando ser forte, mas acho que eu não consigo ser forte sem você. _ Fecho os olhos com força fazendo assim as lágrimas rolarem molhando o tecido do travesseiro. - Por quê você não quer me perdoar? Por quê Lolo? _ Abraço apertado seu travesseiro enquanto soluço e tento dormir.


Notas Finais


Talvez ainda hoje irei postar outro... Ok Vocês estão merecendo haha :)
Vou fazer de tudo para conseguir.
Mais uma vez quero agradecer pelos comentários, VOCÊS SÃO DEMAIS... OS MELHORES LEITORES DO MUUUUUNNNNDO TODOOOOO.. AMO VCS PRA SEMPRE.
OBRIGADA POR TUDO.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...