História Por Acaso. - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias After School, Bangtan Boys (BTS), Black Pink, CrystaL Clear (CLC), EXO, Girls' Generation, Got7, TWICE
Personagens Baekhyun, Chaeyoung, Chanyeol, Hyoyeon, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Jungkook, Kai, Lizzy, Mark, Mina, Nana, Nayeon, Raina, Rap Monster, Rosé, Sehun, Sooyoung, Sorn, Suga, Tzuyu, Uee, V, Xiumin, Yugyeom
Tags Bts, Clc, Romance
Visualizações 89
Palavras 5.406
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Escolar, Esporte, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ainda não ficou como eu esperava
Mas é isso espero que gostem!

Capítulo 32 - O final


Fanfic / Fanfiction Por Acaso. - Capítulo 32 - O final


Acordei com a luz do Sol invadindo a janela do meu quarto, V estava do meu lado me abraçando me virei e encarei seu rosto havia um pequeno corte em seu rosto e marcas roxas em seu ombro que Mark deixara. Por algum motivo sorri ao encarar mais uma vez seu rosto.

Me livrei de seus braços com delicadeza e sai da cama enrolada em uma das cobertas, procurei uma roupa para vestir e consultei o celular era quase 12:00 então tratei de descer logo sabia que de um jeito ou de outro os meninos fariam piada. Tive uma surpresa quando cheguei a sala apenas JungKook, Jimin e Sorn estavam lá notei que JungKook iria fazer um comentário mas Jimin o deu um tapinha o fazendo ficar quieto.

Yu: Onde estão todos?

Sorn: Saíram para comprar coisinhas para a viagem. 

Me senti confusa.

Yu: Viagem? Que viagem?

JungKook: Vamos todos embora amanhã de manhã, apenas Suga e V ficaram. - Olhei para Sorn que exibia um sorriso.

Jimin: Eles ficaram apenas por uma semana depois voltaram para a última etapa. - Acenei e fui até a porta, assim que a abri dei de cara com Appa que mantinha as mãos esticadas provavelmente para abrir a porta, gargalhei.

Appa: Bom dia mocinha. - Ele me abraçou e abriu caminho para os outros entrarem.

Yu: Bom dia. - Os meninos estenderam a mão e bateram na minha, quando Omma entrou eu a abraçei.

Namjoon: Onde está o V?

Yu: Dormindo.

Suga: Depois falam de mim. - Ele revirou os olhos mais logo sorriu, ele foi até Sorn com duas sacolas na mão deu um beijo nela e colocou as sacolas na mesa, Sorn se apressou para olha-las.

V: Mas já estão falando de mim? - A voz rouca de V ecoou pela cozinha e olhei para a escada ele estava colocando a camisa.

Jin: Sim, mas que corte é esse no seu rosto e essas manchas? - Eu deveria saber que eles reparariam nisso, V me olhou e se aproximou de nós.

V: Eu cai ontem antes de virmos embora, não foi nada de mais. - Jin assentiu, mas vi em seu rosto que ele não acreditou muito na desculpa.

Essas foram as últimas palavras na casa por um tempo, nos separamos e os garotos foram para a sala, Appa e Omma subiram para arrumar as coisas, Sorn e Suga ficaram na cozinha enquanto eu... sai para ficar no quintal apenas tirando fotos das árvores.

Fiquei tão absorta e distraída nas fotos que me assustei quando V colocou o rosto na frente da câmera, quase a deixei cair.

Yu: Que susto!

V: Desculpe. - Disse enquanto gargalhava. 

Yu: Dormiu bem?

V: Sim, mas esse roxos ainda me incomodam quando me virava na cama sentia dores. - Fiz sinal para que ele se sentase perto das minhas pernas.

Yu: Se sente aqui, vou fazer masagem em você. - Ele sorriu e tirou a mão do bolso se sentando perto de minhas pernas.

Coloquei minhas mãos entre seus ombros apertando de leve para não machucar, Ele se contorceu no começo mas se acostumou.

V: Não quero adiar muito. - Ele soltou derrepente.

Yu: Hã? - Perguntei sem entender.

V: Assim que terminar a última etapa quero me casar com você, te conheço e sei que quer algo simples assim como eu vamos fazer algo pequeno e quero que você vá embora comigo, também sei que não tem mais nessecidade de ficar no curso daqui você pode continuar tudo lá. - Tive a impressão que ele não só queria se casar logo comigo, ele não me queria perto e Mark.

Yu: Não é precispitado de mais? E também...

V: Não, não é... já esperei muito não tem mais nessecidade de esperar. - Quis argumentar mas não consegui, então abri um sorriso e acariciei sua bochecha ele se levantou e puxou minha mão me levando para dentro.

Eu já sabia oque ele iria fazer então abri um breve sorriso quando entramos, todos nos olharam.

V: Eu estava conversando com Yu agora pouco, e decidimos que não vale mais a pena ficar esperando e esperando tenho um dinheiro guardado e logo depois da última etapa... vamos nos casar. - Durante alguns segundos todos ficaram paralisados nos olhando, mas Sorn se levantou do nada batendo palmas entusiasmada.

Sorn: Uau! Vai ser lindo! Estou feliz por você Yu. - Ela correu até mim me abraçando.

V: Tenho dinheiro o suficiente guardado  para fazer algo igual pensamos, não quero demorar mais para isso. - Appa assenou com um grande sorriso nos lábios.

Appa: Mal posso esperar! - Ele foi até nós e Sorn se afastou para que ele pudesse nos abraçar.

Era totalmente oficial agora, eu e V nos casariamos em breve.

                                             ♡♡♡

No dia seguinte V, eu, Sorn e Suga iríamos para a cidade na qual os meninos competiam já tínhamos arrumado tudo era apenas esperar e passar a noite juntos. Suga pediu o jantar e quando chegou ele se levantou para pegar, comemos todos juntos aquela cena me fez pensar como seria ótimo ter Eunha ali.

Me levatei num pulo.

V: Aonde vai? 

Yu: Porão, preciso pegar uma coisa. - Corri para a pequena portinha perto do banheiro ao abri-la liguei o interruptor descendo as escadas rapidamente.

Não demorou para achar uma caixa, eu a peguei dificuldade por conta do peso e a levei para cima soltando a mesma quando cheguei na cozinha.

Suga: Oque é isso? - quando Sorn olhou a caixa deixou espacapar um suspiro.

Sorn: A caixa da Eunha.

Yu: Eu tenho que levar isso, São as únicas coisas que me restam da minha amiga não posso deixa para trás. - Tentei segurar as lágrimas mas foi impossivel, V se levantou indo até mim as enxugando na mesma hora.

V: Tudo bem vamos levar. - Acenei e tratei de terminar logo minha comida.

Inventei a desculpa que queria descançar e subi, V entendeu bem então me deixou sozinha assim que cheguei em meu quarto cai em lágrimas. Eu tinha uma clara lembrança de Eunha... seu sorriso, seu jeito, sua força.

Eu solussava e acabei por esconder meu rosto no travesseiro, ouvi a porta bater e não precisei olhar para saber quem era.

V: Eu sei que sente falta dela, mas ela está bem melhor e bem mais segura agora não acha? - Incapaz de dizer qualquer palavra apenas fiz que Sim com a cabeça.

Ele me abraçou mais forte e eu afundei o rosto em seu peito, se cheiro me acalmava, sua respiração me fazia bem e as batidas do seu coração se tornaram as minhas.

  ☆☆☆

Foram duas logas horas de viagem, ficamos em um hotel pois onde os meninos ficavam era muito pequeno para todos nós Sorn estava feliz por ter Suga o tempo todo do seu lado e eu mais feliz ainda por ter V o tempo todo falando do casamento em meu ouvido.

Já estava quase tudo pronto, Omma e Sorn cuidaram de praticamente tudo para mim já que eu não me dava bem com essas coisas, o vestido eu só viria no dia do casamento - Era presente de Appa. - e eu realmente não está tão preoculpada com isso.

Era dia do último ensaio dos meninos e não tínhamos permissão para ver, então ficamos no apartamento enquanto eu lia Sorn via revistas.

Sorn: É esse! - Me assustei com seu grito.

Yu: Esse oque?! TÁ ficando doida?!

Sorn: Vou com esse vestido para o seu casamento! Não é lindo? - Ela me mostrou um vestido, longo com um decote discreto era de um azul claro.

Yu: É lindo! Sua cara!

Sorn: Jura? - Ela voltou a olhar a revista então nem me dei o trabalho de responder.

Decidi que não ficaria na sala então subi para o quarto e liguei para o serviço de quarto pedindo comida, os meninos chegariam logo logo, queria que eles descansassem antes da competição de amanhã. Eu e Sorn estávamos tão anciosas quanto eles, era o sonho dos meninos e não seria nada fácil essa final então nós iríamos junto com eles e daria-mos apoio a noite toda.

Fiquei ali no quarto arrumando uma coisinha ou outra e quando me cansei acabei por sentar na cama, eram exatamente 20:05 eles deveriam estar presentes a chegar então tomei um banho e lavei o cabelo, quando eu tomava banho gostava de cantarolar e me esquecia de tudo então nem me dei conta de que fiquei tanto tempo de baixo do chuveiro apenas me enrolei na toalha e sai do banheiro levando um susto quando vi Tae tirando a camisa e a substituindo por outra.

Yu: Ai que susto! - Ele se virou me olhando e deixou a camisa em cima da cama vindo em minha direção.

V: Desculpe. - Tae se inclinou selando meus lábios.

Yu: Preparado para amanhã? - Sorri e ele virou o rosto mordendo o lábio.

V: Preparado, Preparado eu não estou mas… estou muito confiante. - Aquelas palavras me fizeram pensar em como seria se eles ganhassem.

Yu: Vou estar lá. - Ele sorriu e me envolveu em seus braços, ele estava suado mas não me importei.

Ele me soltou beijando minha testa.

V: Sei que vai. - Seu sorriso era lindo - Se troque amor.

Rapidamente ele pegou a camisa sobre a cama e a colocou saindo do quarto, me troquei rápido também é Prendi o cabelo em um rabo de cavalo e assim que sai do quarto pude ouvir as risadas… casa cheia, eu amava isso! Appa estaria aqui pela manhã então certamente seria mais divertido.

Desci e os meninos faziam a festa, as comidas já estavam abertas eles dançavam enquanto Sorn e mais uma garota assistia; a namorada de Namjoon, previ. Me aproximei das meninas me sentando no meio de ambas enquanto observava a dança perfeita dos garotos.

Ye Na (Namorada do Namjoon) : Prazer Yu, me chamo Kim Ye Na… sou Namorada do…

Yu: Nam, Prazer!

Sorn: Fiquem vendo.

Ye Na: Oque Vai fazer?

Sorn: Deixarei Suga desesperado.

Yu: Não fassa oque estou pensando sua criança mal educada. - Eu ri baixo e então…

Em uma atuação perfeita Sorn caiu com cuidado no chão "gemendo de dor" em questão de segundos Suga estava ao seu lado, ela continuou cada vez mais exagerado ao olhar em nossa cara os meninos perceberam que era mentira.

Suga: Sorn! Sorn! Oque Está havendo?! - Ela não se aguentou mais e começou a rir. - Aish! Sua garota má!

Sorn: Desculpe! - Agora ela rolava de rir junto com todos nós, parei no ato e me levantei indo até a cozinha.

Ouvi passos atras de mim e me preparei para as lágrimas.

V: Oque ouve?

Yu: Eunha podia estar aqui… Ela podia estar rindo com a gente... - Fui fraca e não consegui me segurar, me apoiei na pia e Tae segurou meus ombros.

V: Escute, ela não gostaria de te ver assim entende? Tem que parar de chorar por Eunha pois ela não gostaria de te ver assim Yu.

Yu: Ela era alegre, sorria tanto e me fazia sorrir nem se quer pode dizer adeus… oque sobrou foi fotos e um diário que já li e reli. - Seus braços me envolveram, as batidas de seu coração formavam um som aconchegante.

V: Quer comer algo? - Neguei. - Quer sair? - Neguei novamente. - Quer ir se deitar?

Yu: Conversarei um pouco com Ye Na, Ela parece ser legal. - Sequei as lágrimas e coloquei no rosto um sorriso forçado. - E então?

V: Está linda, minha menina. - Tae apertou minhas bochechas então caminhei até a sala onde Sorn Estava agarrada com Suga, e Ye Na com Namjoon.

Yu: Vamos meninas, para cima. - Agarrei o braço das duas.

Namjoon: Não! Deixe ela aqui ou subo para cima junto.

Ye Na: Tente subir…

Sorn: Tiraremos vocês de lá.

Yu: A base da surra. - Sorrimos e caminhamos até a porta do quarto ainda podíamos ouvir.

Suga: Espero que ela te deixe roxo Taehyung.

V: Ela vai… - Todos riram dele, óbvio que tinha falado no segundo sentido.

Garoto idiota!

A noite foi mais que agradável assistimos a um filme e falamos de nossos sonhos, logo Namjoon apareceu para levar Ye Na para a casa pois tinham que dormir cedo, Suga fez o mesmo se despediu de Sorn com um beijo logo eu estava sozinha no quarto.

Não por muito tempo, Tae apareceu enquanto eu arrumava a cama me abraçando por trás.

V: YAA! Te peguei!

Yu: Seu idiota! Vai me matar desse jeito!

Ele beijou seu pescoço depois seu maxilar, logo ele estava em sua nuca.

Yu: Você tem que IR... Tem um campeonato para vencer amanhã.

V: Ficarei mais tranquilo se ficar com você esta noite. - Me virei para ele olhando eu seus olhos.

Yu: Você é teimoso.

V: Não pude te tocar hoje, Yu por favor. - Balancei a cabeça e o beijei, era difícil negar um pedido dele era impossível!

Delicadamente​ Tae me deitou na cama passando a mão em todo o meu corpo, ele era tão calmo! Quando me dei conta minha camiseta já estava jogada no chão enquanto ele fazia de tudo para me deixar a vontade naquele momento.

♦♦♦

Apezar da noite de ontem ter sido uma das melhores da minha vida não consegui dormir direito pensando no dia de hoje, e se ele perdesse? Isso era tudo que ele queria na vida não poderia suportar.

A arquibancada estava lotada, os times estavam separados a torcida dos meninos (que não era pequena) de um lado e a torcida do Grupo adversário do outro lado, estava tudo pronto Appa estava do meu lado com sua namorada.

Appa: Eles vão conseguir! Tenho certeza! - Não tinha ninguém mais animado que ele naquela arquibancada. - VOCÊ CONSEGUE FILHO! - a Mãe de Tae olhou para nossa direção com um grande sorriso no rosto, o orgulho estava transbordando em seus olhos.

MC: Vamos então apresentar o primeiro grupo! Formado por 5 garotos! - A arquibancada adversária explodiu.

Eles dançavam e cantavam muito bem, da primeira fila dava para ver cada rosto eles também eram lindos.

Mas não eram páreos para meus meninos!

Assim que a apresentação acabou o MC foi ao encontro deles com um microfone, hora do discurso…

MC: Quer nos contar oque faria se conseguissem ganhar? - Um dos garotos, provavelmente o líder tomou o microfone abrindo um sorriso.

(??): Bem, nós vamos nos dedicar ao máximo para trazer um ótimo conteúdo e uma ótima coreografia! Contaremos com todos para isso.

Appa se virou para mim.

Appa: Alguma coisa nele não me desceu. - Sorri ao passo que Omma apertou sua mão.

Omma: Querido! - Ele riu da cara de desaprovação dela.

MC: Agora o último grupo, formado por 7 Garotos! - Ao vê-los entrar meu coração parecia saltar do peito.

Pude ver Tae me procurar entre a multidão e então sorrir, foi questão de segundos para eles estarem apenas a espera da música começar, ao ouvir suas vozes todas juntas logo de início tive que me lembrar de como se respira… os passos eram precisos e perfeitos tudo era perfeito sem erros.

A voz do meu garoto… era tão linda! Fui incapaz de segurar minha emoção e chorei junto com um grito alto, quis ser capaz de gritar mais e mais só que não consegui. Appa estava boquiaberto​, Sorn se juntou a mim gritando como louca e quando a apresentação acabou a plateia explodiu em aplausos, o MC veio com o microfone e o estendeu para V era oque estava mais próximo dele.

MC: Quer nos dizer oque você fará se ganhar aqui?

V: Bem… Se nos ganharmos, vamos nos dedicar ao máximo vamos trazer algo bom a quem nós acompanha e eu… dedicaria todos os meus movimentos e conquistas a uma mulher que está aqui. - Sorri ao vê-lo me procurar na multidão e sorrir quando me achou.

MC: Muito bem! Boa sorte meninos! - Todos se curvaram e saíram. -

Teremos um curto intervalo para decidir, família e amigos curtam seus aritstas!

Não demorou muito para os meninos aparecerem me levantei e abracei Jin que veio primeiro em minha direção, todos os outros garotos vieram e só então Tae chegou até mim e me pegou no colo quando ele me colocou no chão olhei para os outros.

Yu: Vocês foram muito bem, parabéns!

Jin: Obrigado Yu.

Suga: Valeu. - Appa os cumprimentou e logo depois todos as outras pessoas.

Estávamos esperando alguém chamar enquanto isso olhei em volta, Suga acariciava a barriga de Sorn Mesmo que não tivesse nenhum voluminho ali, Nam abraçava a namorada e V me matinha em seu colo olhando para o lugar onde eles tinham se apresentado a minutos atrás.

V: Eu estava pensando, o quão linda você vai ficar vestida de noiva - Eu ri.

Yu: Não é hora para Isso! - Ele balançou a cabeça sorrindo e então um homem apareceu, me despedi dele o dando um beijo de boa sorte.

Logo todos os artistas estavam no pequeno palco e estávamos todos explodindo de anciosidade.

MC: Eu já tenho o resultado em mãos, - ele levantou um pequeno envelope - queria dizer que todos aqui tem um grande talento de verdade, um talento enorme! Mas os nossos jurados escolheram o grupo… - O envelope foi saindo aos poucos e o MC sorriu ficando entre os dois garotos e então como em uma explosão de alegria a torcida pulou gritando.

O nome estava claro ali no papel "BTS" o grupo do meu noivo realmente tinha conseguido! Eu gritei e pulei mais que todos ali, Logo Sorn Estava ao meu lado e parecia realmente que a conquista tinha sido de nois duas.

♥♥♥Quebra de tempo ♥♥♥

Foi um milagre achar um salão para festas de última hora, fizemos uma pequena festinha e chamamos alguns amigos dos meninos e achamos incrível a quantidade de gente que eles haviam conhecido.

Eles estavam em um canto pois muita gente queria fotos e abraçar os garotos, Appa estava todo orgulhoso e eu também.

Appa: Acho que está começando uma nova fase na vida deles.

Sorn: Uma fase boa.

Yu: Com certeza - Appa sorriu e pegou no braço de sua namorada a puxando para uma dança.

Foi quando vi Sorn bebendo destacadamente uma cerveja, de imediato a tirei de sua mão.

Yu: Oque acha que está fazendo?

Sorn: Aish! Só um pouquinho por favor.

Yu: Ficou doida? Mulheres grávidas não podem beber… sem cervejas para você.

Ela resmungou algo mas logo entendeu e ficou quieta, puxei a garota para uma dança onde nós duas rimos como doidas então eu lembrei de tudo; dos planos que fizemos com Eunha, do tempo ruim que Sorn passou, do meu primeiro beijo com V e agora estamos ali… Sorn gravida, Eu noiva e Eunha… ah Eunha! Ela estava feliz por ver a gente assim, tenho certeza.

Senti alguém cutucar meu ombro e assim que me virei dei de cara com Suga.

Suga: Vou roubar ela de você.

Yu: Oh Ela é toda sua! - Entreguei Sorn a ele e observei os dois sumirem no meio dos amigos.

Procurei por V para que eu não precisasse ficar sozinha e o encontrei facilmente.

Ele estava conversando com uma menina, bonita e sorridente a mesma colocava a mão em seu peito o empurrando de leve, parei para observar a cena e quando ela parou de rir o meu coração quis parar junto com ela pois a garota se aproximou de V de modo que seus narizes se encostaram, ela sussurou algo a ele e não esperei para ver mais, penas corri, trombando nas pessoas.

Sorn: Yu! Onde você vai? - Não respondi apenas corri saindo do lugar onde estava, ela tinha beijado ele! Certeza que tinha!

Minha visão estava embasada, eu podia ouvir buzinas e gritos irritados comigo, pude ouvir gritos conhecidos atrás de mim mas não quis dar importância e apenas continuei andando.

Foi quando tudo pareceu desmoronar, em uma fração de segundos alguém me empurrou e eu estava no chão e quando olhei para o lado... A pequena Sorn Estava desmaiada, ela foi atropelada em meu lugar.

Em estado de choque não me movi, pessoas correram para ajudar e dois pares de braços me seguraram puxando-me para a calçada eu deixei que me levassem mas meus olhos estavam grudados na minha melhor amiga.

Appa: Filha! Filha você está bem? Pelo amor de Deus!

V: Yu! Yu Fala comigo - Me virei para ele com raiva e o empurrei.

Yu: Eu estou bem, e você… você fica longe de mim Kim Taehyung!

V: Oque eu…? - Corri até onde a minha melhor amiga estava e olhei para Suga que ainda chorava.

Suga: A ambulância está vindo, aguente firme amor… - Me senti culpada naquele momento eu tinha feito a minha melhor amiga ser atropelada, se eu… se eu tivesse ouvido!

O barulho das sirenes ficaram cada vez mais alto e quando eles de fato chegaram as únicas palavras que saíram da minha boca foram, "salvem a minha amiga! Por favor"

♥♥♥ Hospital ♥♥♥

Eu andava de um lado para outro esperando notícias, a raiva que sentia de V ainda não passara e ele permanecia sentado em um lado do corredor.

Appa: Eu acho que ele merece saber oque está acontecendo. - Parei olhando para Appa, depois para V.

Yu: Não estou com cabeça para isso.

Appa: Vai explicar a ele oque está acontecendo. - Ele foi exigente no que disse então acenei e andei até a porta passando por ele e fazendo um sinal para que ele viesse comigo.

Andamos para fora e parei olhando para V.

Yu: La na festa, aquela garota… você não fez nada!

V: Oque?

Yu: Não se fassa de desentendido​! Ela beijou você, te beijou e você não fez nada!

V: Eu não… ela não me beijou YuJin! Eu juro, eu a afastei de mim e mostrei a aliança no meu dedo. - Apenas balancei a cabeça - Por Deus! Eu juro, jamais faria isso.

Yu: Eu vou acreditar em você… eu quero acreditar em você, por favor não estaja mentindo para mim é só isso que Pesso a você - Derrepente um mar de lágrimas começou a sair de meus olhos, ele foi até mim me abraçando.

V: Eu prometo, prometo, prometo - ficamos assim por um tempo até voltarmos para dentro.

Suga ainda estava na mesma posição e a namorada de Appa o abraçava eu me encostei com V em um canto e em exatos cinco minutos vi a porta se mexer e já me preparei, o médico apareceu e Suga correu até ele.

Suga: Sorn… minha namorada… tem notícias dela? - Ele segurou o médico pelos braços e então ele balançou a cabeça.

- Ela está bem só fraturou a perna e... Ela pediu para falar com a irmã primeiro, disse que você precisava se acalmar. - Ao ouvir a palavra "irmã" senti uma lágrima quente em minha bochecha e andei calma e com medo ao mesmo tempo.

Abri a porta e entrei onde tinha um grande corredor, a porta aberta revelou seus cabelos no rosto e os olhos fechados… ah Sorn... Corri até lá chorando loucamente.

Yu: Desculpa! Me desculpa por favor a culpa foi toda minha! - Repeti isso inúmeras vezes até sentir sua mão em meu rosto.

Sorn: Shiiu… Eu to Bem - Sua voz era arrastada, derrepente ela parecia ter envelhecido 20 anos- Cansada mas bem.

Yu: E… - Pousei a mão em sua barriga e ela sorriu alegre.

Sorn: Ele está bem… mais saudável que você eu diria. - Soltei um suspiro de alívio e vi seu rosto fechar derrepente - Por que correu daquele jeito? Oque você viu?

Yu: Não importa agora… Suga e Appa precisam ver você, fique bem irmã - Ela acenou e eu saí com mais lágrimas nos olhos do que entrará e com um sorriso maior de que poderia estar.

Assim que me viu Suga e Appa correram para vê-la e V veio ao meu encontro, agora estava tudo bem.

V: Suga nem consegue ver a barriga de Sorn e já ama aquele bebê.

Yu: É oque você fazia não é?

V: Com certeza - Ele parecia decepcionado.

Yu: Você vai ter sua oportunidade, acredite em mim. - O ouvi sorrir e então tive certeza de que sim… estava tudo bem.

♦♦♦

Os meses foram passando e vi de perto a gravidez de Sorn, um Menino Estava para chegar e aumentar a família.

Todos corriam como loucos com o casamento e vazia-mos trocas a trás de trocas e até o último dia eles estavam arrumando coisas… Aish Eu estava tão nervosa, tudo parecia muito exagerado e muito simples eu achei que ia quebrar o salto de tanto bater no chão quando Appa apareceu para me estender o braço.

Appa: ontem mesmo você estava correndo de fraudas com uma mamadeira na boca, oque Aconteceu? - Eu ri e então Sorn apareceu.

Sorn: Yu Não tenha um ataque e tudo vai dar certo!

Nossa isso foi tão encorajador que quase sai correndo, a porta se abriu e nos primeiros passos eu pensei que ia cair dura no chão mas quando eu o vi sorrindo para mim… não tinha Appa me segurando, ou Sorn com meu sobrinho na barriga caminhando na minha frente, tinha só eu e ele.

Demorou uma eternidade para chegar ao altar mas ao sentir sua mão em minha cintura me guiando para nosso lugar eu me senti tão tranquila que foi impossível descrever.

V: Você está linda…

Yu: Cala a boca - Sorri e então o padre começou a falar.

A ficha só caiu quando o "aceito" foi dito e a aliança foi colocada em meu dedo, até então tudo parecia um sonho. Ele me beijou tão calmamente que me senti fora de mim, agora era tudo diferente, ele parou o beijo e me olhou e do nada senti meus pés saírem do chão ele estava me pegando no colo.

Yu: Ei!

V: Isso faz parte do que sempre quis fazer - Nós dois e ele me carregou para fora da igreja onde tinha um carro muito bem decorado oque me fez rir.

Eu acenei quando já estávamos lá dentro e ele nos levou para longe.

Yu: Pensei que vocês também estavam planejando uma festa.

V: Planejamos… para amanhã, Sorn disse que vai ser melhor passar-mos nossa primeira noite juntos. - Levantei uma sombrancelha.

Yu: E para onde vamos?

Ele piscou para mim sem dizer nada, nós fomos de carro por uma rua que eu conhecia bem, a casa dele.

Yu: Não entendi…

V: Omma queria dar um presente e já tem anos que Appa morreu então ela resolveu que estava na hora de viver uma vida já que o único filho estava se casando, ela achou alguém que gosta e está morando com ele. - Ele balançou os ombros. - Ela me disse mais ou menos assim.

Yu: Por isso ela não veio ao casamento… - Ele fez que sim - Eu estava prestes a chorar quando ele saiu do carro e veio abrir a porta para mim, mais uma vez me pegando no colo e nos guiando até a casa.

V: Fecha os olhos.

Yu: Oque Você aprontou? - Ele riu e fiz oque ele mandou, senti que ele subia as escadas e caminhou mais um pouco até parar e empurrar algo me colocando no chão em seguida.

V: Pode abrir os olhos - Tenho certeza de que eu parei de respirar por um tempo, o quarto estava todo enfeitado com rosas e velas era tudo tão perfeito!

Yu: Oque Vai fazer agora? Me esquartejar e fugir do país?

V: É uma opção - Ele disse sorrindo e se aproximando mais de mim. - Mas prefiro ficar aqui e ver se eles realmente me prendem - V passou os braços pela minha cintura e eu pelo seu pescoço - Eu amo você - Ele não me deu oportunidade para dizer mais nada apenas me beijou.

Era um beijo calmo, calmo como se fosse o nosso primeiro, lentamente ele me levou até a cama abrindo meu vestido com dificuldade pois o fecho era muito grande mas em algum tempo ele estava no chão.

Ele era sempre tão carinhoso comigo que eu tinha certeza que escolhi a pessoa certa para passar toda a minha vida.

♦♦♦

A noite foi perfeita, a festa foi ótima e eu realmente me sentia casada… Suga já havia dito que o próximo era ele e Sorn a mesma tinha ficado todo alegre Eu tinha uma casa, um marido, emprego e brevemente teria filhos correndo por todos os lados.

Esse era mais um daqueles dias em que eu tinha que fazer almoço para a família toda sabe? Aqueles dias de domingo… Sorn Estava me ajudando quando ela largou a faca e colocou a mão na barriga enorme.

Yu: Está tudo bem?

Sorn: Sim, Ele só nasce amanhã o médico disse - Ela sorriu e voltou a pegar a faca - Nem nasceu e já está me dando trabalho.

Yu: Eu vou me dar bem com ele - Falei rindo.

Sorn: Quando vai contar a ele?

Yu: Não sei, estou esperando o momento certo.

Sorn: Você devia… - Mais uma vez ela largou a faca dessa vez com mais urgência e sua cara de dor foi tão urgente que me fez correr para segura-la - Droga!

Yu: Suga! Suga Vem aqui agora! - Ele não me esperou terminar e veio até mim me ajudando a segurar Sorn.

Suga: Oque foi?

Sorn: Essa criança mal educada não quer esperar! - Ela apertou meu braço e Suga a pegou no colo quando viu que ela estava com muita dor, ele a levou para fora e V apareceu na cozinha.

Yu: Preciso ir pegar as coisas do bebê - Ele apenas acenou correndo para levar o carro e eu fui para fora.

Entramos no carro e fomos até a casa deles demorou até encontrar a bolsa mas assim que achei corri para fora novamente e fomos para o hospital.

Suga estava desesperado porque ele não podia entrar foi até engraçado de ver as perguntas que ele fazia, algumas vezes eu segurei o riso.

V: Eu nem sei mais oque dizer para ele, se eu der uns tapas funcionam?

Yu: Tenha paciência, já estamos aqui a mais de uma hora é claro que ele vai estar assim mas ele não sabe que o bebê deve estar tomando banho agora.

V: Jura? - Balancei a cabeça e voltei a olhar Suga que estava do lado de Appa, impossível dizer quem estava mais desesperado.

- Vocês são a família de Sorn?

Yu: Sim Somos - Suga esbarrou em mim e foi rápido na direção do médico.

Suga: Como está meu filho? E Sorn? Eles estão bem? - O médico riu.

- Estão sim, presumo que querem vê-los… tomem cuidado a sua mulher está muito cansada.

Todos sorrimos e caminhamos com a guia do médico até uma sala onde a minha melhor amiga estava toda sorrindente segurando um pequeno embrulho cor de rosa nas mãos.

Suga: Ah meu Deus! Ele é lindo - Me aproximei para ver o mais novo membro da família e assim como Suga permiti que algumas lágrimas escorresem pelo meu rosto, logo me afastei para que Appa pudesse ver e senti os braços de V passarem pela minha cintura.

V: Uma coisa que não se vê todo dia.

Yu: Oque?

V: Suga chorando.

Yu: Você chora?

V: Não muito - Ele sorriu.

Yu: Então talvez essa seja uma boa hora para te dar isso aqui - Tirei da bolsa a caixinha vermelha que estava ensaiando para dar a ele fazia uma semana.

V me pareceu confuso mas abriu a caixa e então ele retorceu os lábios.

V: Oque… oque está querendo dizer com isso? - Ele ergueu o pequeno teste mais confuso que antes.

Yu: Isso é…

V: É oque eu tô pensando que é? Quero dizer se é oque tá parecendo que é eu tô muito feliz mais se não for eu tô ficando louco e eu quero que seja oque tá parecendo que é mas se não for oque eu tô vendo aqui… mas pera é oque eu tô pensando que é? - Sorri com sua confusão nas palavras.

Yu: Parabéns papa- - Ele não me deixou terminar e me beijou rapidamente puxando meu pai pelo ombro.

V: Eu vou ser pai! Vou ser papai! VOCÊ VAI SER VOVÔ DE NOVO! AH EU PRECISO DE ALGUMA COISA QUE ME AJUDE RESPIRAR ESPERA… EU VOU SER PAI!

Yu: Shiiu… O bebê está dormindo…

V: Desculpa bebê… desculpa - Ele falava apressado - Você não está brincando comigo está?

Yu: Anny, É verdade.

Sorn: Parabéns papai… - ela riu.

Suga: Mais um para a família. - V sorriu aparentemente tão feliz que estava prestes a gritar.

Saímos da sala e fomos para a recepção onde ele estava parecendo louco falando com a minha barriga.

Yu: V… Todo mundo tá olhando você.

V: Oque o papai deve fazer? - Ele deu uma pausa - Ah certo, ignorar todo mundo e encher e Omma de comida? Okay - Ele me olhou - Você tem que comer

Yu: Não tenho não, pode parar e ficar aqui.

V: Quero decorar o quarto agora.

Yu: A gente nem sabe oque é ainda! Se acalma - Eu ri do cara de V o mesmo não tirava os olhos de mim.

V: Foi tudo tão rápido… eu vou ser pai, e você? Você foi a coisa mais importante da minha vida.

Yu: Ah amor… - Ele me abraçou forte quanto afagava meu cabelo.

Dizem que todos temos altos e baixos nas nossas vidas e eu teria muitos deles pela frente mas não importa porque eu tenho certeza de que ele estaria sempre do meu lado, porque ele era meu por acaso.


Notas Finais


É isso... Espero que tenham gostado
E obrigado pelo apoio que me deram!
Amo vocês


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...