História Potion of Love - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Monsta X
Tags Changki, Changki!au, Changkyun, Escolar, Fluffy, Kihyun, Magia, Mikiuu, Monsta X, Yaoi
Visualizações 94
Palavras 588
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fluffy, Magia, Romance e Novela, Shonen-Ai, Slash, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - 5. O tal Harry Potter da Coréia


Em passos apressados, Kihyun pedalava para a casa de Hoseok, enquanto mascava um chiclete que roubou de Jooheon. 

O garoto estava eufórico para chegar logo e pegar a bendita da poção. Já haviam algumas semanas desde que ele pediu para Hoseok, e agora o Shin havia lhe dito que estava pronta. Kihyun quase deu um berro no meio da aula de química. 

Jogou a bicicleta na calçada ao chegar, sabia que o bairro era tranquilo então não havia perigo de roubarem, e bateu na porta da casa de Hoseok.

— Ô Hoseok! — Gritou Kihyun, apertando a campainha à medida em que batia na porta. — Atende logo, desgraçado! Tá batendo punheta pensando no Hyunwoo, é? 

Mais alguns minutos, e a porta foi aberta. 

— Ah, seu estupido, finalmente abriu essa porta! — Kihyun revirou os olhos.

— Estupido? — A voz da irmãzinha de Hoseok soou, e Kihyun baixou o olhar, mordendo o lábio de puro nervoso ao ver a garotinha de cabelos negros o olhando com dúvida. — O que é punheta, oppa? 

— Pergunte ao seu irmão. — Kihyun sorriu docemente, e entrou na casa de Shin, se estapeando no rosto por ter xingado na frente da irmãzinha do último citado. 

Entrou no quarto de Hoseok, e espirrou com o cheiro forte que estava presente no cômodo. 

— Achei que viesse mais tarde. — Hoseok coçou os olhos, sentando-se na cama. — Que afobamento só para pegar uma poção...

— Tenho meus motivos. Que cheio é esse, cara? Parece o cheiro da casa da sua tia. — Kihyun reclamou, e Hoseok revirou os olhos, andando até uma pequena mesa no canto do quarto.

— Oppa, o que é punheta? — A pequena Shin se pronunciou, e Hoseok olhou para Kihyun com sangue nos olhos.

— Pergunte ao papai. — Disse Hoseok enquanto abria as gavetas. —Uh, HaeSoo, o que acha de ir brincar na sala, hum? Eu e Kihyun vamos falar sobre coisas de garotos. — O Shin pediu educadamente à irmã, que assentiu e sumiu da visão dos dois. 

— Beleza, cadê a poção? Estou curioso! — Kihyun disse, sentando-se na cadeira que havia ali. 

Hoseok retirou um pequeno frasco da gaveta, dentro dele, um líquido brilhante e cor-de-rosa brilhante o preenchia até a metade. 

Kihyun arregalou os olhos, e esticou os longos dedos para tocar o frasco, mas Hoseok impediu.

Nananinanão. Antes, tome as regras. — Hoseok disse, vasculhando sua gaveta e puxando um pequeno papel de lá. — São poucas, mas importantes para antas como você não fazerem besteira. 

— Para quantas pessoas você já vendeu isso? — Kihyun perguntou, finalmente tocando no frasco juntamente com a folha. 

— Umas sessenta, por aí. — Shin deu de ombros. — Leia as regras e não faça besteira. Boa sorte, querido. — Hoseok sorriu amigável, e Kihyun agradeceu, saindo saltitante da casa de Shin com sua poção na mão. Guardou o frasco e o papel na mochila com cuidado, e pedalou apressado para casa, já imaginando as maneiras de fazer Minhyuk beber aquele líquido brilhante. 

 

~ Poção do Amor ~

regras:

1; Assim que ele/ela beber essa poção, certifique-se de que a primeira pessoa que ele/ela verá será você.

2; O efeito dessa poção pode, em alguns casos, ter um período determinado. 

3; Não beba diretamente, misture a poção com alguma bebida a mais. Caso não misture, o efeito será contrário.

4; Não há antídoto para essa poção. Uma vez que bebeu, não tem mais volta.

5; A poção não pode ser usada em demasia. Apenas seis gotas é o suficiente.

6; A poção não pode ser usada mais de uma vez. Nem com a mesma pessoa, nem com outra.

7; Boa sorte, jovem.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...