História Preguiça - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Chanyeol, D.O
Tags Chansoo, Preguiça, Sooyeol
Visualizações 29
Palavras 555
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Yaoi
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Peço desculpa aos leitores de "Spaw", but eu vou continuar não se preocupem, um beijo.

Capítulo 1 - Puta Preguiça


Fanfic / Fanfiction Preguiça - Capítulo 1 - Puta Preguiça

Sabe quando a preguiça toma conta do seu corpo de um jeito tão grande, que você acha que nada e nem ninguém pode mudar isso? Era assim que eu estava me sentindo.
    
    Além de estar com uma puta preguiça, de brinde eu estava com uma dor no pé da barriga, a qual nem com remédio ou um exorcismo funcionava.

Nem pra' abaixar a calça eu tinha coragem.
     Você quer uma dica para quando for no banheiro não precisar desabotoar sua calça? Simples, murche a barriga e puxe a calça para baixo, prático e rápido.

  ☆

 Já era quatro horas da tarde quando algum filho de Lucifer decidiu que bater na porta do meu apartamento era uma boa, e lá fui eu, com todo o resto de coragem presente no meu corpo atender a porta.

Mas no final era só o meu namorado..

 - YA! PARK CHANYEOL, VOCÊ TEM A CHAVE PRA QUE FICAR FAZENDO ESCÂNDALO?!


  - Amor, é você que está fazendo escândalo, ta gritando por que? E outra eu esqueci a minha chave no trabalho.- Mesmo quase cedendo após ver um biquinho vindo dele, eu mantive minha cara de "você ta brincando comigo?"

 É impressão minha ou esse menino tá querendo apanhar?, nem pra pedir licença ele serve, quando dei por mim ele já estava jogado no sofá ao lado de uma sacola de conveniência.
 
   - Não fala comigo, não to no clima.- Estava cogitando em pegar uma cartela de remédio pra' ver se aquela merda passava.

 - O que você tem Soo? Ta se sentindo mau? Eu posso te levar no médico, eu vim de carro.- Eu só conseguia escutar a voz dele, já que minha cabeça estava afundada nos meus travesseiros.

Acabei por tirar ela de la, não estava afim de morrer sem ar. E la estava a minha tortinha de limão, com seus um e pouco metros de altura e uma carinha de cachorrinho, a qual eu não resisto não vou negar.

- Chan, eu to' com uma dor muito chata e também com muita preguiça.- Se por acaso se debater na cama não era uma opção, desculpa, porque eu fiz birra que nem uma criança de quatro anos.

 - A neném, por que não me ligou? Poderia ter comprado um remédio pra' dor.

 Quando eu vi que ele estava se aproximando eu logo estendi meus braços, " Nooossa KyungSoo você quer que seu namorado te peguie no colo? Quantos anos você tem?, olha Chanyeol tem um corpão mas não faz nada com ele, então por que eu não posso usar ele ao meu favor?

- Meu bebezinho está dodói?

    - Chan, eu to com dor, but não sou uma criança, okay?

Não vou mentir, ChanChan -apelido bem másculo sim, é muito melhor que minha cama, só não deixem ele saber disso.

- Você quer que eu vá comprar um remédio? Eu posso comprar a sua torta de limão, o que acha?

- Eu ja tomei remédio amor, só que não passou ainda é também eu não quero sair daqui.- Ele deu uma risadinha e se arrumou na cama de um modo que suas costas não ficassem doendo, caso ficássemos naquela posição por muito tempo.

E acabou que eu ainda fiquei com preguiça e com dor, porém eu tinha um namorado quentinho disposto a me mimar, besteiras de conveniência e filmes clichês pelo resto da tarde e noite inteira.


Notas Finais


Perdão pelos erros ortográficos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...