História Professor Substituto; yoonseok - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Suga
Tags Bts, Jhope, Jiminalone, Tae-taegenteboa, Yoonseok
Visualizações 165
Palavras 937
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Festa, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Leia as notas finais ao terminar o capítulo xoxo

Capítulo 2 - Nunca dê esperanças falsas.


Ver a cara do novo professor no início da terça-feira não era nada mal. Eu me sentava na cadeira ao lado da porta e observava-o dizendo as coisas sobre microbiologia. Mesmo estando vestindo uma blusa de mangas longas, eu pude notar um resquício de uma tatuagem em seu pulso e sorri de imaginar o que deveria ser. Uma tribal ou um desenho minimalista? Possibilidades não me faltavam em mente. Lembrei do dia em que cismei de fazer uma tatuagem e meu pai gritou comigo dizendo que não era coisa de Deus e nenhum hospital iria querer contratar um médico tatuado, então eu ganhei dinheiro da minha mãe e fiz uma escondida, mas meu pai descobriu dias depois e como castigo esfregou com a bucha até sangrar, mas não adiantou em nada a não ser uma pele sangrando e dolorida. 

Fazer dever do professor novo era uma tranquilidade, eu gosto bastante do tema e não vejo dificuldades em fazer, por isso fui um dos primeiros a terminar e levantar a mão. Ele focou seu olhar em mim e não sorriu, nem expressou qualquer outro tipo de reação, somente ficou me encarando por segundos antes de piscar e parecer acordar para a vida. Então ele finalmente pôs-se a andar para perto de mim.

— Alguma dúvida? — indagou analisando meu notebook e eu balancei a cabeça negando, em seguida virei a tela para ele que observou o que eu havia feito e levou sua mão ao mouse. Eu babei na mão dele, eu nunca tinha visto uma mão tão bonita na minha vida, tinha veias e seus dedos eram longos, sem contar nos anéis. Porra. — Por incrível que pareça, todos estão corretos. — ele estava insinuando que eu não sabia fazer e aquilo era uma novidade? Aish. — Qual o seu nome? 

— Jung Hoseok. — eu costumava não dizer meu nome todo com muita frequência, todos me chamavam de Hobi e eu me acostumei com o apelido, então falar o nome formalmente de repente me pareceu estranho. Ele me analisou como se estivesse fazendo um check-up geral em mim e voltou sua atenção ao computador, digitando algo em questões de segundos. 

— O tema do seu trabalho vai ser esse. Eu preciso que me apresente na terça-feira que vem, o melhor da turma vai virar destaque por uma semana e ganhar um passeio para um hospital para fazer um estágio. — e dito isso ele deixou minha mesa, indo para outro aluno.

Virei minha tela novamente e vi escrito no bloco de notas: "Sala de música hoje às dez". Espera aí. Cadê o tema do trabalho? Virei-me novamente e observei-o com uma aluna tirando as dúvidas dela e ele não tocou no assunto sobre o trabalho, ou seja, não tinha trabalho nenhum. O que Min Yoongi está querendo comigo? Ir e deixar a curiosidade ou não ir e ficar curioso? Talvez a primeira seja melhor.

Exatamente por isso fiquei o resto da manhã ansioso, batendo os pés no chão e quase não prestando atenção na professor que entrou depois da aula de microbiologia. Quando o intervalo bateu às dez em ponto eu me levantei e por estar perto da porta saí como uma bala em direção da sala de música. Olhei pelo vidro da porta e o vi sentado em frente ao piano, mas não estava tocando. Empurrei a porta ao entrar e a deixei fechar atrás de mim. 

— Queria falar comigo? — indaguei chamando sua atenção e ele me olhou, então bloqueou o celular em suas mãos e assentiu. — Pensei que tinha um trabalho para eu fazer, mas não achei o tema. 

— Exatamente por isso te chamei aqui. Os diretores estavam conversando sobre convocar alguns alunos de medicina para um estágio no hospital aqui perto e eu escolhi você e mais dois, então por isso não pude falar alto e coisa e tal.

Então era isso? Por que ele tinha que deixar um recado tão... esperançoso no meu bloco de notas? Por que falar comigo justo aqui na sala de música? Ok, esse cara é um pouco estranho. 

— Eu posso lhe perguntar uma coisa? — indaguei e ele mais uma vez assentiu, então respirei fundo e puxei um banquinho para me sentar. — Ah, nada não. — sorri envergonhado. — Ia ser infantil da minha parte.

Ele ergueu as sobrancelhas como se estivesse esperando a pergunta, mas eu não ia perguntar algo tão bobo. 

— Pergunte o que quer saber. — disse. 

— Não é nada importante, eu só queria saber se você tem alguma tatuagem, porque eu estava reparando e...

Ele riu me interrompendo e eu parei de falar. Ótimo, agora tem um professor rindo da minha cara. 

— Você é um bom observador então, Hoseok. — ao dizer isso puxou a manga de sua blusa para cima revelando uma tatuagem em seu antebraço que ia até o pulso. — Qual o motivo da curiosidade?

— Eu fiz uma e meu pai brigou comigo dizendo que ninguém ia me aceitar no hospital por isso. 

— Isso eu também não faço ideia, afinal ainda estou estudando. A aula é um tipo de estágio. Mas eu fiz essa tatuagem antes mesmo de começar a faculdade, então mesmo que eu queira tirá-la, não posso. Enfim, posso dar seu nome ao reitor?

— Claro, seria ótimo. — levantei-me. — Obrigado por... me indicar. — sorri timidamente e ele assentiu, curvei-me e saí da sala. 

Encontrei Tae no corredor com os braços cruzados me esperando e ele me olhou com aquela cara de "o que você estava aprontando?". 

— Pode ir me contando tudo. 

Então eu contei e descobri que ele foi chamado também, então comemoramos e depois fomos para a cantina lanchar. 

Um estágio. Um ótimo passo para começar a dar orgulho ao pai que tenho. 


Notas Finais


Eu tenho uma outra conta e acabei de iniciar uma fic jikook lá, o link eh esse: https://spiritfanfics.com/historia/versoes-10959913
espero ver vcs lá xoxo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...