História Prometa que Não se esquecerá De mim - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Mogeko Castle
Tags Moge-ko, Mogeko Defeituoso, Mogenaka, Yonaka, Yuri
Visualizações 35
Palavras 1.579
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Luta, Magia, Mistério, Orange, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


NÃO
NA
NA!
SHIU!
Não me façam perguntas do tipo "por que você demorou?", apenas aproveitem o cap, eu tive algunas novas ideias de separações, e eu preciso que tenham paciência comigo, ok? Escrever 12 fanfics e ainda em modos de escrita diferentes é difícil.
Leiam as notas finais <3
Aproveitem o cap <3

Capítulo 4 - Do nosso lado


Fanfic / Fanfiction Prometa que Não se esquecerá De mim - Capítulo 4 - Do nosso lado

Mogeko defeituoso abriu os olhos.

Ele estava em um lugar parecido com o Castelo Mogeko, porém tudo era mais escuro, mais sem vida. Mogeko defeituoso olhou em volta, finalmente havia percebido que agora tinha mãos humanas, e pernas humanas. Ele caiu para trás ao perceber isso. Pensar na possibilidade de voltar a vida o assustava. Ele se levantou e pegou sua espada. "Não posso ficar parado!" Pensou e começou a andar. Quanto mais observava aquele lugar, percebia o quanto ele era medonho. Mogeko defeituoso sentiu algo perfurar suas costas, a lâmina atravessou seu corpo.

-Que surpresa ver você por aqui. - Disse o Rei Mogeko sorrindo sadicamente. 

-A surpresa é toda minha. - Mogeko defeituoso sorriu. Ele escapou da lâmina e se virou, assim decapitando o Rei. 

-Até quando vamos continuar com isso? Sabe, mesmo sendo defeituoso, você sempre foi meu Mogeko especial favorito. Se me ajudar com isso posso fingir que nada aconteceu e você pode reinar ao meu lado. 

-Eu odeio o mundo dos mortos. Não tem graça lutar aqui, não importa quantas vezes você esfaqueie a pessoa, ou corte sua cabeça, ela não morre. - Mogeko defeituoso sorriu. - Mas a melhor parte nisso é que a dor continua a mesma. 

-Não me ignore, Nega. - Mogeko defeituoso enfiou sua espada no olho do Rei Mogeko. 

-Eu parei de me chamar assim no momento em que você decidiu que eu deveria ser descartado! - O sorriso desapareceu do rosto de Mogeko defeituoso.

-Aquele foi um dia um tanto difícil para mim, devo admitir. - Rei Mogeko cortou Mogeko defeituoso ao meio, o mesmo enfiou a espada em seu coração e atravessou o seu corpo.

-Oh, vamos, não pare, está começando a ficar divertido. 

-Você sabe o meu ponto fraco, Nega? O maior dentre eles? - Rei Mogeko abaixou a espada e se aproximou. - Dentre eles o maior é.. - Rei Mogeko selou seus lábios nos de Mogeko defeituoso. Mogeko defeituoso enfiou sua espada em sua própria barriga barriga, atravessando seu corpo. Sangue escorreu pelos queijos de ambos. - Parece que você não se esqueceu, não é?

-Como poderia me esquecer? 

-Uma das minhas coisas favoritas nesse mundo é que a pessoa só pode ser machucada aqui se você conhecer o maior ponto fraco dela. Isso é tão idiota. - Rei Mogeko cortou sua própria garganta. Sangue começou a escorrer da garanta do Mogeko defeituoso. - Eu não quero te machucar. Me deixe passar, apenas isso. 

-Eu não posso!! - Mogeko defeituoso gritou. - Você não significa mais nada para mim! Você me descartou como um qualquer!! Como se eu fosse qualquer Mogeko! Depois deixou que eles me queimassem vivo! Como eu ainda posso ser seu maior ponto fraco!? 

-Esse é o pesar de ser um líder. Você certamente não entenderia isso. - Ele sorriu. - Eu realmente não significo mais nada para você? Esse corte em seu pescoço diz o contrário. - Ele riu. - Acabe logo com isto e me deixe passar. 

Mogeko defeituoso cortou seu pulso, sangue começou a escorrer. 

-Quando isso acabar, você terá morrido, e nunca mais terei que olhar para você. 

-Você morrerá também se continuar sangrando assim. 

-Isso não é problema seu.

-O que ela tem de tão especial para merecer sua lealdade? Ela é apenas uma garota que por ironia do destino veio parar no nosso mundo e descobriu que era uma Deusa. Ela era fraca até cortar a minha cabeça e liderar este mundo! 

-Yonaka jamais foi fraca! Ela sempre foi mundo mais forte do que todos nós! - Rei Mogeko caiu no chão. Mogeko defeituoso caiu logo depois. 

-E mesmo assim você mentiu para ela. Disse que voltaria para casa! Você está se matando para protege-la, exatamente igual fez da última vez. 

-Ela merece ser feliz sem um empecilho como você na vida dela! - Rei Mogeko segurou a mão de Mogeko defeituoso. 

-Me desculpe. Por tudo. 

-Do que você está falando?

-Como eu vou te explicar tudo isso agora? Ah, eu simplesmente tenho que fazer o que ele manda. Desde que ele descobriu esse mundo, eu sou como o cachorrinho dele.

-Dele? Dele quem? 

-Shinya. O irmão de Yonaka e portando Deus dessa terra. Eu não sou páreo para ele. Quando ele me obrigou a fazer todas aquelas coisas, quando te vi queimando, quis matar ele a todo custo, porém se eu tentasse isso, ele me mataria e tomaria o controle do reino. Não podia fazer isso com todos os especias. Shinya mataria todos. Quando Yonaka arrancou minha cabeça me senti aliviado em não precisar fazer mais nada. Mas até aqui esse desgraçado me atormenta. 

-Você não precisa ficar mais sob o controle de Shinya. - O ferimento em seu pulso começou a se curar e ele se levantou. - Mude para o lado de Yonaka e vamos enfrenta-lo juntos. - Mogeko defeituoso estendeu a mão.

-Você pode mesmo fazer isso, Nega? Pode me perdoar? 

-Uma vez você me disse que poderíamos fazer tudo, desde que confiássemos nas nossas escolhas, eu posso te perdoar, então me perdoe por não ter enxergado que você ainda estava aí. - Rei Mogeko segurou a mão de Mogeko defeituoso. 

-Não vai ser fácil ir contra Shinya, tem certeza disso?

-Temos a melhor Deusa que poderíamos ter ao nosso lado! Nada pode dar errado, Mogeko! (Autora: Sim, outra diferença imperceptível no nome) 

-Agora temos que achar a porta para fora deste lugar, antes que ele ataque sua "melhor" Deusa. 

-Pode deixar isso comigo, Mogeko! - Rei Mogeko corou, Mogeko defeituoso riu. 

-Pare com isso, idiota.

 

Yonaka colou seus lábios aos de Moge-ko. 

-Eu sei que não deveríamos estar fazendo isso agora, mas eu não consigo evitar! - Yonaka disse entre os beijos.

-Também não consigo! - Moge-ko murmurou. 

-Parece que achamos a saída. - Mogeko defeituoso disse abrindo a porta que estava ao lado delas. Assim que as percebeu ele as encarou.

-Nossa, que cena linda! - Disse Mogeko empurrando Mogeko defeituoso e fechando a porta. 

-Rei Mogeko!? - Yonaka gritou e preparou as mãos na direção do mesmo.

-Calma, calma! - Mogeko defeituoso se jogou na frente de Mogeko para evitar que Yonaka o matasse de novo. - É uma longa história, mas ele está do nosso lado.

-Desde quando você tem amizade com ele? - Yonaka perguntou abaixando as mãos.

-Oh, ela é sua melhor amiga e você não contou para ela? Que vergonha!! - Mogeko disse rindo.

-Calado! 

-O que você não me contou, defeituoso? 

-Eu sou o grande ponto fraco da vida dele. - Mogeko disse sorrindo. Mogeko defeituoso corou.

-V-Vamos falar sobre isso depois, o mais importante é o que está acontecendo agora. Shinya tem controlado Mogeko desde antes de você chegar aqui, você é a Deusa deste mundo, e ele é o Deus. Tudo que Mogeko já fez de ruim para nós, foi tudo culpa dele. E quem estava tentando trazer o Mogeko pelo portal era ele! - Mogeko defeituoso disse como se estivesse brigando com alguém, ele parecia horrorizado com as próprias [palavras. - Enfim, Shinya está por aqui, e ele quer tomar o controle do reino. Ele mataria os especiais...não podemos deixar ele fazer isso. 

-Acho que eu sei exatamente onde ele está. - Disse Moge-ko. - Na biblioteca. 

-O que ele estaria fazendo lá? - Yonaka perguntou confusa.

-Eu ouvi boatos de que havia alguém novo cuidando da biblioteca. Os Mogekos disseram que ele tinha a aparência da Yonaka. Não tinha orelhas e nem um calda. 

-Obrigada por me contar isso antes, Mogeko. - Yonaka reclamou.

-Achei que não era necessário. 

-Ok, ok, vamos para a bíblioteca. - Disse Mogeko defeituoso. 

-A parte boa é que agora ninguém do castelo vai nos perseguir e temos os modos mais fáceis de chegar em todos os lugares. Não sinto nem um pouco de falta dos velhos tempos. - Yonaka disse com um sorriso no rosto. - Agora, senhor defeituoso, você vai me explicar direitinho a história de você e do Rei Mogeko. 

-Ok, ok.. - Ele disse meio sem jeito. - Nós éramos mais próximos do que as pessoas daqui eram próximas dele e... - Ele sorriu. - Acabou que aconteceu algumas coisas a mais. - Yonaka arregalou os olhos. 

-Eu não acredito que você não me contou isso! - Ela disse rindo.

-Nem eu sabia disso! - Moge-ko disse rindo.

-Agora sabem, e sabem por que ele nunca mais ficou com ninguém depois disso? Porque ninguém era melhor na cama do que eu! - Mogeko defeituoso deu um tapa na cabeça de Mogeko. - E também porque ninguém faz ele rir como eu.

-Ele te pegou, defeituoso! - Yonaka se apoiou em Moge-ko. 

-Ainda bem que já estamos chegando na biblioteca. - Mogeko defeituoso disse sem jeito. 

Rei Mogeko segurou a maçaneta da porta da biblioteca. Ele hesitou.

-Hey, o que foi? - Mogeko defeituoso perguntou segurando nos ombos dele. 

-Eu estou com medo...medo de ele me forçar a fazer algo contra vocês. Eu realmente não quero isso. - Mogeko defeituoso abraçou Mogeko por trás.

-Você não vai mais enfrentar ele sozinho, você tem a gente, dessa vez ele vai ver o que ele ganha por mexer com uma Deusa. -  Rei Mogeko sorriu. 

-Acha que deveriamos fazer algo desse tipo, Moge-ko? - Yonaka perguntou.

-Não. - Moge-ko respondeu.

-Obrigada. - Yonaka agradeceu.

-Podemos entrar! - Rei Mogeko abriu a porta da biblioteca. Alguns Mogekos faziam fila no pequeno balcão, onde se encontrava um garoto de óculos vestindo roupas de um colegial.


Notas Finais


YO MINNA!!!
Faz MUITO aliás MUITO tempo que não nos falamos, nesse tempo eu criei um instagram de desenho (sim eu desenho) e um Twitter
Se vocês puderem me seguir em ambos eu ficaria muito feliz <3
Fora que seria um modo a mais de interagir com vocês.
Eu as vezes recebo comentários fazendo perguntas do desenvolver da história, e eu realmente amo responder eles, isso mostra que vocês realmente se interessaram pela história, e isso me deixa muito feliz <3
Espero que tenham gostado do cap, espero mesmo <3
Beijos de um dragão faminto <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...