História Psycho love and forbidden love (2° temp.Casamento forçado) - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias 24K, Bangtan Boys (BTS), Jay Park
Personagens Jay Park, Jimin, Jin, Jungkook, Kisu, Personagens Originais, Rap Monster, SeokJun, Suga, V
Visualizações 123
Palavras 445
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii gente desculpem a demora... Créditos da imagem :@Drink_Blood

Boa leitura...

Capítulo 14 - Capítulo 12


Fanfic / Fanfiction Psycho love and forbidden love (2° temp.Casamento forçado) - Capítulo 14 - Capítulo 12

 Lilith on

Eu não sabia como reagir a essa mais ou menos declaração... Eu apenas queria beijá-lo,porem não o fiz. Ele estava com um semblante confuso, como se não soubesse o que estivesse se passando... Ele estava... Estava vulnerável... Pela primeira vez eu via sinceridade em seu olhar, via que ele não estava se forçando a ser ninguém...

-O que vou fazer agora? -Ele disse baixo.

-Que tal recomeçando?

-Recomeçando... -Ele fita meus olhos de modo profundo.

Por mais sincero que fosse seu olhar eu via que ele escondia algo obscuro a seu respeito. Ele simplemente saiu DS sala abruptamente me deixando ali atônita...

Lilith off 

Autora on

Assim que Lee saio totalmente confuso o mesmo foi para casa. Lee se jogou no sofá e começou a fitar o nada. Quando Choi e Yuki desceram a escada. Choi fitou o irmão e sabia que algo estava errado.

-Ah isto não é bom...-Ele disse baixo. -Yuki acho melhor você ir... A gente se vê depois... -Ele da um sorriso para tentar acalmar a situação.

-OK. -Yuki sorriu e deu um selar em Choi.

Seguidamente o mesmo saiu dali. Lee encarou o irmão de forma fulminante. O garoto tremeu na base.

-ISSO TUDO É CULPA SUA! -Gritou Lee descontroladamente.

-Ca-calma... O que eu fiz desta vez? -Choi disse de forma calma para não deixa-lo ainda mais irritado.

-SE NÃO FOSSE POR VOCÊ EU NÃO TERIA CONHECIDO AQUELA DESGRAÇADA... E não teria me apaixonado... -Ele diz a ultima parte baixo.

-SE ESTA APAIXONADO FIQUE COM ELA IDIOTA! -Ele o encara bravo e suspira.

-Como? Você esqueceu? Eu sou um assassino Choi... UM ASSASSINO. Eu não posso simplesmente ficar com ela...

Choi estava impressionado era a primeira vez que Lee se abrira para ele... Era primeira vez que ele via o irmão tão desesperado e pedindo de sua forma por ajuda.

-Não custa nada tentar Lee...

-E se eu perder o controle? -Ele suspirou incrédulo. -Eu não sou como você... Eu não sou carinhoso e nem sequer sei o xadrez da vida... E como você diz que a vida é como um jogo o meu seria de sangue e morte...

-Então Lee... Mas tente você nunca vai saber se não tentar...

Autora off

Lilith on

Assim que Yuki chegou fomos ao nosso treinamento com papai, porém eu ainda estava digamos assim mexida com a declaração de Lee... Durante o treinamento Kiso fez um ataque a mim que nem sequer prestei atenção, porem meu corpo se moveu sozinho. Todos param o treinamento para me encarar e Kiso sorrio.

-O despertar esta proximo... Você é rara... Como esperado. -Disse ele e eu os olhei confusa.

Ele tirou um espelho do bolso e meus olhos...

Lilith off

Contínua...


Notas Finais


Até a próxima...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...