História Quando você menos esperar... - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Cordelia, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Reiji Sakamaki, Ruki Mukami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Yuma Mukami
Visualizações 41
Palavras 962
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Fantasia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ola tudo bem? ^~^
hoje trago uma notícia rsrs, não sei se é boa ou ruim! uma pessoa que acompanha a história e é muito minha amiga sugeriu que eu fizesse um capítulo hentai...o que vocês acham da idéia?
Minha opinião: sou bem envergonhada então acho que vou ter um mini infarto pra escrever um capítulo assim! ( eu exagerada como sempre rsrs) mas caso vocês concordem eu vou tentar e qual é o casal que vocês sugerem para fazer esse capítulo? Me: Marigold e Laito mas a opinião de vocês é mais importante!
então é isso obrigada pela atenção.

Capítulo 24 - O beijo de presas


Fanfic / Fanfiction Quando você menos esperar... - Capítulo 24 - O beijo de presas

Cecile,as primas e os garotos estavam limpando o porão enquanto levavam e traziam caixas pra lá e pra cá, Victória achou algo em uma das caixas de seu interesse.

-Victória: PATINS, OLHA...EU VOU ADORAR PRATICAR ALGUM ESPORTE!

-Laito: poderia ser menos escandalosa!

Victória ignoro o comentário de Laito. Da caixa ela tira as joelheiras,cotoveleiras e o capacete.

-Ayato: espero que você caia e quebre o nariz.

-Kate: AYATO!

-Ayato: o que foi?

Kate da um revirada de olhos nada sutil para Ayato.

-Alicia: Laito você gosta de piadas?

-Laito: não gosto de piadas e nem de você!

-Alicia: tudo bem então eu conto a piada.

Alicia folheia uma velha revista que na capa amarelada da para ler que fala sobre anedotas.

-Alicia: qual é o animal mais antigo do mundo?

-Cecile: teoricamente todos os animais são bem antigos mais os mais antigos devem ser os dino...

-Ayato: são os dinossauros!

-Kate: parabéns Ayato! por que será que eu acho que antigamente quando você fazia uma refeição você comia ovos de saltasaurus!

-Kanato: isso é uma espécie de dinossauro?

-Alicia: ah por favor eu iria dizer que é a zebra, que ainda é em preto e branco! mas mudei de ideia com certeza o animal mais antigo do mundo é o Laito.

-Laito: você quer morrer?

-Marigold: só falta descobrir a espécie!

Todos presentes soltam risadas mas não por causa da piada de Alicia e sim pela risada de Marigold que foi definitivamente mais engraçada que a piada.

Na rua do lado de fora da mansão Sakamaki Kate,Ayato,Shu e Kanato estavam sentados na calçada observando Thay tentando jogar tênis com Subaru que parece ter uma certa agilidade. Laito e Marigold discutiam por algum motivo desconhecido, Reiji estava sem seus óculos ele os emprestou para Cecile que lia o livro o Morro dos ventos uivantes e Alicia ajudava Victória a colocar o capacete.

-Alicia: sua mãe deve ter tido dificuldades no parto.

-Victória: não tenho culpa se esse capacete não possui regulagem é ainda por cima é pequeno!

-Kanato: posso ajuda-la se você quiser.

-Victória: ah sim Kanato por favor.

Kanato se aproxima de Victória e tenta prender o fecho do capacete enquanto Victória segura o urso Teddy. Quando Kanato fazia suas inúmeras tentativas ele sem querer roçou os dedos no lábio de Victória causando arrepios na mesma.

-Kanato: CONSEGUI...CONSEGUI FINALMENTE!

-Victória: acho que eu fiquei surda mas mesmo assim obrigado Kanato!

-Kanato: por nada.

Victória depois de alguns minutos patinando pela rua já está entediada é quando olha para Cecile é tem uma grande ideia.

-Victória: que entediante Cecile! tente andar de patins!

-Cecile: não obrigado.

-Victória: Ah é mesmo você sempre gosta de coisas entediantes, então eu te desafio a andar de patins!

-Cecile: eu aceito mais com uma condição.

-Victória: mande bala!

-Cecile: você vai fazer o meu café da manhã favorito por uma semana!

-Victória: eu concordo mas você não vai poder usar equipamentos de segurança apenas o capacete.

-Reiji: NÃO.

-Cecile: desafio aceito com toda certeza!

Cecile entrega o livro para Reiji e se levanta em um pulo. Cecile como o combinado coloca apenas o capacete.

-Cecile: não sei andar muito bem, nunca treinei.

-Victória: não se preocupe o pior que pode acontecer é você quebrar alguns ossos do corpo.

todos fixam os olhares em Cecile. Reiji exibe uma evidente cara de preocupação.

-Cecile: tudo bem vamos lá então!

Cecile fica alguns minutos parada para conseguir confiança nela mesma, quando começa a se locomover no começo parece tudo bem mais depois de alguns poucos minutos escutasse algo ou mais exatamente o barulho de uma queda.

-Reiji: CECILE!

Reiji corre a tempo de ver Cecile caída de bruços no chão.

-Cecile: ai os óculos quebraram em meu rosto.

Reiji sem pensar duas vezes pega Cecile nos braços a mesma passa os braços atrás do pescoço de Reiji para manter o equilíbrio.

-Reiji: vamos para dentro já chega dessas tolices.

Reiji sem olhar para trás segue para dentro da segurança dos portões da mansão Sakamaki. Chegando ao quarto de Reiji ele coloca Cecile sentada com todo o cuidado em uma das confortáveis poltronas azul marinho. Reiji some da vista de Cecile e quando volta está carregando vários objetos de curativo.

-Reiji: em quais lugares você se machucou?

-Cecile: minha mão está doendo bastante.

Reiji passa um remédio que evitará futuras infecções e aliviará um pouco a dor e por último enfaixa a mão de Cecile com muito sacrifício pelo cheiro de sangue que se espalha pelo ar.

-Cecile: é eu machuquei em um lugar que eu acho que vai ser um pouco constrangedor você cuidar.

Reiji olha com cara de confuso e ao mesmo tempo pensativo.

-Cecile: acho que não foi o melhor dia para usar saia. eu machuquei um pouco acima da coxa esquerda.

Reiji sem receber o consentimento de Cecile levanta a saia um pouco mais para cima encontrando o ferimento. depois de tomar os devidos cuidados Reiji ergue os olhos para Cecile.

-Reiji: pronto!

-Cecile: você com toda certeza vai ser um excelente pai, obrigada.

Cecile tira a armação dos óculos do rosto e estende-a para Reiji.

-Cecile: sinto muito!

-Reiji: ainda bem que seu rosto não sofreu cortes com os vidros estilhaçados das lentes.

Reiji aproxima o rosto para analisar melhor o rosto de Cecile e percebe seus lindos olhos verdes de um tom esmeralda.

-Reiji: seus olhos...são lindos.

Reiji sem pensar muito encosta os lábios na boca de Cecile que abre a boca permitindo a entrada de Reiji. o beijo foi com um desespero evidente que se misturava com paixão. Reiji se afasta um pouco de Cecile para olhar em seus olhos.

-Reiji: eu estava louco para fazer isso!

Reiji volta a beijar Cecile dessa vez puxando o lábio inferior dela suavemente com os dentes.

                                              CONTINUA...

 

 

 

 


Notas Finais


espero que tenham gostado! não se esqueça de comentar ou enviar uma mensagem se vocês apoiam um capítulo hentai e claro qual é o seu casal favorito para isso. Obrigada desde já. ^-^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...