História Querida BabyGirl (Imagine Jeon JungKook BTS) - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jin, Jungkook, Personagens Originais, Suga
Tags Babygirl, Bts, Daddykink, Jin, Jungkook
Visualizações 234
Palavras 1.081
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii :3

Prontas?

Boa leitura 😏

Capítulo 5 - Dividindo Quarto


Fanfic / Fanfiction Querida BabyGirl (Imagine Jeon JungKook BTS) - Capítulo 5 - Dividindo Quarto

Primeiro Dia de Verão

Eu estou muito ansiosa! Com quem vou dividir quarto? Oppa não é da mesma turma e série que eu.. Aish..

Estávamos no ônibus indo para o acampamento. Olhei para trás e lá estava Jeongguk, todo gótico num calor desses, isso que é gostar de preto.

{...}

Depois de uma longa viagem, chegamos! Finalmente! Na aguentava mais.

— Aqui é lindo..

Digo.

Antes que pudéssemos pegar nossas malas, os professores nos chamaram.

— Bom, para começar considerem as atividades como forma fácil de passar de ano! Ficaremos quinze dias aqui no máximo!

Uma diz.

— E.. Para termos uma boa diversão também, vocês podem escolher seu parceiro, para dividir a cabana.

Todos corriam até seus amigos e amigas, eu fiquei parada esperando que alguma alma caridosa venha até mim.

— Muito bem! (S/n) e Jeongguk sobraram só vocês.. Não deveriam dividir, mas posso contar com vocês? Ou seja se comportem!

Ela diz.

Arregalei meus olhos.

— A-Ah..

— Pode deixar professora!

Ele diz, todo sorridente.

Só pode ser piada.

Todos pegavam suas coisas e seguia até cabana. Fizemos o mesmo.

— Não acredito nisso!

— Que foi? Tem medo de não resistir a mim?

Ele diz, me olhando.

— Não é isso! E aliás.. Nem pense nisso! E outra fiquei longe de mim Ok?

Ele ri.

{...}

Entramos na cabana, joguei a mala na cama.

— Eu fico desse lado!

Tirei as roupas e as coloquei na pequena cômoda.

Ele veio até mim, ao ver meu biquíni.

— Agora ficou interessante!

— O que foi?

Ele pegou.

Arregalei os olhos.

A parte de baixo do biquíni era aqueles fio dental, a parte de cima era normal.

Min YoonGi, você me paga!

— Droga! Me devolva!

Ele se afasta e ergue um pouco o braço.

Eu estava bem perto dele, tentando pegar de sua mão. Uma de minhas mãos estava em seu peito apoiando enquanto tentava pular e pegar.

— Não vai conseguir.

Ele abaixa a mão e se afasta.

Nem me toquei, do quão próximos estávamos.

— Aish.. YoonGi me paga por fazer isso!

Digo brava.

— Ele foi esperto..

Não respondo.

— Eu.. Eu vou tomar banho.

Abro a porta e me viro pra ele.

— Não mexa nas minhas coisas!

— Porque faria isso?

— Aish.. Só não mexa! É que eu não gosto.

Digo e saio.

JEONGGUK ON

Eu fiquei realmente desconfortável ao ver aquele biquíni.. Aliás eu tenho o número dela, deveria mesmo fazer isso?

Talvez amanhã, eu mande alguma coisa.

Abri uma de suas gavetas, e vi um pequeno caderno, não diria que é um diário, mas sim, algo que ela a nota.

— O que será que ela escreve? Garotas sempre escrevem seus sentimentos nesses cadernos ou diários.

Me sentei em sua cama e comecei a ler.

1- Por que Oppa insiste em fazer essas coisas? Esses garotos acham que sou igual a qualquer outra, no qual já vai abrir as pernas só por eles terem um sorriso lindo.. Um deles me beijou, me arrepiei por inteira, senti meu quente, sua mão descia pela minha poucas curvas descendo até minhas nádegas. Aish.. Tava bom, mas não queria ter parado naquele momento, mas isso só vai acontecer em um momento melhor ou seja.. Amanhã estaremos indo a Coréia do Sul, quem sabe..

— Não deveria ler mais.. Ah (s/n), não imaginava nada disso sobre você.. Está ficando cada vez mais interessante.. E eu.. Não quero ter somente seu corpo, quero muito mais de você.

— O que você está fazendo? Eu disse para não mexer!

Ela apareceu brava ao me ver lendo.

(S/n) veio pra cima de mim, tentando pegar o pequeno caderno.

Não deu tempo, de eu me levantar.

Ela quase se sentava em meu colo, de maneira nenhuma vou devolver tão fácil.

— Jeongguk! Me devolva!

Coloquei o caderno em baixo do travesseiro e fiquei ali deitado.

Ela dava alguns tapas em meu peito e braço.

— Merda!

Ela diz, desistindo assim se sentando na cama.

— Por que ficou tão brava? Não li nada de mais..

Digo sorrindo.

— Não era pra ler nada! Foi uma péssima ideia ter trazido isso.

— YoonGi fez mesmo isso? 

— Sim.. Não por maldade, ele acha que só porque gosto de alguém eu já tenho que liberar.. 

— Desculpa por ter lido.

— Não tem problema.. Não é nada de mais.

— Então posso ler mais?

Ameaço de pegar o caderno.

Ela me olhou, logo olhou mais para baixo. Coloca uma das mãos em minha barriga, puxando a camisa e passando a mão por baixo.

Segurei seu pulso.

— Não faça isso..

Ela não diz nada, ao tirar a mão onde estava, ela passa suas unhas, tranco minha respiração um pouco, ela sorri.

Pego o caderno e devolvo.

— Não me provoque.

Digo.

— Provocar? 

Ela ri, guarda o caderno pega o biquíni, mais uma toalha e saí.

Olhei pra baixo.

— Isso é frustante!

Sorrio e me jogo pra trás. Coloco um braço em meu rosto e fico ali.

JEONGGUK OFF

Não acredito que ele leu! E aliás.. Que ideia maluca foi a minha, de passar a mão por baixo de sua blusa?

E meu Deus! Que abdômen..

Assim que saí da cabana, fui ao banheiro, coloquei meu biquíni e saí.

Antes de ir pro lago, meu celular vibra.

— Espero que não seja aquele tarado do skype! Min YoonGi, você está ferrado se estiver fazendo isso novamente!

— Olá baby.. Digo, senhorita Min, soube que está em um acampamento de verão com aquele seu vizinho.. O que ele tem, que eu não tenho? Quer dizer.. Você nem sabe quem sou.. Aish.. Como pode ser tão maravilhosa?

— Quem é você? E, como conseguiu meu número? E, para de me chamar de baby..

— Você vai descobrir.. Se eu disser, não terá graça.. Não importa como consegui, o que importa é que quero você. Ah.. Assim não teria graça se não lhe chamasse de Baby, acredite, quando souber quem sou, vai adorar me chamar de daddy..

— Daddy? Da onde tirou essa ideia maluca?

— Concordo.. Porém, é excitante.

Mensagem off

— Hmm.. Será que é mesmo Jeongguk? Não.. Ele não faria isso, ele só gosta de me irritar, não sente nada..

Andei até o lago, vi que tinha gente, não me importei, é melhor do que estar sozinha.

Antes de entrar, vi Jeongguk agarrado a uma garota. Ignorei e pulei.

Volto a superfície, vejo que me olha e a garota também, porém o olhar dela era diferente.

Me aproximei.

— Posso falar com você, rapidinho?

— Não está vendo, que ele está meio ocupado?

— Ocupado? Oh.. Se querem algo tão íntimo vão pro quarto!

Digo, levando pro lado errado.

Mergulho pra molhar o cabelo e saio.

Pego a toalha, a jeito o biquíni, me enrolo e volto ao banheiro.

— (s/n), espera.

Escuto me chamar quando entro no banheiro.

Tomo um banho rápido, saio enrolada.

— Droga! Esqueci a roupa limpa.

Saí e dei, de cara com ele.

— Ai minha nossa!

Digo no susto.

— A-Ah..

— Tinha me chamado?

Ele não fala nada.

— Fica aqui, vou me vestir.

Digo sorrindo.

Ele segura minha mão e segue até a cabana.

— Jeongguk!


Notas Finais


BULTAUREONE
adoroooo

Até a próxima :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...