História Querido Desconhecido, imagine, Jungkook. - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Jungkook, Lisa, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Suga, V
Visualizações 93
Palavras 490
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fluffy, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Leia aqui, e leia as notas finais.

Bom pra começar queria pedir minhas sinceras desculpas pela demora.
Estou numa semana bem apertada por conta das provas. Mas, como estarei de férias semana que vem, possa ser que eu resolva marcar um dia e um horário para as postagens das minhas fanfics.

Tive um pequeno bloqueio por conta do stress da escola, mas aqui estou eu com mais um capítulo.

Beijos, e leiam.

Espero que gostem.

Capítulo 4 - Jeongguk;


Fanfic / Fanfiction Querido Desconhecido, imagine, Jungkook. - Capítulo 4 - Jeongguk;

04.

Dias haviam se passado e estava tudo certo lá com a empresa. Me aproximei mais de Taehyung, ele continua um fofo, sentia muita falta dele.

O inverno havia passado, e com isso veio a primavera dando um clima mais quente. As flores tinham desabrochado e as ruas estavam mais coloridas.

Jungkook ainda me manda mensagem, mas agora com pouca frequência. Será que ele está namorando? Porque todo dia eu escuto barulhos na sua casa.

Acabei de sair do banho e fui me arrumar.

Irei dar uma voltinha na praça.

Coloquei uma saia rodada rosa e uma blusa regata branca; coloquei também um chapéu preto e uma sapatilha rosinha.

Arrumo meu cabelo. Prendo uma parte dele com presilha e deixo o resto solto.

Passo perfume e uma maquiagem de leve.

Pronto, estou linda.

Saio de casa e dou de cara com Taehyung.

ㅡ Taehyungie. - sorri e ele retribuiu. ㅡ O que faz aqui?

ㅡ Vou em uma festa na casa do Jungkook. - falou apontando para a casa do lado.

ㅡ Ele convidou toda a vizinhança. Você vai?

Nego com a cabeça e vejo o mais velho fazer bico.

ㅡ Nem adianta fazer esse bico. - apertei a boca de Taehyung.

ㅡ Ai!

Ri da cara dele e me despedir.

Fui até a praça e comecei a tirar várias fotos. Não minhas, e sim das flores. Tirar fotos de paisagens é meu talento.

Meu telefone toca, era Jungkook me ligando por vídeo chamada.

Comecei a suar e apertar a barra da minha saia, por que estou nervosa?

Atendi a ligação e ele sorriu pra mim. Retribui o sorriso.

ㅡ Seu sorriso é lindo, (S/N). - minhas bochechas coraram ao ouvir tal elogio.

ㅡ (S/N)?! - ouvi a voz do meu amigo, Taehyung, acabei por esquecer que o mesmo estava na casa do Jeon.

Ele foi até Jungkook, olhou pra mim e arregalou os olhos.

ㅡ Você conhece ela, hyung? - perguntou Jungkook olhando pra Taehyung.

Coloquei meu dedo na boca pedindo - implorando - para que ele não contasse. E assim ele fez.

ㅡ Nunca nem vi… - falou Taehyung e eu soltei um suspiro de alívio.

ㅡ Então sai daqui que eu quero conversar com ela a sós. - falou chutando a bunda de Taehyung.

Permiti rir naquele momento. A cara que ele fez para o Jeon foi muito engraçada.

ㅡ Então senhorita, onde está?

ㅡ Para com essas formalidades Jeongguk. - dei um apelido para o moreno que arregalou os olhos.

ㅡ Então tá, Jagi. - falou dando ênfase ao “jagi”. Que garoto ousado.

Nós dois rimos. Ele sempre me fazia rir, seja por mensagem, ligação, e agora, por vídeo chamada.

O céu escureceu e logo um som de trovão se fez presente.

ㅡ É… Jeongguk, tenho que rir.

Desliguei o vídeo chamada e sai correndo pra casa.

Mas quem disse que adiantou? Peguei chuva.

Engraçado que na previsão do tempo hoje disseram que não iria chover. Que ranço.

Corri mais um pouco, mas começo a me sentir tonta.

Minha cabeça gira e a única coisa que consigo lembrar é de alguém que eu não consegui ver a cara me pegando.



Notas Finais


Quem será que pegou (S/N)?
Gostaram?
Favorite se for nova aqui, comente porque isso me ajuda a escrever mais.
Quer ser meu amigo? chama nas mensagens, me passe seu número ou face e vamos conversar mais.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...