História Querido Diário | Jikook - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Taegi, Vhope
Visualizações 52
Palavras 1.594
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OI GENT TUDO BOM
eu vou morrer com esse capítulo
e vocês vão querer me matar também -q

Eu definitivamente não sirvo pra escrever fanfic :v
Boa leitura

Capítulo 3 - 17 de Março, 2016


17 de Março, 2016

Queridíssimo diário... Você foi caro, merece tratamento especial.

Vou começar diferente hoje.

*Sigh*

*Rebobinando*

a·mor |ô|

(latim amor, -oris)

substantivo masculino

1. Sentimento que induz a aproximar, a proteger ou a conservar a pessoa pela qual se sente afeição ou atração; grande afeição ou afinidade forte por outra pessoa (ex.: amor filial, amor materno). = AFETO ≠ ÓDIO, REPULSA”

ó·di·o 

(latim odium, -ii, ódio, aversão, ressentimento, má vontade, animosidade, irritação, desagrado, insolência)

substantivo masculino

1. Sentimento de intensa animosidade relativamente a algo ou alguém, geralmente motivado por antipatia, ofensa, ressentimento ou raiva. = AVERSÃO, REPULSA ≠ AMIZADE, AMOR”

“Tanto quanto o amor, o ódio nasce de representações e desejos conscientes e inconscientes.”

Amor e ódio andam juntos, e eu sinceramente não sei o que eu to sentindo.

Vamos começar logo!

Eu ainda não acredito que o Mark que o Jackson sempre reclamava tanto é o nosso Mark, o Mark que está no meu grupo. Ele é tão amorzinho, como que o Jackson reclamava dele? Quero dizer, se eu namorasse alguém como o Mark, eu também seria bem ciumento. O cara é lindo e todas as gurias mais novas (e algumas mais velhas também) ficam em cima dele. Eu sinto é dó desse casal. Não sei por que, mas Markson não está tão firme quanto aparenta. Às vezes eles discutem no meio do pátio, o clima sempre fica meio tenso... Sim, Markson é o nome de casal dos dois. Foi o Jackson que inventou.

Uh, vou parar de falar deles. O personagem principal daqui sou eu. O açúcar do Sucrilho. O gás da Coca-Cola. O brigadeiro do bolo de cenoura.

Só dei exemplos de comida. Por quê? Porque o diário é meu e eu escrevo o que eu quiser-

Porque comida é a melhor coisa que já inventaram (?). Alguma vez você já se imaginou sem comida? Ah, você não come, não é... Sinto pena de você por isso.

Aposto que qualquer um com mais de 19 anos iria rebater isso dizendo coisa do tipo: “Meh, mas também existe o famigerado amor!” Amor é a Pior coisa que já inventaram. Com P maiúsculo. Sério, se apaixonar é horrível. O sentimento é bom, mas as consequências são uma merda. Você só se fode. Digo isso por experiência própria.

Teve uma vez que eu gostei da Dahyun. Mano, isso foi horrível. Não sei nem se posso chamar de “gostar”, eu só queria ter alguém pra dizer que era minha crush – já que todo mundo tinha. Famosa Maria-Vai-Ca-Zota.

Eu cheguei a dizer pra ela, mas quando eu disse, descobri que meu querido amigo do peito, Kim Taehyung, já tinha feito isso. Ele fez um discurso de amor todo bonitinho e disse que fui eu quem tinha escrito tudo aquilo, e quando ela me contou isso, eu me senti um lixo.

Mas eu me senti pior ainda quando ela disse “Isso não passa de uma amizade”.

O que eu quero dizer é: Pra que amar se você sabe que vai se machucar?

Depois daquilo, a próxima pessoa de quem eu gostei foi o... Aish, que vergonha. Calma, Jungkook, ninguém vai ler isso além de você.

Eu gostei do Yoongi.

Sim, Yoongi, aquele arrogante do caralho. Mentira, pra mim ele era uma florzinha toda delicada. E isso foi ano passado. Foi quando eu descobri que não gostava somente de peito e bunda, gostava de peito, bunda e... Outra coisa. Sorry, mas essa foi a melhor explicação que eu encontrei!

Não ria de mim... Vou tentar achar outra maneira de me expressar.

Eu gosto das duas frutas.

Torço pros dois times.

Enfim.

Quando eu gostei dele foi pior ainda, pois foi algo verdadeiro, e não... Só por todo mundo gostar de alguém. Mas eu não me aceitava, tipo: “Eu gosto de alguém do mesmo sexo. Isso é anormal.”

Então, se eu não me aceitava, quem ia me aceitar, não?

Até hoje ele não sabe disso, eu mantive segredo por medo de rejeição. Ninguém sabe que eu sou bissexual, e se depender de mim, vão demorar pra saber disso.

Yoongi nunca me dava atenção, só ficava com os amiguinhos mais velhos dele e bancava de másculo e maduro. Yoongi é uma bixa enrustida, só não aceita.

Eu sei que é.

(Esse negócio de bixa enrustida é tão tosco. Comentário babaca, Jeon Jungkook, não tinha um mais pesado não?).

Ele me machucava sem encostar um dedo em mim.

Amor: Coisa que eu nunca mais vou sentir.

Mudando de assunto: Enfim Quinta-Feira! Ótimo dia.

Exceto pela educação física. A única coisa que vale nessa aula é ver as garotas de short curtinho e os garotos – a minoria – que ficam sexy com o tal do suor. Eu sou diferentão, eu nem faço a aula. Tenho atestado médico, amém.

Eu amo meu médico por isso. De acordo com ele, eu tenho asma.

Não, eu não tenho asma. Eu tenho, mas não tenho. É só pra eu não precisar fazer a merda da aula. Eu iria embora, mas gosto de comer os Oppa e as Noona com os olhos. Quer dizer, eu disse Oppa?! QUIS DIZER HYUNGS. Foi o corretor automático... Espera, isso é papel, não?

Acho que não tem pra onde correr dessa vez.

Ahm... Eu to confuso. Jimin é tão meigo. Comigo... Ele é meigo comigo.

Porque eu começo a escrever sobre esse tipo de coisa de repente?

(Detalhe: Eu comecei isso falando sobre o Jackson e o Mark. Aonde vim parar?).

Você lembra que eu disse que não sabia o que eu estava sentindo? Pode ser que eu esteja sendo hipócrita, já que eu acabei de dizer que nunca mais sentiria amor.

Eu posso sim sentir algo forte por ALGUÉM, mas não sei o que sinto nem por quem. Isso está me deixando louco.

Não venha com palpites, não é o Jimin nem o Taehyung. Pelamordedeus.

...

Diário?

Eu acabei de receber uma ligação.

Vou tentar citar aqui:

“– Taehyung?” – Chamei. Ele estava chorando fazia algum tempo, eu fiquei por quase meia hora esperando ele parar. Agora tudo estava silencioso.

“– Kook...” – Suspirou fundo e ficou alguns segundos em silêncio. “– Eu acho que nunca mais vou amar alguém.”

“– O que? Do que você está falando?” – Respondi ainda confuso com tudo aquilo. Foi tudo tão de repente. Eu parei de escrever por culpa dele.

“– Jimin.” – Respondeu simples e rápido. Assim que ouvi sua resposta já tinha tudo em mente. Fiquei calado por alguns poucos segundos, até que Taehyung decide soltar a seguinte frase: “– Ele gosta de outra pessoa.”

“– Sinto muito.” – Suspirei e tentei pensar em algo o mais rápido possível para animá-lo, mas nada surgia em minha mente. Todas aquelas idiotices sumiram dali. A única coisa que vinha a minha mente – antes criativa – era Jimin e o quanto eu o odiava por isso.

Agora eu sei, sinto algo forte por alguém.

Amor pelo Taehyung, ódio pelo Jimin.

Mas essas duas expressões são muito... Pesadas.

“Como ousa fazer meu Taehyung chorar, seu embuste?” – Acredite, era a única coisa em que eu pensava no momento.

“– Jungkook...” – Me chamou a atenção com uma voz arrastada. Ele ainda não parecia totalmente recuperado. Sua respiração estava bem pesada. “– Ele gosta de outra pessoa.”

“– Você já disse isso.” – Apenas suspirei e olhei para o alto, como se alguma ideia fosse cair do céu. “– Você quer conversar ou vai ficar quieto assim?”

“– Ele gosta de você, Kookie.”

*Interrompemos sua programação normal para um berro muito másculo de Jeon Jungkook*.

Imagina minha reação. Deus amado pai, santo GD...

Eu não quero nem continuar escrevendo o resto da nossa conversa. Sabe por quê? Porque ele desligou na minha cara. Acho que ele está bravo comigo. Só acho.

Não entendi ainda, as pessoas não escolhem de quem vão gostar, por que ele ficou bravo comigo? O Jimin que gosta de mim... Não eu.

Isso só esta me confundindo mais e mais. Jungkook, pelo amor de santo GD, colocar as engrenagens pra funcionar. Te elogiando desde o começo da aula, olhando pra ti e chamando sua atenção às vezes. Te procurando para pedir informações sobre a escola... Sempre agindo tímido perto de mim.

Puta que me pariu de quatro numa banheira, eu sou uma anta. O Jimin gosta Jimin (badunts).

Hahaha, ótimo momento para piadas!

Mano, é assim que eu vou terminar esse dia? Com meu melhor amigo chorando pelo menino que ele gosta e que eu não gosto gostar de mim? Nossa, eu to realmente confuso. Em três fucking meses de aula eu não percebi isso.

Porra Jungkook.

E aqueles sorrisos bobos de quando ele te elogiava? Aquelas bochechas rosadas quando ele ficava perto de você?

Estou falando comigo mesmo!

Diário, eu estou louco.

Querido diário... Eu estou louco, sério. Me interna.

Eu não gosto de alguém que sempre senti... Ódio não! Ódio é uma palavra ruim para expressar qualquer coisa. Tanto quanto o amor, ódio é uma palavra forte.

Você deve pensar trinta vezes antes de dizer “Eu te amo” para alguém.

Isso tá virando aulinha de filosofia.

Momento reflexão:

Se você sorri diante do sorriso de alguém, pode ser considerada a mais pura forma de demonstrar afeto?

Ok chega de momento reflexão.

Vamos ao resumão da semana:

Hoseok se mostrou o mais inteligente, Jin se mostrou o mais carinhoso e Taehyung se mostrou o mais sad boy.

Yoongi é pegador, Namjoon é tarado e Jimin é inocente até de mais.

Mark é um amor, Jackson é um bundão e Bambam é a pessoa mais WTF da escola.

Jungkook é uma mistura de todos eles, principalmente a parte do “bundão”.


Notas Finais


preciso de uma capa ;-;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...