História Reaprendendo a amar (JiKook) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jikook, Lemon, Namjin, Taeyoonseok
Visualizações 11
Palavras 548
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Capítulo 4


  O beijo tinha se prolongado por alguns segundos até Jeon reagir e o empurrar Jimin não acreditava colocando os dedos em sua boca enquanto JungKook passava a camisa pelos lábios.. mas no seu olhar, Jimin percebeu uma coisa o que fez ele se afastar, era um olhar que ele reconhecia "Nojo".

- O que você pensa que estava fazendo Jimin?.

sua voz era extremamente fria, e o tom de nojo foi perceptível, fazendo Jimin recuar um pouco mais, porém ele não tinha mais nada a perder, e iria dizer.

- Eu te amo.. eu te amo Jeon JungKook, amo você desde quando você pisou nessa escola, seu jeito de nunca chorar, estar sempre sorrindo me fazia feliz, eu não suporto a ideia de ver você namorando aquela garota, mas suportei por você, mas a realidade é que não posso mais esconder isso.
    Pode dizer o que for, não ligo não vou perder mais nada além da sua amizade, esse é meu último ano mesmo, talvez, só talvez eu queria que você tivesse me olhado, mas sei que você é hetero, me desculpe, me desculpe por ser um egoísta, mas eu te amo.

Jimin levantou o olhar, e o que viu o deixou ainda mais arrasado, havia um sorriso cínico nos lábios de JungKook, enquanto seus olhos estavam repleto do mais completo nojo.

- Isso é nojento Park Jimin, um homem gostar de outro? Isso é ridículo, ainda bem que não precisarei mais ver sua cara, sério eu não sei como você ainda consegue me olhar depois de tudo, não tenho culpa se você gosta de sair dando por aí.

Jimin sentiu que toda a dor de JungKook foi passado para ele, não sabia o que fazer até ver uma mão no rosto de JungKook.

- Você não devia falar desse jeito com seu Hyung Jeon JungKook, você é um garoto muito imaturo.

quem menos esperava estava ali Min Yoongi, como surgido nos livros infantis estava ali, com seus cabelos azuis no meio dos dois, ele havia acabado de dar um tapa extremamente forte em JungKook.-  você devia ficar quieto se não quiser levar outro.

  JungKook estava surpreso, não tanto quanto Park Jimin, ele guiou o loiro para longe de JungKook que estava surpreso, ele havia acabo de falar palavras grosseiras, para alguém que tentou o ajudar e que ainda assim, se declarou… mas era nojento, era estranho, era ridículo.. mas porque.. porque então ele não conseguia tirar da cabeça era por que ele parecia ainda mais arrasado por causa dessa briga, do que pela traição.
   Seja pelo que for ele voltou para dentro, todos ainda estavam festejando, mas nem Park Jimin, Min Yoongi, Namjoon, Jin estavam ali, ele apenas deu de ombros, pela primeira vez ele bebeu tanto que não sabia como chegaria em casa, ligou para sua mãe que foi o buscar, ela não fazia perguntas, seu filho nunca agiu de uma forma tão imprudente, ao chegarem em casa e ela conseguir o tirar de dentro do carro o levou para o quarto o jogando ali mesmo, não tinha como o fazer tomar um banho naquele estado de quase coma, apenas tirou seus sapatos enquanto ela escutava palavras sem nexo, e apenas um nome ela reconheceu " Jimin Hyung", ela suspirou pesadamente e cobriu seu filho, saindo do quarto, não tinha como o ajudar agora.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...