História Right Love - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jacquie Lee, Shawn Mendes
Tags Amor, Jacquie Lee, Melhores Amigos, Morte, Shawn Mendes
Visualizações 12
Palavras 300
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 9 - Ter Que Partir


Shawn me fez dirigir de volta até Golden Meadow, mais especificamente o bosque onde eles costumavam acampar quando crianças.

— Shawn, você pode me explicar o que está acontecendo? — pergunto.

Ele então se ajoelha ao lado de uma árvore e começa a encarar o chão.

— Você se lembra de quando tínhamos nove anos de idade e viemos acampar aqui? — ele parecia estar revivendo o momento, o que me fez o mesmo. — Fizemos uma promessa naquela noite, de nunca abandonar um ao outro. — uma lágrima escorreu por sua bochecha.

— Shawn, eu... — queria saber o que dizer.

— Você se lembra que fizemos uma carta para o outro e prometemos só abrir depois que um de nós morresse. — ele estava na borda. — Por toda a minha vida eu planejei um futuro pra nós dois, sonhei em ter um beijo, depois um anel, uma casa, um cachorro e filhos, mas parece que o destino decidiu que não seria assim.

— Shawn. — eu toquei sua mão.

— Jacquie, todo esse tempo, tudo o que precisava ser dito era "eu te amo". Por todo esse tempo, e eu te amei mas fui covarde demais pra dizer. E agora tudo o que precisa ser feito é me responder. — ele acariciou meu rosto. — Você me ama?

— Se eu disser isso você vai ter que partir, não vai? — pergunto em meio a lágrimas.

Ele assentiu e sorriu. Notei naquele momento que era tudo o que precisávamos, deixar ir. O amor é um pássaro que não pode ser preso a uma gaiola como nosso desejo, ele tem de ser livre pra ir e voltar quando quiser, e dessa vez ele presiva partir de vez.

Eu puxei seu rosto para perto do meu e o beijei, embora eu não pudesse o tocar o ato foi libertador.

— Eu te amo, Shawn. — e fechei meus olhos.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...