História Say Love - Becstin - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Austin Mahone, Becky G
Personagens Austin Mahone, Becky G
Tags Drama, Romance
Visualizações 101
Palavras 319
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Capítulo 2


Rebbeca POV

Sim é claro que eu estava nervosa, ele havia acabado de me tocar e eu senti um arrepio na espinha.

A mãe do Austin deu início ao jantar e depois meus pais começaram com assuntos da empresa novamente...

— Filho leve a Rebbeca para conhecer o jardim. -a mãe do Austin sugeriu.

— Não... Eu prefiro ficar aqui. -disse terminando de tomar o suco que restava em meu copo.

— Filha vocês precisam se conhecer melhor. -minha mãe disse.

Austin deu uma olhada desagradável de incomodado e se levantou do seu lugar.

 — Vamos... Eu tenho algo para você. -ele disse e pareceu sorrir forçado.

— Tudo bem. -murmurei me levantando.

Caminhei na frente de Austin e ele acompanhava meus passos. Parei no meio do jardim e então, ele parou do meu lado.

— É muito bonito o jardim da sua mansão. -comentei sem olhar para ele.

— Em breve iremos conhecer o jardim da "nossa" mansão. -ele disse e eu o olhei rapidamente.

— Não... Desde quando minha mãe disse sobre esse casamento, ela me disse que iríamos morar em um apartamento. -disse e ele riu negando.

— Nunca Rebbeca! Como eu iria levar meus amigos para lá? Você tem suas amigas também, não é? Como iríamos fazer festas...

— Não iremos ficar fazendo festinhas, Mahone. -interrompi ele.

 — Serei o homem da casa. -ele disse firme. — Minhas regras. -completou e sorriu de lado.

Ficamos em silêncio.

Austin caminhou até o lado de fora da mansão e eu o acompanhei. Ele foi em direção a um carro que deveria ser dele e pegou um arranjo de flores. Caminhou até mim e me entregou.

— São para você. -ele disse ao me entregar.

— Obrigada.

 — Porém, eu não gosto de você, muito menos queria me casar. -diz passando por mim.

— Eu também não gosto de você e muito menos queria esse casamento. -digo e ele para de caminhar.

— Somos noivos que não se amam. -ele diz risonho.

"Um completo idiota"



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...