História Se eu pudesse, odiaria você. - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Os Heróis do Olimpo, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Annabeth Chase, Jason Grace, Nico di Angelo, Percy Jackson
Tags Jason Grace, Nico Di Angelo, Os Herois Do Olimpo, Os Olimpianos, Percico, Percy Jackson, Pernico, Will Solace
Visualizações 55
Palavras 842
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Ecchi, Escolar, Romance e Novela, Shonen-Ai, Slash, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Pansexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - I think I like you.


Percy estava tentando se concentrar no dever de casa, mas não conseguia parar de pensar em Nico.
Se levantou da cadeira e andou pelo quarto, inquieto. Nico o evitava há semanas e ele não fazia ideia do motivo.

"Você nem me conhece!" Dissera Nico.

Ele estava errado. Percy queria mostrar à ele que estava errado, mas a cada minuto, percebia que realmente não era próximo de Nico como pensou que fosse.

Percy olhou pela janela. Seu coração quase parou. Jason colocava sua jaqueta do time de futebol nos ombros de Nico.

Mas que diabos?! Nico e Jason... não. Não mesmo. — Pensou Percy.

A ideia de que Nico estivesse saindo com Jason parecia assustadora por algum motivo.
Percy olhou pela janela lateral, afim de tentar falar com Nico, mas as luzes do quarto dele estavam muito fracas.

Não. Não, não, não, não, não. Deuses, não.

��

Percy não conseguira dormir. Pensava em Nico, pensava na possibilidade de ele estar com Jason, pensava em Jason passando a noite na casa de Nico com as luzes tão fracas... não, ele precisava de respostas.

Chegou na escola mais cedo do que o normal, estava se sentindo acabado.
Depois de minutos jogado num canto, Annabeth o levou para o pátio para respirar e tentar descobrir o que o incomodava tanto.

— Você está péssimo, Percy. Tem certeza de que não quer me contar o que houve? Sabe, desabafar pode te fazer bem.

Percy negou com a cabeça. Não conseguia dizer nem a si mesmo o que estava sentindo, contar pra Annabeth tornaria tudo pior.
Ele estava quase voltando para a sala quando avistou os dois, Jason e Nico entrando pelos portões lado a lado.
Nico usava a jaqueta de Jason novamente, o que era quase um aviso:
"Propriedade privada de Jason Grace."

Percy não aguentou olhar aquilo e ainda ouvir os burburinhos dos alunos sobre os dois estarem juntos, voltou para a sala de aula e esperou a hora do treino de futebol.

��

— Pégasos, treinaram bem hoje. Estão liberados. — Disse Luke, o treinador.

Os garotos do time seguiram para o vestiário, Percy estava prestes a seguí-los, quando Luke o chamou.

— Espere, Percy. Posso falar com você por um minuto?

— Claro, Treinador.

— Você estava muito distraído hoje durante o treino. Você está com problemas?

— Desculpe, prometo me esforçar mais no próximo treino.

— Percy, você sabe que pode falar comigo, certo? Não sou só seu treinador, sou seu amigo também.

— Eu estou bem, Luke. Obrigado. — Percy foi para o vestiário.

Os garotos no vestiário estavam barulhentos. Percy entrou no banho esperando que a água lavasse seus pensamentos, mas como se fosse uma teia de aranha impossível de fugir, o assunto o cercava.

— Jason, você vai sair com a gente depois da aula? — Perguntou Charles.

— Não, desculpe, vou estar ocupado.

— Ah, essa desculpa tem alguma coisa a ver com o Di Angelo?  — Provocou Chris.

— Di Angelo? Nico Di Angelo? — Perguntou Will.

— Do que vocês estão falando? — Percy entrou na conversa, não queria que eles falassem sobre Nico desse jeito.

— Vocês não sabem? Nico Di Angelo e Jason chegaram juntos essa manhã. E Nico está usando a jaqueta de Jason. Nosso capitão foi fisgado — Dakota explicou.

Jason riu, o que foi suficiente para deixar Percy mais irritado ainda. Os garotos começaram a sair do vestiário, quando Percy parou Jason.

— Jason, por que deu sua jaqueta ao Nico?

— Por que se importa?

— Nico é meu... ele é importante pra mim. Estão mesmo saindo?

— Se você quer tanto saber, por que não pergunta ao Nico?

Jason foi embora deixando Percy mais nervoso ainda. Jason e Nico estariam juntos mesmo? Parecia loucura. Percy resolveu que perguntaria mesmo a Nico, se estivessem saindo, Nico não poderia esconder.

��

— Nico.

— O que você quer, Percy?

— Por que tá com a jaqueta do Jason?

— Não é da sua conta.

Percy começou a se desesperar. Encurralou Nico contra os armários.

— O que tá rolando entre você e o Jason?

— Não te interessa, Percy. Me deixa em paz.

Nico foi embora e Percy sentiu vertigem. Era verdade, Nico estava com Jason.
Percy sentiu uma lágrima quente escorrer pela sua bochecha. Ele havia perdido Nico.

Percy resolveu matar as aulas restantes e ir para algum lugar onde não tivesse que lidar com aquilo. Algum lugar longe de Nico, onde pudesse refletir sobre tudo o que estava sentindo e finalmente entender.
Saiu da escola e foi para o único lugar onde não o encontrariam: O chalé à beira mar que seu pai o ajudara a construir quando criança. A única pessoa que sabia sobre o local era Nico, a quem ele levou quando eram pequenos, mas Percy sabia que ele não se lembraria do lugar.

Por que Nico me odeia tanto? Eu devo ser tão patético... Jason é melhor do que eu, ele está certo em ficar com ele.

Percy estava confuso. Por que se sentia tão triste? Por que ele sentia tanto ciúme de Jason? Por que ele queria Nico tanto assim?
Ele sabia a resposta, e pela primeira vez, ele entendia o que o fazia se sentir tão fraco.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...