História Second Chances - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Aaron Taylor-Johnson
Personagens Aaron Taylor-Johnson, Personagens Originais
Visualizações 35
Palavras 1.534
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ola amores, mais uma pra vcs 😍❤
Criatividade aqui n para 🤗
Acho que já perceberam que eu sou completamente apaixonada pelo Aaron Taylor-Johnson né 😂❤(não diiiga)
Pse, e essa daqui é totalmente dedicada a ele ❤😍
Espero que gostem

Capítulo 1 - After All These Years


Fanfic / Fanfiction Second Chances - Capítulo 1 - After All These Years

É noite de 8 de janeiro de 2017, Hotel Bervely Hilton, Bervely Hills, Califórnia. Noite de Golden Globes, uma das maiores premiações do cinema e TV. A ansiedade de Aaron, e sua esposa, Sam está a mil enquanto Emma Stone e Ryan Reynolds anunciam os indicados a categoria de melhor ator coadjuvante. Era algo pelo qual ele esperava, e trabalhou duro por anos, se superando a cada trabalho, se dedicando, com a ajuda incansável e incondicional da esposa, a quem ele respeitava e admirava muito. Seu coração vai a mil quando Emma anuncia seu nome.

- Aaron Taylor-Johnson, por Animais Noturnos. - ouvir aquelas palavras foi algo surreal, um filme passou pela minha cabeça enquanto eu caminhava até o palco, tudo pelo que eu passei, os problemas que enfrentei, as batalhas que perdi, as coisas que deixei pelo caminho, pessoas que decepcionei, que orgulhei, um turbilhão de lembranças, sensações, sentimentos, recebi os abraços de Emma e Ryan e olhei para o troféu em minha mão, tanto caminho até aqui, eu não sabia o que dizer ou pensar

- Uau, que honra tremenda. Obrigado HFPA, por me reconhecer nesse papel, obrigado Tom Ford, por essa incrível oportunidade, criar esse papel, e colaborar nessa jornada, é uma alegria tremenda, eu estou muito agradecido. Obrigado a toda minha equipe, obrigado Jake Gyllenhaal e Michael Shannon por manter o nível alto, eu curti cada momento, obrigado Universal... - eu olhava para o troféu em minha mão e mal conseguia acreditar, olhava para todas aquelas pessoas me olhando, atores, atrizes renomados, e me sentia incrivelmente orgulhoso, olhei para Sam, genuinamente feliz por mim, e agradeci a Deus por colocá-la em minha vida quando eu mais precisei, quando estava perdido, despedaçado, e ela me acolheu, me deu um rumo, um norte, eu sei que sempre serei grato a ela - Eu quero agradecer à minha esposa por estar lá comigo, me apoiando em tudo isso, eu quero dizer, obrigado por tudo, Deus, eu não estava muito agradável nesse papel, então... Você sabe, você é minha alma gêmea, e eu te amo muito, eu sou abençoado, tenho quatro filhas maravilhosas, Angelica, Phoenix, Wylda, Romy, eu as amo muito. Tenho pais orgulhosos assistindo essa noite, eu consegui. Muito obrigado, estou muito agradecido. - Sam sorria me olhando e eu não podia deixar de me sentir grato por tudo o que tem me acontecido nesses últimos anos, todas as experiências profissionais que me levaram até ali, por ela e todo seu apoio em meus momentos mais tempestuosos

- Eu estou tão orgulhosa de você! - Sam me abraçava durante a after party e sorria com os olhos brilhando, seu carinho e dedicação a mim, me transmitia paz, segurança, uma tranquilidade que eu nem sabia que precisava, meu casamento com ela, foi a melhor decisão que tomei, pra minha saúde, sanidade, carreira, eu tinha nela o apoio que sabia que ninguém poderia me dar, ela acreditava em mim de uma forma que nem eu acreditava, a estabilidade que eu tinha com ela, nossa família, me tornava o mais feliz dos homens, mesmo que, por dentro, eu soubesse que algo faltava, e sabia exatamente o que era.

Aaron e Sam tinha um casamento sólido, duas filhas lindas, além de duas do primeiro casamento da diretora. Se conheceram durante as gravações de um filme e se apaixonaram, apesar da grande diferença de idade, Aaron sentia prazer em sua companhia, Sam era uma mulher experiente, divertida, e ele gostava disso. Além de receber apoio e incentivo em momento que sua vida estava do avesso, o ajudando a se reerguer. Ele era muito grato a ela, fazia questão de estar ao lado dela em qualquer situação, e levá-la consigo onde quer que fosse, se sentia seguro de si mesmo ao seu lado.

Alicia estava começando uma nova fase, na vida e na carreira. Formada em Produção de Moda, e figurinista profissional. Acabara de se mudar para Londres, onde conseguiu emprego em uma firma de freelance. Muito aconteceu em sua vida ao longo dos últimos anos, teve que tomar para si maturidade e responsabilidade que não lhe pertenciam, cuidar não só de si, como do sobrinho e do pai, após a morte precoce da irmã, vítima de uma doença silenciosa, que ninguém conseguiu explicar.

- O que você está vendo, Timmy? - observo a TV ligada e aquele rosto na tela me incomoda profundamente

- Golden Globes. - o pequeno diz naturalmente com os olhos vidrados na TV, sei o que ele sente, o vazio dentro dele, o que me deixa ainda mais irritada e aumenta meu ódio daquele cara

- Não temos tempo pra isso. Você precisa se arrumar, temos que sair. - desligo a TV imediatamente antes que ele possa subir no palco

- Mas eu queria ver o discurso. - ele protesta fazendo bico

- Ele não vai dizer nada que te interessa. - suspiro o olhando - Vamos, ajuda a tia. Pega seu joystick, algum brinquedo e vamos ao trabalho. Equipe Robinson, certo? - sorrio bagunçando seu cabelo

- Equipe Robinson. - o pequeno sorri e sobe as escadas

Eu havia me mudado para Londres a dois dias, ainda estava me organizando, precisava procurar uma escola para Timmy, era o que eu planejava fazer essa manhã, mas recebi essa ligação de um trabalho de última hora, e como estava começando meu nome, não pude deixar passar. Preparei uma mochila com lanches, livros e brinquedos para o pequeno e seguimos para o local das fotos. Tudo o que eu sabia é que era um ensaio masculino, um photoshoot para uma revista, e era alguém famoso, a garota que me passou o trabalho não entrou em detalhes, estava doente e mal conseguia falar.

- Tim, fica sentado aqui, enquanto eu procuro saber sobre o trabalho, ok? - sento o pequeno em uma cadeira e ele sorri pegando o joystick na mocinha

Timmy é um garoto tão tranquilo, não tenho do que reclamar sobre ele. Desde que nasceu, e eu fiquei responsável por ele, nos damos muito bem. Ele é um garoto esperto, inteligente, entende as coisas no ar. Não foi difícil explicar para ele sobre tudo o que houve em nossas vidas, e ele tem uma compreensão incrível e uma calma para entender as coisas, eu o admiro muito por isso.

- O Sr Johnson e a esposa estão esperando na outra sala, para fazer os testes de roupas e orientações necessárias. - a secretaria diz calmamente e eu sinto um aperto no peito ao ouvir aquele nome, não pode ser ele, seria uma coincidência infeliz demais, me lembro de Timmy e corro até a cadeira, mas ele não estava mais lá

- Não, meu Deus. Tim! - corro a sua procura - Timmy! Timothy! Não acredito nisso! - saio pelos corredores desesperada a sua procura, logo o avisto, correndo em minha direção, branco como cera e me abraça

- Eu vi ele, tia. Ele está aqui. Eu vi. - seus olhinhos brilham assustados e me encaram confusos

- Ele? - o olho confusa e levanto o olhar, lá está ele, parado a alguns metros de distância, com o mesmo olhar assustado e confuso do pequeno, aquele mesmo charme natural, que exala em seus poros, porém a expressão mais séria, firme, embora atordoada - Tim, volta pra sala onde você estava, eu já vou lá, tá bem? - abraço o pequeno que se vira novamente e o encara por alguns segundos, e logo volta de onde havia saído

- Alicia... - Aaron se aproxima, um tanto apreensivo e chocado - Quanto, tempo, não a vejo... - suspira me olhando nos olhos, fixo e confuso

- É, uns oito anos.

- Sim, você estava, agitada naquele dia... - força um sorriso que eu não correspondo

- E você, apático demais... - respondo desviando o olhar

- Aquele, garoto, é...

- Filho da Claire. - confirmo e o encaro, seu olhar se distância, como se minhas palavras o tivessem atingido, como uma facada no peito, percebo uma certa dor em seu olhar, talvez culpa, mas aquilo não me comove, na verdade, me causa mais raiva

- Aaron. - a mulher se aproxima, Sam, sua esposa, já havia a visto uma vez, mas duvido que ela se lembre de mim - Quem é essa moça? - ela pergunta confirmando sua suspeita

- Alicia Robinson. - estendo a mão a olhando e percebo Aaron congelar me encarando - A produtora substituta.

- Ah, claro. - ela sorri me analisando da cabeça aos pés - Samantha. - aperta minha mão, levando sua outra ao ombro de Aaron que suspira a olhando - Podemos começar?

- Claro. - sorrio levando as mãos aos bolsos sob o olhar ainda assustado de Aaron - Só preciso buscar meu sobrinho, vocês foram informados que eu precisaria traze-lo certo? - indago o encarando e ele desvia o olhar

- Sim, nos disseram. Não há problema algum. - Sam sorri sincera - Também temos filhas, sabemos como é.

  - Certo. - me viro e volto para buscar Timmy, não sei ao certo o que sinto naquele momento, medo, raiva, rancor, sei que ter que trabalhar com ele, e com o pequeno por perto, era a pior coisa que poderia ter acontecido


Notas Finais


Personagens do capítulo:
Aaron: Aaron Taylor-Johnson
Sam: Sam Taylor-Johnson
Alicia: Imogen Poots
Timmy: Jacob Tremblay


Primeira parte do vídeo
https://www.instagram.com/p/BbcauRZDjkc/

Segunda parte de vídeo:https://www.instagram.com/p/Bbcca3hDBBm/

Espero que gostem do primeiro Cap 🤗❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...