História Secret Love. (Imagine ChanYeol) - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Chanyeol
Tags Baekhyun, Chanyeol, Exo, Kai, Suicide
Visualizações 15
Palavras 1.147
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - S i x


Aquelas palavras me fizeram ficar arrepiada, eu realmente não sabia o que ele queria dizer com você minha princesa, aliás eu sou o capeta vestido pelo inferno, eu não sou chamada de princesa desde que meu pai morreu ele sempre me dizia que eu era sua princesinha. Eu fiquei mal pela Brianna, ela sempre foi minha melhor amiga eu não suportaria ver ela mal daquele jeito, era como se eu estivesse me machucando mas eu tinha que fazer até ela se tocar quem somos, não somos princesas mimadas e indefesas a procura de um príncipe encantado, somos criminosas corajosas e afrontosas a procura de dinheiro que é totalmente o oposto do que ela pensa que somos, e fazer ela se sentir mal por minha culpa é o fim do mundo.

- (S/N)? O que pensares? Estás viajando tanto, Kim.

Sunny tinha me perguntado, e só agora percebi que eu realmente estava em outro mundo depois da mini conversa que tivera, o pior é que nem eu sabia no que eu estava pensando, não sei se era em Anna ou na frase do Taehyung me chamando de sua princesa, eu estava muito confusa desde que eu cheguei aqui. O esbarro com o ChanYeol foi muito esquisito, era como se eu sentisse que eu o conhecia de algum lugar, mas eu não sei onde, eu não consigo me lembrar da onde eu o conheço.

- Eu estou com um pouco de sono, então eu sempre fico desligada da minha vida quando eu não durmo por muito tempo. _Eu sorri enquanto falava com a voz um tanto risonha.

Ela havia concordado com o que eu disse começamos a comer enquanto o Taehyung começou a me apresentar o resto dos meninos a qual eu não conhecia, descobri que o tal do Jin era o mais velho e ele namorava com o Namjoon, achei interessante pois foi o primeiro casal gay que eu já vi desde de nasci. Eu conheci os meninos melhor, isso me deixou bem, era estranho a sensação de estar ao redor de quem não conhece, meus olhos estavam muito pesados e eu não iria aguentar ficar nas aulas acordada, nos meus tempos de escolinha, os meninos pulavam o muro pra fugir da escola, não séria mal né? Naquele tempo eu achava isso errado, mas melhor pular o muro do que dormi na aula e eu ter que ser obrigada a ouvir as palavras do maldito professor, eu havia apoiado minha cabeça no ombro do Taehyung ao meu lado e apenas fechei meus olhos, minha intenção era só pensar em algo aleatório, minha cabeça estava bem atormentada eu admitia a mim mesma que eu estava triste e deprimida, estava tão longe de e dos meus amigos, das minhas aventuras e dos meus cabelos vermelhos, eu realmente estava triste, ao contrário de Brianna que parecia bem feliz, nem parece a criminosa de Las Vegas. Eu tinha um vontade de chorar ali mesmo, eu quero meus amigos de volta, eu não confiava em ninguém aqui, nem mesmo o Taehyung, mas eu andaria com ele pois ele me lembrava os meus antigos amigos.

- Você está bem, pequena? _A voz do garoto ao meu lado invadiu meus ouvidos.

- Só estou cansada, eu quero fugir daqui, Tae!

- Quer fugir? _Taehyung sorriu.

- Fugir? Da escola? Logo no meu primeiro dia? Está louco, Kim Taehyung?

- Ninguém irá notar se a gente sair, bebê.

- Se vocês fugirem eu também vou! _Disse Sunny com um sorriso exposto em seu rosto_ Mas é claro que vou levar o Jungkook, eu não quero ficar de vela.

Todos tiram do comentário da garota, menos eu que estava vermelha de vergonha e querendo matar a menor por aquele momento constrangedor, claro que já me relacionei com garotos mas aqueles momentos não foram importantes.

- Sunny!! Não diga bobagens, somos apenas amigos e segundo que eu nem o conheço direito.

Decidimos sim que iríamos fugir das aulas, não fomos pegar nossas bolsas, eu sabia que Min ou Anna iriam me procurar e se não me achassem iriam levar minhas coisas. Apenas nos levantamos e seguimos os meninos, ficamos o caminho todo rindo e quando passamos pela mesa da Anna não hesitei em olhar e seu olhar pra mim era de decepção, Chanyeol também me olhava eu retribui o olhar, Taehyung deve ter percebido pois ele agarrou minha cintura para perto de si.


      POV PARK CHANYEOL


Os olhares entre Brianna e (S/N) era de doer, as duas estavam sofrendo e isso era de se notar, após a garota ter saído a Anna estava quase segurando o choro para que suas lágrimas não fossem expostas desta maneira, Sehun a abraçou de sala falando coisas em seu ouvido o qie a fez rir pelo menos baixo. Eu queria pergunta a Brianna se a (S/N) já veio pra Coréia, pois seu rosto me parecia tão familiar, mas eu não conseguia me lembrar de onde.

- Brianna?

- Sim, Chan? _Ela sorriu.

- Sabe se a (S/N) já veio a Coréia?

- Aqui? (S/N)? Na Coréia? Sinto muito te dizer, Chan, mas ela nunca tinha saído do seu país antes de vim pra cá, não que eu me lembre.

Eu havia concordado com ela, o único jeito era perguntando para a própria garota, avisei a logo que iria sair indo ao banheiro. Uma coisa eu que eu não sabia era pra onde ela estava indo, mas conhecendo pelo que conheço do Kim Taehyung provavelmente foi levar a garota pra matar aula, eu tentei apressar meus passos em plena multidão para que eu conseguisse chegar antes que ela pulasse o muro e caísse pé a fora da escola. Os corredores eram vão, minhas chances estavam indo pra fora do poço, eu só tinha o velho corredor escuro que ninguém vem, caminhei sem pressa dessa vez pois sentia que aqui séria em vão, até eu conseguir ouvir barulhos vindo de uma sala então imediatamente corri até a mesma.

Quando abri a porta ela olhou como se fosse algum funcionário da escola, mas pela primeira vez teve um alívio de que era eu e em seguida apenas revirou os olhos. (S/N) era a última a sair pela janela, mas antes disso segurei seu pulso com extremo cuidado o que a fez se assustar e me olhar.

- Você de novo não, o que quer agora, garoto? _Ela bufou.

- Quero saber apenas de uma coisa, Kim, já veio a Coréia do Sul antes?

Sua expressão não era nada boa quando perguntei isso, era como se ela iria cair daquelas mesas pra janela, seu rosto tinha ficado pálido e eu preocupado.

- Kim? Está bem? Quer ajuda?

- Eu estou bem, Channie, não preciso da ajuda de ninguém. 

          

          POV KIM  (S/N)


Essas foram as minhas últimas palavras antes de sentir meu corpo ficar enfraquecido e eu cair daquelas mesas e ouvir gritos de desespero do garoto.


Notas Finais


Sei que está pequeno, mas infelizmente eu estou em uma semana de provas.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...