História Secrets and lies(imagine Jungkook) - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Got7, Monsta X
Visualizações 54
Palavras 1.135
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Survival, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa noite xuxuzinhos
Boa leitura ♥

Capítulo 8 - Capítulo 8


Saímos do shopping e não vou negar que eu estava muito excitada, entramos em seu carro e o beijei ferozmente, passei minhas mãos em seu abdômen e desci até sua calça, era possível sentir o enorme volume em sua calça, dei uma leve apertada em seu membro fazendo ele soltar um gemido baixo.

Ch- Não me provoque, você sabe que eu sou fraco com você.- apertei mais forte seu membro fazendo ele morder meu lábio como certa força. Me afastei dele vendo um volume extremamente marcado em sua calça de moletom, minha boca salivou e eu sorri maliciosa

S/n- Vamos Channy, eu quero te ter logo. - ele sorriu malicioso e deu partida no carro.

Fomos pro seu apartamento luxuoso, entramos aos beijos, assim que passamos a porta ele segurou minha cintura fazendo eu dar impulso e entrelaçar minhas pernas ao seu redor, ele desceu seus beijos ao meu pescoço e minha clavícula dando chupões que de certo ficariam marcados, ele foi andando comigo ainda em seu colo, me colocou em sua cama imensa e fechou a porta. Eu sentia minha intimidade pulsar, eu queria que ele me fudesse logo. Chanyeol pode ser o que for, mas não vou negar que ele é maravilhoso na cama.

Eu estava deitada e ele se aproximou de mim devagar, ficou em cima e começou a me beijar, seu beijo era necessitado e feroz, agarrei os cabelos de sua nuca e abri as pernas, fazendo o maior se encaixar entre as mesmas. Senti seu membro ainda coberto em minha intimidade já extremamente molhada, desci minhas mãos a barra de sua blusa a tirando rapidamente, eu já estava sem meu cardigã, ele passava as mãos rápido em minhas costados procurando o zíper do meu vestido, peguei suas mãos e passei na lateral do meu corpo, ele sorriu e com agilidade abriu o zíper arrancando meu vestido o tacando pelo quarto.

Desci minhas mãos sobre seu abdômen dando leves arranhões e com sua ajuda tirei suas calças. Troquei de posição ficando em cima dele, rebolando de leve, o mais velho passava as mãos em minhas costas a procura do fecho do sutiã que era na frete, novamente peguei suas mãos e as levei ao fecho

Ch- Hoje você só está dificultando as coisas pra mim sabia? -eu sorri e senti as alças de meu sutiã deslizarem por meus braços, cada um de seus toques sobre meu corpo, eu podia sentir minha intimidade se molhar mais, parei de rebolar e desci meus beijos para seu pescoço, dando chupões fortes. Ele era tão branquinho, deixa-lo marcado era prazeroso pra mim.

Desci meus beijos traçando um caminho até sua box preta a arrancando em seguida, minha boca salivou mais ao ver seu membro totalmente ereto saltar, não fiz cerimônia logo abocanhei o mesmo com voracidade colocando tudo na boca, descia e subia, chupava sua glande levemente inchada e rosinha. Ouvir seus gemidos roucos pelo quarto era algo maravihoso para meus ouvidos. 

Meus movimentos eram precisos, eu já sabia como ele gostava então continuei, pouco tempo depois pude sentir seu líquido quente em minha boca, não deixei sequer uma gota escapar engolindo tudo. Ele me chamou com o dedo, fui até ele engatinhando na cama, com certa violência ele me virou me deixando de quatro na cama, meu rosto tocava sua cama macia, senti ele descer minha calcinha e logo sua língua minha intimidade.

Ch- Ta tão molhadinha assim por mim?- Não o respondi, e logo senti um tapa em minha bunda, e sua língua se fez presente em minha intimidade de novo, seu movimentos era maravilhosos, ele levava sua língua ao meu clitóris e me chupava como um bebê necessitado. Ele penetrou um dedo em minha intimidade sem parar de me chupar, aquilo era simplesmente maravilhoso, logo senti meu ápice fazendo um gemido alto escapar, fui virada novamente e ele tomou conta dos meus lábios fazendo eu sentir meu próprio gosto

Ele passava seu membro de leve em minha entradinha. Miseravel, ele estava me provocando.

S/n- Chanyeol, isso é muita maldade. Me fode logo porra.

Ch- Seu pedido é uma ordem.

Com rapidez ele colocou seu membro em minha entrada, indo rápido e fundo. Agarrei suas costas a arranhado com certa força, seus movimentos era rápidos fazendo com que eu revirasse os olhos de prazer

Ele ia fundo, acertando meu ponto G, meus gemidos era altos, eu não me importava se alguém iria ouvir. Era possivel ouvir seu quadril se chocar ao meu corpo com a velocidade de suas estocadas. Assim que seus movimentos foram ficando mais lentos eu inverti as posições ficando por cima, sua mãos foram direto pra minha cintura, segurando com força e me auxiliando a sentar sobre seu membro. Comecei a cavalgar rápido, apoiei as mãos na cabeceira de sua cama, fazendo com que meus seios ficassem em cima de seu rosto, ele chupava e apertava os mesmo, me dando mais prazer. Eu já estava completamente suada e cansada quando uma corrente elétrica posso por meu corpo, de novo meu ápice, ele me jogou na cama novamente dando estocadas rápidas e fundas, logo senti seu líquido escorrer dentro de mim, Chanyeol caiu sobre meu corpo e me beijo, nossas respirações estavam completamente descompassadas, ele saiu de dentro de mim e se jogou ao meu lado na cama

Ch- Cada vez que a gente faz isso parece que sempre fica melhor. - ele dizia com um sorriso no rosto, ele me puxou mais pra ele me deitando em seu peitoral, seu coração batia rápido, me agarrei a ele e fechei os olhos

Eu estava quase dormindo quando ouvi meu celular tocar na sala, pulei da cama, mesmo nua e corri a sala

S/n- PUTA MERDA. - Tinham 15 ligações perdidas do Jin, Chanyeol apareceu na sala já de calça.

Ch- o que foi?- virei meu celular pra ele. -liga pra ele. -E foi oque fiz.

          **ligações on**

S/n- Jin?

J- Jin o caralho, onde você ta? Você sumiu do shopping.

S/n- Eu ainda to no shopping, o filme acabou de acabar, vamos sair da sala agora, porque?

J- Os meninos falaram que você SUMIU. S/N NÃO MENTE PRA MIM, ONDE VOCÊ TA?

S/n- Já disse to no shopping. - Chanyeol estava segurando a risada, também, eu estava mentindo na casa do @ e ainda por cima nua, deveria ser algo engraçado de ver

J- ta ta, que horas você vem? Está tarde.

S/n- daqui a pouco, vou só ver umas coisas e já já estou em casa ta? Beijo te amo

            **Ligação off**

Não esperei meu irmão responder e desliguei, corri pro quarto, assim que passei por Chanyeol levei uma palmada na bunda e ele sorria malicioso.Tomei um banho rápido e vesti minhas roupas de novo, Chanyeol me levou pra casa, me despedi com um beijo rápido.

Assim que cheguei em casa, Jin me fuzilou com os olhos.

J- Tomou banho no shopping? - CARALHO, S/N BURRA DO CARALHO, SEU CABELO TA MOLHADO SUA ANTA


Notas Finais


Por favor, dêem suas opiniões ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...