História Sedutor - JaeBum - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7, JJ Project
Personagens JB, Jinyoung, Junior
Tags Got7, Imagine, Jaebum, Jinyoung, Júnior, Kpop, Você
Visualizações 86
Palavras 606
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - 0.6


Sobre aquilo no carro... É óbvio que eu me fiz de desentendida.

 

Agora estou aqui, na casa do JaeBum, pronta pra dormir. 

 

─ Viu meu livro de Matemática? ─ Perguntei à JaeBum. 

 

─ Não. ─ Respondeu simples, deitado em sua cama King size. 

 

─ Sabe JaeBum, como vamos lidar com isso lá no colégio? ─ Procurava meu caderno ainda. 

 

─ Simples, só finja que não me conhece. Quando as aulas acabarem, me encontre em uma quadra de distância da escola, no Park’s. 

 

─ Sem problemas. 

 

Por fora eu estava bem... já por dentro... 

 

Babaca bipolar. 

 

─ Vem dormir. ─ Pediu. 

 

Não sabe o quanto sonhei com esse momento. 

 

─ Não, eu preciso descobrir onde coloquei meu livro, tenho de estudar ainda, aliás, você devia fazer o mesmo. 

 

─ Só preciso de três pontos pra passar nessa matéria, nem ligo. Boa noite, então. 

 

─ Boa noite, JaeBum. 

 

.

 

.

 

.

 

.

 

.

 

As horas passaram e já eram 03:47. Exatamente, eu não dormi nada. Estou aqui na sacada do quarto do JaeBum, olhando pro nada, pensando como iria deitar ao lado dele sem gritar de felicidade. 

 

No final das contas, acabei achando meu livro e não indo dormir. 

 

Decidi, vou voltar pra casa. 

 

 Peguei minha mochila e algumas roupas minhas, depois eu volto pra pegar o resto, JaeBum que se vire com sua família. 

 

Eu já estava abrindo a porta do quarto quando... 

 

─ Onde pensa que vai? 

 

Droga.  

 

─ Pra casa. 

 

Sai do quarto, ele veio atrás. 

 

─ Volta aqui. ─ Correu até mim e segurou em meu braço. ─ Por que ainda está acordada e com essa mochila nas costas? ─ Virou-me. 

 

─ Não quero mais passar por isso, JaeBum. 

 

─ Mas, fizemos o acordo ontem à tarde, como pode já querer desistir. 

 

─ Você é babaca, JaeBum. Não suportaria um falso namoro com você.

 

─ E suportaria um real? ─ Perguntou se aproximou, colocando uma das mãos em minha cintura. ─  Sei que gosta de mim, sei que me vê com outros olhos. Não suporta passar por um namoro falso, pois o queria realmente era um verdadeiro? 

 

Isso mesmo. 

 

─ Já disse e vou repetir ─ Retirei suas mãos de meu corpo. ─ Não gosto de você, muito menos o olho com outros olhos. Não quero passar por isso porque tenho outros compromissos, e além disso, de qualquer modo alguém do colégio nos veria juntos, coisa que você e eu não queremos, então ... por favor, me deixe ir. 

 

─ Não vá agora, são 04:00 da manhã. 

 

─ Qual o problema? Não irei à nenhum bar ou balada de pijama. 

 

─ Há pessoas ruins lá fora. ─ Disse. 

 

─ Pessoas como você. 

 

─ Não, pessoas piores. ─ Segurou em minhas mãos. ─ Me preocupo com você. 

 

─ Piada, né ? Até ontem, nunca tínhamos trocado palavras. ─ Soltei-me dele.

 

─ Só porque não nos falávamos, não quer dizer que eu não reparasse em você, já até lhe contei que às vezes penso em você durante a aula. Por favor, fique, pelo menos até amanhã cedo. 

 

─ Certo, não precisa me pagar nada. 

 

─ Eu insisto. Vem pra cama logo, se não vamos acordar os outros. 

 

 

 

 

 

 

É, eu dormi na mesma cama que ele... Sonhei com isso durante tanto tempo, agora nem me importei... Às vezes me acho bipolar, como ele. 

 

No outro dia, já estava saindo da casa dele, sem ao menos tomar café, até que ... 

 

─ Onde está sua namorada? ─ Perguntou o Pai de JaeBum. 

 

─ Primeiro: Nunca a namorei, era apenas uma prostituta. 

 

Segundo: Já deve ter ido embora. ─ Respondeu.

 

          Eu já deveria saber.  

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Até... sei lábio quando


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...