História Segredo Noturno - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Hentai, Orange, Revelaçoes, Segredos, Sexo
Visualizações 107
Palavras 440
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Hentai, Orange, Yuri
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Acreditem o não está história é realmente real não me inspirei em nada e a sério que eu já quis contar a alguém (porque eu não sou muito boa a guardar segredos) mas sempre que eu vou para contar a alguém de confiança essa pessoa me desilude e eu não consigo.

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction Segredo Noturno - Capítulo 1 - Capítulo Único

Está é a história da minha vida real , o meu nome é Ana tenho este segredo com a minha irmã desde os 5 anos (não é brincadeira é sério) e neste momento tenho 14 , bem praticamente tudo mudou de uma maneira muito avançada não me lembro a razão mas sei que continua-mos a fazer até agora .Eu vou explicar o que fazemos estão a ver quando vêm porno e sentem aquele sentimento de poder logo ter alguma relação sexual bem eu e a minha irmã sentíamos exatamente a mesma coisa desde novas e decidimos satisfazer nos de alguma forma começando lentamente por beijos quentes ,eu esfregando a minha intimidade com a perna dela e a intimidade dela na minha , depois quando ficava mais "quente" fazíamos os papeis de rapaz e rapariga do tipo :secretaria e patrão , namorados , rapariga vadia que ia de namorado  a pai do rapaz depois a médico ginecologista e por fim professor de ioga porquê o professor de ioga para poder fazer "ao contrário" mas não vamos avançar assim tanto primeiro vou explicar então nós escolhia-mos um dos papéis e depois (eu escolhia o do rapaz para poder receber os broches primeiro) fazíamos broches uma á outra até ficarmos todas molhadas e depois fazíamos "ao contrário" que literalmente é a minha intimidade na boca dela e a intimidade dela na minha boca , eu sei que pode parecer um pouco nojento mas quando é feito com a tua cara metade e depois com a pessoa que tu mais amas neste mundo é tudo tão mais fácil e quando atinge o ápice e tu lhe dás mais um beijo . Agora vocês pensam queres ver que elas também nunca foram apanhadas , queridos(as) nós já fomos apanhadas tantas vezes que a cara do meu pai e da minha mãe já são motivos de chacota entre eu e a minha irmã Marisa mas já fomos apanhadas varias vezes mas a pior msm foi na ultima vez que o meu pai perguntou quatrocentos e setenta e oito vezes (número exagerado) o que estávamos fazendo a minha irmã olhou para mim em choque total porque normalmente eles fecham a porta e gritam para nós irmos dormir mas naquela vez foi tão chocante e a Marisa não conseguia dizer nada e eu só consegui dizer "pai não te preocupes nós só estávamos a nos descubrir" só lembro mesmo de ver a cara do meu pai de desilusão e incompreensão  , dígamos que agora só conseguimos fazer quando ninguém está em casa porque ficámos traumatizadas .

Feito , desabafado , corrigido e finalmente posso seguir em frente .


Notas Finais


Os nomes foram alterados para a minha privacidade espero que percebam que eu só quero desabafar para poder seguir a minha vida em frente.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...