História Sentimento Novo - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Nirvana
Personagens Dave Grohl, Kurt Cobain
Tags Brigas, Ciumes, Dave, Depressão, Kurt, Mentiras, Nirvana, Romance, Sexo
Visualizações 56
Palavras 2.513
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Musical (Songfic), Poesias, Policial, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olaa pessoas
Obrigada pelos comentários de vocês ❤
Fico muito feliz em saber que não enjoaram de mim e nem da fic..
😍😍
Enfim espero sempre que vocês gostem do capítulo e é isso..
Beijos amores
*_*

Capítulo 13 - Tudo Escureceu


Fanfic / Fanfiction Sentimento Novo - Capítulo 13 - Tudo Escureceu

                        Pov Kurt

Elas nos olhavam tensas

-N..nada.. _minha tia disse_

-É que vocês são muito mais que primos.._ minha mãe falou agora e Dave deu um riso nervoso_

-claro que sim né ..nós somos namorados_ele falou e acariciou minha mão_ 

Mantive o olhar fixo nelas querendo entender 

-Nao..voces..sa.._ antes que minha mãe falasse a mãe de Dave pulou em cima dela tapando sua boca_

-FICA QUIETA! _gritou_

Eu e Dave corremos para separa-las ..

-PAREM!_ gritei e elas se encararam_ 

-Se tiverem algo pra nos contar contem agora!_Dave disse sério_ 

-Não é nada..é besteira da Cabeça da sua tia!_ disse a mãe de Dave_

A olhei desconfiado

-Mãe..vocês tem certeza mesmo?_pediu receoso_

Ela assentiu e eu bufei..

Óbvio que elas não iam contar ..

Peguei nossa sacola de doces em cima do sofá e puxei Dave pra cima..

-Isso foi muito estranho!_ele disse mexendo no meu cabelo_

-oque você acha que é? _pedi com medo_

-Não sei..parece que sua mãe ia dizer que éramos algo a mais que primos.._ franziu a testa_

Ri nervosamente

-Isso é loucura.._falei não querendo acreditar _

-Eu também não entendi nada.._ disse tomando a sacola da minha mão_ 

-Vamos tentar esquecer isso ok? Não quero que você fique estressado!_ passei os braços ao redor de seu pescoço e Dave deu um sorriso de lado_

-Quer me acalmar é? _sussurou perto da minha boca _

Meu corpo reagiu a isso..

-Uhum_mordi o lábio e Dave atacou minha boca_ 

Ele me jogou na cama e subiu por cima de mim

Enfiei a mão por dentro da sua camisa e o acariciei..

Ele me beijava com vontade e eu atirei sua camisa longe

Dave me despiu rapidamente também e deu muitos chupoes no meu pescoço me deixando todo marcado..

-Fica de quatro pra mim_sussurou no meu ouvido e meu corpo inteiro se arrepiou com isso_

O obedeci lhe empurrando levemente pra poder me ajeitar e fiquei de quatro empinando minha bunda..

-Caralho Kurt.._ouvi ele suspirar_ 

Mordi o lábio 

Ele passou a mão na minha bunda e cada vez mais eu ficava excitado..

-Uhmm..Dave.._fechei os olhos_

-Oque você quer?_sussurou pra mim_

-Q..qu..quero você_ falei extasiado_

Olhei minimamente pra trás e vi Dave sorrir..

Quando senti ele entrando em mim trinquei os dentes..ainda era um pouco dolorido..

-Aaaahhhh_ abafei meu gemido no travesseiro_

-Ah amor.._ ele gemeu baixinho e quando senti ele todo em mim remexi levemente meus quadris_

Dave começou a se movimentar rápido e num ritmo gostoso com meu corpo..

Como aquilo era bom..Muito bom..

Suas mãos estavam na minha bunda e a apertavam com força..

-Daveee.._ gemi alto e joguei a cabeça pra trás_ 

Ele se movimentava com um pouco mais de brutalidade e sinceramente eu adorei.. Só dava mais prazer..

Graças a isso quase acabamos caindo da cama e foi muito engraçado..

~~~~~~~~

-Ah amor eu to dolorido_fiz uma careta e olhei pra Dave jogado do meu lado_

-Sorry manteiga derretida_disse roubando minha frase e eu semi cerrei os olhos_

-Ah então é assim né? _pedi e subi em cima dele começando a encher seu pescoço de mordidas e chupoes_ 

Mas Dave não pareceu estar incomodado com isso e ficou suspirando e apertando minha bunda..

-Isso é pra você aprender.._ falei olhando algumas marcas roxas no seu pescoço mas nem se comparava as que ele deixou em mim_

-Adorei sua vingança_sorriu malicioso e puxou meu rosto me beijando_

Ai ai Dave você ainda me mata!..

Ri e me joguei de volta do seu lado..

-Amor to com frio.._disse se encolhendo e eu puxei sua cintura o abraçando_ 

-Vou te esquentar_ beijei sua testa e ele ja sorriu malicioso_

-Ahhh não assim né Dave_revirei os olhos ja imaginando oque ele pensou_

Dave riu e enfiou o rosto no meu peito..

-Você é lindo meu loirinho_disse passando a mão no meu rosto_

Ah que fofo!

-Muito romântico você_  beijei seu nariz_

-Nossa que insensível! _ fez uma careta_

-Queria que eu dissese oque?_pedi_

-Af nada nada Kurt.._virou de costas e eu ri o abraçando com força_

-Eu também te amo meu amor.._ disse no seu ouvido_ 

-Humm.._falou se fazendo de dificil e eu belisquei sua bunda_

-Aaaaaiii_disse me olhando e eu gargalhei_ 

-Vira aqui pra mim_falei convencido_

-Nao.._disse de costas_

-Vira.._ falei o incomodando_

-Aaaarghh oque você quer?_pediu se virando e eu sorri convencido_

Eu sabia! Ele não resiste a mim!

-Você é um teimoso Grohl_ falei acariciando sua cintura_

-Então me pune.._ sorriu_​​​

​ele não presta! 

-vai dormir vai Barbie!_ falei rindo e ele fechou a cara e deitou a cabeça no meu ombro fechando os olhos_

Ué..e não é que ele me obedeceu mesmo..

Fiquei o olhando e tirei o cabelo do seu rosto vendo sua respiração calma..que coisinha mais fofa..

~~~~~~~~~~~ ​​

 

No outro dia

Eu acordei antes que o Dave e resolvi fazer uma surpresinha pra ele..

Fui até a cidade com uma ideia em mente..só pra zuar com ele..

Sou um ótimo namorado..

 

             Pov Dave

Eu acordei e Kurt nao estava do meu lado..oque eu estranhei..

Cocei os olhos e levantei com preguiça 

Me vesti e bocejei de novo..

Estava com fome..

Desci e ainda não tinha ninguém na cozinha..tava cedo..

Liguei a cafeteira e preparei um café, é a única coisa que eu sei fazer..por que não né..eu seria muito inútil..

Abri a porta do balcão e peguei la um saquinho com açúcar 

Assim que o café ficou pronto coloquei o açúcar e me encostei na pia o tomando

CARALHO! Isso ta forte demais..um gosto muito estranho..

Dei de ombros e tomei mais um gole..

Em poucos segundos as coisas começaram a girar e eu comecei a rir do nada..

Apareceu uma girafa azul na minha frente dançando e eu cocei os olhos..

Comecei a andar em círculos ao redor dela rindo..

As paredes eram feitas de chocolate e o chão de chiclete..

Eu adoro chicletes! 

Acho que aquele negócio não era açúcar..

Me joguei no chão rindo 

Depois disso a girafa foi subindo as escadas e eu corri indo de atrás..

Quando entrei no quarto tinha um pequeno unicórnio de pelúcia em cima dela.. Aaaaaaaaawwwwwnnnnn

Kurt tava num canto me observando com um sorriso estranho..

Corri até o unicórnio e o abracei com força

-Aaaaaaaaaaaaaaa olhaaa que lindooo..meu bebezinho_falei  o balançando_

Kurt me olhou estranho e veio ate mim..

-Ue.._disse e eu ri_

-Oi Davezinho..oi oi meu bebe_ falei jogando o unicórnio pra cima_

-Dave ..você não ta bem_Kurt disse puxando meu rosto_ 

-Eu to bem sim.._ri_ - Olha nosso filho Kurt.. Se parece com você_ falei ninando o unicórnio_ 

-Ah?.. Espera.. Você.. Na..nao usou nada nao é? _pediu_

-Hahahahahahahaah eu so tomei um café e tinha um gosto muito estranho..acho que ahahahahahahahhaah foi  o açúcar_ falei rindo_

-A..açúcar? _falou_

-Sim..um pó branco em um saquinho_ falei_

-AH NÃO! _ele gritou e eu o reeprendi_

-Shiiiiuu nosso bebe ta dormindo!_falei _

-Dave..isso é de pelúcia.._ disse_

-E DAI? EU SOFRI TODO ESSE TEMPO CARREGANDO ELE DENTRO DE MIM E VOCÊ NÃO ME VALORIZA?_gritei chorando_

Kurt arregalou os olhos..

-Amor..calma ok? Ok..não vamos acordar ele..nao grita!_disse se aproximando mas eu me afastei_

-Não!  Você não quer assumir nosso filho? É isso?_pedi olhando meu bebezinho_

-Dave..vamos tomar um banho gelado..vem_pegou minha mão_ 

-Ma..mas e o bebê?_pedi o olhando_

-Deixa ele na cama_disse e eu com receio coloquei o unicórnio na cama e o cerquei com travesseiros pra ele não cair_

Kurt ligou o chuveiro e me colocou lá de roupa e tudo

-Ta muito gelado_ falei me encolhendo_ 

-Dave fica quieto_disse parecendo nervoso_

-Por que ta falando assim comigo? _senti meus olhos lagrimejarem_

-Porque tu só faz merda_disse _

Senti meu coração doer..

-idiota!_falei e tentei sair mas ele me segurou_

-Para ok?_pediu _

-ME LARGA!_gritei me debatendo_

-Amor.. Olha pra mim.._disse e eu comecei a tremer_

-K..k..Kurt eu.._ começou a escorrer baba da minha boca e ele rapidamente desligou o chuveiro e me puxou pra fora_

-DAVE CALMA.. CALMA..OLHA PRA MIM..EU TO AQUI OK?_pediu segurando meu rosto_

Cerrei meus punhos..

-E..eu que..quero_comecei a gaguejar_

-Nao..você nao quer..ja passou..passou.. Ok?_ disse me abraçando_

-Eu .._ falei sentindo meu corpo amolecer e depois disso apaguei_

~~~~~~~~~~~

Acordei e eu estava abraçado com algo fofinho..

Olhei e era um unicórnio!  

Atirei aquilo longe e levantei assustado 

Que merda é essa?

Olhei pra aquele bichinho que me encarava com aqueles olhos grandes e me caguei de medo.. Parecia que ele queria sugar minha alma..

-KUUUURRTTT!_gritei com medo e sai correndo do quarto encontrando ele saindo do banheiro_ 

O abracei com força

-Amor oque houve?_pediu passando a mão nas minhas costas_ 

-a...aquele bicho..por que ele ta lá? _ pedi_ 

-Ah o nosso filho?_pediu rindo_

-Oque???_perguntei confuso_

-Esquece..mas eu te dei ele de presente_disse sorrindo_

-pois pode jogar fora..eu morro de medo daquilo_cruzei os braços_

Kurt gargalhou

-Uhum..to sabendo_disse rindo e desceu as escadas_

Desci atrás dele..

-Porque me deu um unicórnio?  _pedi_

-Porque são bonitinhos_disse comendo um pedaço de bolo_

-Eu não acho! Sao horríveis _ falei _

-Aii Dave que insensível! _fez uma careta_

-Ai Dave que insensível_ o imitei e Kurt revirou os olhos_

-Quero te levar em um lugar hoje_ disse me olhando_

-Onde?_pedi_ 

-Surpresa_ sorriu_

-Ah é sempre surpresa! _rolei os olhos_

-Cala a boca e vai se arrumar! _bateu na minha bunda_

~~~~~~~~~

Kurt estacionou um pouco longe pra fazer suspense e pegou na minha mão..só paramos quando estávamos em frente uma loja de música..

Sorri abertamente 

-Vamos.._sorriu e pegou minha mão_ 

      

               Pov Kurt..

O jeito que o Dave tinha ficado foi hilário e um pouco engraçado ao mesmo tempo..achando que o unicórnio era nosso filho..

Chapado ele é apaixonado por unicórnios e normal..ele odeia..

Vai entender..

O levei em uma loja de instrumentos musicais novamente pra o distrair..ja que eu sei que Dave gosta muito de música e também é uma forma dele se expressar..

Seus olhos brilharam quando entramos e rapidamente ele foi pra trás de uma bateria e começou a toca-la

Eu fiquei B O Q U I A B E R T O

Ele era muito bom!

-Dave..você toca muito_falei o olhando e ele riu_

-Eu so inventei qualquer coisa_disse_

-Mas ficou ótimo_ beijei sua bochecha e ele sorriu_ 

Depois que eu disse que sabia tocar guitarra ele me infernizou até eu mostrar pra ele e Dave ficou maravilhado_

Resumindo..nossa tarde foi baseada em música..

Quando estávamos saindo eu peguei sua mão e fomos atravesar a rua quando ouvimos 

-EI VIADINHOS.._ alguém gritou e Dave apertou minha mão _

-Ignora_sussurei e continuamos andando_

Mas acabamos trombando com 4 caras enormes 

-Olha só oque temos aqui..duas bichinhas_um deles disse e os outros riram_

Dave baixou um pouco a cabeça com medo..

-Deixem a gente passar_senti minha voz falhar_

-Oque? Não fica me desafiando viadinho..aqui quem diz as regras sou eu.._o mesmo de antes disse e me segurou pela gola da camisa_

-Não toca nele_nisso Dave se meteu na minha frente_

Eles riram

-Olha..um ratinho defendendo outro ratinho.._ disse outro e pegou Dave com força pelo braço_ 

Senti meu sangue ferver..quando ia fazer algo o outro me segurou 

Eles nos arrastaram pra um beco e meu coração tava acelerado..

-Contem ai..como é ser um a vadiazinha do outro?_ um deles sorriu malicioso e riu debochado_

Dave foi pra cima dele mas acabou tomando um soco na cara.. Nao da pra competir com eles.. 

vi seu nariz sangrando..

-Você é mais atrevidinho né?  Por que nao fica queitinho igual a sua vadia hein?_pediu e passou a mão no rosto de Dave_

Eu ainda tava sendo segurado por um deles..

Dave cuspiu na cara dele

Ah não! 

O cara o olhou muito puto e lhe deu um soco no estômago fazendo ele cair no chão

Começou a distribuir vários socos no corpo dele e chutes junto com mais um cara

-PAREM!_Gritei chorando_

Mas não adiantou nada..eles continuaram aquela covardia..

Eu ficava me debatendo mas acabei apanhando também 

Era 4 contra 2.. 

É..isso que o preconceito faz com as pessoas..

-Viados.._ disseram quando acabaram sua tortura e nos olharam com cara de nojo saindo_

Estavamos os dois no chão e acabados..

-Dave.._me rastejei até ele_

-T..ta tudo bem.._disse com a boca cheia de sangue e eu o abracei chorando_

Isso foi uma das piores coisas que eu passei..

Ele passou levemente a mao na minha bochecha e vi seu rosto roxo e acabado_

Até onde a covardia das pessoas é capaz de ir??..

Depois de quase meia hora deitados naquele chão sujo..eu e Dave levantamos com muita dificuldade se apoiando um no outro..e pra piorar o carro estava longe e tivemos que caminhar ate ele..

Dave estava totalmente sem condições de dirigir.. 

Assumi o volante e fui rápido pro hospital..

~~~~~~~~

Foram feitos alguns curativos em nós dois e quando eu falei em ir na policia Dave implorou pra não irmos.. Ele estava com medo que aqueles caras voltassem depois pra se vingar..

Ele tava muito machucado então preferi não discordar..

Quando chegamos em casa Jenni correu ate nos

-Meu Deus oque aconteceu ?_pediu nos olhando_

-Um bando de homofóbicos nos espancaram_falei sentando no sofá e Dave sentou no meu colo_

-Doeu mais por dentro ..ao saber que existem pessoas assim _Dave encostou sua cabeça na minha_

-Gente que horror..sabe oque importa é vocês serem felizes.. Essas pessoas são tão idiotas_ela disse indignada_

-São mesmo_baixei a cabeça e suspirei_ 

-Desculpa não poder te proteger_Dave ergueu meu rosto_

-Amor..nem tinha como.. Eles são uns covardes..mas.. Mesmo assim permanecemos juntos certo?_sorri levemente_

-Certo.._Dave roçou nossos narizes e sorriu_

-Aaaaaaawnnn que fofos!_Jenni disse e rimos_-vou tomar um banho amores..ja volto _mandou beijos no ar e   subiu correndo as escadas_

Ela é doidinha..

Quando íamos nos beijar nossas mães apareceram..

-Meninos podemo..meu Deus oque houve com vocês?_minha mae pediu  preocupada _

-Longa história..mas ja passou _suspirei e disse_

-Depois vamos conversar sobre isso..mas primeiro..queremos falar com vocês_ a mãe de Dave disse e nos assentimos_

Elas sentaram perto de nos parecendo tensas

-Bem..tem sim algo que precisam saber_disse minha mae_

Ouviamos com atenção 

Minha tia suspirou antes de começar..

-Bem..quando nós éramos jovens assim como vocês.. Eu comecei a namorar e depois sua mãe também Kurt.. Naquela época logo era normal o casamento..e nós nos casamos.. Só que..eu via que tinha algo de diferente com seu pai Dave..ele tava disfarçado.. E tudo mais..e sua tia tambem.. E eu acabei descobrindo que ele.. _vi seus olhos lagrimejados_- em uma noite bebeu demais.. E ..abusou da sua tia.. E .. Logo depois ela descobriu que tava grávida.. De você.. E um ano depois veio o Kurt.. E nossas condições principalmente a dela não eram boas.. Então.. Ela pediu se eu podia ficar e criar você como se eu fosse sua mae.. Claro que eu aceitei.. Você era um pequeno bebezinho.. E..ela ficou com Kurt que era seu filho com seu marido.._disse ofegante_

Eu tava gelado e  palido igual um papel..

Não pode ser..

Olhei pra Dave que tava com os olhos marejados  e estático 

 

-E...e..entao qu..quer..dizer que..e..eu e o Kurt somos.._começou mas não conseguiu completar _

Meu corpo inteiro tremia..

-Sim vocês são.._minha mãe disse com a voz embragada_

Senti tudo escurecer..

 

 


Notas Finais


Caralho que louco,que reviravolta ne???
Please digam oque acharam dessa loucura
Beijos e até o próximo amores❤❤😍


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...