História Sentimento Novo - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias Nirvana
Personagens Dave Grohl, Kurt Cobain
Tags Brigas, Ciumes, Dave, Depressão, Kurt, Mentiras, Nirvana, Romance, Sexo
Visualizações 33
Palavras 3.109
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Musical (Songfic), Poesias, Policial, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olaaa pessoas
Esse cap está bem legal na minha opinião
Espero que vocês gostem mesmo
Beijos e vamos lá ❤❤❤😍

Capítulo 31 - Pais Biológicos..


Fanfic / Fanfiction Sentimento Novo - Capítulo 31 - Pais Biológicos..

               2 semanas depois

Pov Kurt 

Com o assasinato do Lucas a paz voltou a reinar e o "suspeito" sumiu por uns tempos..não sei quando ele volta

Mas aquele maldito mereceu..pelo que ele fez com meu Dave

Ah..e falando em Dave ele tá ótimo, se aproximou mais de mim e sinto que nosso relacionamento está voltando a ser como antes..

E eu estou ajudando ele com as palavras.. E a falar também..

Eu amo cuidar dele..

-Ta quentinho? _ pedi olhando pra Dave que tava deitado em cima de mim no sofá com o nariz todo vermelho de frio_

-u..uhum _ disse baixinho e colocou o rosto no meu pescoço_

-Aiii Dave você ta gelado_ falei sentindo ele esfregar o nariz no meu pescoço_ 

Ele deu uma risadinha e afastou o rosto minimamente me olhando

Awn

Dave começou a me dar selinhos e eu acariciei sua nuca 

-V..vo.. Vou te passar gr..gripe_ disse me olhando_

Eu neguei e logo em seguida acabei espirrando 

É..talvez ele tenha passado..

-Amor.._ disse chamando minha atenção_ 

-Hmm?_ pedi arrumando sua touca na cabeça_

-M..me..faz ch..chocolate quente?_ pediu fazendo um biquinho_ 

-Ta querendo demais hein Dave.._ rolei os olhos_

-Nossa.._ fez uma carinha triste_

-Aaa ta eu faço_ apertei seu nariz e ele fez uma careta_

Levantei do sofá e já senti frio de novo, essa época tava terrível 

Fui pra cozinha e Dave logo apareceu atrás de mim enrolado em um cobertor

Quanto amor

Ou só interesse mesmo

Ele sentou em cima do balcão e ficou limpando o nariz de uma forma nada higienica

-Eca Dave nojento_ fiz uma careta_

-Oque?_ se fez de desentendido_

Lhe mostrei a língua e preparei logo duas xícaras de chocolate quente porque eu sabia que eu ia querer também e Dave não dividiria comigo.. 

-E..e ..eu to gripado ok?_ disse se enrolando melhor na coberta_

Sorri..eu to tão feliz que ele tava voltando a falar 

Acabei de prepara-los e lhe entreguei uma xícara 

-Obrigadinho_ deu um sorriso lindo e tocou a campainha_

Fomos pra sala juntos..

-Você ta maluco? _ pedi vendo a figura ruiva na minha frente_ 

-oi pra você também Cobain_ disse ironico e ja foi entrando _

Axl pegou a xicara da minha mão e começou a tomar meu chocolate

Que cara de pau..

-Axl!_ Dave sorriu e foi o abraçar_ 

Ahhhhhhh eu odeio quando eles se abraçam..

É tão forte..

-Você ta melhor? _ Axl fez um carinho no seu rosto_

Ah eu não ia ficar de idiota não 

-eeer.._ Dave se afastou um pouco e veio pro meu lado_- s..sim eu to.._ disse _

Eu abri meu melhor sorriso 

Axl torceu a boca

-Hmm..então.. Dave você sabe se precisar de mim.._ começou_

-Já estamos bem.._ falei enciumado_

Ele se preocupava muito com o Dave..

-Você e seu ciúmes Cobain_ ele disse debochado e tomou mais um gole_

Revirei os olhos

Dave pegou na minha mão 

-Relaxa_ disse baixinho e isso me acalmou_

-Já pode ir embora oque acha?_ pedi ironico_

-Na.._ começou mas seu celular tocou_-Alô?  Slash..hmmm ta bom.. To indo pra ai..ok..uhum..beijos_ disse mordendo os lábios_ 

Ruiva assanhada

-Tenho que ir_ disse correndo na frente do espelho e arrumando o cabelo_

Dave riu e coçou o nariz

-Tchau baby Dave_ Axl deu um abraço nele_

-Baby?_ franzi a testa_

-é que ele ta muito fofinho..to indo bye_ disse apressado e saiu_ 

-Ele.. é doido_  Dave falou pegando de novo sua xicara e me puxou pro sofá_ 

-Ele fica flertando com você_  revirei os olhos_ 

-Axl tem o..Slash e eu tenho você_  disse colocando a cabeça no meu ombro_ 

Que fofura

Afastei um pouco seu cabelo e dei beijos no seu pescoço 

Ele suspirou

Adoro causar esses efeitos nele

-Hmmm.._ mordeu o labio e colocou sua xícara em um canto e virou pra mim_

Comecei a descer minha mão e coloquei por dentro do seu moletom

Mas ele tava com umas 5 blusas e isso nao facilitava nada

-Porra Dave.._ falei tentando tocar sua pele mas as blusas atrapalhavam_

-Mas..eu to com frio.._ disse e espirrou bem na minha cara_

CORTA CLIMA!

Fiz uma careta e limpei meu rosto

-Nojento_ tirei ele do meu colo e dei play num filme_

Mas Dave ia se aproximando aos poucos até estar em cima de mim de novo

-S..sabe Oque eu queria?_ pediu_

-Hmm??_ falei olhando o filme_

-E..eu..nunca brinquei na neve.._ disse com uma carinha triste_ 

Ele quer isso mesmo que eu to pensando????

-Dave..você ta morrendo de gripe_ falei passando a mão no seu rosto_

-mas... Esquece_ disse e voltou os olhos pra TV_

O olhei e vi que no fundo ele tava triste..

-A..gente pode ir_ puxei sua mão e seus olhos brilharam_

-S..sério? _ sorriu igual criança_ 

Abri a porta e tinha um vento maldito mas foda-se

Puxei ele pra fora e tava cheio de neve..cobrindo toda a grama e até metade do tronco das árvores_ 

Dave ficou olhando admirado ao redor e eu aproveitei o momento pra fazer uma bola de neve e atirar nele

O mesmo cambaleou e me olhou incrédulo 

Ri 

Dave se abaixou pegando um monte de neve na mão e tacou na minha cara

A não..na cara não..

Corri atrás dele até o mesmo tropeçar e vi seu rosto vermelho de frio e também de tanto rir..

Ele é minha criança 

-O senhor acha que é legal tacar neve na cara dos outros?_ pedi lhe fazendo cócegas e Dave gargalhava_

-Acho.._ disse pegando mais um pouco e atirou na minha cabeça_

-então é guerra? _ pedi me levantando_

-sim.._ levantou também e empinou o nariz_

Começamos uma guerra de neve e nao sei como não tínhamos nos congelado ainda..

Peguei uma bola de neve e enfiei dentro das calças dele 

Dave se debateu todo pra tirar e eu morria de rir

-Poxa Kurt congelou minhas bolas.._ fez uma careta_ 

-Sério?  Foda -se_ ri e Dave me derrubou ficando por cima de mim_ 

-Eu te amo_ disse me olhando_

Eu tava achando tão romântico 

Nos dois na neve.. E ele se declarando pra mim..

Bem gay ..igual nós dois

-Eu também de amo_ sorri e colei meus lábios nós seus_

Apesar da temperatura estar baixa.. Esse beijo me aquecia por completo

~~~~~~~~~~~~~

-Viu..isso que da ser teimoso_ falei vendo Dave mais podre ainda de gripe_

Ele ia dizer algo mas espirrou de novo

-Eu só tava precisando de um banho quente.._ disse colocando uma calça de moletom_

Fui pro armario e peguei um cachecol, meias e uma touca

-Vem aqui sua criança_ o puxei fazendo ele sentar na cama_

-Oque ta fazendo? _ pediu curioso_

-Cuidando de você talvez_  falei lhe colocando as meias e depois a touca e o cachecol_

-Aaaawnnn_ me puxou com força fazendo eu cair em cima dele_

Dave seu louco_  falei rindo_

-Você é taoooo fofo_ passou as pernas ao redor da minha cintura_ 

-Meu melzinho.._ lhe fiz cafune_

-Melzinho? _ Dave pediu rindo_ 

-é porque você é muito doce_ falei bobo_

-Quando viramos tão melosos assim?_ pediu e eu deitei do seu lado_

-Sinceramente não sei _ falei pensando_

-Quando eu te conheci só pensava em te comer e agor.._ começou_

-Nossa valeu Dave_ o interrompi_

-Lembra daquela vez que eu te chamei pra assistir um filme na minha cama comigo?_ pediu mordendo minha orelha_

-Você só queria me pegar_ falei me fazendo de decepcionado _

-Quando eu te vi fiquei louco por você.._ disse e isso me fez sorrir_

-Eu confesso que.. Fui me apaixonando por você aos poucos,pelo seu jeito_  acariciei seu rosto_ 

Vi seus olhos lagrimejados

-A gente passou por tanta coisa.._ entrelaçou nossos dedos_ 

-E vamos passar.. A gente vai casar..quem diria_ ri baixinho_

-Eu o maior pegador.. Me casando_ se achou_

-Ultimamente você só pega gripe unicórnio_  passei a mão no seu cabelo_

Dave bocejou e colocou a cabeça no meu peito

-Me esquenta ok amor? _ disse fechando os olhos_

Mais preguiçoso não conheço

Passei o braço pela sua cintura e o trouxe pra mais perto

~~~~~~~~~~~~~~~~~

Pov Dave

Acordei e tava muito frio ainda, Kurt ainda dormia do meu lado e tava me abraçando 

Dei um beijinho na sua bochecha e levantei de vagar indo pro banheiro

Com esse frio é terrível ir no banheiro

Abaixei minha calça e fiz oque tinha que fazer 

Só quando olhei ao redor senti uma tontura e eu me sentia trancado..parece que as paredes estavam se fechando contra mim e cada vez o lugar ficava mais apertado

Comecei a suar e sai dali correndo e pulei na cama acordando Kurt 

-Amor que foi?_ pediu sentando_

-As paredes Kurt.._ senti lágrimas escorrerem_- eu..tava trancado_ o abracei com força_

-Calma Dave..só foi uma impressão.. Eu to aqui ok?_ beijou minha cabeça e ficou me acalmando_

-Desculpa_ coloquei o rosto na sua camisa_

-Shiiu..ta tudo bem agora..oque acha de ir preparar o café comigo?_ pediu me tranquilizando e eu assenti_

-Não quero mais ficar sozinho_  falei e Kurt assentiu e vestiu um casaco e eu fiz o mesmo colocando um moletom_

-Hoje eu tenho que ir buscar as meninas_  ele disse me olhando_

Elas tinham ido passar uns dias na cada da vó delas.. Insistiram tanto que nós deixamos

-To..m..morrendo de saudade daquelas pestinhas_ sorri_ 

-Elas são umas gracinhas_ Kurt disse de costas_ 

O abracei por trás 

-Bundudo_ falei e puxei seu quadril _

-Dave!_ disse por eu atrapalhar oque ele tava fazendo_

 Não lhe dei ouvidos e fiquei com algumas mãos bobas 

-Toma_ me entregou uma xícara e eu tomei um gole do café_ 

O meu ainda é melhor..mas é oque temos pra hoje..

Fiquei com as mãos na sua cintura mas eu vi que ele tava inquieto e se remexendo

-Kurt..oque foi ?_ pedi estranhando _

-É..que..e..eu..to..com..com.._ começou_

-Com?_ perguntei_

-Um pouco de coceira na ..bunda_ disse e ficou corado_

-Na bunda?? Deixa eu ver_ o virei de costas_ 

-Dave não! _ disse rápido mas já era tarde demais_

Abaixei sua calça e vi que realmente a situação tava feia

-Espero que você não tenha me passado isso_ coloquei a mão no meu membro por cima da calça e Kurt rolou os olhos_

-Idiota isso não passa_ falou_

-Será? _ pedi receoso_ 

-Dave relaxa você não vai perder seu pinto_ disse indo pra sala_

-Nós vamos ao medico_ falei_

-Pode esquecer_  disse e riu_ 

-Kurt Cobain..nós vamos_ falei o seguindo_

-você não me manda_ cantarolou_

Eu cruzei os braços e nos encaramos

-Não_  disse indo pro quarto_

-Sim.._ continuei o seguindo_

-Não.._ disse_

-Sim_ falei nervoso_ 

-Não_  disse bravo_ 

-Siiiimmmm.._ cantarolei irritantemente_ 

-AAAAAAHHHH TA BOM_ massageou as têmporas e eu sorri vitorioso_ 

Ele me ama..eu sei disso

~~~~~~~~~~~

Depois de muita discussão aqui estamos nós e o Kurt ta bicudo comigo

Foda-se

Quando o chamaram ele nem me esperou e foi na minha frente rebolando aquela bunda cheia de alergia 

Nervosinho..

Entrei por último e fechei a porta vendo ele sentado em uma cadeira de frente pra uma doutora 

Ainda bicudo 

Lindo..

Me encostei na parede

-Então..onde são os locais da alergia?_ pediu continuando uma conversa que eu não peguei desde o começo_

-Errr..bem..é..ah..hmm._ começou e eu rolei os olhos sabendo que o Kurt ia enrolar_

-É na bunda moça!_ falei de uma vez e ele me olhou com os olhos arregalados

-Dave!_ me repreendeu e vi seu rosto pegando fogo_

Oque? Eu nao disse a verdade?

Fiquei olhando ele conversar com a médica e ouvi ela dizer 

-Evitar relações sexuais por um tempo 

Ah não  ! Naooooo!

Droga

Quando acabou a consulta Kurt bateu a receita no meu peito e eu a peguei

Ue oque eu fiz???

Ele saiu marchando até a saída do hospital e nem me olhou

Puxei seu braço 

-Hey amor..que foi? _ pedi_ 

Ele trincou os dentes

-Você é um idiota Dave_ puxou os próprios cabelos e eu me segurei pra não rir_

-Só por que eu falei que suas alergias eram na bunda?_pedi tentando me aguentar mas acabei rindo_

-Aaarghhhh_ Kurt disse e foi pro carro_

Estressadinho..

No caminho passamos na farmácia comprar uma pomada que ele ia precisar e um antialergico mas a mocinha se recusou a descer então eu fui

-Toma seus remedinhos bichinha estressada_ o provoquei colocando os remédios no seu colo_

-Ridículo_ ficou olhando pra janela até chegarmos na casa da nossa mãe pra pegarmos as meninas_ 

Será que ele levou aquela brincadeira do hospital tão a sério?  Porque ta parecendo 

Quando fomos pra casa as meninas ficaram grudadas com nós por um tempo e contando como foi o final de semana 

E o Kurt tirou aquela cara de cu 

Menos mau

Como tava muito frio e nós temos uma lareira resolvemos fazer fogo, eu só precisava achar algo pra fazer e pronto..

-Eu vou la fora amor..não se preocupa_  falei_

-Mas ja ta escurecendo_ disse_

-Relaxa..começa a preparar o jantar.. Quando eu voltar eu te ajudo_falei colocando minha touca_

-Ok..nao demora_ me deu um selinho e eu fui pra fora sentindo o frio cortante_ 

Comecei a procurar qualquer coisa pra fazer fogo

Troncos de árvores, lenha..

Até que eu comecei a ter a sensação de ser observado

Olhei ao redor e sentia que tinha algo no meio daquelas árvores 

Engoli seco e balancei a cabeça

Até ouvir barulhos..parecia passos..

Comecei a caminhar devagar ali observando tudo até surgir do nada do meio das  árvores uma bolinha de pelos latindo e correndo até mim

Coloquei as lenhas no chão e peguei o pequeno cachorrinho no colo

Ele era lindo e tava tremendo de frio

-Aawn pequeninho..você não tem casa não é?  Agora vou cuidar de você! _ sorri e peguei as coisas em uma mão e o cachorro em outra_

Entrei em casa e senti um cheiro delicioso de comida

Fui com ele pra cozinha

-Oi amor.._ falei e Kurt se virou_ 

Amor eu ia te pedir mesmo se....oque é isso?_ pediu vendo o pequeninho que lambia minha mão _

-O novo integrante da família_  sorri e me aproximei _

-Onde você achou?_ Kurt pediu passando a  mão nele que  latiu de felicidade_ 

-Ele apareceu do nada..literalmente_  falei e Kurt o pegou no colo e o cachorro começou a lamber seu rosto_

-ja está pegando suas manias Dave_ colocou ele no chão que já foi num canto fazer xixi_

-Hey_ Kurt o reprendeu e o cachorro  ficou altos foda-se pra ele_

-Que nome podemos dar?_ pedi_ 

-Que tal Dave Júnior? _ disse ironico_ 

Engraçadinho 

-Não né.. Que tal..Stee?_ pedi_

-mas nem  sabemos se é macho ou fêmea_  disse_

-Que não seja por isso_peguei o cãozinho no chão e o virei de barriga pra cima_

-Credo Dave que bruto.._ Kurt disse_

-é um menino_ sorri_

-é macho Dave..cachorro não é pessoa_ disse_

Virou médico agora?

-Foda-se.. Que nome podemos dar?_ falei ansioso _

-Poderia  ser Axl_ sorriu forçado_

-O Axl é ruivo e ele é branquinho_ falei_

-Hmm..pode ser Stee.. Nao somos criativos pra um nome melhor_ fez uma cara pensativa_ 

Eu sorri e vi Stee se coçando

-Kurt ele ta pulguento igual você temos que dar um jeito_ falei e ele fez uma cara feia _

-Muito engraçado_  deu um peteleco na minha testa_

~~~~~~~~~~~~~~~~~

Nós jantamos todos juntos e as meninas  ficaram loucas pelo Stee que já se enturmou com todo mundo

Demos comida pra ele e amanhã eu ia comprar ração 

Mais tarde..nós levamos as pequenas pra cima que já estavam cansadas de tanto brincar com o Stee e não demoraram muito pra dormir

Eu desci e acendi a lareira pra esquentar a casa e Kurt apareceu com duas taças de vinho e me entregou uma sentando ali perto da lareira

Sentei de frente pra ele e beberiquei um pouco

Ele tava tão sexy..seus olhos tavam em um tom lindo  ali perto 

Me aproximei dele e passei a mão no seu rosto

-Cara..você é lindo.._ beijei seu pescoço_

-Ahh Dave.._ Kurt suspirou e eu  tomei mais um gole_

Esse vinho tava aquecendo muito..

Kurt desceu sua mão até minha coxa e tomou mais um gole em seguida lambendo os lábios _

Me aproximei de novo pra beija-lo mas nisso algo pulou no meu colo

Nós rimos

-Oi amiguinho_ fiz carinho nele que deitou no meu colo_ 

-Acho que você ta sendo disputado Dave_ Kurt riu e aproximou sua mão mas Stee latiu alto pra ele e mostrou seus dentinhos_

To achando que tem alguém bravo aqui

Kurt ergueu as  mãos em sinal de rendição e continuou tomando seu vinho até Stee saltar do meu colo e sair balançando o rabinho indo tomar água 

-Acha que temos um tempinho até ele voltar?_ Kurt se aproximou e sentou no meu colo_

Mordi os lábios 

-Temos_ ataquei sua boca e fui o deitando no tapete e fiquei por cima_

Ficamos só nos beijos mesmo..o Kurt não pode transar

-Um dia desses nós temos que encher a cara juntos_ disse me olhando_

-Definitivamente temos_ dei uma mordida no seu lábio_ 

-Me carrega pra cima? Já to tonto_ disse e eu ri_

Mas é um fraco mesmo

-Vem .._falei e ele estendeu os braços pra eu o levar no colo_

Subi e o atirei na cama  pegando cobertas

Kurt se ajeitou e eu apaguei a luz

Deitei o abraçando de conchinha e tava tão gostoso..

Até eu ouvir um pequeno rangido da porta e gelei

Eu sou medroso 

Engoli seco

-Kurt..ouviu isso?_ sussurrei pra ele_

-Hmm?_ ele resmungou  quase dormindo_

Antes que eu  falasse Stee pulou na cama me dando um  baita susto e eu suspirei aliviado

Nisso Kurt acordou e me olhou

-Ele..vai ficar aqui?_ pediu_ 

-Awn tadinho amorr..ele também é nosso bebê_ sorri e ergui as cobertas pra  entrar em baixo_ 

De primeira ele não parava quieto mas depois sossegou, acho que dormiu

-AAAAAAAAAAAI_ Kurt gritou me assustando_

-Oque foi amor?_ pedi preocupado_

-Ele mordeu minha bunda_  disse manhoso e eu gargalhei_

Eu ergui as cobertas  vi o cachorro lambendo a patinha todo disfarçado 

-Acho que você ta inventando história_  falei pra Kurt e semi cerrei os olhos_

Ele me  olhou incredulo

-Esse cachorro é assassino_  disse dramático_ 

 -Boa noite Cobain_  ri_

~~~~~~~~~~~~~~~~~

Quando acordei estranhei Kurt não estar do meu lado e Stee provavelmente tava com e lá em baixo..

Cocei os olhos e o vi na porta conversando com dois caras que  tinham vários papeis na mão 

Franzi a testa

-Vocês não podem fazer isso..eu sei o quanto o Dave  cuida bem dela e a ama.._ disse  e eu fui  até a porta_

-Oque ta havendo?_ pedi e percebi que eram os mesmos  caras do orfanato onde eu adotei a Violet_

Kurt suspirou e isso só me deixou mais tenso e preocupado

-Os pais biológicos da Violet apareceram e ..estão querendo a guarda dela.._ disse e  minha garganta secou_

 

 

 


Notas Finais


Gentee oque acharam?? Gostaram??
Quero sinceridade hein
O Dave é meio burrinho mas nós amamos ele😍😂
Gostaram do Stee?🐶😍 ele é uma graça
E o Axl sempre safado né..magina
E a sinceridade do Grohl é a melhor 😂
Ele faz o Kurt passar cada micão
Mas mesmo assim eles são uns amorzinhos né?
Bem foi isso espero que tenham gostado
Deem suas opiniões que são super importantes
Beijos e até o próximo capítulo!!..❤❤❤❤😍


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...