História SERÁ... AMOR? -Gruvia - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Gray Fullbuster, Juvia Lockser
Tags Gale, Gruvia, Jerza, Miraxus, Nalu
Visualizações 68
Palavras 3.896
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Bishounen, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oioi minna ^^
Era pra eu ter postado antes, bem antes, mas não deu kkk mas mesmo assim ta aí, espero que gostem apesar de ter ficado um cocô ;-; boa leitura ❤

Capítulo 9 - - Reencontros


Fanfic / Fanfiction SERÁ... AMOR? -Gruvia - Capítulo 9 - - Reencontros

No capítulo anterior...

"NÃO, NÃO, NÃO!"

Juvia não pode fazer isso! O quê deu nela pra ir embora assim? Como ela acha que vamos ficar? Porquê sua idiota?! Tenho que avisar os outros!

Erza off


Gray on

Estava na Guilda em uma mesa com Natsu, Lucy, Wendy, Cana e Levy. Não falei nada dez de que cheguei, apenas encarava o nada enquanto eles conversaram. Ainda me sinto tão nervoso depois do que aconteceu que acho que vou explodir! .Do nada as portas da Guilda se abrem fazendo o maior barulho, chamando a atenção de todos ali presentes... era Erza, e não estava com uma cara muito boa não

Erza: - Vejam isso! _Ela veio até a mesa e entregou um papel pra Lucy. A loira fitou o papel sem entender nada, e começou a ler o que parecia ser uma carta. Ela arregalou os olhos, que já estavam cheios de lágrimas

Lucy: - NÃO! isso é brincadeira não é? Me diz que é... porfavor! _chorava inconformada com o que acabara de ler. Todos olhavam com sinal de interrogação na cara. Natsu pega o papel da mão dela e começa a ler. Reparo que ele cerra um de seus punhos com uma expressão de raiva. O quê é isso? Não tô entendendo nada! 

Natsu: - Vamos atrás dela agora!

Gray: - Oe, me da isso! _curioso pego o papel da mão dele e começo a ler. Depois de ver o que era, meu corpo simplesmente travou. Era uma carta da Juvia dizendo que ia embora da Guilda... com certeza é por minha causa ela estar fazendo isso, Ótimo Gray! Você fez de novo! Eu não tenho jeito mesmo! sempre fazendo merda, na boa, vou me jogar no lixo, olha o que eu fiz... Eu sentia uma dor apertar no meu peito, mas era óbvio, afinal eu era o culpado! Estava sentindo essa "dor" por remorcio... ( ata, claro né Gray, claro que vc n está triste em saber que ela te deixou, é apenas remorcio né, aham sabemos)

Wendy: -Vocês estão me assustando! O quê ta acontecendo?!

Erza: - A juvia...  saiu da Guilda!

Todos da Guilda: - O QUÊ?!!!

Mestre Makarov: - Do está falando Erza?!

Erza: - Disso aqui mestre _pegou a carta de minha mão e o entregou

Mestre Makarov: - Nani? Porquê ela faria isso?!

Erza: - Não sabemos... _ela olha pra mim e vem em minha direção, segura na gola da minha blusa, me levantando  - Você tem alguma coisa a ver com isso, Gray?!

Gray: - N-não Erza! _eu sabia que tinha, mas não posso contar, o que eu menos gosto de ver é Erza chorando ou decepcionada, ainda por cima, decepcionada comigo...

Erza: - Tem certeza? 

Gray: - Sim... _ela me solta

Natsu: - Quem vem comigo atrás dela?!

Cana: - Mas ela diz aqui para não irmos... 

Natsu: - Foda-se! Ela é um membro da Fairy Tail! Não pode sair assim quando quiser!

Erza: - Mas... Mestre o quê devemos fazer?!

Mestre Makarov: - O que o Natsu disse é verdade, porém ela pediu que não fossemos atrás... agora vocês decidam se vão ou não

Natsu: - Nós vamos, claro!

Erza: - Não Natsu... não vamos

Natsu: - O quê? Vai deixar ela ir embora assim?

Erza: - Prefiro que ela vá do que ficar aqui sofrendo! Na carta ela diz que é para o bem dela, então quer dizer que ela não está bem aqui!

Wendy: - M-mas nem vamos atrás pra perguntar o que ouve, Erza-san?

Erza: - Não vai adiantar de nada... Sei que ela não vai falar, seja lá o que for que aconteceu

Natsu: - Não importa o que aconteceu, vamos trazer ela nem que seja a força!

Lucy: - Chega Natsu! A Erza tem razão! Vamos dar um tempo pra ela, talvez ela pense melhor e volte!

Natsu: - Ela pode estar correndo perigo!

Erza: - Natsu você sabe muito bem que ela não é fraca, vai saber se defender sozinha! E além do mais, ela saiu da Guilda então não sei se continua sendo uma de nós...

Natsu: - a partir da hora que ganha o emblema da Guilda.. é uma de nós pra sempre! Se esqueceu disso, Erza?!

Erza: - É verdade... _deu um sorriso de lado  - tinha me esquecido... Mas vamos deixar ela sozinha por enquanto, okay?

Natsu: - Ta! se ela sumir e não a acharmos depois, não chorem!

Lucy: - Natsu... Por favor, pare! _a loira abraçou ele por trás

Natsu: - Ta bem  _deu um suspiro e segurou as mãos da rosada que abraçavam seu corpo. 

 Eu estava lá parado, sem reação. Eu sou tão idiota, como fui falar aquelas coisas pra ela? Porquê eu tenho que sempre fazer isso? Ela que me irritou... mas mesmo assim, eu não devia ter sido tão grosso. Mas sair da Guilda só por causa disso é meio que idiota né, affff.

Gray off


Juvia on

Depois que escrevi a "carta" eu arrumei minha mala e fui para a estação. Peguei um metrô pra qualquer lugar, só queria estar longe de lá, queria sumir do mapa. Eu achei que Gray não pudesse me machucar mais do que havia me machucado, mas sim, ele conseguiu. Eu sou tão idiota em ter achado que ele tinha mudado, que me trataria melhor e me daria mais "valor", nem que se fosse só como amiga. Mereço isso pra aprender a parar de ser trouxa!

 "Quem disse que estou preocupado? Só não quero que me atrapalhe!"  

 "Agradeça pois se não tivesse feito isso estaria morta! Não que eu me importe com isso! "  

 "me importar com você? Não! Não me importo!" 

  " Você me irrita, só isso que faz! "   

 "só queria que se afastasse de mim!"

 ...Essas palavras... 

São apenas palavras, não é? Sim... mas não são apenas palavras quaisquer, são palavras que machucam de verdade... Eu estou com tanta raiva. Raiva dele. Raiva de mim. Raiva da minha vida. Raiva do meu coração por escolher amar uma pessoa tão fria.  Porque ele é assim comigo? Porque me trata assim? Eu não entendo! Eu realmente preciso esquecer ele! Ele não me faz bem, e por culpa dele vou ter que deixar meus amigos... Quer dizer, minha família! Eu não nem sei pra onde ir, estou completamente sem rumo.  Minha vida é uma merda! Não sei nem porque ainda continuo vivendo! O que vou fazer longe da minha família? O que vou ser sem a Guilda? O que vai ser de mim sozinha? Às vezes tenho vontade de morrer,  tipo agora...

Juvia off


Quebra de tempo

Uma semana se passa...


Autora on

Uma semana se passou dez de que a maga da água "saiu" da Fairy Tail. Ela apagou o emblema da Guilda em sua perna fazendo um machucado no local com a sua própria magia. Ela  fazia bicos trabalhando como maga independente, e com o dinheiro que ganhava ela alugava pousadas onde passava as noites. Estava a caminho  de uma pousada após fazer uma pequena missão que foi contratada, quando se esbarra em uma pessoa, mas nem percebe quem é por estar tão distraída

Juvia: - M-me desculpe

Lyon: - Juvia?! O quê faz aqui?!

Juvia: - L-Lyon-Sama!? Bem eu... Eu sai da Fairy Tail _ela abaixou a cabeça encarando o chão, dava pra notar sua expressão triste

Lyon- O quê?! Porque fez isso?!

Juvia: - Não quero falar sobre isso... 

Lyon: - Tudo bem... Aonde está passando as  noites?

Juvia: - Bom, eu alugo quartos em pousadas por onde passo

Lyon: - Porque não vem pra Lamia Scale?

Juvia: - Melhor não

Lyon: - Porque não?

Juvia: - Me sinto como se estivesse traindo a Fairy Tail

Lyon: - Pretende dormir em pousadas até quando?

Juvia: - Eu não sei

Lyon: - Venha comigo, lá não é animada que nem a Fairy Tail mas é bem legal também _o albino da um sorriso sincero

Juvia: - Mas Lyon-Sama...

Lyon: - Fique lá, até pelomenos você se resolver sobre o que quer fazer, Ok?

Juvia: - Ta bem _sorri pra ele

                                                  

Assim Juvia entrou para a Lamia Scale. Era uma boa Guilda, mas não era a Fairy Tail. Não tinha aquele "calor" que nem a Fairy Tail. As pessoas de lá são bem legais, mas não eram como as da Fairy Tail. Juvia não deixava de pensar nos seus amigos da sua antiga Guilda um dia sequer. Na Fairy Tail era a mesma coisa, não deixavam de pensar nela um dia sequer. Algumas vezes até tentavam procurá-la mas sempre perdiam as esperanças no meio do caminho, já que ela mesma escolheu fazer aquilo...

Autora off


Lucy on

É, faz uma semana que a Juvia partiu... Ainda não posso acreditar que ela tenha feito isso, mas eu tenho esperanças que ela volte! quero muito abraçá-la, estou com saudades das nossas conversas, das suas loucuras, das nossas aventuras nas missões, de ficar a noite inteira no grupo das meninas falando dos boys mais bonitos, de rir com ela, de estar com ela... Eu ainda não entendo... qual foi o motivo? O que ela quis dizer com "para meu bem"? Eu até tentava ligar pra ela, mas ela bloqueou o próprio número para que não fizessemos isso. Eu espero que ela esteja bem e que volte logo pra casa...

Lucy off


Quebra de tempo


Três meses se passaram...


Juvia on

Já se fez três meses e uma semana que sai da Fairy Tail. Não me sinto sozinha nem muito triste porque Lyon sempre está comigo, e eu me tornei bastante amiga da Sherry. Eu, Lyon, Sherria e Sherry formamos uma equipe. Eles são muito legais comigo. Fomos a várias aventuras, me sinto feliz com eles, embora eu esteja com muita saudade de todos e queira voltar para a Fairy Tail onde é o meu lugar, minha casa...  Hoje nós temos uma missão muito importante para fazer a pedido do do conselho mágico. Disseram que vão enviar outros magos juntos conosco para ajudar. Se o Jura estivesse aqui acho que não precisaria, ele é muito forte, afinal ele é um dos 10 magos santos!


Quebra de tempo


Chegamos na cidade de "Era" onde está localizada a sede do conselho mágico. A sede fica no centro da cidade em uma montanha rochosa. Quando entramos lá nos levam até a sala do atual presidente, Draculos Hyberion, conhecido por ser um dos 10 magos santos onde ele fica em segundo lugar em termos de poder mágico, sendo considerado um dos "Quatro Deuses de Ishgar". Entrando na sala os tals magos já estavam lá esperando, mas nada do Draculos. Meu corpo congela por inteiro quando vejo quem são os magos

Lucy: - J-juvia?!!! e Lyon? Sherria? Sherry? Por que vocês...?

Wendy: - Juvia-san! Sherria-san!

Sherria: - Wendy! _as duas baixinhas se abraçam

Juvia: - Oi... pessoal _digo com a cabeça baixa. É difícil olhá-los sem querer abraçar e dizer o quanto sinto a falta deles, e de todo mundo. E ainda tem o Gray, mais difícil ainda olhar pra ele e não ficar triste

Lyon: - Oi né! nós viemos para a missão...

Natsu: - Juvia, você está com eles?

Juvia: - Sim... _falo ainda de cabeça baixa

Lucy: - P-porque? Porque saiu da Guilda? Em? Porque foi embora assim?_ela já estava chorando. Fala sério ela só chora

Wendy: - É Juvia-san, sentimos saudades!

Erza: - Você nos deve uma explicação, não acha?

Juvia: - Eu também senti saudades e... Eu tive meus motivos

Natsu: - E que motivos são esses que teve pra nos deixar? Não somos sua família?

Juvia: - Eu... Eu precisava pensar em algumas, coisas...

Erza: - Ta, depois você conta direito sobre isso, mas... Porque está com eles?

Lyon: - A Ju entrou pra Lamia Scale _diz ele com um sorriso vitorioso e olhando para Gray, ele fica quieto e até agora não demonstrou nenhuma reação ao me ver

Natsu: - Sério isso, Juvia? 

Juvia: - Sim

Natsu: - Mas, você é da Fairy Tail!

Juvia: - Acho que não mais... _puxo a abertura da minha saia deixando totalmente à mostra o machucado

Cherle: - O-o emblema da Guilda!

Lucy: - O-o quê isso significa Juvia?

Erza: - Você fez esse machucado para tampar o emblema da Guilda, certo?

Juvia: - Sim...

Natsu: - Como pôde?! _eu abaixo a cabeça novamente. Devo imaginar como Natsu deve estar decepcionado e triste comigo, não só ele, mas todos os outros, é claro que menos o Gray que está pouco se fudendo pra mim...

Erza: - Você ao menos podia ter feito contato avisando que estava bem!

Juvia: - M-me desculpem _Lucy vem em minha direção e me abraça tão forte que nos fez cair no chão - Calma Lucy, desse jeito vai me matar sufocada _dou uma risada. Lucy se levanta e me olha com uma cara séria

Lucy: - Quero que me diga agora, o que deu em você?!

Juvia: - Depois conversamos sobre isso...

Erza: - Você é uma idiota!

Juvia: - Eu sei

Erza: - Caramba _suspira - Não faça mais isso! _ela me abraça. O barulho de porta abrindo se faz, era o Draculos

Draculos: - Olá, me desculpem a demora _ele se senta em sua mesa

Erza: - Tudo bem

Draculos: - Vocês são os magos que vão a missão que pedimos, certo?

Erza: - Sim

Draculos: - Posso ir direto ao ponto da missão?

Todos: - Hai!... _ele começa a nos explicar. Basicamente teríamos que enfrentar um "grupo" que tem como objetivo "roubar toda a magia" com uma espécie de "torre" localizada em uma ilha um pouco distante, bem distante na verdade,  das fronteiras de Caelum. O tal grupo é formado por dez magos, sendo metade, magos classificados como Classe-S. Depois que saímos da sala nos levaram até o navio que iria nos levar até a ilha.


Quebra de tempo


Já estavamos dentro do navio. Estava anoitecendo, provavelmente vamos chegar na ilha pela manhã. O caminho todo do conselho até aqui foi meio que quieto demais, apenas minha "nova equipe" conversava e os outros às vezes falavam algo. Eu também estava quieta e por incrível que pareça até agora não olhei nem uma vez sequer na cara do Gray. Estava sentada na ponta do barco olhando o mar

Lucy: - Ei, juvia

Juvia: - Oi lucy _dou um sorriso e ela retribui

Lucy: - Queria conversar com você...

Juvia: - Pode falar _ela senta ao meu lado

Lucy: - Sabe... Queria perguntar de novo,  porque, fez isso?

Juvia: - Eu não sei se devo contar...

Lucy: - Não confia em mim?

Juvia: - Claro que confio... Promete não fazer nada, ou contar pra Erza?

Lucy: - Prometo! _respiro fundo

Juvia: - Sabe, é que o Gray acabou falando umas coisas que me magoaram muito, essa não é a primeira vez, eu sempre estou chorando por causa dele e você sabe disso, eu realmente cansei de sofrer e decidi dar um tempo pra poder colocar meus sentimentos em ordem... me entende?

Lucy: - Não liga pro Gray ele é um idiota! e eu sei muito bem o quanto ele te fez sofrer... É claro que eu te entendo Ju, imaginei que tivesse sido isso mesmo, foi por isso que colocou na carta que era pro seu bem, né?

Juvia: - Sim...

Lucy: - Posso te perguntar outra coisa?

Juvia: - O quê?

Lucy: - Vai voltar pra Guilda?

Juvia: - Eu não sei...

Lucy: - Entendo... _ abaixou a cabeça com um olhar triste

Juvia: - Está chateada comigo?

Lucy: - Não com você, e sim pelo fato de você não voltar pra Guilda...

Juvia: - Eu disse que eu não sei... Talvez eu volte _sorri pra ela

Lucy: - Pensa com carinho! _ela sorriu pra mim  - até depois! _saiu

Juvia: - Até! _Eu também decidi sair dali e fui para dentro. Estávamos em uma sala Eu, Erza, Natsu, Lyon e Lucy jogando cartas. Gray estava sentado em uma poltrona olhando pela janela com aquela cara séria de sempre, e os outros estavam lá sentados sem fazer nada. O capitão vem até nós, seu nome é Lahar, ele trabalha no conselho e além de dirigir o navio ele vai nos dar apoio na missão já que também é mago.

Lahar: - Então pessoal, temos quatro quartos, vocês vão ter que se dividir 

Erza: - Tudo bem

Lahar: - Se precisarem de algo é só me procurar

Erza: - Pode deixar, obrigada _ele da um sorriso e sai

Natsu: - Eu e a Luce vamos dormir juntos, é claro _ela ri pra ele meio tímida

Erza: - Ta, eu  vou separar os outros  quartos agora, Happy e Charle podem dormir aqui no sofá

Happy: - Estando com a "Charuru" o lugar não importa!

Charle: - Francamente _ela ri

Lucy: - Você, a Ju e a Sherry podem dormir em um!

Wendy: - E eu com a Cherria!

Sherria: - Sim!

Lyon: - E eu dormir com o Gray? Nem pensar!

Gray: - Digo o mesmo

Charle: - Fala sério, parecem crianças

Erza: - Okay, então vai ser Eu, Juvia e Wendy, Gray com a Sherria e Lyon com a Sherry

Sherria: - Ahhh por favor Erza-san quero ir junto com a Wendy _fez biquinho

Erza: - Então a Juvia troca com você _ela já estava impaciente, e também morrendo de sono

Sherria: - Obrigado Erza-san! 

Juvia: - O-o quê?!

Erza: - Vai ser assim e pronto acabou, tô cansada e quero dormir!

Juvia: - M-mas

Erza: - Mas nada! Vai vai, todo mundo pro quarto! 

Lucy: - Mas Erza... _Olhou pra mim, lógico que ela entendeu que eu não queria e nem podia ficar perto do Gray.

Erza: - Vamos dormir logo pelo amor de Deus _ela foi andando para um dos quartos e entrou, acho que ela não percebeu que colocou EU e o GRAY no mesmo quarto! ai que raivaaaa! que vontade de matar ela! na boa, eu vou ficar louca assim! quanto mais tento afastar dele mais perto eu fico, é inacreditável!  Eu  estava lá afundada em meus pensamentos de fúria e quando me dou conta já foram todos pros seus quartos, só tinha eu e Gray, além dos exceeds que já até dormiam. Eu finalmente olho para o Gray mas ele vira a cara, fala sério, eu é que devia virar a cara pra ele, que idiota, provavelmente deve estar esperando eu ir pro quarto, ai eu não acredito que vou ter que dormir com esse ser, não acredito! quero morrer!. Me viro e vou em direção ao quarto, e ele continua lá parado. Quando abro a porta do quarto tenho uma surpresa: SÓ TEM UMA CAMA DE CASAL aaaah! agora eu morro mesmo! não, não, não, prefiro dormir no chão! parece macumba, tudo só piora! grrrr, Okay Juvia, relaxa, é apenas uma noite, só fingir que ele não existe. Depois de me acalmar internamente eu pego minha camisola dentro da minha mala e vou tomar banho pra me acalmar externamente.

Juvia off


Gray on

Eu não sei o que devo fazer, se peço desculpas ou se fico quieto, não é culpa minha eu ter dito aquelas coisas, ela que me irritou! E eu também não estou nem aí, ah não pode falar nada que ela já fica magoadinha, isso é puro drama dela, e pra piorar as coias ainda vamos dormir no mesmo quarto, só falta ela me irritar denovo e eu falar mais merda, capaz dela tentar se matar ainda. Ela já foi para o quarto enquanto eu ficava aqui pensando nessas coisas. Quer saber? não vou falar nada, não vou pedir desculpas! e se ela falar alguma coisa que me deixe irritado eu apenas ignoro. Entrei no quarto e vi que só tinha uma cama, além de dormir no mesmo quarto vamos ter que dormir na mesma cama? Fala sério, ta de brincadeira. Ela deve ter ficado puta com isso, tô rindo internamente só de imaginar a cara dela. Eu é que não vou dormir no chão, se ela não quiser nem ficar perto de mim ela que durma!. Notei que ela não estava no quarto, deve estar tomando banho. Fiquei sentado na cama esperando ela sair pra eu entrar. A porta do banheiro se abre e ela sai de lá com uma camisola azul claro meio transparente, que devo dizer, achei bem sexy... Okay não é hora de pensar nisso e nem com ela Gray. Entro no banheiro. Depois do banho percebo que está chovendo, ótimo, agora vai ficar frio, não que eu me importe porque frio não me incomoda, mas a Juvia vai sentir frio só com essa camisola dela, mas quem manda vir despreparada? Agora vai passar frio. Ela estava deitada na cama ainda acordada, e eu lá parado

Juvia: - Da pra apagar a luz caramba? 

Gray: - Espera! _ Ela bufa e eu reviro os olhos. Guardei minhas roupas dentro da mala. Estava indo apagar a luz

Juvia: - Coloque uma camisa antes

Gray: - Eu durmo assim 

Juvia: - Mas hoje você vai dormir com camisa

Gray: - Algum problema eu dormir sem camisa? Ta com medo de não se controlar?  _provoco

Juvia: - Ah nada a ver seu idiota! _revira os olhos

Gray: - Então qual o problema?

Juvia: - Nenhum! Pode dormir com, sem, faz o que você quiser! 

Gray: - Só cuidado pra não babar _provoco novamente. Pra falar a verdade adoro irritar ela

Juvia: - Se acha demais você né, como se fosse O irresistível!

Gray: - Mas eu sou! _dou um sorriso de lado 

Juvia: - Ata! _ela da uma gargalhada - só que não! Agora apaga essa bosta de luz logo!

Gray: - O que foi? Não quer mais ver meu abdômen sarado? Não ta aguentando mais resistir é? _ faço uma cara sarcástica. Acabo de descobrir que irritar ela é meu novo hobby, sério, é muito legal irritar ela

Juvia: - Já chega né Fullbuster! _ Me chamando pelo sobrenome? Ela realmente está irritada comigo. Juvia se levantou e foi apagar a luz. Na mesma hora que ela foi se deitar novamente na cama eu também fui, e sem querer, nos deitamos virados pro mesmo lado, mas ela se virou rapidamente de costas pra mim. No quarto tem apenas uma grande janela sem cortina e ela é bem em cima da cama, estava clareando bem o quarto, dava pra ver claramente os olhos azuis dela. Eu já falei que azul é minha cor preferida? acho os olhos dela lindos! não só os olhos... Me viro pra frente e fico encarando o teto. Depois de algum tempo ela já havia dormido e eu estava lá, acordado pensando na vida. A chuva só aumentava deixando cada vez mais frio. Escuto alguns gemidinhos dela. Como eu disse, ela deve estar passando frio com aquela camisola, e pra piorar a situação não tem cobertores aqui. Olho pra ela e a vejo toda encolhida e tremendo, francamente... ela não podia ter trazido outra roupa pra dormir não? Não que eu queira fazer isso mas não vou conseguir dormir se ela ficar murmurando de frio do meu lado... Puxei ela pela cintura pra mais perto de mim na intenção de aquece-la com o calor do meu corpo, ainda dormindo ela se virou e deitou a cabeça em meu peitoral, me abraçou se aconchegando mais perto ainda, dizendo inconscientemente "tão quentinho". Meu braço esquerdo ficou atrás de seu pescoço pousado em suas costas. Fala sério porque que eu tô fazendo isso? amanhã cedo ela vai querer me matar! Ah, eu invento que foi ela que me abraçou! Vi que ela ainda sentia frio e não que eu me importe (ta Gray, já sabemos que você não se importa...)  Fiquei com dó de não poder "esquentar" mais ela, não sou o mais apropriado pra oferecer esse negócio de "calor corporal" ta que minha magia e meu corpo não tem nada ver, eu é que estou inventando uma desculpa pra não fazer algo, tipo abraçar ela... mas se eu fizer isso adeus desculpa! óbvio que ela não vai acreditar em mim depois. Então com o braço direito fiquei acariciando seu cabelo, mas, só porque eu admito que falei algumas coisas não muito legais... Ela sorriu e apertou ainda  mais seu corpo contra o meu dizendo "Gray-Sama", que saudade de ouvir ela me chamar assim... acabei deixando um sorrisinho escapar porque a carinha que ela fazia era fofinha demais...  


Notas Finais


🙂

Desgurpa c tiver algum erro sabe kkkk se quiserem comentem idéia, suas opiniões, críticas são muito bem vindas também! Até o próximo ^^❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...