História Sete Pecados Capitais - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V, Yugyeom
Tags Boyband, Bts, Colegial, Fluffly, Namjin, Rock, Vhope, Vmin, Yaoi, Yoonkook
Visualizações 50
Palavras 3.396
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Famí­lia, Festa, Fluffy, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ai to com medo do que vocês vao achar desse cap KKKKK
nao me odeiem.

Capítulo 5 - É dia de treinar!


Fanfic / Fanfiction Sete Pecados Capitais - Capítulo 5 - É dia de treinar!

 

Abro meus olhos com o barulho do despertador invadindo meus ouvidos. Desligo a desgraça e corro pro banheiro pra tomar banho. Depois do banho pego meu celular, 6:45, atrasado.

Escovo os dentes, passo meu melhor perfume, ajeito meu cabelo da melhor forma possível e pego a mochila. Desço as escadas correndo, pego uma maçã e vou em direção a porta.

--Jungkook! Já disse pra não descer as escadas correndo!-- Minha mãe grita da cozinha, como sempre.

--Jungkook, ouça sua mãe.-- Meu pai fala enquanto lê o jornal, claramente sem interesse nenhum no que minha mãe falava.

Reviro os olhos e abro a porta dando de cara com Yugyeom.

--O quê? Que você tava fazendo aqui fora?-- Olho pra ele confuso.

--Eu fui ver o correio.-- Yugyeom passa por mim dando de ombros.

O que esse garoto quer com o correio, afinal?

--Não esquece de buscar seu irmão na volta da escola, Jungkook!-- Minha mãe grita de novo. --Você só vai comer isso? Jungkook você jantou ontem?-- Ela me olha desconfiada.

--Tá, tá! Eu já to indo, tchau. Prometo comer no colégio!

Saio correndo antes que me atrase mais. Pego o celular, 6:55, super atrasado!

No caminho, adivinhem quem eu encontro? Jimin, esse aí consegue ser mais atrasado que eu.

--Jimin!-- Grito pelo seu nome, ele estava um pouco mais a frente.

--Oh... Kookie.-- Ele acena.

Chego perto dele e a partir daí caminhamos juntos até o colégio. O silêncio estava um pouco constrangedor, pela primeira vez não fiquei a vontade ao lado dele, não gosto muito disso, preciso fazer alguma coisa!

--É... Jimin, sobre ontem, eu- 

--Heeey!-- Taehyung me interrompe surgindo do nada e abraçando Jimin de lado, deixando um beijinho em sua bochecha. --Como você está, Jimin?

--Oi, Taetae!-- Então Jimin sorriu, desde quando eles são tão apegados mesmo? --Eu estou bem. 

--Que bom.-- Taehyung sorri de volta e depois olha pra mim tirando o sorriso da cara na hora. --E você?

--Ah, eu? Bem, eu estou aqui existindo.-- Falo enquanto atravessamos o portão da escola, fechando logo atrás da gente.

--Ah, não sei se é tão bom assim.-- Taehyung fala um pouco baixo e Jimin solta uma gargalhada. É... esses dois... grr.

Saio de perto deles e vou até Namjoon que estava encostado na parede conversando com alguns garotos mais velhos que eu.

--E aí...-- Cumprimento Namjoon e aceno para seus amigos. Naquela rodinha tinham Jaebum, Mark e Jackson, esse último é bem amigo do Namjoon, talvez um dos melhores, Jin tem até um pouco de ciúme dele.

--Ei, garoto, eu vi sua foto com a guitarra na mão, já tá treinando pra fazer sucesso?-- Namjoon fala se referindo a foto que eu tirei na loja de roupa, eu tinha postado na noite passada.

--Ah, aquela foto...-- Solto um riso nasal. 

--Eu vi também, você fica bem de terno.-- Jackson sorri pra mim.

--Valeu...-- Falo um pouco tímido, não sou muito bom em falar com as pessoas assim, muito menos receber elogios.

--Preciso falar com você antes de ir pra sala.-- Namjoon me puxa acenando para os outros que vão embora.

--O que foi?-- Pergunto um pouco receoso.

--É... garoto, o Jin me contou, você sabe né?-- Ele fala se referindo ao que eu fiz com Yoongi. Aish, mas o Jin não consegue ficar de boca fechada?

Reviro os olhos.

--Eu só beijei ele, o que tem de mais??

--Na escola, com risco de alguém ver, com o aluno novo e pelo que eu fiquei sabendo não foram só beijinhos, você deu um amasso nele no meio do corredor.-- Fala levantando uma sobrancelha.

--Eu perdi o controle, Namjoon... tem ideia de como aquele garoto me deixa louco? Minha respiração falha toda vez que penso naquele beijo...-- Falo olhando para baixo tentando não lembrar de novo, mas é inevitável.

--Eu entendo isso, com o Jin é o mesmo pra mim.-- Ele fala e eu faço uma expressão de nojo. --Você pode não ver nada nele mas ele me deixa louco também...-- Desvia o olhar de mim por alguns instantes. --Enfim, não faça isso de novo, você assustou o garoto. Pelo menos na escola não.

--Então se for fora da escola não tem problema, não é?-- Pergunto sorrindo.

Namjoon apenas ri e bagunça meu cabelo.

O sinal toca e a gente vai para nossas salas.

 

 

 

--//--

 

 

 

No intervalo eu me lembro de ir ver o Yoongi na sala de música, ainda bem.

Quando chego lá, Yoongi está tocando o piano, consigo reconhecer a música, Fragments do Jaymes Young. Sento ao seu lado no banquinho fazendo-o levar um pequeno susto e parar de tocar, acho que não tinha percebido minha chegada.

--Por que tão triste?-- Pergunto me referindo a música.

--E por que não seria triste? O piano tem a magia de deixar qualquer música lenta e agradavelmente triste.-- Então ele sorri, e mais uma vez isso acaba comigo.

--Duvido você deixar Shape Of You triste.-- Lanço o desafio e ele revira os olhos pra mim depois sorrindo.

--Você acaba de me desafiar, Jeon Jungkook?

Balanço a cabeça positivamente. Então ele começa a tocar e, céus, ele estava certo! Como uma música dessas pode ficar lenta e triste? Senti vontade de chorar... músicas lentas me fazem refletir e lembrar de coisas tristes. 

Quando ele termina de tocar meus olhos estavam marejados, então ele me olha convencido.

--Tá, você venceu!-- Falei passando o dedo nos olhos para secar o restinho de lágrima que tinha ali.

--Não acredito que você está chorando.-- Yoongi ri.

--Eu não estou chorando!!-- Falo mas ele continua a rir.

--Relaxa, isso é fofo.-- Yoongi desvia o olhar.

Olho para ele e dou um sorriso, por que é tão bom ficar do lado dele...?

Dou um empurrão de leve nele.

--Você que é fofo...

Yoongi cora, me deixando com uma vontade enorme de apertá-lo mas tento me controlar, mesmo sendo quase impossível.

--Jungkook, eu- Yoongi se vira para falar algo mas eu o interrompo lhe beijando. Foi mais forte do que eu!

Ele tenta me afastar de início colocando as mãos no meu peito mas eu as seguro fazendo ele amolecer. Vou chegando mais perto e aprofundando mais o beijo até que ele envolve os braços no meu pescoço, então eu puxo ele pela cintura até ele subir no meu colo, encosto as costas nas teclas do piano fazendo um pouco de barulho, causando alguns risinhos entre o beijo de ambas as partes. 

Ah... Yoongi era tão bom de beijar, me deixava com vontade de mais, sempre! 

Aperto sua cintura fazendo-o gemer baixinho, desço as mãos para suas coxas, e apesar de não serem tão grossas quanto as minhas eram tão boas de apertar, e parece que ele gostava que eu apertasse já que começou a rebolar levemente em cima de mim. Ah, Yoongi... não faz isso... eu prometi não perder o controle, o que estou fazendo??? Não consigo parar, não da!! Merda!! 

Separamos o beijo para pegar um pouco de ar, mas Yoongi começou a beijar meu pescoço, o que não estava facilitando para não perder o controle outra vez.

--Yoongi...-- O chamo quase como um gemido.

Ele apenas murmura algo sem nexo enquanto continuava com sua atenção no meu pescoço. No primeiro chupão que ele me deu, eu não aguentei, perdi o controle de novo!

Levanto do banquinho com Yoongi no meu colo passando as pernas pela minha cintura, encosto na primeira parede que vejo, imprensando Yoongi nela.

O que estou fazendo??

Aperto sua cintura e volto a apertar suas coxas, ele geme outra vez. 

Preciso parar!

Ele começa a subir suas mãos pra minha nuca puxando alguns fios dali, me fazendo gemer também. Aquele lugar estava fervendo como um inferno! Já não tinha mais espaço dentro das minhas calças, e acredito que nas dele também não. Ele roçava seu membro semi desperto em mim fazendo um atrito de revirar os olhos.

Tudo estava indo tão bem, mas tão bem! Até o diretor aparecer na porta e pegar a gente.

Acabamos indo parar na secretaria, levamos uma bronca e uma suspensão pra cada um. E o diretor ainda disse "se querem tanto se pegar, façam isso fora daqui!" Aish... tudo por minha culpa. Espera, claro que não! A culpa é do Yoongi, ninguém mandou ele ser tão beijável assim, me faz perder o controle...

O diretor deixou a gente assistir a última aula, mas amanhã não poderemos vir, aish... ainda bem que meus pais não estão em casa, eles não precisam saber que fui suspenso por ficar com um garoto na sala de música na hora do intervalo, ao invés de brigarem comigo iriam me zuar pro resto da minha vida, o que é bem pior.

Assisti a última aula e na hora da saída precisava ver Yoongi mais uma vez. Vi ele saindo da sala  ao lado do Jin que comia uma barra de chocolate inteira sozinho. Meu Deus... 

Yoongi tinha apenas um pirulito em sua boca.

Me aproximei dos dois e Jin já revirou os olhos ao me ver.

--O que você quer, Jungkook??-- A máquina de comer já foi falando.

--Nada com você, na verdade.-- Me viro para Yoongi ficando no meio dos dois, de costas para Jin.

--Pois fique sabendo que eu não vou mais deixar você sozinho com essa coisinha inocente aí! Primeiro no corredor, agora na sala de música! Onde já se viu!!-- Fala dando uma mordida em seu chocolate, esbravejando como um tagarela. E até parece que Yoongi é tão inocente assim...

--Você conta tudo pra ele?-- Perguntei ao garoto a minha frente.

--Ele perguntou por que eu tinha ganhado uma suspensão...-- Fala arrastado desviando o olhar de mim.

--Você sabe que ele não gosta muito de mim, né?-- Falo perto de seu ouvido e Yoongi apenas balança a cabeça pra cima e pra baixo lentamente. --Então tá, eu só queria te ver antes de ir embora.-- Dou o meu melhor sorriso fazendo-o corar. --Ah, por que tão fofo?-- Tiro o pirulito de sua boca e lhe dou um selinho, depois coloco o pirulito na minha boca. --Até mais, Yoongi. Ah, e desculpe pela suspensão, mas acho que você também gostou do motivo dela, né... então ta de boa.-- Sorrio e saio em direção ao portão da escola.

Quando estou saindo Taehyung e Jimin vem atrás de mim. Taehyung faz uma cara de espantado e rapidamente sobe a gola do meu casaco sem que Jimin visse, de início eu não tinha entendido mas aí eu lembrei que o Yoongi tinha me dado um chupão mais cedo, deve ter ficado vermelho. Taehyung esperto...

--Jungkook, você sumiu o intervalo todo, tava fazendo o quê?-- Jimin pergunta inocentemente.

--Ah.. bem, eu...-- Coço a cabeça. --Eu fui na sala de música um pouco, sabe...

--Ah, podia ter chamado a gente, gosto de te ver tocar violão.-- Jimin sorri fofamente.

--Foi muito melhor você ficar comigo, Jiminnie...-- Taehyung me olha com um pouco de desprezo e depois sorri sem mostrar os dentes para Jimin.

Eu só reviro os olhos. Não entendo porquê o Tae tá com tanta raiva de mim, aish...

--Foi bom ficar com você no intervalo, Taetae. Mas acontece que eu gosto de ficar com os dois.-- Jimin lhe responde.

Taehyung vira o rosto, estava morrendo de ciúmes, era nítido. E como eu não sou nem um pouco santo, decido brincar um pouco.

Seguro a mão de Jimin e o puxo para um canteiro de flores que tinha de uma casa que estávamos passando. Aproximo ele de mim e pego a flor mais bonita que tinha ali, entregando para Jimin logo em seguida.

--Essa flor é muito bonita e cheirosa, igual você.-- Lanço um sorriso para o baixinho e vejo Taehyung ficar enfurecido com aquilo. Jimin ruborizou nas bochechas e, confesso, aquilo foi extremamente fofo. Me deixou com o coração levemente acelerado.

--O-obrigado...-- Jimin não conseguia me olhar, era engraçado.

--Eu acho que vou pra casa...-- Taehyung fala mas Jimin não escuta, ele estava prestando atenção na flor. Eu sei que não foi por querer que Jimin o ignorou mas Taehyung ficou bem chateado e foi embora bufando.

--Jimin, meus pais estão viajando, quer ensaiar um pouco na minha casa?-- Pergunto, e assim que termino a frase, me lembro de uma coisa. Meus pais viajaram... YUGYEOM!!

Pego Jimin pelo pulso e saio correndo o arrastando comigo. Ele levou um susto e não estava entendendo nada, eu não tinha tempo de explicar agora, precisava buscar meu irmão na escola!!

 

 

 

--//--

 

 

 

Quando chego no colégio do meu irmão, eu e Jimin estávamos ofegantes de tanto correr, Yugyeom estava sentado na calçada esperando, estava com uma cara bem irritada. Aish, como fui esquecer... essa peste grr.

--Vamos...-- Falo vendo Yugyeom se levantar com raiva.

--Eu não acredito que você esqueceu de vim me buscar!!! Todos os meus amigos indo embora e eu fiquei aqui sozinho!! Mamãe e papai eram os primeiros a aparecer pra me buscar!! Você é um idiota! Como pode esquecer seu próprio irmão??-- Quanto mais Yugyeom falava, mais eu enjoava da sua voz irritante. Aish...

--Você esqueceu de buscar seu irmão?-- Jimin pergunta desacreditado.

--Eu... não to acostumado a vir buscar ele, foi sem querer!-- Tento me explicar mas paraliso quando vejo a pessoa que saía do colégio naquele momento. Yoongi?!

Ele conversava com a diretora do colégio provavelmente, e tinha um baixinho ao seu lado que pude reconhecer, era seu irmão mais novo, Bambam.

--Jungkook?-- Droga ele me viu!

--A-ah... Yoongi... Você por aqui...-- Falo um pouco nervoso.

Então ele se despede da moça e se aproxima. Percebo Jimin se afastar um pouco e segurar a flor que eu havia lhe dado bem forte.

--Eu precisava resolver umas coisas com a diretora do colégio do meu irmãozinho...-- Ele fala direcionando o olhar para Bambam.

--Entendi...

--Você roubou meu pirulito...-- Yoongi finge estar bravo mas não consegue esconder o sorriso ao se lembrar do que fiz depois de tirar o pirulito de sua boca.

--A-ah, é foi, né? Desculpe... é, bem, eu tenho que ir pra casa agora, depois nos falamos.-- Agarro Yugyeom pelo braço que conversava empolgado com Bambam, ouço um resmungo do pirralho mas nem dou importância. Vejo Jimin vindo atrás de mim, tudo certo por enquanto.

No caminho, Yugyeom só sabia reclamar, mas depois de um tempo começou a mexer no celular e ficou quietinho. Jimin estava um pouco receoso, segurava a pequena flor nervosamente e não fazia contato visual comigo. Então eu segurei sua mão outra vez, não entendi muito bem por quê fiz isso sendo que Taehyung nem estava ali, e da outra vez foi só pra fazer ciúme nele. Jimin ficou ainda mais nervoso e dessa vez quem não conseguia fazer contato visual era eu!

Enfim chegamos na minha casa, Yugyeom foi direto pro quarto dele. E, bem, eu não ia fazer diferente, subi as escadas correndo como de costume, mas dessa vez esperei por Jimin no andar de cima. Abri a porta do meu quarto e joguei a mochila em qualquer lugar do chão, Tirei a mochila das costas de Jimin e a joguei do lado da minha.

--Fecha a porta por favor, Jimin.-- Falei me jogando na cama.

Jimin foi lentamente e fechou a porta, depois disso ele ficou me olhando, ainda estava tenso, preciso acabar com isso.

--Jimin, parece até que você nunca veio aqui, não se esqueça que essa é sua segunda casa, crescemos juntos lembra?-- Balanço a mão para que ele se aproximasse de mim.

--Eu sei, é só que... sei lá...-- Ele mesmo solta uma risada depois de perceber o que acabou de dizer.

Quando Jimin se aproxima o suficiente, pego seu pulso e o puxo fazendo-o cair na cama. Começo a fazer cosquinhas nele, em toda sua barriga onde era mais sensível. Jimin ria e se contorcia todo. Fico por cima dele colocando uma perna de cada lado do seu corpo para ficar mais fácil e continuei fazendo cosquinhas.

--Para! Para, por favor!!-- Quanto mais ele pedia pra parar, mais eu fazia. Sua camisa começou a subir por conta dos movimentos e eu aproveitei pra fazer cosquinhas direto na pele dele. 

Esse foi o erro.

Eu acabei sentindo seu abdômen... e que abdômen era aquele...

Paro com a brincadeira e coloco as duas palmas das minhas mãos em sua barriga onde não tinha o pano da camisa para cobrir. Jimin ficou confuso com aquilo.

--Jungkook...?

Olho para seu rosto e suas feições eram de completa confusão.

--Ah... desculpa.-- Quando vou tirar minhas mãos de sua barriga, ele as segura. Olho para seu rosto novamente e ele desvia o olhar.

Jimin... não...

--Jimin...

O menor sobe as minhas mãos para que eu sentisse todo seu peitoral. Merda!! É sério, Jimin?? Acha que eu vou resistir a isso??

E foi aí que o meu quarto começou a esquentar. Depois de sentir aquela obra de arte no corpo do Jimin, ele começou a descer minhas mãos me fazendo sentar um pouco mais para trás e parando-as em sua cintura, apertei ali e ele gemeu. Então perdi o controle...

Segurei seus pulsos com firmeza e os levantei em cima da sua cabeça. Olhei bem para aquele rosto assustado devido a rapidez que fiz aquilo, aquela boca carnudinha, estava implorando por mim. Comecei lhe dando um selinho e depois o beijei de verdade, com direito a algumas mordidas. Desci para o pescoço depois de deixar sua boca bem vermelha, um chupão, dois, três, no quarto Jimin resolveu dar uma mexidinha no quadril, foi o meu fim.

Depois que soltei um gemido, senti algo crescer entre as minhas pernas, e não, não era o meu... ainda. Aquele atrito gostoso, não consegui resistir.

--Puta merda, Jimin, agora eu entendo por que você combina com o pecado da luxúria...-- Falo com uma certa dificuldade. Poxa! Ele tava rebolando debaixo de mim!

Acabo soltando seus braços, e que péssima ideia... ou talvez não.

Ele tira minha camisa, assim, sem nem perguntar! É claro que eu ia deixar mas... aish, Jimin está fazendo uma grande confusão na minha cabeça!

Volto a beijá-lo, mas não por muito tempo. Jimin troca nossas posições, tirando a própria camisa. Fico um pouco hipnotizado com o que vejo, mas logo balanço a cabeça me tirando do transe. Ele vai com suas mãos rápidas até a barra da minha calça e começa a tirar o cinto, mas quando a gente ouve alguém andando no corredor do lado de fora do quarto, rapidamente Jimin sai de cima de mim e coloca a camisa de volta. 

Eu? Bem, eu fiquei igual um idiota parado até meu irmão abrir a porta. Coloquei a camisa também enquanto Yugyeom fazia cara de nojo ao me ver semi nu e Jimin com o cabelo todo bagunçado.

--Olha, eu não sei o que vocês estavam fazendo aqui e nem quero saber, mas eu to com fome, então trate de me alimentar direito, Jungkook.

Então o pirralho sai do quarto.

O QUÊ? 

É sério que ele interrompeu a gente só pra falar isso? Eu vou matar esse garoto!

Vejo Jimin ajeitar suas roupas e seu cabelo rapidamente.

--Jimin...

--Olha, Jungkook, esquece isso ta? Finge que não aconteceu...-- Então ele pega a mochila e eu fico sem entender nada.

--Como assim?

--A gente não devia ter feito isso, é muito óbvio pra mim que não sou eu quem você quer, e eu não quero ter esperanças. Você nunca me deu bola, e crescemos juntos! Agora que você descobriu que gosto de você, está fazendo isso?! Eu não sou idiota...-- Então ele sai do quarto, não tenho escolha senão ir atrás.

--Jimin! Jimin, espera!-- Ele desce as escadas rápido e eu só consigo o alcançar na porta de casa, seguro em seu braço e o viro para mim. --Jimin!

--O que foi?? Vai me dizer que é mentira? Você gosta de mim agora? Não é do Yoongi que você tá afim?? Não é com ele que suas pernas perdem a força e sua voz some??? Não foi com ele que você ficou outro dia?-- Jimin solta seu braço do meu aperto.

--Jimin, me desculpa, eu estou confuso, eu não queria te dar esperanças, eu só... aish, eu não sei! Você é especial pra mim, ta?? Eu amo você, mas não sei se é do jeito que você gostaria... eu sinto muito...-- O olho com arrependimento.

Jimin apenas suspira e desvia o olhar para o chão. 

--Eu vou pra casa... até mais, Jungkook...-- Ele sai com passos largos dali. 

Eu sou um idiota... 
 


Notas Finais


Fragments Música que o Yoongi tocou: https://www.youtube.com/watch?v=2dV1ZOyrK7Y

Shape of You versão lenta: https://www.youtube.com/watch?v=xsil0iZaqMw

Esse jungkook ta demais ne non? kakakakak :v


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...