História Show You - Camren G!P - Capítulo 125


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ariana Grande, Austin Mahone, Camila Cabello, Dianna Agron, Fifth Harmony, Glee, Liam Payne, Megan Fox, Nina Dobrev, Os Feiticeiros de Waverly Place, Shawn Mendes, The Vampire Diaries
Personagens Ally Brooke, Ariana Grande, Austin Mahone, Camila Cabello, Dianna Agron, Dinah Jane Hansen, Justin Russo, Lauren Jauregui, Liam Payne, Megan Fox, Nina Dobrev, Normani Hamilton, Quinn Fabray
Tags Allyson Brooke, Camila Cabello, Camren, Camren G!p, Dinah Jane, Fifth Harmony, Lauren Jauregui, Liam Payne, Normani Kordei, Romance
Visualizações 630
Palavras 1.000
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Intersexualidade (G!P), Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 125 - Capítulo 45-Temp.3


Pov Camila

-Eu não aceito isso Noah, não aceito de forma alguma. -Lauren gritava com Noah que estava sentado no sofá de cabeça baixa.

Eu apenas estava sentada na poltrona, assistindo o discurso incentivador de Lauren, ela estava muito chateada e triste com ele.

-Eu não consigo entender, eu não consigo entender como você errou, onde eu errei Noah?Onde eu deixei que uma brecha fosse aberta para que você enfiasse a porra do seu pau sem camisinha.

-Eu errei, não você, estou assumindo a minha parcela de culpa. -Ele gritou ainda de cabeça baixa e ela segurou sua nuca com força fazendo-o olha-lá.

-Não gritei comigo de novo, entendeu?E preste atenção, porra. -Lauren disse bastante irritada. -A culpa é toda sua mesmo, toda, mas eu também me sinto culpada porque fui eu quem te educou sobre isso, ou você aprendeu à foder sozinho?. -Ele empurrou a mão dela e ela se afastou.

-Lauren. -Chamei apreensiva e ela enfiou as mãos nos bolsos.

-Está vendo isso?. -Começou à jogar vários preservativos nele que à olhava com ódio. -Isso se chama camisinha, proteção, você põe na porra do seu pau, antes de foder alguma garota. -Noah se levantou dando as costas para ela. -Noah, não vire as costas pra mim. -Ela gritou.

-Vai se ferrar. -Ele gritou virando com fúria e eu arregalei meus olhos.

Eles se encaravam, eu podia ver brasa sair dos olhos dos dois, os dentes de Lauren rangiam enquanto seus punhos estavam cerrados, ela ia avançar em cima dele, e antes que isso acontecesse, abracei seu corpo com força fazendo-à sair do transe.

-Não fale comigo como se você, como se vocês, nunca erraram também. -Ele disse apontando para nós. -Tudo bem, eu não usei camisinha porque eu aposto que você também quis sentir coisas diferentes na hora do ato e não se importou em usar proteção porque não ia dar em  nada. -Ele tentava explicar. -Mas, a primeira coisa que você fez comigo, foi gritar, e eu juro mãe, eu juro por tudo que é mais sagrado, que isso que você fez, o meu filho ou filha não irá ganhar de volta. -Deu as costas e subiu as escadas correndo.

Lauren continuou paralisada ali, tentando assimilar o que havia acontecido.

-Lo. -Chamei baixinho e ela me olhou por cima do ombro. -Vamos dar uma volta amor, vamos relaxar. -Ela assentiu e eu à puxei em direção à porta.

Leva-lá para sair era o melhor à se fazer agora, ou ela iria quebrar todos as coisas que quebram dessa casa.

Pov Kim

-Ah, obrigada Jhon. -Falei arrumando minha última mala e suspirei antes de ouvir um estrondo. -O que foi isso?. -Perguntei confusa.

-Parece ter sido alguma porta batendo. -Jhon disse e abriu a porta do quarto.

-Merda. -Ouvi Noah gritar.

-Ih, ele recebeu reclamações da minha mãe, vem aqui. -Puxei Jhon e fechei a porta. -Vamos ter que esperar elas chegarem para eu avisar que estarei indo para a FIOT. -Jhon assentiu e eu mordi o lábio.

-O que foi?. -Perguntou apertando minha cintura.

-Nada?Estava pensando. -Mordi o lábio enquanto abraçava seu pescoço e ele riu me puxando para ele.

-Não pensa, age. -Disse roçando nossos narizes e eu enfiei as mãos em seus cabelos tomando seus lábios em um beijo.

Pov Alex

Tyler pulava na minha barriga, brincando de cavalinho enquanto gritava alto e batia no meu peito com força.

-Amor, sua mamãe. -Fez uma voz debochada. -Ligou avisando que sua mãe está um tanto estressada e perguntou se você não quer ajudar. -Olhei para Tyler que se divertia e olhei para Eliza.

-Não, eu vou ficar com vocês hoje, estou dodói e nada melhor que minha namorada e meu filho para me ajudarem à melhorar. -Falei sorrindo e Eliza sorriu dando um pulinho e vindo até nós.

-Está divertido querido?. -Eliza perguntou e Tyler enfiou a mãozinha na boca antes de balbuciar algumas palavras fazendo o rosto de Eliza encher de baba.

-Ha ha, nossa, filho, por que fez isso?. -Disse rindo enquanto Eliza limpava o rosto.

-Mas que merda, melhor baba do que vômito. -Voltei à rir mais alto e Eliza me bateu me fazendo sorrir.

Pov Kim

Desci as escadas como uma preguiça nas costas de Jhon e vi minhas mães chegarem.

-Boa noite. -Minha mãe que tinha um semblante triste, ao ver Jhon, sorriu abertamente.

-Boa noite Sra.Jauregui. -Jhon disse me colocando no chão. -Boa noite Srta.Jauregui. -Disse beijando a mão da mamãe.

-Ih, você nunca fez isso comigo. -Sussurrei em seu ouvido enquanto batia no seu ombro e ele riu.

-O que te trás aqui Jhonny?. -Minha mãe perguntou abraçando mamãe de lado.

-Ahn...Eu...É...

-Pedi que Jhon viesse me ajudar à arrumar as malas mãe. -Falei sorrindo e olhei pra mamãe que segurou um riso.

-Hum, e você não sabe nos chamar?. -Perguntou me furando com o olhar.

-Mãe, é que o Jhon é... -Olhei pra ele. -Meu amigo, nós temos coisas para conversar. -Lauren cruzou os braços.

-Jhon, já está bem tarde não acha?. -Revirei os olhos.

-Mãe, por favor. -Pedi choramingando.

-Lauren, desse Kimberly em paz, vamos subir, você precisa tomar um banho. -Sorri de canto.

-Depois conversamos, querida. -Minha mãe disse tocando meu ombro e apertando com força. -Tchau Jhonny, foi um prazer. -Disse sorrindo.

-Igualmente Sra.Jauregui. -Ele disse e após ela sair, ele bateu continência. -Sim senhora capitã. -Gargalhei e abracei seu tronco fazendo ele dar uns passos para trás.

-Hum, eu acho melhor você ir. -Falei mordendo o lábio. -Ele coçou a cabeça.

-Eu também acho o mesmo, sua mãe pode voltar e querer tirar meu fígado e ele é muito importante para o meu corpo. -Dei risada e fiquei na ponta dos pés para deixar um beijo em seu rosto.

-Tchau. -Sussurrei e ele sorriu.

-Esse não é o meu beijo de despedida. -Apertou minha cintura com força e eu abracei seu pescoço puxando-o para baixo.

-Então vamos resolver isso. -Tomei seus lábios em um beijo leve e lento.

-Kimberly Cabello Jauregui. -Me separei dos braços de Jhon rapidamente ao ouvir a voz grossa da minha mãe. -Jhonny, coopere. -Ele riu e me puxou novamente deixando um beijo na minha testa.

-Nos vemos amanhã. -Piscou e eu mordi o lábio.

-Sim. -Lhe roubei um selinho antes de conduzir ele até a porta e dar-lhe outro beijo.


Notas Finais


Lauren parece uma sargento mano kkkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...