História ShumDario- Um voo para o céu - Capítulo 7


Escrita por: ~ e ~alepeglow

Postado
Categorias Shadowhunters
Visualizações 51
Palavras 1.258
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Festa, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ah, a insônia não me deixou dormir, e eu vi que a fic já foi favoritada por 11 pessoas! Sério, parece pouco mas me deixa muito feliz!!
Obrigada a cada um de vocês que tá aqui! Pode parecer que eu não ligo, mas eu ligo sim, e me sinto muito feliz com cada comentário ou cada favoritado, ainda sejam 'poucos', não achei que ninguém fosse querer ler o que eu escrevo mesmo! hahahaha

Bem, acabei de postando numa tacada só 3 capítulos né? Como eu disse ficaram menores porque eram pra ser um só, mas acabei gostando deles em separado.

Mas o que vocês acham sobre o tamanho deles? Estao muito grandes, muito pequenos, aqui tem capítulos de mais de 2000 palavras, vocês acham isso de mais ou ta de boas?

Gente, é serio, o comentário de voces é muito importante, primeiro porque eu adoro interagir com as pessoas, e depois para eu saber se estão gostando, se eu devo mudar algo. É a minha primeira fic então ainda to muito insegura! hahahaha
por favor, comentem. ♥
Eu não vou deixar de atualizar por falta de comentário, enquanto uma pessoa aqui ler, enquanto eu ver as vizualizações, eu vou sempre me esforçar pra atualizar, mas acaba desanimando sabe? Mas vamos que vamos!
Obrigada por não desistirem de mim!

Beijos&Queijos,
-Talli

Capítulo 7 - E o céu pegou fogo - Parte 3


Fanfic / Fanfiction ShumDario- Um voo para o céu - Capítulo 7 - E o céu pegou fogo - Parte 3

Harry com certa dificuldade se virou de frente para Matt, ele sorriu ainda não acreditando no que havia feito, e deu um selinho no rapaz.
-Acho melhor a gente sair, afinal eu já pus para fora tudo que precisava. -Ele sorriu safado e Matt soltou uma risada engraçada devido a ironia, ele acenou e se abaixou, pegando as calças do homem que estavam quase no chão e subindo, mas parecia que um ajudar o outro a se vestir não era algo muito prático em um avião, então cada um se limpou como podia, ambos rindo e incrédulos e totalmente suados, e se vestiram. Então ajeitaram os cabelos e tentaram parecer menos acabados, e principalmente, menos com cara de quem acabara de ter um orgasmo. Olharam para o banheiro e riram, estava tudo sujo, lenços de papeis espalhados e melados, pia e chão molhados-

-
Meu Deus Harry! Olha que bagunça você fez! -Matt disse rindo-

-Ah claro, só eu né? -Harry respondeu divertido-
Ambos limparam a bagunça da melhor maneira que conseguiram, enxugaram o chão e pia, jogaram os papeis na lixeira, e se certificaram que pelo menos não deixaram seus restos espalhados por ali. Eles faziam isso enquanto riam e brincavam um com o outro, e nunca antes limpar banheiro fora tão divertido.
Harry parou e se apoiou na porta enquanto Matt terminou de jogar uns papeis na lixeira e o olhou, soube, no instante que fitou aquele monumento, que com aqueles olhos Matthew seria capaz de conquistar o mundo se assim o quisesse. Matt parecia ler a mente dele e se lançou pra frente, o abraçando pela cintura, eles se beijaram ainda um tanto afoito, mas logo se separaram para sair do banheiro.
Matt abriu a porta e espiou, aparentemente não havia ninguém ali, ele saiu e logo fez um sinal para Harry que saiu logo atrás. Ambos andaram pelos corredores quase que correndo, estavam ainda totalmente suados, nervosos pela possibilidade de serem pegos, mas sorriam abertamente como duas crianças travessas. Chegaram no seu leito, e Harry foi o primeiro a se jogar no seu, Matt sentou logo depois no seu lado, e eles riram, tentando controlar uma gargalhada quando se deparam com dois sanduiches e uma garrafa de suco.
-Ah meu bem, você precisa por algo no estomago -Matt falou irônico-

Uma mulher, comissária de bordo, negra com cachos impecavelmente arrumados se aproximou com uma expressão preocupada.
-Ele está bem? Precisam de um remédio? -Ela falou preocupada, e Harry conseguiu reconhecer a voz dela, e na mesma hora sentiu seu rosto queimar de vergonha
-Ah sim, ele está melhor, só precisava pôr as coisas para fora e se acalmar.  -Matt a respondeu calmo, com uma dissimulação que Harry se abismou. -
-
Sim sim, obrigado, só fiquei muito nervoso mas agora só preciso... Hum... Dormir -Harry falou envergonhado mas tentou sorrir-

-Que bom, bem, qualquer coisa pode me chamar tudo bem?. -A mulher falou doce e sorriu para eles, então mais uma vez se retirou indo em direção até onde segundos atrás os dois encontraram seu próprio caminho para o céu.

-
Você é muito cara de pau! -Harry falou rindo, e deu uma tapinha no ombro de Matt
-Claro, só eu que sou cara de pau, você não né? -Ele então riu do companheiro e se encolheu recebendo o tapa- -Eei, é assim? Você transa comigo e depois me espanca? - Ele fez uma cara cínica de vítima-

 

Harry rolou os olhos e os dois riram e comeram rapidamente, já estava tarde, e eles ainda teriam cerca de quatro horas até a aterrissagem, exaustos, eles se acomodaram deitados, pegando as mantas e se cobrindo. O clima ficou um pouco constrangedor, afinal eles haviam acabado de foder ali mesmo, e mal se conheciam, e foi Harry quem quebrou o silêncio, falando o que os dois pensavam.
-Por Céus, nós acabamos de fazer isso mesmo? -Ele falou e riu- Transamos sem camisinha, isso é loucura. -E pela primeira pareceu um pouco tenso-
-Ei...relaxa..nós fizemos e foi maravilhoso... -Matt  deu uma piscada e Harry se derreteu enquanto o olhava- Realmente foi loucura isso mas.. Bem, eu sou limpo e acho que você seja também.
-Sim... Mas...

-Eu sei, foi loucura mas olha, assim que chegarmos em N.Y a gente faz os exames e damos um jeito de mandar um pro outro. -Ele deu de ombros despreocupado, e de certa forma aquilo passava uma segurança pra Harry que relaxou e sorriu.
-
Ainda assim a gente nem se conhece. -Ele falou agora mais com um tom de quem não acreditava que havia acabado de transar com um cara que conheceu poucas horas atrás-
-Eu vou amar conhecer. Matt sorriu doce e estendeu a mão e Harry deixou seu rosto ser acariciado, ele sorriu um pouco sem graça, e desviou o olhar. Um pouco sem jeito, mas com um sorriso um pouco bobo. Matt sorriu achando todas as reações de Harry extremamente doces, e ele não podia se enganar, estava encantado por Harry.- Hey, me deixa dormir com você? -Foi um pedido tão inesperado que Harry respirou fundo quando pego de surpresa, mas logo sorriu e se jogou para o lado de seu leito.-
-Claro. -Ele disse de prontidão-

Matt sorriu aberto e se levantou, caindo ao lado do asiático. Estava frio então ele usou as duas mantas para cobrir ambos. Harry deitou de lado no leito se apertando, pois Matt, bem maior, ocupava bem mais espaço. Mas o moreno não hesitou e puxou Harry Para seus braços, o acomodando em seu peito. Ele sorriu e beijou levemente o peito de Matt, que com a ponta dos dedos fez Harry olhar para cima, se encararam por uns segundos, então os lábios se tocaram e eles iniciaram um beijo, mas dessa vez um beijo calmo, em que ao invés de descompassar as respirações, acalmava ambos, que iam se regulando juntos. Se beijaram delicadamente até as pálpebras pesarem. Eles se afastaram e sorriram um para o outro, deram mais um selinho, e Harry voltou a se afundar nos braços de Matt mas não sem antes receber um beijo doce na testa, com a cabeça agora contra seu peito e sentindo o coração dele bater Harry se pegou pensando por alguns segundos como aquilo ali tinha sido louco, não pelo sexo, mas como os corpos deles pareciam se reconhecer e responder um ao outro de forma que parecia tudo se encaixar, e como o papo, as brincadeiras e piadas tinham fluido de forma tão natural que por muitos momentos pareciam velhos amigos de infância. Matt apoiou a cabeça na de Harry e ficou fazendo um cafuné, sentindo o carinho do asiático contra a pele nua da cintura. Eles dois eram naturalmente carinhosos, mas cada um na sua maneira, enquanto Matt é quase um bebezão carente, Harry era mais reservado e quase nunca se sentia à vontade com as pessoas, e por isso mesmo que tudo aquilo ali estava estranho. Harry sorriu ao ouvir um ronco mais profundo de Matt, que acabou o tirando de seu pensamento acerca de como contaria tudo aquilo à Jenna e Shelby, ele levantou o olhar e fitou o homem ali, tão sereno, calmo. Ele parecia uma das pessoas mais inocentes que Harry conheceria, e o asiático sorriu o contemplando, e nem sabia o porquê sorria tanto desde que aquele voo começou, só sabia que tinha a ver com ele...E aos poucos os carinhos de Harry foram cessando, e ambos caíram no sono, ali, juntos, abraçados e aproveitando os carinhos agora nada sexuais, e o calor um do outro, que os aquecia.


Notas Finais


Vamos á gente!! comentem pra eu saber o que acharam, o que esperam, eu to aberta a tudo, a criticas, ideias, pedidos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...