História Simplesmente Acontece {Taekook/Vkook} - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Hoseok, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kook, Kooktae, Kookv, Namjin, Namjoon, Rap Monster, Seokjin, Suga, Taehyung, Taekook, Taekook Vkook, Taekook/vkook, Vkook, Vkook Taekook, Vkook!flex, Vkook/taekook, Yoongi, Yoonseok
Visualizações 300
Palavras 2.587
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Yah~

Oi pessoas como vão?

"Ué cap novo? Quarta? Autora você está bem?"

Pra ser sincera tô bem não ;-;
Mas sei lá, eu tô achando que os últimos caps estão uma merda
então tentei fazer um melhor

Talvez esteja ruim tbm?
Sim
Claro
Óbvio
Com certeza

Mas em fim vou parar de enrolar
Espero que gostem
Desculpa pelos outros caps
Desculpa pelos erros

Nome do cap: Vamos brincar?

Boa leitura ♡•_•

Capítulo 22 - Let's play?


Fanfic / Fanfiction Simplesmente Acontece {Taekook/Vkook} - Capítulo 22 - Let's play?

Eu estava um pouco desanimado quando desci do carro, apesar de estar feliz por vê Taehyung e minha mãe se dando bem.

Mas eu também estava preocupado com a reação do meu pai, já que a primeira impressão que Taehyung teve da minha mãe não foi muito boa, não sei oque esperar do meu pai...

- Estamos de volta! - Eu e minha falamos juntos quando entramos

Meu pai estava sentado no chão jogando com Jihan, e Junghyun estava sentado no sofá observando os dois

- Bem vindos de volta! - Os três se levantaram

- Que bom que chegaram! - Meu pai falou - Bem vindo de volta Jungkook - Me abraçou

- Obrigado pai - Sorri sem graça

- Bem vinda de volta amor - Falou beijando minha mãe

- Aish parem com isso - Junghyun falou reprovando os dois - Bem vindos de volta Jungkook, mãe - Me deu um abraço rápido e depois foi abraçá minha mãe

- Senti sua falta também hyung - Falei com ironia

- E aí - Jihan falou

- A gente ficou quase um ano sem se vê e é assim que você me recebe seu imprestável? - Falei indo abraço-lo

- E como você esperava ser recebido depois de ignorar todas as minhas mensagens? - Perguntou rindo

- Você sabe que eu nunca leio essas merdas - Falei

Normalmente eu só leio mensagens quando não tenho nada pra fazer, ou as mensagens de Taehyung... 

- Tae? - Chamei instintivamente ao notar que quase esqueci dele

Virei e vi ele parado na porta

- O que você está fazendo aí? Vem aqui - Fiz sinal com a mão para que ele entrasse

- Boa noite - Se curvou

- Boa noite - Todos os três responderam

- Pai, hyung, e Jihan, esse é Taehyung... meu namorado - Falei

- Tae, esse é meu pai, meu irmão e meu melhor amigo, irmão postiço, ou como você chama o Jimin - Falei

- É um prazer conhece-los - Se curvou novamente, e depois deram as mãos em cumprimento

- Igualmente - Responderam se curvando também

Até agora tudo bem, sem piadinhas, sem perguntas, apenas os olhares surpreso de Jihan e de Junghyun, mas nada de indiferença, espanto ou qualquer sentimento ruim. O que me deixou bastante tranquilo.

- Estão com fome? Comprei pizza - Meu pai falou

Comemorei mentalmente por ele não ter cozinhado, e fiquei feliz por alguém ter senso comum, já que eu nunca sei o que esperar quando meu pai e Junghyun estão juntos, principalmente com a companhia de Jihan. 

Fomos para a cozinha, sentamos todos a mesa e conversamos.

Falei como me adaptei na faculdade, como eu e Taehyung nos conhecemos, falamos um pouco de nossas nossas aventura, antes e depois de eu entrar na faculdade. Foi divertido, parece que meus pais realmente gostaram de Taehyung. Mas depois de tanta conversa, Taehyung de repente ficou quieto.

- Tae?

- Hm? - Me encarou

- Acho melhor eu te levar pro quarto, se não vai acabar dormindo aqui - Falei me levantamento

- Não, está tudo bem, eu tô be-

Dei-lhe um selar impedindo que terminasse

- Pára de ser teimoso, agora vamos

Ele suspirou e se levantou

- Boa noite, obrigado pela refeição - Falou se curvando

- Obrigado pela companhia - Meu pai falou se curvando


- Boa noite~


- Boa noite mãe, pai, hyung, Jihan - Falei

Deixei um selar no topo da cabeça da minha mãe

- Também quero beijo - Jihan falou fazendo bico para que eu fosse beija-lo

- Sai fora - Falei rindo

- Boa noite Jungkookie - Responderam antes que eu pudesse sair da cozinha

- Pode subir as escadas, meu quarto é o da primeira porta do corredor a direita - Falei

Peguei a mala de Taehyung e o segui subindo as escadas. Ele entrou no quarto

- Sua família é... divertida - Falou se sentando na cama logo após se jogou para trás.

Taehyung fechou os olhos e permaneceu deitado, se continuasse assim com certeza logo iria acabar dormindo.

Me abaixei e tirei seus sapatos

- Não vai se trocar? - Perguntei

Balançou a cabeça negativamente

- Então deita direito

- Aigoo - Falou se ajeitando na cama

Sentei em seu quadril e com um pouco de dificuldade tirei sua camisa

- SAAAI você é muito pesado - Falou sonolento

- Hm... Não quero - Me mexi em seu colo

- Se você não me deixar dormi, ninguém mais vai conseguir dormir essa noite

- É? - Levantei e comecei a desabotoar sua calça

- Kookie - Falou manhoso - É sério, eu tô cansado

- Eu sei Tae, é só pra ficar mas confortável, essa calça é um pouco apertada - Falei me tirando sua calça - Melhor?

Assentiu com um sorriso fraco. Joguei um lençol sobre ele que se encolheu mais na cama

Tirei minha roupa, peguei um pijama em meu guarda-roupa e após vesti-lo apaguei a luz do quarto. Me deitei na cama abraçando Taehyung que parecia já está dormindo

- Eii, acorda! Eu esqueci de dizer uma coisa - Falei sacudindo-o

- O que? - Abriu lentamente

- Eu te amo - Sussurrei

Ele sorriu fraco, envolveu seu braço em meu pescoço e me deu um beijo

- Eu também te amo




°•○°•●°•○°•●





Acordei de manhã com a luz do sol sobre meu rosto. Me cobri dos pés a cabeça e me praguejando por ter esquecido de fechar a cortina antes de ter ido dormir.

Permaneci de olhos fechados por alguns minutos. Depois me espreguicei e espalhe-me pela cama, já tinha tocado em todos os cantos da cama, e só então notei que Taehyung não estava ali.

- Tae? - Chamei

Abri os olhos, olhei ao redor do quarto, mas ele não estava. Me levantei sonolento, entrei no banheiro que tinha no meu quarto e lavei o rosto tentando me manter acordado


- Onde será que ele se meteu?


Sai do quarto cruzando o corredor e desci lentamente as escadas até finalmente chegar na sala. Que estava vazia apenas com a TV ligada.

Cruzei outro corredor chegando na cozinha onde vi minha mãe, meu pai, Taehyung e Junghyun tomando café. Taehyung parecia animado conversando com meu pai, enquanto Junghyun e minha ria da forma em que ele conversava

- Bom dia - Falei ao entrar na cozinha

- Bom dia - Responderam

- Bom dia - Taehyung respondeu com um sorriso retangular

Sorri e me sentei ao lado dele

- Você fica bem de pijama, por que não usa no dormitório também? - Comentou

- Pra quê? Você vai acabar tirando ele mesmo - Falei como se fosse óbvio

Taehyung quase se engasgou, fazendo eu e todos que estava na mesa rirem. Deu-me um olhar de reprovação, que respondi com um sorriso malicioso.

- Mas quem gosta de tirar as roupas aqui é você! Inclusive tirou as minhas ontem - Falou ofendido

- Tirei mesmo e você deveria me agradecer por isso! - Falei logo em seguida bebi um pouco de café

- Deveria?

Assenti

 Taehyung revirou os olhos voltando a conversa com meu pai.


- Acho que já está no horário - Comentou com Taehyung - Vou esperar vocês no carro - Meu pai falou se levantando após terminar o café

- Vão sair? - Perguntei

- Vou levar sua mãe e seu irmão para o trabalho, e depois vou para o meu - Falou


°°°


Quando meus pais foram embora eu mostrei a casa para Taehyung, já que eu não tínhamos o que fazer.

Não entramos no quarto de hóspedes porque Jihan estava lá, e fiquei com vergonha do quarto de Junghyun que tava uma bagunça

- E finalmente, o quarto de meus pais - Falei após entra no último cômodo que faltava mostrar


Sorri malicioso puxando ele para dentro do quarto, logo em seguida tranquei a porta

- Nem pense nisso Jungkook! - Falou com reprovação

Me aproximei com um sorriso

- Vamos brincar Tae? - Pedi de uma forma que pudesse parecer inocente

Mordeu o lábio e balançou a cabeça negativamente

- Você não quer? - Me aproximei mais beijando seu pescoço

Comecei a dá atenção para sua boca, iniciei um beijo simples, onde sentia seus lábios querer mais contato com um meu. Taehyung pediu passagem para que língua entrasse em minha boca, neguei. Parei de beija-lo me afastando de seu corpo

- Já que você não quer brincar, acho que vou esperar Jihan acordar para jogar com ele - Dei de ombros

- Pára de ser idiota - Me puxou pra perto novamente e início outro beijo

Caminhamos até a cama sem separar nossos corpos. Joguei todos os travesseiros para fora da cama e me sentei puxando o quadril de Taehyung para que ele se posicionasse em meu colo. Tirei sua camisa, logo beijando seu ombro passando para o pescoço e depois lábios novamente. Puxei vagarosamente seu cabelo para aprofundar mais o beijo, Taehyung se posicionou melhor entre minhas pernas, acabei arfando por causa do movimento puxando sua cintura para baixo em busca de mais contato.

Taehyung parou o beijo, dando um olhar de vingança e tentou se levatar do meu colo, porém puxei-o para baixo novamente. Lançou-me um sorriso malicioso.

Taehyung passou a língua no lábios, mantendo seu olhar fixo em minha boca.

Me aproximei mais, deixando meu rosto mais próximo do seu, pronto para beija-lo novamente, porém ele começou a se afastar evitando meu beijo, tentei novamente, mas ele se afastou todas as vezes que tentei beija-lo.

Revirei os olhos. Soltei um grunhido irritado, cravando minhas unhas em suas pernas.

Ele soltou um gemidos e depois começou a rir.

Comecou a rir de mim!? 

Que droga de joguinho é esse Taehyung?

Tá, tudo bem que foi eu que começou com a idéia da brincadeira, mas eu não queria que fosse assim!

Tentei puxar seu corpo novamente, e ele se afastou de novo com um sorriso perverso.

Mas que porra Taehyung!

Fiz uma carreta levando minha mão para seu quadril, e mais uma tentativa falha de beija-lo se fez presente.

Soltei o ar pela boca jogando minha cabeça para trás de uma forma birrenta e irritada.

- Pára com isso Tae, me beija logo! - Manti meus olhos fechados - Isso é tortura - Sussurrei manhoso


Senti um arrepio quando os lábios de Taehyung encontraram meu maxilar, e chupou o local. Mordi o lábio apertando mais sua cintura, precionado-o em meu membro.

Taehyung passou a morder meu pescoço, puxando minha pele, e chupou o local em seguida. Soltei gemidos altos cravando mais minhas unhas em suas costas, Taehyung passou sua língua em meu pescoço até chegar em minha boca, chupou meu lábio inferior, soltei um gemidos arrastado, e a cada toque ou movimento de seu lábio meu corpo respodia com arrepio.

Ele finalmente envolveu seu seus lábios com os meus, e comecei a beija-lo de maneira desesperada, sua língua se movimentava em sincronia na minha boca, suas mãos percorriam em meu corpo, puxando minhas roupas sem pudor.

Taehyung tirou a parte de cima do meu pijama e me empurrou fazendo eu deitar na cama. Seus lábios desceu para meu pescoço, chupando vagarosamente o local, logo após abdômen. Eu soltava alguns gemidos beixos e manhoso, ele continuou provocando com mordidas.

E novamente ele parou.

Ah vai a puta que pariu! 

Mas-que-porra.


Ele está tentando me enlouquecer, e está conseguindo. Merda Taehyung.

Soltei um arfar frustrado, junto com um gemido manhoso de reprovação.

Na mesma hora Taehyung tirou a outra parte do pijama, e depois a cueca, passou a chupar minha virilha e depois minha perna. Deu uma mordida forte em minha coxa, fazendo eu gemer alto.

Sentou em minha pernas apenas de cueca movimentando seu quadril em meu membros

Soltei um arfar alto, meu membro já fazia volume encostando em suas nádegas

- Tae - Joguei minha cabeça para trás, tentei controlar meus gemidos mordendo meu lábio.

Taehyung movimentava mais seu quadril fazendo aumentar mais o contato com meu membro. Cravei minhas unhas em sua coxa, puxando sua pele lentamente

Taehyung tirou seu membro para fora da cueca e começou a estimular-lo enquanto rebolava em meu membro. Fazia movimentos lentos e soltava gemidos baixo.

Eu me contorcia debaixo de si. Soltava alguns gemidos sofridos quando ele fazia alguns movimentos insinuativos, se levantando e sentado rápidamente em meu membro, com nossos corpos se chocando de forma violenta. Arranhei suas costas descendo para sua cintura

Taehyung deu atenção para minha boca, soltava gemidos de prazer entre o beijo. E meu membro estava latejando, implorando por atenção. Me levantei com Taehyung em meu colo, apertei suas nádegas. Taehyung agora arranhava minhas costas, e mordia meu lábio.

A falta de ar se faz presente impedindo que continuássemos o beijo, passei a morder seu ombro. Precionei seu corpo mais contra o meu quadril, esfregando meu membro em suas nádegas.

- Me fode - Falou com manhoso se mexendo em meu quadril

Joguei ele na cama, tirei sua cueca e me posicionei em suas pernas.

Deslizei meu membro em suas nádegas, e comecei a penetra-lo. Taehyung já estava ofegante com a respiração descompassada enquanto eu estava empurrando meu membro para aprofundar em sua entrada. Taehyung soltava alguns gemidos baixos, comecei a me movimentar devagar arfando com Taehyung.

Acelerei os movimentos, mantendo-os ritmados em vai e vem.

Taehyung não contia mais seus gemidos, gemia alto com prazer e com vontade, comecei a beija-lo na tentativa de abafar os nossos gemidos que ecoavam por todo o quarto. Sua mão subiu até meu cabelo puxando para aprofundar mais o beijo. Nossos gemidos causava uma vibração que estava me deixado louco.

Estalquei Taehyung com força, fazendo ele soltar mais gemidos entre o beijo. Sentia meu abdômen se contraindo, então aumentei mais os movimentos, investindo mais ainda em sua entrada e indo cada vez mais fundo. 

Separamos nossos lábios ofegantes por causa da falta de ar, o suor já escorria em minha testa, Taehyung jogou seu corpo para trás, coloquei minhas mãos em sua cintura enquanto eu continuava com os movimentos de vai e vem.

Taehyung chegou a seu ápice, seu sêmen saiu violentamente, melando o seu abdômen, o meu, e o lençol. O meu ápice veio logo em seguida, e me desfiz em dentro de Taehyung. Tirei meu membro de sua entrada e me joguei do lado dele.

Fiquei sentado na cama encostando na cabeceira da cama tentando recuperar minha respiração. Taehyung se sentou no meio das minhas pernas também ofegante.

Abracei seu corpo fazendo ele encostando sua cabeça em meu peito.

- Eu não acredito que fizermos isso no quarto dos seus pais - Falou rindo

- Não me arrependo

- Você deveria ter vergonha disso!

- Por quê?

- Porque é o quarto dos seus pais

- Um dia vamos fazer isso no quarto dos seus também

- Nem fudendo

- Mas é oque vamos fazer

- Cala a boca Jungkook

Comecei a rir

- Idiota

Beijei seu pescoço sentindo seu cheiro

- Que horas seus pais voltam? - Perguntou

- Não sei...

- O que? E o que estamos fazendo aqui ainda? - Se levantou

- Não, fica aqui - Pedi manhoso

- Não Jungkook, para de me manipula. Eu preciso de um banho, agora - Falou vestido a cueca

- E por que está se vestindo?

- Por que eu não vou andar pelado na casa de seus pais

Me levantei da cama puxando o lençol desforrando a cama. Abri o closet procurando por outro lençol branco.

- Me ajuda a arrumar isso aqui - Pedi

Arrumamos a cama, coloquei os travesseiro na cama organizando-os da mesma forma que estavam antes.

Vesti apenas a parte debaixo do meu pijama

- Eu vou colocar esse lençol pra lavar, você pode tomar banho ai - Falei apontando para o o banheiro que tinha no meu quarto - Já volto

Desci as escadas indo em direção a área de serviço. Entrei na cozinha e vi Jihan tomando café

- Bom dia bela adormecida - Falei

- Bom dia - Respondeu sem me encarar

- Aconteceu alguma coisa? - Perguntei nota ele muito quieto, já que ele normalmente é mais agitado do que Hoseok

Negou voltando a beber um pouco de café

Dei de ombros e sair da cozinhar entrando na área de serviço. Coloquei o lençol e um pouco de sabão e liguei a maquina de lavar roupas.


Notas Finais


- Manoo Jungkook vc é louco? Qual é a de graça fazer isso no quarto de seus pais? Isso nem tem sentido

Jk: A autora ta usando drogas e ainda me culpa

-Vsf -.-'

Th: Deixa que eu faço isso 7u7

Jk: Quero 7u7

- Sai daq Taehyung ninguém te chamou! Sai vc tbm Jungkook! Mds eu não acredito que vcs acabaram de flertar fora do cap... Selca que é bom, cadê?

TK: ...



Parei ok? skskkakakak
Talvez Jk esteja certo...

Jk: Num disse

- SAII CARALHO!



Tá bom FOCO Taely, Foco! skksakka

E sobre Taekook está se comendo na cama dos pais dele ;-; nn vejo nada demais. E só uma forma de mostrar que eles são rebelde e que eles não liga para o local que estão qnd se trata de dar ou ganhar prazer. Sei lá, não liguem pra isso
imagine que eles então no quarto deles sei la...


Eu ainda nn sei oq fazer para o especial +300 favs
Gent eu tô um pouco nervosa pq Taekook vai ir para uma nova fase qnd eles voltarem para a faculdade e eu tô tipo: " AAAAAAAAAA QUE MERDAAAA"
sabe?
eu meio que não sei se vcs vão gostar ou não
Mas bom, eu recebi algumas críticas, e dicas para melhorar a fic, mas eu tipo?????? Eu não sei oq fazer AAAAAA

Bom, vou explicar uma coisa que não sei se vcs notaram. Eu meio que não gosto de específicar as coisas, tipo: hora, data, dia, noite, nomes específicos, comidas, filmes, profissões.
Em fim tem mts coisas que eu não coloco pq acho que esse trabalho é de vcs
Pq cada um tem sua visão, e mesmo que eu coloque algo totalmente específico mts pessoas vão ficar se matando p tentar visualizar esse lugar, mas se eu dizer algo como:
"Eles entraram no quarto"
Vcs imaginam um quarto certo? não importa como, vai vai consegui visualizar o quarto.
mas e se eu dizer:
"Eles entraram no quarto rosa, e a cama amarela ficava perto da luz de cristal, loge do tabuleiro"
Vcs iam conseguir imaginar isso? Claro que vão, mas não vai ser algo que vc imaginou para tal momento.
Então eu acho importante deixar que vcs criem comigo c: fica mais divertido, e mais fácil para vcs se envolver mais com os momentos

Mas caso alguém prefira algo diferente, mais explicado, avisem por favor, amo vê os elogios, mas as críticas ajudam
E sobre a fic, e os caps no geral,
Eu juro que tô tentando melhorar, mas nn sei como fazer isso :'(
Mas vou continuar me esforçando

desculpa pelo tamanho das notas finais skskksk
;_; mas eu precisava resumir isso
;_;_;

Lembrem se q sou humana, super normal errar

Obrigada por ler até aq
e ATÉ O PRÓXIMO CAP C:


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...