História Sinceramente, Maria - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Aliria, Dolchesky, Projeto Escrita Criativa
Visualizações 24
Palavras 200
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Droubble, Famí­lia

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Heeeeeey!
Mais uma história para o Projeto Escrita Criativa, e mais uma vez trago uma de minhas personagens muito queridas, filhotinha mesmo (todas e todos são, amo todos iguais filhotes), a Maria das minhas histórias "Aliria".

Quem quiser conhecer ela e a Alice, por favor, basta clicar na tag "Aliria" (Juro que quando meu notebook prestar eu organizo a ordem cronológica que nem a bro faz com as histórias dela). 👀

A música escolhida dessa vez foi "Indila - SOS" e os versos que escolhi usar estão em negrito.

A história é bem curtinha (uma droubble), e caso alguém não saiba, a Maria era jornalista antes de acontecer seu acidente, e esse foi o primeiro texto que ela postou em seu novo blog <3


Boa leitura! ♥

Capítulo 1 - Olá, alguém ai?


   Olá, alguém ai?


  Será que alguém ouve minha angústia? Ou a vê como deveriam ver? Meus olhos dizem que não, mesmo que a boca de pessoas queridas digam que sim.

   Quero recomeçar, mas ainda não sei como. Diria que a vida foi maldosa comigo em me tirar duas coisas de mim, de uma só vez. No entanto, não sou alguém que se lamenta com todas coisas das quais me são impostas.

  Meu quarto está escuro, e eu não gosto do escuro, mas de certa forma ele combina com meu atual estado de luto. Mas eu quero sair, e ver como o céu é lindo.

   Olhar para ele e perguntar ao meu pai se ele ouve minha voz ressoar. Dizer que estou perdida, e mesmo que o silêncio reviva o meu sofrimento, posso ouvir em minhas lembranças meu pai dizer que ele, o sofrimento, te leva a entristecer, mas ao mesmo tempo te faz forte.

   Ainda me sinto um objeto sem cor, ainda não me sinto preparada para lidar com tudo o que está acontecendo, e com o que vai acontecer. Mas torço para que o incolor que se tornou minha vida, seja algum dia colorido por minha força.


 Sinceramente, Maria.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...