História Só Faltava Você! - Capítulo 38


Escrita por: ~

Postado
Categorias Backstreet Boys
Personagens AJ MacLean, Brian Littrell, Howie D, Kevin Richardson, Nick Carter, Personagens Originais
Tags Backstreet Boys, Comedia Romantica, Nick Carter, Romance, Songfic
Visualizações 24
Palavras 3.150
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 38 - Promessas Refeitas


Fanfic / Fanfiction Só Faltava Você! - Capítulo 38 - Promessas Refeitas


- Sério AJ, por que você não consegue ficar calado? – perguntou Nick irritado olhando para AJ.
- Cara, eu achei que você tinha contado! – respondeu AJ sem jeito e aflito. – Achei que tinha falado e pedido ela em namoro!
- Eu te falei que eu não ia contar ainda AJ! – disse aborrecido. – E se eu tivesse contado, esperasse eu falar primeiro!
- Oh droga, Nick! – AJ pôs a mão na cabeça agitado. – Eu vou consertar isso, prometo! – AJ se virou e Nick o impediu.
- Ah, não vai não! – segurou no braço de AJ, fazendo-o virar para ele. – Você vai acabar complicando mais ainda! Deixa a Rochelle cuidar disso! Além do mais... Se você for lá e eu não for, vai ser pior!
AJ ficou calado olhando para Nick e cruzou os braços olhando para baixo.
- Acho que só tem uma maneira de consertar isso... – ele levantou a cabeça e olhou para Nick sugestivo.
- Não! – disse enfático e irritado apontando para AJ. – Eu não vou contar agora AJ e não desse jeito! – abriu o braço. – Não foi assim que eu pensei em contar!
- Mas acabaria com isso rápido Nick! Se ela souber agora...
- Eu não vou contar agora AJ – o interrompeu irritado. – Não adianta! – Nick se virou de frente para o mar e sentou na areia dobrando as pernas abraçando os joelhos. – Se Rochelle não resolver isso, eu resolvo do meu jeito!

Eu subia os primeiros degraus da escada quando Rochelle me alcançou e me chamou segurando meu braço, eu parei na escada e olhei para ela.
- O que é? – perguntei irritada.
- Ei, dá pra se acalmar? – ela perguntou levantando as mãos. – Eu não sei de nada!
Eu respirei fundo e me virei para ela segurando no corrimão.
- Rô, você ficou tão desconfiada quanto eu e de repente você acreditou neles! – fiz uma pausa olhando para ela séria. – Por quê? Por acaso você acreditou mesmo naquilo? – perguntei indignada. – O Nick fez mesmo sinal para AJ? – perguntei séria, olhando fixamente para ela.
- Tem razão Mel, tem toda a razão – ela baixou a cabeça e suspirou. – Eu fiquei mesmo desconfiada e na verdade não acredito nessa história deles e... O Nick fez sim sinal para AJ.
Eu expirei indignada me recostando de costas no corrimão.
- Ele pareceu estar desesperado por AJ falar aquilo, mas... Eu acho... – ela continuou. – Que o que Nick está escondendo de você não é algo ruim, é alguma coisa boa, tipo uma surpresa e se ele contar agora vai estragar. Por isso ele ficou tão nervoso quando AJ começou a falar aquilo. AJ deve ter pensado que ele já tinha te contado.
- E por que você acha isso? – perguntei a ela com indiferença.
- Por que o AJ estava sorrindo quando começou a falar! – ela disse com um tom significativo, firme. – Pensa bem. Por que ele estaria sorrindo se fosse algo ruim e falaria aquilo logo depois de saber que vocês dois assumiram um namoro? Não faz sentido! Só pode ser algo bom, alguma surpresa!
O que Rochelle disse fazia mesmo todo o sentido. Não poderia ser algo que me chatearia, ou algo que o Nick estivesse tentando me proteger de saber.
- Ok... Faz sentido – disse pensativa relaxando. – Você tem razão... Mas o que será que pode ser?
- Aí eu já não sei! – ela disse levantando os ombros e se encostou do outro lado, no corrimão. – Mas seja o que for ele não vai te contar agora ou vai estragar a surpresa.
- Mas agora eu estou curiosa! – disse esmorecida.
- Bom... Talvez tenha mesmo haver com esse cruzeiro!? – disse ela em dúvida.
- Sério? – perguntei irônica.
- Por que não? – ela perguntou surpresa. – O lance do cruzeiro é real. Eles vão mesmo fazer um cruzeiro. AJ me chamou para ir com ele, mas eu não posso ir. Talvez o que Nick queira te contar, ele quer contar no cruzeiro?! – disse em dúvida. – Ou ele queria mesmo falar desse cruzeiro... Vai saber! – deu de ombros. – Eles são dois malucos!
- Ok, mas por que no cruzeiro? – perguntei achando estranho.
- Ah Mel, não sei! – disse erguendo as mãos e levantando os ombros. – Isso você vai ter que descobrir sozinha, ou quando ele resolver contar.
Eu tapei o rosto com as mãos soltando o ar e olhei para Nick sentado na areia me perguntando o que seria.
- Você... – olhei para Rochelle desconfiada. – Não contou do meu aniversário pro AJ, contou?
- Não. Mas bem que poderia ser isso também... Espera aí... O Nick não sabe que seu aniversário está chegando? – ela perguntou espantada.
- Não – sorri.
- Por que não? – perguntou boquiaberta.
- Por que ele não perguntou! – dei de ombros. – E eu ainda não falei.
- E você achando ruim ele te esconder coisas?
- É diferente Rochelle! É só meu aniversário, ele vai saber! Até por que o da Sarah é primeiro e isso vai fazer com que ele pergunte do meu – disse vigorosa. – Não é algo como você esconder que a sua amiga que você considera uma de suas melhores amigas é na verdade uma baita de uma vaca falsa com você! – disse irritada, me lembrando.
- Do que você está falando? – ela perguntou confusa e eu suspirei.
- Nick me contou ontem que Vanessa meio que deu em cima dele na Hell!
Rochelle deixou o queixo cair, ficando boquiaberta.
- Como é que é?? – perguntou chocada. – Que... VACA! – disse alto indignada.
- Pois é... Vaca! – disse furiosa. – E o Nick escondeu isso de mim. Por isso fiquei chateada com ele agora achando que ele estava me escondendo mais alguma coisa.
- Eu estou... Chocada! – disse em choque. – Quem sabe disso?
- Eu e o Nick... Eu acho – passei a mão no cabelo. – Não sei para quem ele contou.
- O que você vai fazer?
- Eu não sei... – suspirei cansada. – A Vanessa sabe do lance da bolsa no carro dele. Se eu confrontá-la ela pode querer usar isso contra mim... Querer me separar de Nick, talvez?! E assim ela tentar algo com ele... Mesmo eu sabendo que ela não vai conseguir nada com Nick, ele não quer nada com ela, ele a detesta! Eu não sei do que ela é capaz, talvez eu esteja pensando demais, mas descobri que eu não a conheço! – olhei para Rochelle desanimada.
- Eu estou... Perplexa! – disse Rochelle atônita. – Então aquela história de vocês da universidade...
- É... Eu agora também acho que foi ela, não ele.
- Meu Deus, Melanie! – disse pasma. – Ela não é vaca, é uma cobra!
- Addy sempre falou isso e eu nunca o ouvi! – suspirei. – Acho que eu vou ter que me fazer de amiga, como se eu não soubesse de nada.
- Suponho que a Sarah não saiba disso.
Eu balancei a cabeça para os lados cabisbaixa.
- Ela vai querer matar a Vanessa! – eu disse enfática. – Ela ficou com raiva por causa das informações que ela passou para a Gossip... Imagina quando souber disso.
- Ah com certeza Sarah vai ficar furiosa!

Nick sentado na areia, com AJ sentado ao seu lado, olhou para trás para as escadas e expirou voltando a olhar para frente.
- Pro seu bem, acho bom a Rochelle convencer a Mel! – disse chateado.
- Nick, eu já pedi desculpas. O que eu posso fazer se ela não acreditou na história do cruzeiro?
Nick tapou o rosto com as mãos e passou a mão na cabeça bagunçando o cabelo, nervoso.
- Só fica calado sobre isso se ela acreditar, está bem? – Nick olhou para ele, cansado.
- Claro! Essa agora deu um susto e tanto! – AJ olhou para o mar. – Achei mesmo que você tinha falado.
- Eu sei – Nick tapou os olhos com a palma da mão e passou a mão para os lados expelindo forte o ar, tentando relaxar e manter a calma, aliviando o nervosismo. Ele olhou para trás mais uma vez e eu e Rochelle conversávamos com semblante sério.
- Quando você pretende contar? – perguntou AJ.
- Não sei... Já disse que quando eu perceber que é o momento certo! Eu só não quero falar por falar, ou pra livrar de uma situação assim.
- Por que você disse: de novo não? – perguntou ele curioso. – Por que a Mel ficou chateada com você ontem?
Nick olhou para ele sério.
- Eu contei uma coisa extremamente importante para ela ontem e que eu tinha escondido dela.
- O que?
- Lembra-se da Vanessa, amiga da Mel?
- A loira que estava na Hell?
- Ela mesma... – Nick suspirou. – Ela disse para mim lá na Hell que ela quem deveria estar comigo e não a Mel.
AJ olhou chocado para Nick.
- A amiga da Mel te disse isso? – perguntou pasmo e Nick assentiu. – Que isso! Isso não se faz! Amiga fura-olho! Sério mesmo?!
- É... A Mel ficou com raiva dela e chateada comigo por eu não ter contado antes.
- E com razão! – disse AJ perplexo. – Por que você não contou antes?
- Eu perguntei a Mel na Hell se elas eram muito amigas e quando a Mel disse que eram eu achei melhor não contar. Achei que a Vanessa tinha falado isso por eu ser quem eu sou e não por que ela estava sendo falsa com a Mel.
- Por isso a Mel ficou chateada agora achando que estamos escondendo algo dela – disse compreendendo.
- É. Eu prometi a ela ontem depois de contar isso que não esconderia mais nada dela, que falaria tudo.
- Puta merda Nick, agora eu estou me sentindo mal mesmo! – disse apreensivo.
- Está tudo bem – Nick exalou. – Você não sabia e parecia mesmo que eu tinha contado. E quanto ao cruzeiro, eu ia mesmo chamar a Mel para ir, mesmo sabendo que ela não vai poder.
- É, eu chamei a Rochelle também, mas ela não vai poder ir.
- Vão ser quatro longos dias no mar sem ela lá – suspirou. – Quero passar o maior tempo possível com ela antes de irmos.
AJ olhou para Nick sorrindo entusiasmado e Nick olhou para ele.
- Não fala! – balançou a cabeça e AJ riu. – Não fala essa palavra de novo! – ele olhou para trás.
- Não vou falar – riu. – Estou feliz por você Nick! – ele passou o braço em volta do ombro de Nick sorrindo puxando a cabeça dele para ele bagunçando o cabelo de Nick e deixou o braço pendurado no ombro de Nick. – Depois de tudo, é bom te ver assim de novo!
- E eu tenho que te agradecer! – Nick disse olhando para baixo e olhou para AJ. – Se não fosse por você eu não teria ligado pra ela.
- Oh meu Deus, eu passei de você querer me matar para um agradecimento? – disse AJ pasmo e Nick riu.
- Você tinha razão. Tudo o que você me falou naquele dia. Você estava certo! – sorriu acanhado.
- Claro que eu estava certo! – disse convencido. – Afinal eu sou o seu cupido!
Os dois riram.
- Um cupido meio atrapalhado... Mas é sim! – Nick riu e AJ sorriu puxando Nick pelo pescoço para junto dele.
Eu apareci do lado dele em pé e olhei para ele que me olhou de volta surpreso e com um olhar amável.
- Mel! – Nick disse aliviado com uma voz doce.
Rochelle sentou-se ao lado de AJ.
- Eu vou te perguntar apenas uma vez e espero que você me responda com sinceridade – avisei e ele me olhou apreensivo. – Você tem algo para me contar e não quer contar agora por que está esperando o momento certo de falar?
Tanto ele como AJ, me olharam surpresos. Nick abriu a boca sem saber o que falar. Estava em um dilema, mentir e me deixar chateada depois quando me contasse ou me dizer a verdade sem contar o que era e me deixar curiosa.
- Está tudo bem Nick – olhei para ele calma. – Pode me responder, eu não vou ficar chateada.
Ele fechou a boca e engoliu em seco.
- Ok tem... – expirou. – Mas Mel eu juro que não é nada ruim! – disse aflito rapidamente. – Não é algo que vai te chatear! Eu juro! – disse juntando as mãos e me olhando aflito.
Eu olhei para ele calma e olhei para AJ.
- E você sabe o que é, não é? – perguntei certa disso e AJ balançou a cabeça, assentindo. – Ok... – olhei séria para os dois. – Vocês nunca mais me façam de idiota. Fui clara?
Os dois balançaram a cabeça juntos, acanhados como dois filhos levando bronca da mãe e Rochelle teve que segurar o riso.
- Acho bom mesmo... – disse séria olhando para os dois.
- Mel, eu só não falei por que eu ia estragar tudo – disse AJ.
- AJ, eu já entendi. Vamos esquecer isso.
- Vem cá – disse Nick esticando o braço pra eu pegar em sua mão. – Senta aqui – esticou uma perna e dei minha mão a ele que me puxou para sentar entre suas pernas. Eu sentei e ele me envolveu nos braços me recostando no seu tórax e apoiando minha cabeça em seu ombro. – Eu disse que não queria te ver mais chateada comigo, então por que eu esconderia algo de você que te deixasse chateada comigo de novo? Eu te prometi e vou cumprir a promessa. Com exceção disso que só vou te contar no momento certo.
- Por que não me falou isso logo ao invés de inventar uma desculpa de cruzeiro?
- Porque primeiro: Eu sei o quanto você é curiosa. E você já vai ficar querendo saber o que é de agora!
- Três semanas e já me conhece tão bem assim? – ri mordendo o lábio.
- Claro! E segundo que o cruzeiro não é bem uma desculpa. Eu queria mesmo que você fosse comigo.
- Eu te disse! – exclamou Rochelle sorrindo com o braço de AJ em volta dela.
- Ok... Então, como é esse cruzeiro? É no fim de semana?
- Sim e não. É só na próxima semana e o navio saiu de Miami na quinta de manhã e atraca no domingo de manhã.
Me desencostei dele e o olhei.
- Nick você sabe que não dá para eu ir.
- É, eu sei. Por isso disse que queria que você fosse, mas sabia que não ia dar – disse cabisbaixo. – Mas aí eu pensei que você poderia pedir dois dias de folga. Nós vamos na quarta à noite. Eu, AJ e os outros, só voltaremos na segunda por que temos uma after party do cruzeiro no domingo.
- É... Até que eu poderia mesmo – disse pensativa. – Mas e quanto a não tornar nosso namoro público ainda? Não levantaria suspeitas no cruzeiro?
- Não. Ninguém saberia. Bom... Apenas a produção, claro!
Mas então lembrei que eu teria que ir pra Miami no fim de semana.
- Ai, droga. Nick, não vai dar mesmo. Eu prometi a minha mãe que iria pra Miami nesse fim de semana que vem. Eu já vou ter que pedir folga no trabalho pra sexta. Pedir mais duas pra próxima semana? Sem chance!
- Tinha me esquecido desse detalhe – disse Nick desanimado. – Você precisa mesmo ir lá.
- Sem falar que ainda tem o aniversário da Sarah! – disse Rochelle e os dois olharam para ela.
- O aniversário da Sarah é na semana do cruzeiro? – perguntou AJ surpreso.
- É, bem no sábado! E ela já pensou em tudo, me avisou ontem na Hell de que vamos para a Exchange na festa de Halloween deles.
- Droga, vamos perder! – disse AJ chateado e Nick estava pensativo. Pensei que ele estaria se perguntando quando era o meu.
- Mel... Será que você conseguiria mais uma folga? – perguntou ele pensativo. – Para a segunda?
Olhei para ele confusa.
- Por quê? – perguntei curiosa.
- Para eu ir com você, óbvio!
Olhei para ele surpresa.
- Você vai comigo?
- Claro! Agora sou seu namorado, eu tenho que ir junto!
- Ai repete! – pedi sorrindo e ele riu.
- Agora sou seu namorado, eu tenho que ir junto – repetiu sorrindo e me recostei nele sorrindo, ele me deu um beijo no rosto apertado. AJ e Rochelle olhavam para nós sorrindo.
- Mas por que mais um dia? – perguntei.
- Pensei que a gente podia passar um dia na minha casa em Key West. Quero aproveitar o tempo que tenho antes de ir para o cruzeiro. Você vai pra Miami, depois eu vou para o cruzeiro, ficaríamos dois fins de semana sem nos ver e eu não quero isso de jeito nenhum! Além do mais, você vai precisar do meu apoio, voltar pra Miami depois de oito anos... Rever sua casa... Vai mexer com seu emocional.
Assim que Nick disse isso eu fiquei nervosa e ansiosa. Não tinha pensado nisso até agora. Rever a casa que eu cresci e tudo nela me lembraria do meu pai e daqueles tempos, com certeza eu ficaria abalada.
- Não tinha... Pensado nisso – disse estática. – Agora fiquei nervosa e ansiosa – olhei para ele recostada em seu ombro. – Você agora vai de qualquer jeito! – disse enfática e ele sorriu.
- Não existe a possibilidade de eu deixar minha namorada ir sozinha.
- Repete! – sorri divertida e todos riram.
- Minha namorada – disse no meu ouvido baixinho sorrindo e eu suspirei.
- Eu não vou me acostumar nunca! – eu disse olhando para AJ e Rochelle e rimos. – Vou ficar sempre pedindo pra repetir! – sorri olhando pra ele e ele me deu um beijo.
- Namorada – deu um selinho. – Namorada – deu outro selinho e ficou repetindo isso por várias vezes até acharmos graça e rimos.
- Acho que eu consigo mais uma folga na segunda. Vou falar com ela amanhã.
- Ela vai autorizar Mel. Você não foi para o enterro, ela não tem o coração tão gelado assim.
- É... Eu também acho que ela não vai ser contra. E acho que o Addy vai me ajudar a conseguir.
- Assim que você conseguir a folga, você me avisa e eu compro as passagens – disse Nick, me olhando e eu abri a boca para protestar. – Nem ouse falar nada! – ele disse firme e eu fechei a boca. – Eu compro as passagens!
- OK, Carter!

Minutos depois AJ e Rochelle se levantaram e voltaram para a casa, eles se ofereceram para fazer o almoço de hoje e eu e Nick ficamos na praia, olhando o mar, depois de um tempo resolvemos voltar para a casa e nos levantamos. Demos as mãos e caminhamos em direção as escadas, quando chegamos perto da escada, pisei em uma concha média quebrada e parei, gemendo levantando o pé e Nick parou.
- O que foi? – perguntou olhando para o meu pé.
Olhei para meu pé e a concha estava enfiada na pele.
- Uma concha quebrada. Droga! – me segurei em Nick e puxei a concha, meu pé logo começou a sangrar e nos olhamos.
- Domingo! – dissemos surpresos juntos e rimos.


Notas Finais


As duas semanas seguintes vão ser bem agitadas! Muitas surpresas também! hohohoho.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...