História Sobre as Asas de um Anjo - Capítulo 2


Escrita por: ~

Visualizações 7
Palavras 796
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Capítulo 1


Por que coisas ruins, acontecem com pessoas boas? Essa era uma pergunta que Naomi sempre quis saber a resposta

Sempre que ligava a tevê... tragédia.

Sempre que abria o jornal... tragédia.

Sempre que ia conversar com alguém... tragédia.

Ou era um assalto a uma loja, um assassinato, um acidente de carro e etc.

Em seus 21 anos, não teve um dia em que, nada de ruim fosse anunciado. Já era uma rotina.

Quando Naomi chegou em casa, logo após a faculdade, e depois fazer as tarefas, ligou a televisão na hora do jornal, mas dessa vez não se tratava de um assalto ou um assassinato. Mas sim de um homem que teve perda de memória. Mas o que mais chamava a atenção de Naomi era a aparência do cara. Ele era um pouco pálido, seu cabelo tinha um corte meio bagunçado, era preto mas a caminho das pontas ficava prateado, um de seus olhos era azul como o céu, já o outro era negro como uma noite estrelada.

Mesmo com a aparência meio estranha, ao mesmo tempo Naomi o achava incrivelmente belo...

...

Ele não sabia como havia ficado cego, nem como foi parar num hospital, no qual já estava fazia 2 semanas. Ele estava perdido, e não sabia o que fazer.

— Senhor, trago boas notícias! Finalmente conseguimos descobrir quem você é. Seu nome é Levi da Guarda, estuda medicina na Federal na área para deficientes. O senhor já era cego muito antes de o encontrarmos, você perdeu a visão aos 16 anos, num acidente de carro. Você foi o único que sobreviveu, sua mãe e seu pai morreram na hora, com a força da batida. Atualmente você mora com a sua tia por parte de mãe, o nome dela é Carmem. Aliás, ela está aqui.

Levi...esse era o seu nome. Estava confuso, mas pela voz, sabia que se tratava do Dr. Carter falando.

— Quantos anos, eu tenho?

— Perdão, eu não falei — Dr. Carter lia o histórico, enquanto Levi esperava ansiosamente. — Pelo o que diz aqui, você tem 22 anos.

Levi ficou incomodado, pelo fato de ter se esquecido de 22 anos da sua vida.

— Você disse que moro com minha tia...

— Sim, Carmem o nome dela, como eu disse, ela está aqui...quer que eu chame ela?

Levi pensou por um instante, se acreditava ou não. Mas o seu anseio para saber o que fazia, antes da sua perda de memória era imenso. Ele tinha que ouvir o que ela tinha a dizer, ele precisava dela. Então permitiu que ela entrasse.

— Meu sobrinho! Você está bem? — perguntou Carmem, enquanto abraçava Levi fortemente. — Te trataram bem? Meu Deus...o que houve com as suas costas?!

Levi estava estranhando um pouco, pelo fato de uma mulher do qual nem se lembrava estar pendurada em seu pescoço.

— Sim eu estou bem, me trataram bem sim. É Carmem seu nome...estou certo?

— Meu Deus! — Carmem já estava com lágrimas em seus olhos. — Sério que não lembra de mim Levi? Não reconhece minha voz?

Carmem soltou o sobrinho rapidamente. Dr. Carter vendo a cena, chamou a mesma.

— Perdão Carmem, ele não só não lembra de você, como não se lembra dele mesmo. Sinto muito, tentamos ao máximo dar um jeito nisso, mas não conseguimos.

Carmem ao ouvir isso, começou a chorar, e o desmemoriado ao ouvi-la soluçar, sentiu certa culpa, e falou:

— Carmem peço desculpas... juro que tentarei recuperar minhas memórias, nem que isso demore muito!

Ao ouvir isso Carmem voltou a abraça-lo. E falou baixinho no ouvido dele:

— Você sempre foi forte Levi, sei que vai conseguir suas memórias novamente... você é capaz de coisas inimagináveis.

Dessa vez Levi devolveu o abraço, por mais que não conseguisse lembrar-se dela, sentiu que ela o ajudaria, no que fosse preciso.

...

Mesmo tendo se passado 2 meses desde a aparição do homem com perda de memória na televisão, Naomi só pensava nisso. Logo após de aparecer a foto dele, ela ficou ainda mais surpresa, com o fato de como ele foi encontrado! Na reportagem disse que ele foi encontrado em um lixão desmaiado, com dois buracos imensos em suas costas, falava também que ele era cego.

A moça que o viu e chamou a ambulância disse coisas bem estranhas na opinião de Naomi, que podia lembrar claramente do que mulher havia dito:

"Lembro que estava trovejando, estava chovendo muito também. E do nada vi algo cair do céu, na hora não consegui definir bem o que era, e resolvi ir até o local aonde vi aquilo cair! Quando cheguei lá, realmente me assustei com a cena, se tratava de um homem, vendo aquilo liguei para a ambulância...mas só não consegui entender, se ele realmente caiu do céu...ou se eu que estou ficando louca!"

Naomi se perguntava também, se ele realmente havia caído  do céu.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...