História Sobre as Asas de um Anjo - Capítulo 7


Escrita por: ~

Visualizações 8
Palavras 973
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 7 - Capítulo 6


Levi se perguntava enquanto andava até a faculdade, onde Naomi poderia estar? Estava tão desesperado, que saiu de casa às pressas. Quando ele pensou na possível possibilidade da pequena não ir até a faculdade por causa do que tinha acontecido, sentiu certo enjoo, não queria que isso acontecesse. Porém não conseguiu conter o suspiro de alívio ao ouvir uma gargalhada feminina bem distante, que ele logo reconheceu ser da morena.

— Ei, depois quer ir passar em alguma lanchonete? — A voz masculina que perguntou isso a ela, era suave e um pouco fria ao mesmo tempo.

— Acho que é melhor não, preciso estudar. Tenho que fazer prova de bioquímica daqui uns dias.

Sem dúvidas era Naomi, o que deixou o cego um pouco nervoso. Mas ele não fazia a mínima ideia de quem poderia ser o homem que a acompanhava. Um tempo atrás, sua tia havia dito que Levi não costumava ser ciumento, mas ele não conseguiu evitar uma pontada desse sentimento autodestrutivo. A cada segundo que se passava, ele conseguia ouvir a voz deles mais nitidamente, mas logo a gargalhada doce de Naomi se foi, quando ela chamou por seu nome cheia de dúvida. Não é muito comum encontrar o cara que te fez sofrer, parado no meio da calçada.

Levi respirou fundo e se virou em direção a ela, a cumprimentando com a mão trêmula. Sabia que ela não estava feliz, mas mesmo assim, o que ele mais desejou no momento, era poder ver o rosto da mulher, mesmo sabendo que aquilo seria impossível.

— Quem é esse? — Ao ouvir aquilo, a pequena lembrou que estava acompanhada do melhor amigo, e o colocou a frente.

Quando ela olhou para o rosto do amigo, viu que ele possuía uma expressão séria, embora os olhos demonstrassem um brilho de surpresa, o que ela estranhou um pouco. Mas logo seus olhos combinaram com a face, que agora exibia a intensidade que ele possuía de frieza, e indiferença.

— Kodai, esse é Levi —ela apontou para o homem cego —, e Levi o homem comigo se chama Kodai.

Ambos se cumprimentaram, apresentando um pouco de rivalidade no aperto de mão.

— Naomi, se importa se eu falar com você por um minuto?

Ela viu a expressão do amigo ficar ainda mais fechada, ao ouvir a pergunta do outro homem. O moreno desde sempre foi muito ciumento, principalmente em relação a homens. Eles brigavam por causa disso direto. Mas ao perceber que a pequena queria falar com o cego, ele se afastou um pouco, um tanto desconcertado. E quando ele se distanciou o bastante, ela se virou como um furacão e perguntou:

— O que você quer Levi?

Mesmo sabendo qual seria o assunto, tinha esperança que fosse sobre qualquer outra coisa. Mas quando ele falou sobre o beijo, ela formou uma linha fina com os lábios, e se esforçou para deixar a voz mais fria.

— Não quero falar sobre ontem — quando ela continuou, sua voz já estava começando a falhar. — Afinal, como você mesmo disse, não significou nada.

Quando se deu conta do que disse, pareceu que havia acabado de dar um tapa em si mesma. Quando ele deu mais um passo em direção a ela, a baixinha se afastou, e quando ele abriu a boca para argumentar, a morena o interrompeu novamente:

— Olha, não quero falar sobre isso — falou elevando sua voz, sentindo que estava prestes a chorar. — Só vamos esquecer tudo...

Nisso Levi pareceu completamente derrotado, a expressão que ele fez foi de partir o coração.

— Por que eu deveria esquecer? Eu só disse aquilo para afastar minha tia... não queria que você ficasse sem graça. Não falei por mal.

Naomi não sabia se devia acreditar ou não, apesar de tudo, mal o conhecia. Mas mesmo assim, não pode evitar a pergunta que estava presa em sua garganta:

— Por que você fez aquilo... por que me beijou?

Ela tentou parecer calma e sensata mas pelo tom da voz dela, ele deve ter percebido que a mesma estava chorando, pois ele segurou seu rosto e limpou uma lágrima que percorria o rosto pequeno de sua amada. Ele abriu e fechou a boca várias vezes, pensando no que dizer, e depois de um tempo, ele finalmente tomou coragem.

— No momento, eu te beijei sem ter a certeza do que estava fazendo, sabe foi por causa do clima. Mas logo eu me envolvi, e senti que preciso de você aqui comigo. Quero conversar, sair e te beijar todos os dias! Sei que mal nos conhecemos, e que isso pode ser perigoso para nós dois, mas quando estou com você sinto que eu sou alguém, sabe, sinto que realmente existo. Talvez seja cedo para dizer isso, mas eu realmente gosto de você, e até arrisco dizer que é um sentimento mais forte... me acharia maluco se dissesse que te amo?

Ao ouvir aquilo, seus olhos se encheram de lágrimas novamente, só que dessa vez de felicidade. Quando ele se abaixou para ficar na altura de seu rosto, ele exibiu um sorriso tão sincero, que ela se sentiu completa. Quando ele a beijou, ela não reclamou, apenas retribuiu o toque. Começou com leve selinho, carinhoso e calmo, mas na segunda vez, se tornou um beijo longo e intenso, e só se separaram pela falta de ar.

Quando ele se afastou, a pequena sorriu e seus olhos brilharam ainda mais quando ele deu um beijo em sua testa e sussurrou que a amava com a voz doce e meiga. Ela o abraçou pensando no que poderia acontecer a partir de agora.

Havia se apaixonado por um homem que mal conhecia, e sentia certo perigo por causa disso, pois todos tem um passado e um segredo. Mas ela decidiu aproveitar o momento, e esquecer as preocupações que a cercavam. Naquele momento era apenas ela e Levi, e desejava que aquela sensação fosse eterna enquanto durasse.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...